1. Spirit Fanfics >
  2. All for you ( chaesoo ) >
  3. Me ajude

História All for you ( chaesoo ) - Capítulo 11


Escrita por:


Notas do Autor


Hey guys, beleza?
Me desculpe por qualquer erro ortográfico
Boa leitura

Capítulo 11 - Me ajude


Fanfic / Fanfiction All for you ( chaesoo ) - Capítulo 11 - Me ajude



POV.  JISOO


Depois de ter passado o dia inteiro trancada ali, finalmente ouço o barulho da porta sendo aberta, Jennie a destranca e logo em seguida ia sair:

Jis.: Jennie espera! - ela volta impacientemente - Como Chaeyoung está? É muito grave? Teve muitos ferimentos? Ela já acordou? 

Jen.: CALMA JISOO! Ela está bem, infelizmente. Só teve alguns machucados um pouco mais sérios, mas está ótima.

Jis.: *respiro fundo* Graças à Deus ... e está aqui?

Jen.: Não, teve que passar a noite lá.

Jis.: Por que? Você não disse que ela estava bem?!

Jen.: Ela está bem, mas não teve alta! A garota não morreu não Jisoo!

Jis.: Mas isso poderia ter acontecido, e por culpa sua eu não estaria lá pra vê-la!

Jen.: Ai tá bom, - enquanto se retirava de meu quarto, ela para e se vira pra mim - Ah Jisoo, sabe ... eu não ia contar isso pra você mas, a Lisa me disse que quando estava no hospital, Rosé falou que foi bom você não ter ido, que se sentiria pior com sua presença lá, por todo o mal que a fez passar. E já que não quis visitá-la, achou que seria melhor se vocês não voltassem a se falar.

Jis.: É-é mentira!

Jen.: Você não sabe, não estava lá ... - ela sai -

Jis.: .   .   .  Só pode ser...


A culpa me consumia cada vez mais, e mesmo que eu soubesse que não podia fazer nada, estava submissa à pressão, às mentiras, às manipulações mentais, manter minha sanidade naquelas horas era muito difícil...



POV.  ROSÉ 


NO DIA SEGUINTE...


Vou acordando aos poucos e percebo que a doutora já estava no quarto, tento me levantar antes de falar com ela:

Med.: Ah, olha quem acordou!

Ros.: Bom dia... - digo ainda sonolenta -

Med.: Bom dia, como sente?

Ros.: Bem melhor que ontem.

Mad.: Hmm, isso é ótimo, vamos fazer alguns exames e se estiver tudo bem, vai ter alta hoje mesmo.

Ros.: Ah... - fico desanimada -

Med.: O que foi? Não está feliz por poder ir pra casa?

Ros.: Estou mas é que... tenho tido muitos problemas lá e, não sei se quero voltar...

Med.: Escute docinho, pude perceber que você é uma menina muito meiga e gentil, e seja qual for o problema que a aflige, tenho certeza de que vai conseguir resolvê-lo logo, logo.

Ros.: *sorrio* Obrigada, mas não acho isso que seja tão simples de resolver...

Med.: Eu entendo, de qualquer forma você tem que ir pra casa, se cuidar, se alimentar, e voltar à sua rotina normal. - ela falava de maneira carinhosa -

Ros.: Está certa. - falo assistindo com a cabeça -

Depois de me verificar, a médica me deu alta e eu fui de táxi para casa, quando cheguei na porta, hesitei, respirei fundo e entrei. Não tinha ninguém na sala, então fui para meu quarto, me deitei e fiquei mexendo no celular. 

Antes sair do hospital, a doutora me disse que após 2 horas eu teria que tirar os curativos, então foi o que fiz, ou melhor, tentei fazer. Era muito difícil alcançá-los com meu corpo dolorido e ainda doía quando os tirava, pensei em pedir ajuda da Lisa, mas não, ela certamente não me ouviria, assim como Jennie, e não, Jisoo nem se importa mais. Eu insistia repetidas vezes em tentar fazer isso, mas não conseguia de maneira alguma. Então sai do quarto para ligar pro hospital e falar da minha condição, mas quando ia para a sala, ainda sem forças nas pernas, acabei desmaiando, talvez pelo fato de que eu estava sem comer a horas, ou que eu não poderia fazer esforço... É, é claro que foi por isso.

Quando acordo, me vejo deitada no sofá:

Ros.: Ué, como eu vim parar aqui? - me pergunto em um baixo tom de voz -

De repente, me deparo com Jisoo ao lado do sofá em uma poltrona com um semblante aflito, tinha as mãos escondendo seu rosto enquanto fazia movimentos ininterruptos com a perna:

Ros.: Jisoo? - ela rapidamente olha pra mim -

Jis.: Chaeyoung... - ela diz desviando o olhar pra baixo, parecendo já ter se acalmado -

Ros.: O qu- parei ao perceber que seria errado começar uma conversa - e-eu vou pro quarto.

Jis.: Espera. - me impede antes que eu levantasse - E-eu liguei pro hospital e, eles disseram... disseram que você precisa tirar os curativos... - ela falava sem jeito ainda evitando o olhar -

Ros.: E-eu posso fazer isso sozinha...

Jis.: Também disseram que não conseguiria fazer isso sozinha...

Ros.: É... talvez não...

Jis.: E-eu posso te ajudar...

Ros.: Não precisa, eu me viro.

Quando me levantei do sofá, senti meu corpo enfraquecer de novo e acabei caindo, não deu nem tempo de piscar e Jisoo já estava na minha frente me amparando:

Jis.: Chaeyoung! 

Ela segurava meus braços para me ajudar a levantar e eu me apoiava em seus ombros, enquanto iamos levantando com cuidado, escorreguei na desgraça de um maldito saco plástico e cai em cima de Jisoo, estávamos no chão com nossas faces tão próximas que achei que teria uma parada cardíaca ali mesmo:

Ros.: D-desculpa, é-é que eu-

Jis.: Tá tudo bem, deixa eu te levar pro seu quarto. 

Ela cuidadosa e pacientemente me levanta outra vez e me conduz aos meus aposentos. Sem que eu precisasse pedir, ela me põe sentada na cama e começa a remover as ataduras e gazes. A todo momento foi muito delicada, quando chegou na parte do curativos debaixo da blusa, ela para:

Jis.: É-ee... 

Ros.: Tá tudo bem... - eu já tinha entendido -

Quando tirou minha camisa, fiquei muito vermelha, mas pude perceber que Jisoo estava dez vezes mais. Um silêncio desconfortável reinava no quarto, mas ... eu não vou negar... sentir sua presença, seu toque, seu cheirinho de colônia de bebê, ver a forma como me tratou e sua preocupação mexeu muito comigo.

Quando acaba, ela se levanta da cama e por impulso, sem querer ( querendo ) segurei seu pulso, a mesma me olha um pouco assustada:

Ros.: Obrigada Jisoo...

Depois de nos prendermos em uma troca de olhares, com um silêncio não mais constrangedor, ela finalmente responde:

Jis.: N-não foi nada.


Ela vai embora e eu fico na cama, pensando no que aconteceu... 




Ai Jisoo... que saudade de você...






Notas Finais


Eai turma? Se estão gostando dessa fanfic deixa seu comentário e compartilhe para que mais pessoas a leiam.
OBS: Fiquem atentos ao próximo capítulo porque vai ser muito importante pra história.
Obrigada e até o próximo! Bjs 💋😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...