História All Goods Things - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Supergirl
Personagens Kara Zor-El (Supergirl), Lena Luthor
Visualizações 211
Palavras 903
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela, Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá segue um capítulo bônus antes do último capítulo da fic... Espero que gostem...

Capítulo 11 - Vilã- Capítulo Bônus


Fanfic / Fanfiction All Goods Things - Capítulo 11 - Vilã- Capítulo Bônus

-Me lembro, e lembro que não havia nada ali! - Respondeu Clark pousando.

-Estive pensando; e se o escritório dela possuísse chumbo? - Indagou Kara.

-Kara, se possuísse chumbo, não iríamos enxergar nada, seríamos como cegos! - Respondeu Clark.

- O DEO tem chumbo, mas porquê podemos enxergar por elas? - Questionou Kara não satisfeita com a resposta do primo.

-Simples! Porque as paredes do DEO assim como o escritório da Lena possuem chumbo parcialmente-! Isso explica como é possível vocês verem algumas coisas, enquanto outras ficam ocultas e vocês nem percebem! - Revelou Alex entrando na sala de treinamento.

-Espere um pouco, como você descobriu isso? - Perguntou Kara curiosa pelas fontes da irmã.

-A Maggie, ela conversou com o empreiteiro do prédio e existe uma solicitação assinada pela Lena que o swu escritório deveria ter algumas diferenças das demais salas e uma delas era que sua sala fosse parcialmente de chumbo e parcialmente de concreto. - Respondeu Alex mostrando os documentos.

Kara sentiu aquela péssima sensação novamente, a loira tinha desenhado uma vida tão perfeita ao lado da empresária, mas ela estava descobrindo das diversas formas que talvez Lena fosse a vilã da história.

-Bom ela é uma Luthor, não duvido que tenha feito isso para se prevenir de mim! - Comentou Clark.

-Ela não é uma Luthor, foi adotada aos quatro anos pelos Luthors! - Falou Kara tentando mostrar que a morena não possuía tanta culpa no cartório..

-Mais uma surpresa Kara, talvez a Lena nunca tenha te contado mas ela divide o sangue dos Luthors! A Maggie conseguiu com o pessoal da área de diagnóstico o DNA da Lena e ela é filha verdadeira do Lionel, mas não é filha legítima da Lilian, a mãe dela  é uma das diversas babás que os Luthors tiveram! - Revelou Alex mais uma vez.

-A Maggie andou ocupada! - Comentou Clark olhando os documentos.

-Ocupada em assuntos que não dizem respeito a ela! Ela não tem criminosos para prender não? - Falou Kara irritada com as provas.

-Kara! Você gostando ou não esse também é o trabalho da Maggie, e se ela for mesmo uma criminosa, ela está fazendo o certo! Mesmo você não concordando! - Respondeu Alex de forma ríspida.

Kara pegou os documentos e saiu do DEO, deixando Clark e Alex preocupados com sua reação às notícias reveladoras. Era mentira, tudo precisava ser mentira! Mas parecia que tudo incriminava a morena , e Kara jamais se permitiria perder Lena Luthor sem ao menos lutar. A Loira foi até o escritório de Lena, precisava de explicações, mas ali que ela ficou mais confusa.

-Aquela policial xereta está novamente em sua cola querida! Você não está sendo lá muito cuidadosa! - Comentou Lionel enchendo duas taças de vinho tinto.

-Cuidadosa? Talvez você que não esteja sendo, e Maggie Sawyer é o menor dos meu problemas! - Respondeu Lena pegando a outra taça de vinho.

-A nossa arma está pronta? - Questionou Lionel.

-Claro, alguma vez desapontei você…. Pai? - Perguntou Lena virando a taça de vinho.

Lionel iria responder quando Kara voou para dentro do escritório.

-Talvez devesse rever seus conceitos senhorita Luthor! - Exclamou Kara.

-Vejam só a pequena imitação do superman só que de saia! Aguardava esse presente para o superman, mas serve para você também! - Exclamou Lionel atirando na heroína.

-Está perdendo seu tempo! Balas não me atingem! - Falou Kara se levantando do impacto.

-Uma bala comum realmente não te atinge, mas olhe novamente para o seu uniforme e me diga quem está perdendo o que?! - Falou Lionel apontando para o local em que havia falado.

Kara sentiu novamente o peso daquele impacto e caiu no chão, suas mãos tocaram em seu uniforme e ela a olhou repleta de kriptonita prateada.

-Expor fraquezas nunca é uma boa opção supergirl! Ainda mais se a apresenta para alguém tão talentoso quanto um Luthor! - Exclamou Lionel.

Kara estava deitada no chão, olhando para Lena que parecia não estar nem um pouco preocupada com a situação que ela se encontrava. Não demorou e alguns homens levaram Kara para algum lugar do prédio que a loira nunca havia visto. Enquanto isso no DEO Alex estava morrendo de preocupação com a irmã, mesmo com Clark e J’onn tentando acalma-lá, parecia que a morena pressentia que o pior estava a vir para a irmã.

-Para onde será que a Kara foi? - Questionou Alex.

-Não se preocupe querida, a Kara sabe como sair de qualquer situação, mas se quiser, eu estou aqui para procurar a Kara! - Falou Maggie abraçando a noiva por trás.

Enquanto isso em algum lugar da L-Corp:

Os homens de Lionel conversavam entre si sobre alguns assuntos de interesse masculino, enquanto Kara estava sentada no fundo da cela pensando no quanto sua vida havia mudado. Lena entrou no local e dispensou os homens que prestavam serviço para o pai.

-Kara podemos conversar? - Pediu Lena.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...