História Alice no País das Maravilhas! ( Kim Taehyung ) - Capítulo 11


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Tags Taehyung
Visualizações 32
Palavras 663
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Crossover, Fantasia, Ficção, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Voltei, esse capítulo ele ficou meio sei lá, sem criatividade, não consegui tipo o que eu queria, por isso eu já peço desculpas, se ele ficar meio confuso e tudo mais, prometo que nos próximos capítulos essa confusão vai se explicando.
Eu tô meio sobrecarregada por causa do deveres escolares e por isso a minha criatividade foi de 1000 a 0, o próximo capítulo, eu escrevi junto com esse por isso, já peço desculpas, eu juro melhorar no próximos, esse dois capítulos que eu vou postar hoje, tem algumas informações deles nos capítulos anteriores, eu vou colocar nas notas finais, são detalhes que muitas vezes passam despercebidos, mas que tem uma certa importância.

Sem mais enrolas, Boa leitura!

Capítulo 11 - Capítulo XI!


Fanfic / Fanfiction Alice no País das Maravilhas! ( Kim Taehyung ) - Capítulo 11 - Capítulo XI!

Continuação...

Eu quero dizer, mas as palavras simplesmente não vinham

Tae : Você deveria descansar agora pela noite, tudo bem que você não quer ficar perto de mim, mas você não pode ficar aqui pra sempre né? Preciso que compreenda que não há garantias que o Bandersnatch não vai voltar

Airis : Certo. Mas pra sua casa eu não vou!

Tae : Tudo bem, sei de um lugar onde você pode descansar

Em passos lentos, começamos a sair da floresta, e fomos parar em frente a uma casa pitoresca, o telhado era triangular, com curvas macias, e os cômodos eram pequenos, mas pareciam confortáveis. A casa tinha também um jardim bem cuidado

Tae : Está é a casa para a "Alice". Sei que não se considera a Alice, mas vai servir pra você.

Apenas fiquei calada , a própria existência dessa casa , significava que não havia necessidade em dormir na casa dele. Ele podia ter me trago aqui desde o princípio.

Tae : Eu sei o que você está pensando. Mas acredite em mim, aguardei ansiosamente sua chegada, então aproveite o máximo o tempo com você, para passarmos um tempo juntos, essa é a verdade. Eu só não quero te machucar tá, nunca faria isso propositalmente.

Airis : Ae? Porque?

Tae : Agora não é hora, descanse 

Ele estendeu a mão até o meu queixo e se aproximou para um beijo

Airis : O que você acha que está fazendo?

Dei um tapa na cara dele, por reflexo, mas ele apenas sorriu.

Tae : Descontou um pouco a raiva?

Airis : Não tenho certeza, mas valeu a pena

Tae : Airis..

Airis : Que?

Ele se abaixou a minha altura, para fechar a distância entre nós e deu um beijo na minha bochecha

Airis : Você não aprende mesmo né? 

Tae : Hahaha, desculpa , foi só um ato de despedida

Ele sorriu e se distanciou, quando ameacei empurra-lo

Tae : Bom vou ir embora por hora, descanse e boa noite!

Ele deu um sorriso triste, e simplesmente desapareceu. Suspirei e coloquei os pés dentro da minha nova casa, pelo menos por enquanto, vasculhei todos os cômodos, até encontrar o meu quarto, vesti um dos pijamas do armário, e me deitei pronta pra dormir, afinal o dia havia sido longo e cansativo, quando já estava pegando no sono, ouvi barulhos na janelas, e me sentei e olhei para um cartão fixado no vidro da janela, o cartão imediatamente formou uma luz branca que explodiu causando um clarão, que me obrigou a proteger meus olhos, houve um clique e a janela se abriu.

Airis : O que é isso?

??? : Ei, Alice ainda está acordada?

Apesar da surpresa , eu reconhecia aquela voz

Airis : Você tem sorte de eu estar acordada Chanyeol, e certamente um crime invadir o quero de uma gorota, o que você quer?

Chanyeol : Verdade eu sou um caso sério

Ele disse pulando pela janela, e se aproximando de mim

Chanyeol : Eu estava preocupado com você, afinal você tem passado muito tempo com o Gato de Cheshire. O que? Você foi influenciad por ele? 

Airis : Que? Não

Chanyeol : Tem certeza? Achei que fosse impossível não se influenciar por ele

Airis : Ele não é fácil, mas é só questão de costume ele não é ruim como você pensa, pelo menos nem tanto

Chanyeol : Sei

Eu ele sorriu e me observou 

Airis : quê?

Chanyeol : Você tem ficado bem próxima dele não é?

Seu tom era questionador e eu me vi sem argumentos, afinal eu tinha mesmo me aproximado de Tae, mesmo que eu esteja chateada, nós temos uma ligação agora

Chanyeol : Então você ainda, não recuperou sua memória?


Airis : Não, mas ouvi uma conversa entre Tae e Jin, que envolvia a Alice. Parece que eu vim de um mundo chamado Mundo Real, mas como não tenho memórias e tudo muito confuso ainda

Chanyeol : entendo como se sente, Airis

Airis : Huh?

Chanyeol : Não há coisa pior do que perder as memórias. Então venha comigo Airis, vamos recuperar suas memórias perdidas

Ele estendeu a mão, e eu peguei um pouco exitante, mas eu tinha que saber sobre meu passado.



Notas Finais


No capítulo 3, citei o Chanyeol como o Coringa, então isso explica o fato de que ela, realmente já o conhecia, por isso ela o reconheceu pela voz!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...