História All for you - Saida - Capítulo 2


Escrita por:


Capítulo 2 - Nossa primeira vez? :)


Fanfic / Fanfiction All for you - Saida - Capítulo 2 - Nossa primeira vez? :)

                       DAHYUN POV'S

Cheguei em casa e me joguei na cama,e fiquei pensando sobre tudo. Eu sei que é cedo,mas acho que gosto mesmo da Sana,ela tem algo totalmente diferente das pessoas que me relacionei,ela sim me deixa tímida com a presença dela,ela faz meu coração palpitar rápido a ponto de parar,eu sinto que ela é a mulher da minha vida...sei que sou uma pessoa de "não relacionamentos",mas ela me faz esquecer isso,e agora eu quero ela para minha vida,mesmo que tudo esteja indo rápido demais.

São 00:30,e eu aqui pensando na Sana e esquecendo de fazer minhas coisas...levanto da minha cama e vou até o banheiro tomar um banho longo,termino e vou para a pia escovar meus dentes. Após isso saio do banheiro e coloco uma roupa aleatória para dormir,deito em minha cama e fico observando a janela. Escuto gritarias e reconheço a voz de minha mãe...puff,eles brigando outra vez,estou cansada. Saio do quarto e desço até la,vejo também meus irmãos observando tudo.

-Quando vocês vão acabar com essa PORRA de briga por causa de dinheiro? Caralho,vocês brigam todos os dias,parem de agir como criança e esquece a merda do dinheiro. - Falo irritada para eles que ficam quietos me observando.

-Isso é verdade,não tem essa de "eu vou ficar com a maior parte",já chega,vocês dois pode não ver,mas envolvem nós 3 nessa merda de briga. - Fala meu irmão mais velho,Heechul.

-Vocês vão se divorciar,eu sei que é um assunto foda,mas não é só por causa disso que a empresa tem que acabar,sla,da um jeito ai de trabalharem juntos,sem levarem para o lado do divórcio,sejam amigos de trabalho. - Fala o mais novo Kai tentando "resolver" algo.

-Acho que vocês tem razão...estou cansado também...vamos tentar resolver algo. - Fala meu pai.

-Vou dar uma volta por ai,esfriar minha cabeça,flw. - Falo subindo para meu quarto  indo trocar de roupa.

Entro no meu quarto e vou direto para meu guarda-roupa,digo...muvuca de roupa. Pego uma calça preta de moletom,uma camiseta branca longa,uma jaqueta preta,e um tênis cinza da DC...pego minha carteira por precaução e desço. Pego as chaves da minha moto e vou até a garagem.

Fazia um bom tempo que não andava na minha motinha,desde o acidente que eu tive. Fiquei com trauma,eu quebrei meu braço,e desloquei meu pé,a dor foi horrível,e demorou para concertar minha moto. Tiro a capa que cobria a moto e porra...ela estava maravilhosa,minha Harley Davidson...subo em minha moto e coloco a chave nela,ligo e saio da garagem indo para rua. Paro ali no canto da rua e ligo para Sana.

*LIGAÇÃO ON*

Eu:Sana? Ta acordada?

Sana:Oi Dah...acordei agora com meu celular tocando. - Fala Sana com uma voz sonolenta.

Eu:Sana,meus pais brigaram outra vez,e eu decidir que quero dar uma volta de moto. Mas não quero ir sozinha...vamos comigo?

Sana: Ook Dah...quando eu terminar de me arrumar,eu te ligo para vim aqui.

Eu:Ta bom,bj

*LIGAÇÃO OFF*

Desligo o telefone e espero Sana me ligar para ir até a casa dela. Ela liga para mim depois de 10 minutos e vou até a casa dela. Lá estava ela,linda como sempre...Sana vestia uma camiseta da adidas preta,uma calça preta também de moletom,em sua cabeça uma touca vermelha,e em seus pés um tênis todo branco.

-Oi Dah,você ta melhor? - Fala ela me abraçando e logo em seguida me dá um selinho.

-Com sua presença tudo fica melhor...posso te levar para um lugar que eu gosto muito? - Falo fazendo uma expressão de "triste" para ela aceitar ir comigo.

-Vamo sim Dubu,com você eu vou em qualquer lugar! - Fala ela sorrindo para mim.

-Então vamos amor. - Falo retribuindo o sorriso.

Sana sobe na moto e coloca sua mãos em minha cintura,e dou início para o lugar que levarei ela. Sana é a única mulher que levo nesse lugar,sempre que estou mal,eu vou la esvaziar minha cabeça cheia de problemas,eu sou bem sentimental mesmo que não pareça,e me sinto melhor nesse lugar e ao lado da Sana,em falar em Sana,a mesma encosta sua cabeça em mim...é bom estar pegando intimidade aos poucos com ela. Subo o morro e paro minha moto no canto da rua,desço da minha moto e ajudo Sana a sair.

-Dah...onde estamos? - Fala Sana curiosa.

-Você vai ver...é aqui que meus problemas vão embora. - Falo para Sana,e mostro o lugar.

Era tipo um lugar alto que dava para ver a cidade,ela brilhava com suas luzes,era bem bonito,olhavamos tudo em pé.

-Que lugar lindo Dah! - Fala Sana observando tudo,seus olhos brilhavam.

-Bom,quando acontecia coisas tipo brigas,ou não conseguia dormir,eu sempre saia por ai. Até que um dia fui em um atalho,e achei aqui,e é aqui que me sinto bem,por isso te trouxe aqui. Eu nunca mostrei esse lugar para ninguém...só para você. - Falo olhando em seus olhos.

-Eu sei que você é a primeira menina que me relaciono,mas eu sempre soube que acharia alguém que me fizesse feliz,e essa pessoa se chama Kim Dahyun. Eu acho que gosto mesmo de você,nunca me decepcione por favor. - Fala Sana com seus olhos lacrimejando.

-Sana,eu jamais faria isso com você. Eu não quero te perder,eu faria de tudo por você. - Falo limpando suas lágrimas.

-Eu nunca me apaixonei assim antes,você é o meu primeiro amor,e espero que isso não acabe tão cedo. - Fala Sana me abraçando forte.

-Eu também não quero que isso acabe...acho que eu te amo... - Falo quase chorando.

-Dahyun...eu acho que também te amo. - Fala Sana se aproximando.

-Iss...- Sou cortada por Sana que me da um selinho demorado.

Olho para Sana e vejo que ela me queria ali mesmo,então coloco uma mão em sua nuca,e a outra em sua cintura. Dou um selinho em Sana e início um beijo calmo,peço espaço para colocar a língua e ela cede,ali nossas línguas se encontram e começam uma massagem leve. Sana morde devagar meu lábio inferior,e ali as coisas começam a esquentar...desço minhas mãos que estavam em sua cintura e deixo elas em sua bunda apertando a mesma...depois subo minhas mãos e coloco dentro de sua blusa encostando em sua pele macia,sinto Sana se arrepiar,e coloco minhas mãos em seus seios...Sana da um pequeno suspiro.

-Sana...você tem certeza de que quer fazer isso mesmo? - Falo nos separando.

-Tenho Dahyun,eu quero muito fazer isso. - Fala Sana mordendo seu lábios inferior.

Chamo Sana para sentarmos na grama,eu sento e Sana sobe em cima de mim,ficando com nossas intimidades uma perto da outra. Eu deito e nossos rostos ficam frente a frente,Sana inicia um beijo rápido ali mesmo,com suas mãos no chão para o seu peso não ficar todo em cima de mim. Sana fica quente e tira sua blusa...e é essa a visão que eu tenho...do paraíso. Coloco minhas mãos em suas costas para abrir seu sutiã,jogo ele para o lado e aperto os seios de Sana com uma mão...Sana fica com sua respiração ofegante...desço a outra mão para a sua bunda e aperto ela com força...viro Sana,agora ficando em cima dela e entre suas pernas,beijo Sana,e desço os beijos para seu pescoço,Sana fica mais arrepiada ainda. Desço meus beijos para seus lindos seios,passo minha língua em volta deles e depois dou uma "chupada" nos mesmos...Sana geme um pouco alto,agora me chamando pelo nome...desço beijando sua barriga e coloco meus dedos em sua boca e Sana chupa eles devagar. Tiro sua calça e junto tiro também minha blusa,coloco minha mão por dentro de sua calcinha massageando sua intimidade.

-Isso... - Sana geme alto.

-Dahyun...pfv me chupa... - Sana geme revirando seus olhos.

Tiro sua calcinha e jogo por ai,coloco meu rosto de frente para sua intimidade,assim abraçando suas coxas,e passo minha língua uma vez em sua intimidade.

-Dahyun...não pare pfv. - Sana geme meio falho,por conta de que queria mais.

-Ta bom Sana... - Falo sorrindo maliciosamente para ela.

Coloco minha boca em sua intimidade e começo a fazer movimentos circulares com minha língua,chupo mais rápido a intimidade de Sana,enquanto ela solta "haam...vai Dahyun mais rápido"...vejo Sana se contorcendo e vou para seu clitóris. Faço movimentos de vai e volta com a ponta da língua,depois enfio dois dedos,e vou mexendo eles dentro de sua intimidade,e ela geme mais alto. Junto disso também vou fazendo movimentos rápidos com minha língua em sua intimidade...beijo os lábios de sua intimidade e em meus dedos Sana solta seu líquido. Coloco meu dedo em sua boca,para ela sentir seu próprio gosto,Sana chupa eles com vontade,após isso subo para beija-lá.

Início um beijo lento,e com minhas mãos passeio pelo seu corpo...paramos assim que perdemos o ar,deito em seu lado e ficamos nos olhando por um tempo.

-Nunca achei que minha primeira vez fosse assim e aqui. - Fala ela deitando em meu peito.

-Assim como? Você não gostou ne? - Falo meio "brava".

-Dahyun...você não viu eu gemendo? Não foi o bastante para "falar" que foi maravilhoso? - Fala Sana com um sorriso malicioso.

-Hmm sei...

[...]

-Putz...o dia está amanhecendo. - Fala Sana preocupada.

-iiii? - Falo sem entender.

-Dahyun a gente tem aula esqueceu? Fala ela se levantando e pegando sua roupas para se vestir.

-Porraa verdade. Falo também levantando.

Ajudo Sana a se vestir e saímos dali,subimos em minha moto e fui a caminho da casa de Sana deixando ela lá.

-Precisamos repetir isso mais vezes,só que em um lugar mais confortável kkk...mas foi muito bom - Fala Sana saindo da moto.

-Você tem razão,tem grama no seu cabelo kkkk. - Falo também saindo da moto e tirando a grama que estava em seus fios.

-É uma lembrança da nossa primeira vez,que pra mim foi especial. - Fala Sana se aproximando e colocando suas mãos em minha nuca.

-Pra mim também amor. - Falo sorrindo.

Coloco minhas mãos em sua cintura,e início um beijo calmo,peço espaço para colocar a língua e ela deixa...viro minha cabeça e o beijo aumenta a velocidade aos poucos,ficamos ali um tempo,até Sana morder meu lábio inferior e 3 selinhos em seguida.

-Já vou indo Dah. - Fala ela nos separando.

-Vai lá,você tem aula daqui a pouco.

-Como assim? Você não vai? Porque? - Fala ela me olhando sem entender.

-Estou meio cansada...falta comigo Sana? Não quero ficar sem fazer nada - Falo fazendo bico para convence-lá.

-Ok...você venceu. - Fala Sana dando um selinho em meu biquinho. - Mas a gente vai ficar aonde? Eu preciso entrar em casa e sair como se eu fosse pra aula,se não meus pais vão brigar comigo. - Fala Sana.

-Ok,então faz isso,e eu te pego de moto um pouco antes da escola...eu te mando mensagem explicando tudo. - Falo.

-Então ta bom Dah,te encontro daqui a pouco. Sana sorri,me da um selinho e entra para sua casa.

Saio dali indo rumo a minha casa. Hoje foi maravilhoso com Sana,não só por termos feito aquilo,eu gostei de levar ela no meu lugar favorito,ela me passa confiança,me faz esquecer que existe coisas ruins,e ela me deixa tão bem que não tem explicação para isso. Eu ainda pretendo fugir com ela,e faze-lá feliz...Chego em casa e guardo a moto na garagem,entro em casa e vejo que todos estão dormindo,subo para meu quarto e começo a me arrumar para ir a "escola".


Notas Finais


...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...