1. Spirit Fanfics >
  2. Alfabeto do coração >
  3. Capítulo Único

História Alfabeto do coração - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Tá, eu escrevi umas merda aí, que realmente foi muita merda, então desisti de escrever textos que demonstre as macumba que eu sinto.

Capítulo 1 - Capítulo Único



Merda, odeio me apaixonar e falar essas coisas fofas, mas sabia que o alfabeto poderia ser feito exatamente para você?


"A" de amor, meu amor, algo inacabável, tão quanto aulas de matérias chatas, esse amor me faz querer te abraçar e te beijar a todo momento. E por isso mesmo eu acho que o amor foi o maior erro, o maior erro que cometi. Deveria ter um aviso sobre os perigos de te amar, mas que merda não é?


 "B" de bobagens, oh céus, dá vergonha até de escrever isso só de lembrar das bobagens que já fiz para chamar sua atenção, hoje eu vejo o quão idiota aquilo foi, mas achava que você ria daquilo, acho que meu próximo texto vai ter que ser me desculpando por todas as bobagens que já fiz.


"C" de crime, você é um criminoso, achou que colaboraria para esse tráfico e sairia ileso? Você roubou meu coração, você roubou meus pensamentos, você roubou toda a minha sanidade mental, você roubou todo o respeito que meus amigos tinham por mim, afinal, o quão louca eu seria para me apaixonar por um cara que demonstra não querer nada comigo, e sentir que eu tenho uma chance com você é realmente pura ilusão.


"D" de desejo, o desejo de te abraçar, o desejo de te dizer "eu te amo", o desejo de te beijar, o de te colocar em um potinho e te proteger de todo mal, porque eu te amo, e quem ama protege. 


"E", esse "E" é algo que eu com toda sinceridade, ODEIO, mas até que é legal quando se trata de você...A equação, toda a equação que eu fiz para descobrir que gostava de você, toda a equação que eu fiz para sentar em um canto estratégico no mapeamento para sempre fazer trabalhos com você, isso parece até um pouco obsessivo, mas é a única forma que consegui.


"F" de fraqueza, eu senti fraqueza, eu sinto isso em minhas pernas toda vez que vejo, eu sinto isso em meu corpo toda vez que esbarro em você por acaso, ou toda vez que escuto sua voz, eu sinto isso mas que tudo, poderia ser até maior que o amor que sinto por você, mas felizmente ainda há aquele pouco de sanidade mental que você ainda não tirou de mim. 


"G", "g", "g", cara, esse foi muito complicado para pensar, mas o primeiro que eu pensei foi "grande", NÃO MALICIE ISSO, não sou tão pervertida assim, esse grande é o tanto de vezes que já pensei em você, dá para perceber que foi muito grande a quantidade, pode-se dizer que de 15 pensamentos que eu tenho 16 são sobre você. 


"H" de honestidade, uma coisa que eu deveria ter tido, eu deveria ter que confrontado assim que senti o calor do sentimento, assim que você me perguntou sobre o sentimento, assim que soube que tinha uma chance, eu deveria ter tido essa honestidade antes, antes de nos separarmos, antes de estarmos a quilômetros de distância...


"I" de ilusão, a ilusão que eu tenho imaginando que temos uma chance, imaginando que você ainda me ama, imaginando que você está me esperando, mas que idiotice, não é? É tão idiota eu me iludir sabendo que você nunca vai dizer para mim, "Eu te amo".


"J" de justiça, a justiça, me apaixonar não é justo, não é justo eu pensar em você todo momento e você nem se lembrar que eu existo, não é justo você tocar em mim e eu achar que isso é um sinal, não é justo eu ficar cega por uma paixão. Hey, novidade, o amor não é justo...


"K", meu deus, esse é algo mais complicado, mas esse "K" foi de toda risada forçada que eu te mandei até de suas piadas sem graça, porque iludidos são assim não é?


"L" de liberdade, eu quero essa liberdade, mas não quero ser livre de você, não quero ser livre de nós, eu quero ser livre de minha insegurança, eu quero ser livre de meu medo, eu quero ser livre disso, eu quero poder terminar esse texto e te entregar. Mas, mesmo sabendo que provavelmente você nunca vá ler, eu quero registrá-lo em um aplicativo de fanfic, algo irônico, já que nossa primeira conversa era sobre isso. 


"M"  de maluca, eu sou maluca, mas que idiotice não é?  Eu sou maluca por ser apaixonada por você, he, eu vou falar isso bastante, só para provar o quão louca eu sou por amar-te. 


"N" de negação, eu vou negar para sempre, "nunca te amei" eu sempre falarei isso, essa sera a verdade para mim, isso será tudo para mim, essa será a verdade para mim. Por mais que eu saiba que te ame, eu vou negar, negar para sempre.


"O" de organização, porque eu vou fazer uma CIA inteira pra te perseguir e saber tudo sobre você como uma stalker. Brincadeira, uma parte, esse "O" é de orgulho, o orgulho que eu senti quando consegui  ganhar uma discussão com você, eu me senti incrível, não por estar certa, mas por saber que você gastou seu tempo para me dá atenção, e formular argumentos para discutir comigo. 


"P", essa letra é cheia de palavras que me definem com você, prazer cof cof, mas a palavra que eu escolhi foi paixão, eu sou apaixonada, eu posso dizer com todo o orgulho que eu já senti a paixão, que já tive esse tcham, hehehe, isso é bastante idiota, mas não seria exagero dizer que sim, eu já senti paixão, paixão por um certo garoto dos olhos brilhantes, e o sorriso que dificilmente se vê radiante.


"Q", essa letra é uma característica sua, quieto, você é quieto, não tenho certeza se você é ou não tímido, mas dificilmente se escuta sua voz, isso é até engraçado se julgar o fato que sua voz é linda. 


"R", de risos, todos os risos que recebi por amar-te, eles não entendiam o que eu realmente via em você. Que aquilo era mais que a ilusão. 
"S", de sorrisos. Todos os sorrisos que eu já quis ver ou tive só de pensar em você. Só de pensar em seu sorriso.


"T", de trair, eu traí toda minha sanidade quando aceitei te amar. Traí tudo o que eu acreditava e defendia sobre normalidade. Coloquei tudo pelo ralo; somente para te amar. 


"U", de união, a união que poderíamos ter. A harmonia entre nós dois. Pra quer sermos 2 quando podemos ser 1?


"V", de vergonha, a vergonha que eu tenho de falar com você. E a mesma vergonha que me impede de não ver o amor de minha vida...


"X", de xícara, a xícara que eu quebraria na cabeça de quem falasse que eu não te amo.


"Z", essa letra não há nada que me lembre você, igual outras letras que não coloquei. Não que eu esteja errada e que o alfabeto não tenha sido para você. E sim que o alfabeto não evoluiu o suficiente.
 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...