História Algum Outro Clichê (Krystoah) - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Hey galerinha, espero que gostem, caso haja erros, comentem e eu posso arrumar talkey? Boa leitura pra vocês anjinhos.

Capítulo 2 - Chapter 2


CHAPTER 2

(ainda no refeitório)

POV Krystian


— Any, o que você disse mesmo? Não ouvi, tava focado nesse sanduba que porra, tá gostoso...

Estava ainda no refeitório comendo, afinal, como eu tinha dito estava morrendo de fome. Sou comilão e não nego, comer é a melhor coisa a se fazer na vida!

— Eu tava falando de que o Noah, sabe o Noah? - assinto - Então, quando eu estava vindo, disseram que você esbarrou no Noah, é verdade?

— Aí amiga, foi. Eu tava vindo pra cá, mas você sabe que eu sou vergonhoso demais né? Aí bem... Eu estava andando olhando pro chão pra não encarar ninguém e então puff, bati nele, nada demais.

— Pensei que tinha sido mais emocionante, af amigo, sei lá, imaginava aqueles filmes clichês mano, seria foda. - falou Joalin entrando no assunto.

Reviro os olhos com o que a garota fala e no exato momento bate o som pra retornarmos pra sala, infelizmente terei de encarar mais três aulas, duas delas (amém) a Hina estará comigo.

—Vamo gente? - Chama Sina, a mais velha do grupo e também a mais responsável.

Todos nos levantamos e seguimos o caminho até a entrada do refeitório, onde lá nos despedimos pra irmos pras nossas aulas.

No meio do caminho sinto uma imensa vontade de ir ao banheiro fazer xixi, e como era primeiro dia, ele podia quebrar algumas regras, e nem era lá grandes coisas, era só explicar que precisou ir no banheiro que ficava tudo bem.

Sigo o caminho para ir ao banheiro e felizmente assim que entro, está vazio. Faço minha necessidade e assim que saio vejo um ser na porta, vulgo Noah , segurando a mesma.

— Oi? - pergunto.

— Faz silêncio... Tô tentando fugir de sala caralho. - responde o mesmo.

— E eu tentando ir para a minha, não sou má aluno como você. - dou um sorriso cínico

— Tá, tá... - ele abre a porta - Sai sem fazer barulho e não fala pra ninguém que estou aqui.

— De boas. - saio do banheiro e vou em direção a sala.

Bati na porta e explico que tive que ir no banheiro, o professor aceita minha desculpa e me deixa entrar, vou até minha cadeira e olho pra Hina, ainda esperava o motivo de ter ido na frente, porém, não iria comentar com ela, espero que ela mesma se lembre de me falar sobre.

Duas aulas se passaram  depressa, o que foi ótimo, mas lembrei de que a última era de Educação Física, eu odeio essa matéria. Sou péssimo em esportes, pena que tenho que praticar, isso se eu quiser passar de ano.

— Bom dia turma! - o professor de Educação Física fala. - Desejo que todos vão para os vestiários e coloquem a farda de Educação Física, quem não colocar, menos um na média.

Ao falar isso, todos vamos para lá, espero todos os garotos se vestirem pra entrar e me trocar, não sei se vocês são assim como eu, sinto vergonha de ser olhado, embora poste muitas fotos no Instagram, o que é bem estranho.

Começo a me trocar e escuto uma risada.

— Por que tá se trocando sozinho Japinha? - pergunta Noah.

— Não sou Japonês, sou Chinês. E é por motivos de vergonha, e o que você está fazendo aqui?

— Tenho aula de Educação Física? Meio óbvio.

Ele responde e eu reviro meus olhos indo para a quadra, após exercício feitos na mesma, decido que não vou praticar esportes e sim ficarei na arquibancada escutando músicas da Billie e é isso que faço.

Num certo momento enquanto escutava idontwannabeyouanymore uma bola vem em minha direção sem eu saber e bate exatamente no meio do meu rosto.

No mesmo instante que eu sinto a pancada, já posso sentir sangue escorrendo no meu nariz por ter sido um arremesso forte e por ser uma bola de basquete, pesada pra caralho.

Tampo meu nariz e olho pra frente e vejo o Noah e logo percebo que foi o mesmo que arremessou a bola, o vi com uma cara de preocupado. Nesse momento o professor fala:

—Senhor Wang, se dirija pra enfermaria o mais rápido possível. - diz e eu saio da quadra ainda tapando o nariz que escorria uma quantidade de sangue razoavelmente grande.

— Cara, me desculpa, arremessei errado. Quer ajuda? - do nada aparece Noah com cara de desespero.

— Não toque em mim, não preciso de sua ajuda seu troglodita idiota.

Noah fica estático enquanto eu sigo para a enfermaria.

QUEBRA DE TEMPO


— Bom, seu nariz está perfeitamente bem, apenas o impacto o fez sangrar, já dei uma medicação pra dor. - diz Judy, a enfermeira da escola.

— Obrigado por seus cuidados, posso ir?

— Claro filho, se cuide.

Sorrio para Judy e a mesma retribui. Logo pego minhas coisas e vou direto para casa já que não preciso continuar ali até o final do dia.

Em casa, subo as escadas e vou direto para o quarto dormir um pouco para que depois eu almoce, tenho a certeza que mamãe deixou tudo para que eu apenas esquentasse.

Assim que me deito, recebo uma mensagem de Hina.

Krystian's Phone

11:20 AM


HIeNA 💜:
Krys, tudo bem?? Eu soube do q aconteceu na quadra.

KRYSTAL 🔷

tô bem amiga, não se preocupe. Tô com um pouco de sono mo, vou descansar talkey?


HIeNA 💜:
Certo migo, fique bem.
Bye Bye

KRYSTAL 🔷:

TCHAAAU E OBG. LOVE U💕

Krystian's Phone off

Deixo o celular de lado e me preocupo apenas em dormir. Quando dá a hora para acordar, me levanto e vou em direção da cozinha e esquento a comida já feita e passo o resto do dia apenas assistindo e comendo.

A noite, minha mãe aparece com comida japonesa e conversamos sobre o dia, falei sobre o que aconteceu na quadra, ela ficou bem preocupada mas acalmei dizendo que estava tudo bem. Até que subo par dormir novamente, tomo um belo e demorado banho e escovo os dentes.

Quando me deito recebo uma mensagem, decido ignorar por um instante, mas minha curiosidade é maior por isso pego o celular.

Krystian's Phone

11:38 P.M


Número Desconhecido:
Oi, cara queria pedir desculpa para você.

KRYSTAL 🔷:

Tá, mas quem é e como tem meu número?


Número Desconhecido:
Noah, e consegui porque tenho meus contatos né rsrsrs
Então, está bem?

KRYSTAL 🔷:

Ata, desculpado então.

Estou bem sim, apenas com o nariz meio avermelhado, mas bem .


IDIOTA 🏀:
Puts, sério desculpa, não foi por querer. Amanhã, quero falar contigo pessoalmente, juro que não serei mais grosso contigo. Vacilei hoje, sério desculpa.

KRYSTAL 🔷:

Tá okay (??), então, vou indo dormir.


IDIOTA 🏀:
GN (good night)

KRYSTAL 🔷:

GN


Krystian's Phone off

Desligo a tela do celular, o ponho pra carregar e começo a  pensar sobre o que o idiota quer falar comigo no outro dia. Me perco em pensamentos e acabo dormindo, mas antes ouço minha mãe entrar no quarto me dar um beijo no rosto e falar baixinho:

— Eu te amo Krystian, mesmo que não me ouça agora por estar dormindo, continuo dizendo, o mundo inteiro é seu.

Saí do quarto e fecha a porta me fazendo dormir feliz por ter alguém que me ame dessa forma. Eu sou grato por ter a mesma em minha vida...

To be continued...


Notas Finais


Oiiiie galera, então mais um capítulo pra vocês, espero que tenham gostado. Se gostarem, dá uma forcinha me apoiando ok?

Me recomendem uma música aqui por favorzinho, preciso renovar minha playlist e quem sabe fazer um capítulo inspirado em uma letra de música. Seria daora.
Enfim, obrigadinho e byeee.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...