História All My Loving - The Beatles - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias The Beatles
Visualizações 7
Palavras 600
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Romance e Novela

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 3 - The Night Before - part one


Fanfic / Fanfiction All My Loving - The Beatles - Capítulo 3 - The Night Before - part one

26 de novembro de 1960

*Jane's point of view*

Saio do camarim arrumando o meu vestido e secando as minhas lágrimas.

Eu estava quase passando pela porta do Cavern, até que senti uma mão me segurando.

- George... - falo sem nem me virar - é melhor eu ir.

- Então deixa eu pelo menos te deixar em casa? - ele diz com uma cara que eu não aguento.

- Tudo bem, tudo bem... - suspiro - mas você sabe que usar essa cara não vale!

- Não vale? Parece que valeu agora... - ele ri indo em direção ao carro.

No caminho fica um clima estranho e nós não falamos nada, quando nós chegamos eu estava quase saindo do carro, quando ele segurou minha mão e eu paralisei.

- O-o que? - pergunto nervosa.

- Tchau - ele diz suavemente.

Me sento no banco da frente de novo e o abraço forte.

- Queria passar mais tempo com você antes de eu ir embora - ele sussurra.

- Você pode, agora! - "MEU DEUS GAROTA O QUE VOCÊ ACABOU DE DIZER??" - o... ou... e...quer dizer... é... se... se você quiser, né? - falo nervosa.

- Eu tenho que voltar para o Cavern...

- Eu entendo, George... - falo virando e indo para casa.

- Jane! - viro para trás com o coração disparado - eu podia entrar só por alguns minutos - ele fala envergando, quase não dando para ouvir.

- Tá - digo nervosa.

Ele sai do carro e segura minha mão para atravessarmos a rua deserta.

Quando entramos em casa, Martha, minha  cachorrinha, sai pulando em cima de nós dois.

- Oi Martha - ele diz se abaixando para brincar com ela.

Ligo todas as luzes da sala, procurando por alguém.

- Parece que ele ainda não chegou - digo baixinho.

- Jane... - ele diz me abraçando - fica calma - ele diz acariciando minha cabeça.

- Tá tudo bem - minto.

Ele me olha desconfiado mas eu ignoro.

- Você tá com fome? Aí mas que pergunta boba, você tá sempre com fome! - falo rindo indo para cozinha.

Mas ele me puxa pela cintura.

- Não, você não vai fazer nada agora, pode sentar lá sentar no sofá, que eu já vou lá - ele fala sorrindo.

Sento nó sofá e ligo a televisão.

Depois ele vai para cozinha, e sobe e depois vai para cozinha de novo.

Ele chega na sala com um chá e um cobertor.

- Aqui, isso é para você - ele fala me dando o chá quente com cuidado e desdobrando o cobertor - esse cobertor é seu, né?

- Na verdade, era da minha mãe.

- Ah, desculpa, quer que eu traga outro?É que eu sei que tem gente que não gosta de usar coisa de gente morta e tal... 

Depois de um tempo ele percebe o que acabou de dizer e ergue os olhos desesperado.

- AH NÃO! CALMA, NÃO FOI ISSO QUE EU QUIS DIZER - ele apoia a mão na cabeça desapontado - eu só falo besteira.

- Tudo bem George, só senta aqui - falo rindo e apontando para o lugar vazio.

Ele me cobre e senta do meu lado, eu apoio a minha cabeça no ombro dele e percebo que ele estava tremendo.

- George?

- Fala 

- Você tá bem? - pergunto rindo.

Ele fico vermelho.

- Desculpa, é que você é tão... tão...

- Tão? - pergunto sorrindo.

- Tão...

- George?

- Que? - ele vira para mim ( até esse ponto ele estava olhando para televisão)

- Nada - falo olhando fixamente para ele.



Notas Finais


Esse capítulo era bemmm longo então eu dividi em dois, a segunda parte sai bem logo.
Queria das creditos a minha amiga maravilhosa Marina que me ajudou com esse capítulo, te amo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...