1. Spirit Fanfics >
  2. All again >
  3. All Again ( Ren e Aiko - Parte 2)(início do arco 2)

História All again - Capítulo 12



Capítulo 12 - All Again ( Ren e Aiko - Parte 2)(início do arco 2)


Aiko 

Sonho on.

Me vejo caminhando lentamente em uma floresta repleta de flores variadas que davam uma aura de paz.

Mais assim, tudo se acaba quando ouço alguém chorando....


Parecia...


Parecia uma...



Criança.



Caminho mais perto para ver o que há, e assim que chego perto, vejo uma criança dos cabelos grisalhos, no chão, chorando.

Ele parecia com medo, parecia inseguro, parecia... perdido

Sem pensar duas vezes, dou um Paço a frente para ver mais de perto. Avia uma roda de flores coloridas e ele se encontrava no centro delas.

Assim que eu abro minha boca para falar alguma coisa, a minha voz é interrompida.

- Tem alguém aqui? - Outra criança aparece, só que dessa vez, ela avia a pele morena, olhos vermelhos e cabelos pretos com alguns fios ruivos.

Ele me lembrava Ren, só que a única diferença é que pertencia cabelos escuros. 

- você está bem menininho? - A criança dos cabelos pretos se aproxima das de cabelos grisalhos que se incolia a cada passo que o moreno dava - Calma, não vim aqui para te machuca... 

A criança morena da um enorme sorriso, fazendo com que a outra criança, parasse de chorar, e se acalme-se um pouco. 

- Meu nome é Ren! - Ele fala sorrindo e se sentando ao lado da outra criança. Eu arregolo meus olhos em pura surpresa - Qual seu nome garoto? 

-... Ai-aiko... - Ela fala um pouco trêmula.  

Aiko? Isso só... isso só pode ser coincidência, é claro que é uma coincidência ... Como que...

Eu me afasto um pouco, dando cada passo para atrás, até tropeçar em uma pedra e cair entre as flores.

- Ai... - passo a mão na minha cabeça e me sento lentamente. Assim que eu me sento, aquelas duas crianças não estavam mais ali - Mais oqu...??

- EU VOU TE PEGAR AIKO! - Alguém fala correndo entre risadas que estavam sendo acompanhadas.

Parecia... parecia aquelas duas crianças que acabara de ver... só que, elas estavam maiores, o moreno avia cabelos no degrade do ruivo para o preto, já a outra criança tinha alguns fios se cabelo escuros.

Aquelas duas crianças não paravam de rir e de correr pelo jardim de flores, até que então elas tropeçam caindo uma em cima da outra, mais não é por isso que as risadas se cessaram.

- Você se machucou Aiko? - A criança morena se senta ao lado da outra criança.

- Não, eu estou bem Ren - Ela abre um grande e belo sorriso - E você? Você se machucou?

- Não, estou bem - as duas crianças começam a brincar novamente, entre risadas e sorrisos.

Mais... Mais o que acabou de acontecer? Mais o que está acontecendo? Que droga é essa? 

Saio dos meus devaneios assim que vejo dois adolescentes andando pelo campo, parecia aquelas mesmas crianças, só que crescidas.  

- Toma... - O moreno ruivo entrega uma rosa para a pessoa  a sua frente - Essa rosa fica linda em ti... - Ele cora levemente deixando a pessoa com um rubor e um sorriso bobo.

- Vo-você acha? - Ele fala envergonhado e assim que o moreno concorda com a cabeça, ele solta um sorriso largo e doce.

- Vamos? - Ele estende a mão para o menino a sua frente que lentamente a pega sorrindo feito bobo.

- Vamos... - Eles caminham de mãos dadas pela roda de flores coloridas e encantadoras.

Mais o tempo que antes era uma tarde com um lindo pôr do sol, se torna um clima escuro e chuvoso.

- AIKO! - Ouve uma voz parecida com a do moreno que apareceu segundos antes - AIKO CADÊ VOCÊ? AIKO! - Ele grita com a garganta quase se estourando, o mesmo deixava as lágrimas se acompanharem e se levarem com a chuva - AIKO APAREÇA, ESSA BRINCADEIRA NÃO É LEGAL!... aiko... - Ele se joga no chão e começa a chorar - Aiko... apareça... não... não me deixe - O mesmo acaba desmaiando no chão deixando a chuva o encharcar mais ainda e as flores muxas lhe sercarem por inteiro.

Depois memorias suas passam rapidamente pela sua cabeça lhe deixando atordoado com tudo. Memórias essas dês de que foi encontrado por um certo Ruivo moreno que chorava de felicidade por ter lhe encontrado.

Memórias essas que foi do começo até onde está agora, as lutas, batalhas, treinos, lagrimas, brigas, sentimentos, sexo e por fim seu namoro.

Sua visão enxerga uma luz forte lhe fazendo sentar na cama rapidamente. Estava ofegante, seu coração batia forte e sua cabeça estava doendo.

- Mais o que... o que aconteceu?...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...