História All about you (Imagine: Jungkook) - Capítulo 11


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Drama, Hentai, Imagine, Jeon Jungkook, Jungkook
Visualizações 1.362
Palavras 1.150
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Ficção Adolescente, Fluffy, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiee, não deu para postar antes de ir pra escola porque eu estava MUITO ATRASADA. kkk
Tenho uma perguntinha para vocês nas notas finais.
Boa leitura!

Capítulo 11 - Conselhos


Fanfic / Fanfiction All about you (Imagine: Jungkook) - Capítulo 11 - Conselhos

- Jungkook é sério?

- É sim. - Ele sorriu. - Eu não quero perder tempo, eu quero logo ter você do meu lado.

- Aí meu Zeus, é claro que eu aceito. - Jungkook me tirou do chão num grande abraço e me girou no ar.

- Você é tão maravilhosa (s/n).

Jungkook distribuiu vários beijos pelo meu rosto e depois selou os nossos lábios, ele pediu passagem com a língua e eu cedi, nossas línguas se acariciavam lentamente, o beijo dele é tão bom, minhas mãos estavam em sua nuca e as mãos dele estavam em minha cintura.

- Eu não queria ter que te soltar agora, mas eu tenho que ir para casa antes que fique tarde.

- Tudo bem. - Falei.

- Tchau meu bebê. - Jungkook me beijou mais uma vez e depois me soltou. - Eu te mando mensagem mais tarde.

- Tchau. - Dei um selinho nele antes de entrar em casa.

Traquei a porta e fui para o meu quarto, me joguei na cama sorrindo que nem uma boba, eu ainda não estava acreditando no que havia acontecido minutos atrás.

~~❅~~

- Pai? - Entrei em seu escritório onde o mesmo passa a maior parte do seu tempo quando estava em casa.

Eu iria falar para ele que estou namorando, pensei em várias formas de como dizer isto à ele mas no final acabei optando por ser direta.

- Oi meu amor. - Ele sorriu. - Deseja alguma coisa?

- Eu preciso conversar com o senhor.

- É algo sério, muito sério ou de boa?

- É algo importante.

- Sente-se.

Me sentei na cadeira à sua frente e ele ficou me observando.

Meu Zeus, que vergonha!

Jungkook é o meu primeiro namorado, eu nunca pensei que chegaria a falar sobre essas coisas com o meu pai.

- Pai é que eu... Ér... Estou namorando.

- O quê?

A reação dele foi bem diferente do que eu esperava, ele estava sorrindo.

Papai começou a ser liberal comigo depois que e a minha mãe morreu, ele não queria que a sua filha ficasse trancada dentro de casa se debulhando em lágrimas, mas eu pensei que ele seria diferente em relação à namoro.

- Quem é o sortudo, filha?

- Ele se chama Jeon Jungkook, somos da mesma escola e ele é voluntário da casa de repouso.

- Que legal minha princesa, eu quero conhecer ele algum dia.

- Tudo bem, eu acho que hoje vou chamar ele pra jantar com a gente. - Eu sorri. - Eu tenho que ir pra casa de repouso agora, tchau papai.

- Tchau minha filha.

Como estávamos perto das férias e os professores estavam passando muitas coisas antes da semana de provas, sinceramente eu já estava cansada de estudos.

- Eu não aguento mais. - Fechei o livro e suspirei, a senhora Choi sorriu e voltou a atenção para o seu livro de poesias. - A senhora não deveria estar com as coisas arrumadas para ir embora?

- Minha filha decidiu que só iremos nas férias.

- Entendi. - A ida da senhora Choi para os Estados Unidos é uma coisa que me incomoda bastante, mas ela quer tanto ir que eu não posso contestar.

- Seu namorado não veio hoje?

- O Jungkook teve alguns problemas com o pai, eu não entendi direito. - Suspirei. - Ele não gosta de falar sobre isso.

- Não fique pressionando minha filha, deixe ele contar no tempo certo.

- Eu entendo, só não gosto de ver ele estressado desse jeito.

- É normal quando se tem problemas com a família. - Ela se levantou. - Está quase na hora do almoço, você vai cantar hoje?

- Sim. - Eu me levantei. - Eu vou preparar as coisas lá na cantina, senhora Choi.

- Tá bom.

Fui pra lá e comecei a arrumar tudo, durante esse tempo Jungkook havia aparecido e me ajudou, ele estava meio esquisito, mas eu resolvi ficar na minha.

Hoje cantamos as músicas que os idosos haviam pedido, foi muito legal, todos nós nos divertimos bastante.

Eu e Jungkook passamos a tarde com a senhora Choi, ela deu vários conselhos para nós dois e ainda rimos muito com ela.

No caminho para casa, eu falei pro Jungkook que eu havia contado ao meu pai que estávamos namorando, chamei ele para vir jantar conosco hoje mesmo e fiquei muito feliz que ele aceitou.

- Eu acho que vou desistir, e se o seu pai não gostar de mim (s/n)?

- Ele vai.

- Como pode ter tanta certeza disso?

- Ele reagiu muito bem quando eu falei. - Dei um selinho em Jungkook. - Por favor, entra comigo.

- Tá bom, eu entro. - Ele sorriu.

Segurei a mão dele e abri a porta de casa, já pude ouvir Katy fazendo o jantar na cozinha, fomos até lá e ela sorriu ao nos ver.

- Aaaa, meu casal favorito. - Disse Katy. - Veio jantar com a gente?

- Sim. - Ele sorriu envergonhado. - Eu acho que vou sair correndo.

- Não precisa ficar assim, o papai é legal. - Katy olhou para mim. - Preciso falar com você depois, coisa de irmãs.

- Beleza. - Sorri. - Eu acho que o papai está no escritório, vamos lá Jungkook?

- Tá.

Na verdade o papai foi bem legal com o Jungkook, os dois conversam bastante no escritório e no jantar, eu fiquei impressionada em como eles se deram bem em pouco tempo e também fiquei muito feliz.

Quando Jungkook foi embora, eu fui falar com o papai e ele disse que realmente gostou do meu namorado e que nós somos um casal legal. Em seguida eu fui para o quarto da Katy, eu queria saber o que ela queria falar comigo.

- Você quer falar sobre o quê maninha? - Me sentei em sua cama e abracei um urso que tinha lá.

- Sobre uma coisa que talvez pode ser "constrangedora" para você, mas é algo muito normal e como você já está namorando é o meu dever conversar com você e te orientar já que não temos mais a nossa mãe para fazer isso.

- Me diz que não vai falar sobre sexo.

- Sim, eu vou. - Katy sorriu. - E não precisa ficar envergonhada, como eu disse, isso é normal.

- Meu Zeus, nunca pensei que um dia eu teria essa conversa com você. - Suspirei e dei um sorriso tímido. - Vai, fala.

- (s/n) nem adianta me dizer que você nunca vai transar porque vai sim, você e o Jungkook são jovens, e jovens estão com os hormônios à flor da pele, então é normal que talvez vocês queiram experimentar coisas novas.

Apesar de estar envergonhada, eu estava achando legal a minhs irmã ter esse tipo de conversa comigo, e ela tem experiência já que ela já teve um namoro de quatro anos.

Ela me explicou sobre tudo, e falou principalmente sobre o uso de camisinha e gravidez na adolescência. Katy também esclareceu algumas dúvidas que eu tinha.

Depois mudamos de assunto e ela me falou um pouco mais sobre o cara que ela está conhecendo, me mostrou foto e até algumas conversas deles, estou muito feliz pela minha irmã estar conhecendo um cara aparentemente legal.


Notas Finais


Vocês querem que tenha cenas de sexo na fanfic?
Porque está tão fofa e as cenas hots que eu costumo escrever são um pouquinho pesadas kkk
Se vocês quiserem eu posso fazer de tudo para tentar deixar fofo, mas se não quiserem tudo bem ❤❤ (isso não quer dizer que as cenas de sexo estão próximas, estou só aproveitando que a Katy teve essa conversa com ela pra saber a opinião de vocês)
Enfim, eu espero que tenham gostado.
Até a próxima! ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...