História Alliance? - Jikook - Capítulo 20


Escrita por: e TheBangtanBoys

Postado
Categorias B.A.P, Bangtan Boys (BTS), Big Bang, Got7, NU'EST
Personagens Aron, BamBam, Bang Yongguk, G-Dragon, Jackson, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Minhyun, Personagens Originais, Rap Monster, Seungri, Suga, T.O.P, Taeyang, V, Youngjae
Tags Bang Yongguk, Gay, Jackson, Jikook, Jimin Bottom, Jungkook Tops, Long Chapter, Menções, Minhyun, Namjin, Taehyung, Taejae, Yoonseok, Youngjae
Visualizações 359
Palavras 1.318
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Famí­lia, Ficção, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Apreciem esse sorriso do Jeon, um ser que vai aprontar no próximo capítulo.

Boa leitura ❤️

Saranghae vocês 💗

Capítulo 20 - Jungkookie


Fanfic / Fanfiction Alliance? - Jikook - Capítulo 20 - Jungkookie

Chapter Twenty - The Game.

Jin's House.

Paro em casa e desço do carro olhando para dentro do mesmo e Jimin me encara encostado no vidro da janela.

— Não vai sair não? – Pergunto e ele revira os olhos pegando a mochila e sai do carro batendo o pé. O carro de Jin estava parado em frente a porta da mansão e nós caminhamos até a mesma.

Entramos na casa e Jin estava com Namjoon no sofá, enquanto eles conversavam, Jin me olhou e sorriu e Namjoon também, mas manteve-se sério pois estava com dor.

— Não sabia que viria Jimin. – Diz Jin fazendo massagem no pé de Namjoon que estava todo quietinho no lugar dele somente ouvindo. Aparentemente com muita dor.

— O que aconteceu com o Nam? – Pergunto o olhando e ele fecha os olhos quando Jin visivelmente atinge uma parte sensível de sua dor.

— Ele torceu o pé descendo a escada, não vai poder dançar no debute por um tempo, por isso teremos que adiar isso. Eu estava conversando com ele sobre isso. – Explica Jin que olhou para o namorado.

— Me desculpa, Hyung... Você sabe que eu queria dançar. – Diz Namjoon cabisbaixo e Jin sorri pra ele negando com a cabeça.

— Tudo bem amor... Eu vou cuidar de você. – Diz o mais velho e eu deixo Jimin lá indo para o quarto.

Entrei no quarto e decidi entrar no banho, foi rápido em tudo, eu vestia uma camisa social azul clara e uma calça jeans de couro preta, um par de botas Timberland pretas e penteio meu cabelo, passo o mais forte perfume que tinha no guarda-roupa, coloco um cinto em seguida também preto e vou descendo as escadas indo para a sala novamente.

— Vamos Jimin, temos o que fazer. – Ele me olhou, estava sentando no sofá e jogou a cabeça pra trás.

— Eu preciso trocar de roupa também. – Diz e eu concordo com a cabeça.

— Vou deixar você passar em casa. – Digo e Jin me olha puxando o ar.

— Perfume forte Jungkook. – Diz Namjoon espirrando com o mesmo e fazendo careta gemendo de dor.

— Sai logo vai, tá provocando alergia no Namjoon. – Implica Jin e eu olho para Jimin que se levanta e vai caminhando comigo pra porta.

Saímos e o motorista deixa o carro parado em frente a porta, era um Bugatti Veyron prata (Outro carro bem Topper), o mesmo abre a porta para Jimin e ele vai entrando no carro, entro também do outro lado. Dou partida.

(...)

No meio do caminho, enquanto Jimin estava encostado com a cabeça no vidro da janela, eu coloquei a mão em sua coxa farta e mordi o lábio enquanto dirigia concentrado.
Eu parei o carro em uma rua visivelmente movimentada e desliguei o carro, Jimin me olhou em seguida.

— Por que paramos? – Ele ergue a cabeça olhando em volta. — Já chegamos?

— Não. – Tiro o cinto dele e o meu também e pego sua mão beijando a mesma. — Eu quero te foder, eu falei que faria isso.

— Tá maluco? Aqui? Nessa rua? Tem um monte de gente Jungkook! – Diz incrédulo.

— Pode gemer de olhos fechados se quiser evitar contato visual com o pessoal da rua que nem estará participando. – começo a abrir meu cinto e deito o banco do carro.

— Eu não vou transar com você Jungkook, lembrando que seu carro é um Bugatti e ele chama a atenção das pessoas. Para de tentar me fazer trair o Aron.

— Façamos o seguinte. – Pego a mão dele e tiro sua aliança de compromisso, coloco no bolso de sua calça, passo a mão em sua coxa em seguida, ele pareceu apreensivo e isso me incomodou. — Jimin, agora você é solteiro.

— Aff, você me enlouquece. – Diz frustrado tirando a aliança do bolso e colocando novamente. Sorri de canto e coloquei o cinto novamente, logo liguei o carro e acelerei ele o fazendo se encostar rapidamente no banco e apertar os olhos. — Não faz isso Jungkook, você sabe que eu tenho medo desses carros rápidos...

— Deveria ter medo de quem está ao seu lado. – Digo ainda acelerando apertando as mãos ao volante e ele me olha sem entender. — Eu vou te deixar em casa então. Você vai com seu namorado pra lá. Eu desisto, vou pra outro lugar.

— Você acha mesmo que eu iria pra um boliche com o Aron? Sabendo que você está lá e vai começar a provocar atoa.

— Não. Eu não iria provocar vocês, eu não sou o infantil aqui. – Ergui a sobrancelha e ele me encarou.

— Tá me chamando de infantil? – Pergunta bravo.

— Jamais. – Ele me encara e continuo dirigindo.

— Vai se foder Jungkook.

— "Vai se foder Jungkook" – Imito uma vozinha fina com desdém. — Já disse pra você parar de se achar o máximo Jimin.

Eu parei o carro em frente a casa dele e desliguei o mesmo o olhando.

— Pode ir com o Aron, eu não irei provocar, eu prometo. – Passo a mão no cabelo e o olho. Ele assente com a cabeça e desce do carro me agradecendo. Sua mãe estava na sacada da casa e acenou pra mim sem puxar sardinha.

Devolvi com um sorriso e um aceno também e em seguida dei partida.

— Ligar para Choi Seung. – O carro atende o comando e em seguida põe a chamada para tocar, dois toques e... — Espero que esteja sem compromisso hoje, porque eu estou indo lhe buscar.

Gosto quando as coisas são resolvidas rápido assim, para onde vamos? – Pergunta o mesmo.

— Para o boliche. Terá uma competição em dupla por lá, se arrume, já já estou aí.

Seungri! – Chama pelo mais novo que em seguida entra no lugar que ele estava. — Chame Taeyang, nós vamos ao boliche.

Até mais T.O.P. – Disse e em seguida desligo a chamada.

(...)

Chego em frente a casa de Choi, ele estava esperando já na porta enquanto falava ao telefone. Taeyang e Seungri estavam ao seu lado conversando e dou uma buzinada pra eles entrarem, libero as portas e em seguida puxo o banco para Taeyang e Seungri entrarem atrás.

— Eae Koo. – Diz Taeyang zombando.

— Oi Jungkook. – Seungri ri de Taeyang e em seguida os cumprimento com a cabeça e com o dedo do meio para Taeyang que ri.

T.O.P entra em seguida e me olha apertando minha mão e eu dou risada.

— Onde você passou essa mão Kookie? – Pergunta erguendo sua sobrancelha grossa.

— No meu pau. – Ele faz uma careta e eu gargalho dele, logo dou partida em direção ao boliche.

— Que formiga do fogo te mordeu hoje pra você nos chamar pra sair? – Pergunta o mesmo mexendo em seu celular.

— Eu só te chamaria se tivesse intenção de aprontar alguma coisa, claro. – Respondo rindo. — Você tirou as fotos nossas?

— De cada ângulo necessário. – Aceno com a cabeça e sorrio.

— Gosto. – O olho. — O namorado dele vai hoje.

— Não brinca! – Choi deu risada e nega com a cabeça. — Você quer terminar o namoro deles pra ele ficar com você? – Concordo com a cabeça e ele nega rindo. — Mas você é um biscoito muito safadinho. – Diz com ironia na frase imitando uma voz de criança.

— Então, você vai detonar o namoro daquele menino que você namorava? – Pergunta Taeyang e eu concordo com a cabeça. — E por que? Não se cansa de ficar com resto não?

Seungri deu risada e me olhou também.

— Para de correr atrás dele Jungkook, existe coisas melhores por aí. – Diz olhando para a janela.

— Eu gosto do Jimin, Seungri. – Digo prestando atenção na estrada. — E ele vai ser meu.

Paro em frente ao boliche e descemos para entrar no local, Seungri e Taeyang estavam rindo de alguma piada.

— Quem é o namorado do Jimin, Jeon? – Pergunta Taeyang.

— É o Aron. – Respondo e eles riem.

— Lembrei quem é. – Ele esfrega uma mão a outra e morde o lábio inferior. — Vamos brincar um pouquinho hoje. 


Notas Finais


Até o próximo capítulo 💙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...