1. Spirit Fanfics >
  2. Algo a Mais >
  3. My Baby Boy

História Algo a Mais - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Sumi por um tempinho mas volteiiii!!!!
Demorei por causa da escola, acabei ficando sem tempo pra escrever, já to cheia de teste marcado 😢, mas tá aí o cap, espero que gostem e boa leitura!!! ❤️❤️❤️

Capítulo 2 - My Baby Boy


POV Jack


- JACK! ISSO É SÉRIO? ISSO NÃO VALE! AI EU VOU TE MATAR!

- VAI TER QUE SE SECAR PRIMEIRO LILLIS!

- Jack, acho melhor correr. - Finn fala quando percebe que a água acabou.

- Parece que o bebezinho ficou sem água, AGORA EU VOU QUEBRAR VOCÊ NO MEIO!

- ESCADA!

- Não da, Flanery tá lá em cima!

- COZINHA!

- Millie tá lá!

- Já sei! Vem! - falo correndo até a escada.

- Sério? Qual a parte do "a Flanery tá lá em cima" que você não entendeu?

- Calma, olha. - falo apontando para a Lola que estava ocupada atirando no Noah. - Agora vem. - falo indo até o quarto da minha mãe.

- Sua mãe vai matar você!

- Vai dar uma de medroso agora?

- Sim, talvez porque táa Lillis querendo acabar com nós dois, aí você quer adicionar a sua mãe na lista.

- É por isso que aqui é seguro. - sussurro enquanto reviro os olhos.

- Sério? Você sabe o significado de seguro?

- Claro que sei!

- Sério? Porque não parece!

- Aqui é seguro porque elas acham que não temos coragem de entrar aqui, agora entra logo!

- Bom, então elas estão certas.

- Vem logo Wolfhard!

- Isso é sério?

- Vem, ninguém vai nos ver se ficarmos quietos no closet!

- Se sua mãe me matar a culpa é sua!

- Minha mãe não vai matar você! - falo e entrando no quarto e fomos para o closet.

- Tem certeza que isso é uma boa ideia?

- Tenho, agora fecha a porta! - falo indo mais pra dentro e esbarro em uma caixinha pequena, dentro tinha várias cartas.

- Deixa eu te ajudar! - Finn fala rindo. - Jack, Gavin Grazer não é o seu pai?

- Sim, por que?

- Tá escrito nas cartas, são todas dele, ele não tinha morrido num acidente de carro?

- Sim, mas eles podiam ter trocado cartas antes do acidente.

- Mas essas cartas são recentes, olha, a mais recente foi uma de duas semanas atrás.

- O que? - pego a carta da mão do Finn. - pera, então a minha mãe mentiu pra mim esse tempo todo? Como ela pode? Eu cresci achando que não tinha um pai por causa dela? Eu tenho que falar com ela!

- Calma Jack! Você tem que se acalmar, assim vocês vão brigar!

- Mas ela não deveria ter mentido, não sobre uma coisa assim!

- Jack, a sua mãe só quer o melhor para você, se ela achou melhor você não saber sobre o seu pai é porque tem um bom motivo.

- Que motivo pode ser bom?

- Sei lá, ela deve te contar, mas ela deve achar que ainda não é a hora.

- Não Improta! Ela não deveria ter mentido pra mim sobre algo tão importante! - falo saindo do closet.

- Jack, espera! - Finn fala segurando o meu braço. - Espera todo mundo ir embora, conversa com ela sobre isso quando estiver só vocês dois, espera você se acalmar, se você for arrumar confusão com ela agora vai ser pior, se acalma e espera ficar só vocês dois, aí vocês conversam, e tenta não brigar com ela.

- Tá. - falo revirando os olhos.

- Muito bem bebezinho, agora vamos ver como os meninos estão. - Finn fala me abraçando de lado.

- Bebezinho é o teu...

- Paro de xingar, você está muito exaltado! - ele fala e saímos do quarto.

- CADE O MEU GRUPO? - escutamos Angel gritando da cozinha e corremos até lá.

Chegamos na cozinha e estava o Asher caído no chão todo molhado e a Lola com a arma de água.

- Como? Mas vocês não tinham, era só a gente! - Falo atirando na Lola.

- Ela roubou de mim!

- Meu Deus Angel! Você é muito ruim! - Finn fala rindo.

- AAAAHHH!

- É o Noah! Calma, Wolfhard, cuida do Asher que eu vou até o Schnapp!

- Tá! - O mais alto fala atirando na Flanery enquanto eu corro até a sala.

- SOCORRO! - Noah fala caído no chão.

- Como? Você estão dando as suas armas de água pras meninas?

- Não, eu pensei que ela tinha escorregado na água e caído, aí eu fui ajudar ela, e ela roubou a minha arma!

- Você é o que Noah? Burro?

- E você é o que Jackie? Peixe? - Millie fala atirando água em mim.

- AAAAHHH! NÃO!

- SAI DE PERTO DO MEU BEBEZINHO! - Wolfhard fala entrando na sala enquanto atira na Millie. - A Flanery já desistiu, agora é a sua vez Brown!

- AAAAHHH! SOCORRO! NOAH!

- NOAH O CARAMBA! COME DARDO MILLIE! VINGANÇA!

- Vai dar uma de Angel?

- Vou! Por que? Algum problema Grazer?

- Não, problema nenhum, então vem aqui. - falo e ele vem na maior inocência, assim que ele chega na minha frente uso ele como escudo humano.

- Meu Deus Noah! Você é muito burro!

- NÃO! POR QUE? TA BOM, EU DESISTO!

- NOAH! AGORA QUEM VAI SER O ESCUDO HUMANO?

- QUE TAL VOCÊ GRAZER? - Teagan aparece atirando em mim.

- Croft, gosta de água? Vou te dar um pouco! - Finn fala atirando na Teagan com uma arma de água.

- Calma Wolfhard, não deixa a diversão só pra você. - Asher fala atirando na Teagan.

- AGORA! - a loira grita e a minha mãe, a Sadie e a Sophia aparecem e começam a jogar chantilly na gente.

- ISSO É SÉRIO?

- MAIS É CLARO GRAZER!

- DE QUEM FOI ESSA IDÉIA MALUCA?

- APOSTO QUE FOI DA LILLIS!

- NA VERDADE, FINNIE, A IDÉIA NÃO FOI MINHA, FOI DA ANGELA!

- EI! EU NÃO TO MAIS BRINCANDO! EU JÁ DESISTI!

- Desculpa Noah, mas dessa vez, nenhum de vocês vão sair ilesos! - Flanery fala jogando chantilly no Noah.

- AI, MEU OLHO! EU NÃO TO VENDO NADA! SOCORRO! EU NÃO QUERO FICAR CEGO!

- Calma Noah, é melhor nós nos limparmos! - minha mãe fala rindo.

- Isso não tem graça.

- Tem um sim Jack! Eu vou pegar uma toalha pra vocês, tentem achar uma roupa do Jack que sirva em vocês, e meninas, se quiserem podem ver uma minha.

- Tá bom. - falo e eu e os garotos fomos para o meu quarto em quanto as meninas foram ver uma roupa para elas no quarto da minha mãe.

- NOAH! Pro outro lado!

- TEM CHANTILLY NO MEU OLHO, EU TO VENDO TUDO BRANCO!

- Por aqui! - falo guiando ele.

Chegamos no meu quarto e os meninos pegaram uma roupa para eles e eu peguei uma pra mim.

- Coloca esse moletom bebezinho.

- Para de me chamar de bebezinho! Eu já falei mil vezes! Bebezinho é o teu...

- E eu já falei mil vezes, é muito feio xingar! Agora, usa esse moletom, você fica fofo com ele.

- Vai bebezinho, tem que obedecer o seu papai. - Asher fala rindo.

- Eu vou dar um murro na sua cara Angel!

- Com qual braço?

- Não Jack, da um murro não, da um gancho de esquerda nele! - Noah fala rindo.

- Hahaha! Nossa que engraçado! Vocês deveriam fazer um show de comédia! - falo num tom irônico.

- Ei! Paro! Deixa que eu do um murro na cara deles Jackie! Só eu posso zoar o meu bebezinho sem o braço esquerdo!

- Para de me chamar de assim!

- Olha ti fofo! Ele não fica fofo quando tá corado de raiva? - Schnapp fala rindo.

- Paro? - falo indo até o banheiro.

- Ele não fica fofo andando como um pato raivoso? - Wolfhard fala rindo.

- Como um pato? - falo confuso.

- Quando você tá bravo parece! - Asher fala rindo.

- Argh! Sério, já me cansei! To indo tomar o meu banho. - falo e entro no banheiro.

Tomo o meu banho, me visto e saio do banheiro, depois de mim o Finn entrou, depois o Asher e depois o Noah.

- Viu bebezinho, eu falei que você ia ficar fofo com esse moletom!

- Paro Wolfhard?

- O que foi bebezinho? Não gostou? - Schnapp fala ressaltando a palavra bebezinho.

- Baby Jack! - Asher fala rindo.

- Ei! Você quatro aí, paro de melação, vem, a mãe do Jack fez biscoitos! - Lillis aparece na porta.

Saímos do quarto e fomos para cozinha, comemos e depois ficamos na sala vendo filme enquanto os pais dos outros não chegavam.

- Acho que esse é o carro da minha mãe. - Lillis fala olhando pela janela logo depois de escutar a buzina. - Bom, nós já vamos indo, tchau gente!

- Tchau pessoal! - Sadie fala se levantando do sofá.

Todos se despedem e levo elas até o portão.

- Tchau ruivas! - falo acenado.

Volto para sala e os pais dos outros foram chegando.

- Eu to indo bebezinho.

- Você vai sozinho?

- Por que? Tá preocupado?

- Não, é só que tá tarde.

- Mas minha casa e aqui perto.

- Tem certeza?

- Sim, agora eu já vou, tchau tia Angela!

- Tem certeza? Se você quiser eu te levo.

- Não precisa.

- Tá, tchau, toma cuidado.

- Tá bom.

- Tchau Finn.

- Tchau. - ele fala e vai embora.

Tá, eu posso até reclamar quando ele me chama de "bebezinho", mas eu meio que gosto.

Vou para o meu quarto e coloco o pijama, deito e durmo.


Notas Finais


O que vocês acharam do cap???
Espero que tenham gostado!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...