História All Of Me - Capítulo 10


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO, Got7, Red Velvet
Personagens Baekhyun, Irene, JB, Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Sehun, Seulgi, Suho
Tags Bae Joohyun, Bangtan, Bts, Irene, Kim Taehyung, Red Velvet, Romance, Vrene
Visualizações 10
Palavras 1.351
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Ficção, Hentai, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


boa leitura!

Capítulo 10 - Capítulo dez


Fanfic / Fanfiction All Of Me - Capítulo 10 - Capítulo dez

-  Eu já disse que ele gosta de você, Seulgi.
- Qual é, Yumie. Eu curto ele pra caramba, mas parece que não é recíproco.
- Ele só não quer apressar as coisas.
Seulgi estava lotando a minha paciência enquanto eu me alongava. Ela tinha colocado na cabeça que Jimin não gostava dela e só permanecia ao seu lado por passatempo. Odiava pensar que uma mulher tão maravilhosa, tanto na personalidade quanto na estética como a minha amiga estava se preocupando com isso.
- É... talvez.
Eu sei que ela só disse aquilo pra acabar com o assunto, então me aproximo e coloco minhas mãos no seu rosto. - Por favor, não se sinta assim. Você conhece o Jimin e sabe que ele não é esse tipo de cara. Ele sempre teve uma queda enorme por você.
- Vocês vão se beijar ou algo assim? Porque quero gravar pra ter o que me divertir quando estiver sozinho. - Hoseok fala quando entra no estúdio junto com Jimin e...  Suho.
- Cala a boca, Jung Hoseok e liga o rádio. Preciso estravazar. - Seulgi fala e todos a encaram com os olhos arregalados. - O que foi?
Ninguém fala nada. Eu me sentia extremamente nervosa com a presença de Suho ali, principalmente depois do nosso último encontro, mas não gostava de ficar assim com ele. Me aproximo e toco no seu ombro.
- Oi.
- O que quer? - ele fala nem olhando pra mim, só arrumando suas coisas.
- Quero ver como você está. Faz um tempo desde que nos vimos.
- Desde que você me dispensou? Tem razão.
Respiro fundo e fecho os olhos, tentando pensar no que falar. - Olha Suho... eu só não quero ficar ruim com você. Nossa amizade é importante pra mim e..
- Tudo bem Ayumi, agora eu preciso trabalhar.
E assim, ele me deixa sozinha, plantada no meio do salão. Pronto, perdi minha amizade com ele. Droga, como eu sou estúpida!
- Yumie, nós vamos pro bar hoje, tá afim? - Jimin pergunta, me abraçando por trás.
- Pode ser. - dou ombros. - Vou falar com o Taehyung.
- Beleza.
Jimin ia sair mas eu puxei seu braço, o levando pro canto do estúdio. - Você notou como a Seulgi está?
- Notei, mas estava esperando nós ficarmos sozinhos pra conversar. Tem a ver comigo?
- Sim. Ela não vai te contar e eu não posso, só vou pedir pra prestar mais atenção nela e demonstrar que curte ficar com ela.
- Ela não sabe disso? Ela está insegura?
- Jimin, eu não vou falar, só faça o que eu te pedi.
Ele assente e sai. Respiro fundo antes de ir para o centro do salão e ver minha primeira turma do dia chegando. Hoje o dia seria longo.
[...]
- Muito bem, Sonnie, só não esqueça de alongar mais antes de fazer o espacate. - falo para a pequena, que sorri saltitante até os pais.
Uma face familiar entra e se senta, sem parar de me olhar com um sorriso. Quando ia caminhar até ele, um garotinho se aproximou e puxou minha saia.
- Sim?
- Meu nome é Vernon e eu quero perguntar uma coisa. - ele diz e olha pra trás, onde sua mãe me deu um pequeno tchauzinho e um jóia como incentivo pro filho. - Meninos podem fazer balé?
Me curvo em sua direção e acaricio seus cabelos. - Claro que sim! Quer ver? Jimin! - ChimChim, que antes estava conversando com uma mãe, se despede e vem até nós. - Vernon, esse é o Jimin, um dos melhores dançarinos que eu conheço. Jimin, esse é o Vernon e ele quer saber se meninos podem fazer balé.
Jimin olha surpreso para o garotinho e logo sorri. Deixo os dois e caminho até o moreno que estava observando toda a cena. Me sento do seu lado e ele posiciona a mão na minha coxa, se curvando pra me dar um beijo na bochecha.
- Como está?
- Tô bem. Desculpa, o menininho tinha uma dúvida.
- Sem problema nenhum, tive uma ótima visão da sua bunda daqui. - Tae lambe os lábios enquanto eu bato no seu braço. - O que? Eu não posso fazer nada se o negócio é grande e nessa roupa fica maior ainda. Não vou nem falar todas as coisas que passaram na minha cabeça só enquanto você falava com o garoto.
- Você é um pervertido, meu Deus! - dou risada, lhe dando um beliscão.
- Olha, ele está vindo pra cá.
Vernon se aproxima com um sorriso timido e com as bochechas vermelhinhas. Ele me entrega uma flor e eu quase me desmancho de tanta fofura. - Você me ajudou com o meu sonho.
- Ajudei?
- Sim. Meu sonho é ser dançarino. - ele olha pro chão, envergonhado. - A mamãe já me inscreveu pra ter aula com você.
- Vai ser maravilhoso ter você na aula, pequeno.
- Quer ser minha namorada? - ele solta e eu faço um 'awn' arrastado.
Encaro Taehyung que sorria, mas fechou a cara assim que o garoto falou. - Nem pensar.
- O que?
- Ela não pode ser sua namorada.
- Por que não? - vi o rostinho de Vernon ficar triste e dei um beliscão em Taehyung.
- Eu aceito, Vernon. Sou sua namorada agora. - dou um pequeno selar na bochecha dele, vendo-o acenar tchau e sair saltitando pelo salão. - Por que falou daquele jeito?
- Porque você tá comigo, não pode ser namorada de outras pessoas.
- Taehyung, era uma criança de cinco anos.
- E? - ele fala e eu reviro os olhos. - Quero que se arrume hoje. Vou te levar pra jantar.
- Ah, os meninos chamaram a gente pra ir no bar.
- Podemos ir depois, mas quero te levar pra jantar. 
- Tudo bem.
Acaricio seu rosto e inicio um beijo calmo. Nenhum de nós estávamos com pressa, mas logo o ar fez falta. O sorriso em meu rosto era evidente, mas trato de esconder quando vejo Suho entrando no salão. Ele examina a minha situação com Tae e solta uma risada irônica.
- Tem algum palhaço aqui? - Taehyung pergunta e eu aperto sua perna, tentando fazê-lo parar.
- Sim, está bem na minha frente.
- Tá se olhando? - ele vira pra trás e sorri sarcástico. - Veja só se não tem um espelho aqui.
- É pra você mesmo, Kim Taehyung.
- Sabe meu nome todo? Andou pesquisando né? Relaxa que você não é o único.
Respiro fundo, apertando mais forte a perna dele. - O que faz aqui afinal?
- Não é da sua conta. - logo Lay entra atrás dele e eu ajeito a minha postura.
- Espero que se lembre que aqui é um lugar profissional, Ayumi, e não pra encontrar namoradinhos. - Lay fala e eu assinto, abaixando a cabeça.
Lay é o dono do estúdio, eu, Jimin e Hoseok somos apenas sócios. Mas ele ainda mandava e desmandava aqui. Rapidamente ele sai do lugar e eu solto a respiração que estava presa e encaro brava para Taehyung, que estava de braços cruzados e um bico enorme.
- Por que fez aquilo? 
- Ele chegou rindo aqui. Não sou nenhum palhaço.
- Eu sei... só... não faça mais isso, tudo bem? Tô ciente que ele te irrita e tal, mas...
- Ele me irrita só por ser ele. Me irrita saber que ele já te beijou, que ele já tocou em você, já se declarou. - revira os olhos.
- E isso importa no que se eu estou aqui?
Ele parece refletir e balança a cabeça para o lado, concordando. Taehyung se vira e dá um pequeno selar nos meus lábios. - Preciso ir, pode passar na minha casa depois?
- Posso, mas eu não tenho o endereço.
- Eu te mando.
Tae me beija mais uma vez e sorri antes de ir embora. Esfrego as mãos no rosto e levanto, mas Suho entra de forma brusca e me encara mortalmente.
- Lay está te esperando no escritório.
 


Notas Finais


obrigada!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...