História All These Years (G!P) - Capítulo 12


Escrita por:

Postado
Categorias Austin Mahone, Camila Cabello, Fifth Harmony, Harry Styles, Lauren Jauregui, Louis Tomlinson, Lucy Hale, Shawn Mendes
Personagens Camila Cabello, Harry Styles, Lauren Jauregui, Louis Tomlinson, Lucy Hale
Tags Camren, Larry, Vercy, Vero Iglesias
Visualizações 187
Palavras 1.682
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, LGBT, Musical (Songfic), Romance e Novela, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Volteiii, boa leitura!

Capítulo 12 - Ela está de volta


Pov Lauren

 

-Acorda, criatura!

Senti um beliscão no braço e abri os olhos, era nada mais, nada menos que Veronica Iglesias.

-O que você quer Vero?

-Que você acorde.

-Não to afim.

Peguei o travesseiro e coloquei no rosto.

-Ah você está sim.

Ela disse e puxou o travesseiro do meu rosto.

Sentei na cama já irritada.

-É sério é domingo, o que você quer em? Deixa eu em paz.

Me levantei irritada e fui até o banheiro.

Ela me seguiu e parou na porta.

-Quero que você saia dessa cama, e desse quarto e dessa casa também de preferência.

-Que?

Disse caminhando até a porta com a escova na boca, enquanto escovava os dentes.

-É sério Lauren, já faz mais de uma semana que você discutiu ou sei lá o que com a Camila, já que você nunca explicou muito bem, e você não saiu mais. Só fica enfurnada nesse quarto, e desce só para comer. Hoje vamos na casa do Harry e você vai junto.

-Nem pensar!

Já tinha terminado de enxaguar minha boca e passei por ela voltando para o quarto.

-A Lauren para com isso, já nos encontramos com eles duas vezes a Camila estava todas as vezes, só faltou você. Para de ser a estraga role.

-Eu não to estragando nada, só não quero ir.

Tirei a blusa que eu estava e coloquei outra, fiz o mesmo com a calça. Assim que terminei caminhei até a porta do quarto.

-Então vai ser assim? Nunca mais vai sair com eles? E a amizade que você queria retomar com a Camila em? Desistiu? Olha eu sei lá o que diabos vocês passaram no passado, mas não da pra esquecer isso e seguir em frente?

A olhei e antes de sair do quarto, respondi.

-Eu até tentei, mas acho que nossa amizade acabou a sete anos atrás e não tem mais volta!

-Muito drama até para você Jauregui.

Pude ouvir ela falar antes de sair de vez do quarto.

 

*****

 

-Pronta Vero?

Estava jogada no sofá, assistindo televisão, quando ouvi a voz do Louis.

-Prontíssima!

Agora foi a da Vero.

E logo os dois apareceram na minha frente.

-Certeza que não vai? Ainda dá tempo de mudar de ideia!

Vero falou.

-Vamos Lauren, olha a gente até te espera só para você ver como queremos que você vá.

-Não, valeu galera. No próximo eu vou.

Respondi.

-Ela já falou isso umas duas vezes né?

Louis disse conversando com a Vero.

-Sim! E no próximo ela vai nem que eu tenha que a arrastar pelos cabelos.

Vero respondeu e continuou.

-Anota isso viu Jauregui, por que eu to falando sério.

Dei risada.

-Pode deixar!

Os dois saíram. Vi tv por mais um tempo e me cansei, desliguei a televisão fui até a cozinha e fiz um sanduíche. Comecei a caminhar pela casa, até que passei por uma porta. Abri. Sorri. Era o local onde tinha feito um estúdio de gravação. Desde que viemos para cá, eu só entrei no dia que chegamos, para ver se tinha ficado do meu gosto. E as duas vezes que vim pegar meu violão para tocar, a primeira vez quando estava todo mundo e depois só a Camila.

Entrei e fechei a porta.

Tinha violão, guitarra e um piano também. Era os instrumentos que eu tocava.

Peguei um dos violões que estava pendurado. Me sentei em uma cadeira que tinha ali e comecei a tocar alguns acordes aleatoriamente.

O que vinha na minha cabeça eu fui tocando, comecei a cantarolar, me perdi no momento. Entrei em sintonia com a música, até que parei. Sorri.

-Isso dá uma boa música.

Me levantei e coloquei o violão em cima da cadeira. Corri até o escritório peguei uma caderneta e uma caneta, voltei rápido para o estúdio e me sentei de novo com o violão e a caderneta no meu colo.

Escrevi os acordes que tinha usado. Sorri.

-É, Lauren Jauregui está de volta baby.

 

*****

 

Pov Camila

 

-Eles tão demorando.

Lucy falou.

Estava sentada no sofá da casa da mesma.

Estávamos esperando, Vero, Louis e quem sabe a Lauren. Não sabia se ela vinha, não tinha mais visto, nem falado com ela. Desde o dia da nossa discussão.

Ding Dong

-Falando neles.

Harry disse e foi logo atender a porta.

-Oii.

Ele disse animado cumprimentando Vero e Louis.

É pelo jeito Lauren não veio mais uma vez.

Lucy cumprimentou os dois também, e quando eles caminharam até o sofá, fiz o mesmo.

-E a Lauren? Não quis vim?

Harry perguntou.

Vero e Louis se olharam, depois para mim, depois para o Harry.

-Ah ela estava com dor de cabeça. Da próxima diz que vem.

Vero quem disse. Sorri irônica.

Engraçado, da última vez disseram que ela não estava se sentindo bem, agora dor de cabeça. Na próxima acho que falam que ela morreu.

Nem resolvi perguntar nada, não queria me mostrar preocupada. Até porque não estou. É ela quem está fugindo.

-Enfim, a pizza já chegou, vamos comer?

Lucy disse e todos seguiram animados para a cozinha.

 

*****

 

Depois de termos comido a pizza e já ter visto um filme. Notei que estava sobrando e quando colocaram o segundo filme. Falei que ia tomar um banho, já que eu e o Harry dormiríamos na casa da Lucy para ir amanhã juntos ao colégio. Eles nem se importaram de eu sair. Então subi para o quarto de hospedes que eu ia dormir. Peguei uma roupa e fui para o banheiro.

Depois de um longo banho, já vestida caminhei até o quarto. Fui até a sacada que tinha no quarto e abri a porta. A lua estava cheia e bem forte. Fiquei olhando por um tempo e lembrei da música da Lauren. Que ela falou ter feito para mim.

Depois olhei para o meu pulso, vendo a “pulseira" da amizade, que ganhei dela a um pouco mais de sete anos e que eu nunca tirei. Mesmo quando brigamos e nos afastamos, quando ela foi embora sem falar nada, mesmo nos sete anos que ficamos longe.

Eu nunca consegui tirar, eu lembrava do dia que ela tinha me dado, e do que tinha falado. Enquanto estivéssemos com ela, nossa amizade ia seguir viva. E não consegui tirar a xuxinha do meu pulso.

Mesmo que ultimamente só estivesse me fazendo sofrer essa amizade, eu não conseguia me desfazer, não conseguia esquecer e fingir que nunca me importei.

Eu até queria, mas não conseguia.

Olhei para a lua de novo.

Por que a Lauren tinha que ser tão cabeça dura?

 

*****

 

Pov Louis

 

-Cadê a Camila?

Perguntei quando o segundo filme acabou e olhei a hora, já estava tarde e não hora de ir embora.

-Ela tinha subido faz tempo, disse que ia tomar banho, mas nem voltou mais

Lucy respondeu.

-Tadinha, deve ter se sentido um pouco só. To me sentindo mal agora.

Harry falou.

-A culpa disso tudo é da Lauren.

Vero falou dessa vez.

Todos a olharam, inclusive eu.

-Como assim?

Perguntei.

-Já faz quase duas semanas que elas brigaram e não se falam, fizemos todo aquele esforço e agora a Lauren fica dando uma de difícil. Vontade de dar um soco viu.

Vero disse.

-É na parte que ela está sendo meio babaquinha eu concordo. Mas não falem para ela que disse isso.

Harry falou e demos risada.

-Vamos com calma gente, nem sabemos o motivo disso tudo.

Lucy disse.

-Sabemos sim, e o nome é Austin.

Harry que falou.

-É foi bem no dia que a Lauren reencontrou com ele no colégio, depois ela foi falar com a Camila na casa dela e quando voltou, elas já tinham brigado.

Eu disse.

-Sim, mas nunca ficamos sabendo o porquê real. Ela nunca explicou bem e a Camila contou para vocês?

Vero perguntou.

-Não muito bem, só disse que foi por causa do Austin e que a Lauren era uma cabeça dura, que só ela estava certa e que era a mesma coisa do passado e bla bla bla.

Harry falou.

-Enfim, essas duas tem que se resolver logo. O role fica muito xoxo assim.

Eu disse.

-Verdade!

Vero concordou.

-Daqui três semanas é o niver da Mila.

Lucy disse do nada, a olhamos se entender.

-E o que isso tem a ver com o que estamos falando amiga?

Harry perguntou.

-Quem topa ajudar com isso de novo?

Lucy disse sorrindo.

Sorri também.

-É. Se deu certo uma vez, não tem porque não dá de novo.

Vero disse.

-Quarteto fantástico, aí vamos nós.

Disse e todos me olharam balançando a cabeça negativamente.

-Menos Louis, menos.

Vero disse tocando meu braço e os outros riram.

-Ok, então está fechado. Até o niver da Mila a gente tem que fazer essas duas voltarem a conversar.

Harry disse e concordamos.

Como já era tarde nos despedimos e voltamos para casa.

 

*****

 

Pov Lauren

 

-Lauren?

Estava ainda no estúdio quando ouvi a voz da Vero de longe.

Depois de muitas folhas arrancadas e jogadas no lixo, tinha conseguido escrever um trecho da música.

Fechei a caderneta rápido, pendurei o violão, e fui rápido até a sala.

Não tinha nada demais eles saberem que eu estava escrevendo, mas dessa vez eu queria que fosse uma surpresa.

-Oi, to aqui.

Disse quando cheguei na sala.

-Onde você estava?

Louis perguntou.

-Ih questionário agora?

Falei.

-Fala logo.

Dessa vez foi Vero.

-Estava andando pela casa.

Os dois me olharam sem entender.

-E então como foi lá?

Perguntei mudando de assunto.

-Foi legal, a Camila estava lá.

Louis disse.

Esses dois sempre faziam questão de frisar o nome dela.

-Hum.

-Só hum?

Vero falou.

-Ué, o que vocês querem que eu fale?

Perguntei.

-Nada Lauren, deixa pra lá. Vamos dormir.

Louis disse.

-Vamos!

Respondi. Mas quando fui subindo as escadas pude ouvir a Vero falar.

-Mas é uma otária mesmo!

-Eu ouvi, tá!

Respondi.

Seguimos cada um para o seu respectivo quarto.

-Boa noite!

Falamos os três juntos e fechamos as portas.

Caminhei até minha cama e deitei.

E só me vinha uma coisa na mente, a música que eu estava escrevendo e dormir com ela na cabeça.


Notas Finais


Depois eu corrijo os erros pessoal, e até o próximo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...