História "Algo de apenas uma noite" (Jeon Jungkook) - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Blackpink
Personagens Jennie, Jeon Jungkook (Jungkook), Jisoo, Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Lisa, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Rosé
Visualizações 7
Palavras 751
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Hentai, LGBT, Romance e Novela, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiiiiii
Voltei aq com mais um cap
Espero q gostem
Boa Leitura💘

Capítulo 2 - "Deus grego"


Fanfic / Fanfiction "Algo de apenas uma noite" (Jeon Jungkook) - Capítulo 2 - "Deus grego"

Beynhu ON*

Eu estava esperando meu amigos oara podermos ir, dei uma última olhada nos espelho, devo admitir que gosto do que vejo, ouço a campainha e então pego minha bolsa já sabendo que seriam os garotos. Abro a porta e vejo todos muito bem arrumados. Cara, meus amigos são uns gatos mesmo.

- Você está linda - Jimin disse me analisando.

- Eu concordo - Namjoon disse.

- Tá uma gata - Yoongi me olhava da cabeça aos pés, praticamente me comendo com os olhos, em seus lábios havia um sorriso malicioso, corei e então desviei o olhar, não posso cair em tentação.

- Talvez assim você ache alguém pra dar uns beijos na boca - riu.

- Jin - falei num tom falsamente repreensivo.

- O que? Mas é verdade - rimos.

- Cadê os outros? Achei que eles fossem conosco - disse.

- Eles irão nos encontrar lá assim como eu havia dito - Jin disse simplista.

- Ok, então vamos andando povo - Jimin disse e depois foi andando pelo corredor.

Tranquei a porta pondo a chave em minha bolsa, depois vou até os meninos que estavam esperando o elevador, as portas se abrem e então entramos, descemos até o estacionamento e vamos até o carro do Namjoon. Ele e Jin vão na frente, enquanto Jimin, Yoongi e eu iamos no banco de trás.

Chegamos, Namjoon estaciona o carro e então saímos, entregamos nossas entradas a um segurança e o mesmo permite nossa passagem, assim adentramos o local. Escolhemos uma mesa e então todos nos sentamos.

- O que irão querer para beber? - uma garçonete que surgiu das trevas pergunta.

Todos dizemos o que queremos e então depois de um tempo as bebidas chegam, começamos a conversar entre nós, eu conversava com Jimin e Yoongi, enquanto nosso querido casal Namjin estavam flertando.

- Quer dançar? - Jimin pergunta e então engue a mão em minha direção, seguro e então nós vamos para a pista de dança, me jogo na dança seguindo o ritmo da música, Dancei por um logo tempo até sentir meus pés doerem, Jimin havia ido falar com Yoongi então cabei ficando sozinha.

Vou até o bar e peço uma bebida ao barman, ele me entrega e eu bebo enquanto estou sentada em um dos bancos e observando a movimentação.

- O que uma mulher linda como você faz aqui sozinha? - me viro para ver de quem era a voz.

E puta merda, não me arrependo, um homem de cabelos pretos e íris escuras me observava, ele usava uma blusa preta e jeans rasgado, seu corpo era claramente definido, um verdadeiro deus grego em minha frente.

- Eu não estou sozinha - disse simples.

- Não está? - indagou.

- Não - afirmei - vim com meus amigos, mas eles devem estar de pegando ou algo do tipo - disse dando uma golada em minha bebida.

- Entendo, também fui abandonado por meus amigos - sorriu - mas então, por que não vamos dançar?

- Eu nem ao menos conheço você - o mesmo me olhou e depois riu.

- Ok, você está certa, mas é só uam dança, não custa nada - eu só estava fazendo a difícil mesmo, porque se ele quisesse o céu eu dava.

- Tudo bem - me levantei da cadeira e ele pegou minha mão me guiando até a pista de dança, do nada a música muda de agitada para lenta, sério isso gente? 

Ele coloca cada uma de suas mãos em minha cintura, arrepiei ao sentir seu toque, eu por minha vez entrelaço minha mão em seu pescoço e então começamos a seguir o ritmo.

Sinto seu perfume me embreagar e uma sensação boa passar por mim, estava me sentindo confortável com a presença dele, mesmo depois de dormir com vários outros homens em minha vida eu nunca havia me sentido assim, de alguma forma ele farecia ser diferente.

No calor do momento acabamos nos beijando, e porra que beijo, nossas línguas dançavam em pura sincronia, nos afastamos assim que a maldita falta de ar se fez presente.

- O que acha de irmos para outro lugar? - susurrou em meu ouvido, que voz, meu Deus.

Entendi a que o mesmo se referia e assenti, ele me puxou pra fora da balada e me guiou até seu carro, abriu a porta do passageiro e então eu entreiv olhei pela janela o vendo dar a volta no carro e abrir a porta do motorista assim adentrando o veículo.

                                                   Contínua...



Notas Finais


Cap não revisado, desculpe qualquer erro ortográfico.
Amo vcs e até a próxima *-*


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...