História All about you (Imagine: Jungkook) - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Drama, Hentai, Imagine, Jeon Jungkook, Jungkook
Visualizações 707
Palavras 1.146
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Ficção Adolescente, Fluffy, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura!

Capítulo 12 - Histórias esquisitas e engraçadas


Fanfic / Fanfiction All about you (Imagine: Jungkook) - Capítulo 12 - Histórias esquisitas e engraçadas

O meu namoro com o Jungkook foi o assunto da escola durante essas duas semanas, e as pessoas juram que ele trocou a Yangmi por mim, ultimamente várias garotas vieram me perguntar sobre isso e algumas afirmaram que a própria Yangmi está dizendo estas coisas.

Durante a aula de educação física, eu não estava nem um pouco afim de jogar, então eu e Seoyeon apenas ficamos olhando enquanto tínhamos uma conversa bem legal sobre como foi a incrível ficada dela com Andrew, o capitão do time de futebol.

- Já era para vocês estarem namorando. - Falei. - A quanto tempo estão ficando?

- 4 meses.

- Vocês realmente já deveriam estar namorando.

- É verdade. - Ela suspirou mais depois sorriu. - E como vai o seu namoro com o Jeon?

- Esta legal, ele é um ótimo namorado. - Sorri. - Mas eu fico meio irritada com essas pessoas que ficam inventando histórias e até colocam a Yangmi no meio.

- Isso é inveja, Jungkook é um cara bonito, legal e inteligente, as meninas ficam inventando coisas por recalque, isso também acontece comigo e com Andrew.

- Por que será que a Yangmi fica dizendo que ele trocou ela por mim?

- Uma coisa sobre a Yangmi é que ela não aceita quando o cara termina com ela, mesmo que ela tenha feito merda, acho que é por isso que ela fica espalhando essas coisas.

- Vadia.

Seoyeon sabe muita coisa sobre a Yangmi porque quando ficamos brigadas, elas andavam juntas, minha melhor amiga se afastou da vadia quando ela ficou com um garoto que ela gostava.

- Vadia é pouco, se eu pudesse já teria quebrado a cara dela. - Seoyeon disse isso um pouco alto que até a vadia olhou.

- Você é louca? Assim ela vai descobrir que estamos falando dela.

- Que saiba. - Ela se levantou. - Ei Yangmi, nós estamos falando mal de você.

- Seo! - Reclamei, mas não consegui manter uma pose séria, comecei a rir da loucura da Seoyeon.

- Pra quê ficar falando pelas costas? Tem que falar é na cara mesmo. - Ela se sentou novamente.

- Seoyeon você é a melhor pessoa que eu já conheci.

- Eu sei. - Ela sorriu. - Mais mudando de assunto, a senhora Choi vai embora mesmo?

- Infelizmente sim, se ela quer ir com a filha eu não posso fazer nada.

- Nossa, eu imagino que quando ela for embora vai ser muito ruim pra você.

- Eu estou tão acostumada com a senhora Choi, vai ser ruim de verdade. - Eu suspirei. - Espero que a filha cumpra a palavra e cuide bem dela.

- Eu também, eu gosto da senhora Choi.

- Você podia ir lá hoje, faz um tempo que você não vai amiga

- AAA EU QUERO IR.

O sinal tocou nós fomos para a sala de aula, no meio do caminho encontrei Jungkook no corredor e ele me abraçou.

- Oi amor. - Ele me deu um selinho, sorri quando ele me chamou de "amor", é a primeira vez que ele me chama assim.

- Oi, pra onde você está indo?

- Beber água.

- Ah sim, tenho que ir pra aula, é revisão para a prova.

- Ok meu bem, nos vemos no recreio. - Ele me deu outro selinho e eu segui o meu caminho para a sala de aula.

A aula de geografia foi um tédio, a professora passou a revisão para a prova, mas não adiantou nada pois ela passou a aula toda tentando explicar uma única questão, culpa dos idiotas que não paravam de conversar.

Quando tocou o sinal para o intervalo, meu namorado já estava me esperando na porta da sala, segurei a sua mão e fomos pra cantina comprar o nosso lanche. Assim que compramos, fomos nos sentar com os meninos.

- Oi galerão. - Falei assim que cheguei à mesa.

- E aí (s/n), como você está? - Tae perguntou.

- Bem e você?

- Eu estou bem. - Ele riu. - Me dá o seu bolo? Ele parece estar tão bom.

- Não, se ela não quiser o bolo vai da. para mim que sou o namorado dela.

- Me desculpem, mais eu vou querer o bolo.

- Sem graça. - Tae fingiu uma carinha triste e eu sorri. - Eu posso ganhar pelo menos um pedacinho?

- Pode.

- Ah mais se ele ganhar, eu tenho que ganhar também. - Jungkook cruzou os braços.

- Parem com essa frescura, se vocês querem tanto o bolo vão comprar. - Disse Yoongi.

- Você é outro sem graça, hyung.

- Dane-se.

- Sem discussões gente. - Disse Seokjin.

Acabou que eu dividi o bolo com o TaeTae e com o Jungkook, tivemos uma conversa bem divertida durante o intervalo e quando acabou, eu e Jungkook fomos matar aula no esconderijo. Estávamos abraçados ouvindo uma boa música enquanto comíamos doritos.

- Eu chamei a Seoyeon para ir com a gente pra casa de repouso hoje.

- E ela vai?

- Sim.

- Legal bebê. - Ele me deu um beijo na bochecha. - Você está triste porque a senhora Choi vai embora, não é?

- Estou muito triste.

- Bem que eu estava desconfiando.

- Ela é como se fosse a minha segunda mãe. - Suspirei.

- Eu sei, mas vocês podem manter contato, pede o número do telefone da casa da filha dela e ligue quando você puder.

- Eu vou fazer isso.

Ficamos conversando sobre coisas aleatórias, e depois que ficamos um tempo em silêncio ele começou a cantarolar a música que estava tocando, eu não conseguia pensar em mais nada, somente no lindo som de sua voz, saímos do "nosso" esconderijo quando tocou o sinal para irmos embora.

Durante o caminho para a casa de repouso, Seo contava o sonho esquisito que ela teve na noite passada, que ela foi abduzida por extraterrestres e quando chegou no planeta deles, era um planeta cheio de doces, eu e o Jungkook não aguentamos e começamos a rir, esse com certeza foi o sonho mais estranho que eu já ouvi falar. Quando chegamos na casa de repouso, Seo foi logo conversar com um grupo de idosas que estavam no jardim, Jungkook foi jogar xadrez com um senhor e eu fui ver a querida senhora Choi.

- Oi. - Falei assim que cheguei em seu quarto.

- Oi querida, eu já estava indo almoçar. - Ela sorriu. - Você já almoçou?

- Sim, almocei no caminho com Seoyeon e Jungkook.

- Seoyeon? Ela está aqui?

- Sim. - Eu sorri.

- Eu quero vê-la, vamos lá.

Seoyeon e a senhora Choi juntas é . melhor coisa que se pode existir, além das duas serem engraçadas, são ótimas contadoras de histórias, quando Jungkook se juntou à nós ficou melhor ainda. A senhora Choi contou uma história muito engraçada sobre a infância, e Seo também tinha uma história engraçada de infância, na qual eu estava presente e ajudei a contá-la. Depois começaram a contar histórias esquisitas, mas nada era pior do que o sonho dos alienígenas no planeta de doces.

O nosso dia foi muito divertido e Seoyeon prometeu à senhora Choi que viria mais vezes antes dela ir embora.


Notas Finais


AAAA 204 FAVORITOS ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...