História Allow to Feel- Fillie - Capítulo 12


Escrita por:

Postado
Categorias Stranger Things
Tags Drama, Fillie, Finn Wolfhard, Millie, Romance, Stranger Things
Visualizações 136
Palavras 738
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá,
Desculpa pela att pequena, hoje tenho uma festa então decidi att antes caso eu não consiga mais tarde :)
Espero que gostem.
Beijos.
Girassóis.

Capítulo 12 - Capítulo 12- Quer um pano?


Fanfic / Fanfiction Allow to Feel- Fillie - Capítulo 12 - Capítulo 12- Quer um pano?

Narradora Pov’s

Havia passado duas semanas desde à reconciliação de Millie e de Finn. Todos não poderiam estar melhor.

A garota e Finn haviam voltado com a amizade, e melhor, estavam ainda mais próximos.

Caleb estava andando só com a galera agora, Sadie contou por cima sobre Jacob, que já foi um otario com Mills, então ele parou de andar com os meninos do time.

Noah e Jack não tinham nada mas ambos sabiam que um gostava do outro, e todos do grupo também, e já estavam cansados da enrolação só casal.

Era mais um dia comum na escola, estavam todos sentados na arquibancada da escola vendo Finn, o mais novo integrante do time de futebol, e Caleb jogar.

- Quer um pano para limpar a baba?- Sadie diz, olhando para Mills, que sai do transe. Não havia percebido o quanto estava secando o tanquinho de Wolfhard que estava exposto por conta de seu calor.

- Aproveita e pega um pra você- Millie provoca, acenando com a cabeça para Caleb, que também estava sem camisa.

- Eu admito pelo menos...- Sadie diz, rindo.

- É bom ver Finn assim, né? Não que eu conheça muito ele mas desde que chegou ele é sempre bem introvertido...É bom ver ele se abrindo mais com a galera- Noah diz, com a boca cheia, com um lanche em sua mão.

- Ainda mais depois do que ele passou...Finn já sofreu tanto, ele merece ser finalmente feliz- Jack solta, depois se vira para Noah- Ei! Nem me ofereceu? Eu quero.

- Jack você acabou de comer o seu- Noah diz, rindo, mas oferecendo o seu mesmo assim. Não tinha como negar comida à carinha de Grazer- Tó, comilão!

- Como assim?- Millie solta, estava pensativa nos últimos segundos. Todos a encaram não entendendo sua pergunta- Como assim “depois do que ele passou”? O que aconteceu?- ela se vira para Jack.

- Ann...deixa quieto- Jack diz, com a boca cheia.

Na mesma hora, Finn e Caleb estavam vindo em direção à eles. Havia acabado o jogo.

- Eai, pessoal?- Caleb fala, dando um beijo na bochecha de Sadie, que limpa por conta do suor.

- Vai se lavar, Mclaughlin!

- Você ama que eu sei, ruivinha- ele ri, e Sads cora.

- Finn, posso falar com você?- Millie se levanta. O cacheado, que estava distraído até então, franze o cenho, assim como o resto do grupo, mas vai do mesmo jeito.

Millie sai em direção à uma área perto do refeitório, e senta em um banco de baixo de uma árvore onde os jovens usam para descontrair depois do almoço ou nas horas vagas.

- Aconteceu algo?- O garoto pergunta, assim que se sentam. A curiosidade estava o matando.

- Não...eu só queria...- muda seu olhar das árvores à frente para o garoto ao seu lado, que se vira um pouco para ficar de frente para ela- Queria perguntar algo...

- Pode falar, pequena- Finn diz, ainda não estava entendendo porque tanto suspense.

- Aconteceu algo com você?- Millie solta, de uma vez. O garoto a sua frente franze a testa então ela continua- Digo, antes de vir para cá. Antes de se mudar para Thurmont. Jack comentou algo lá no jogo e não consegui entender...

- Mills...- Finn foi pego de surpresa. Jack prometeu que não contaria a ninguém, mas acho que deixou escapar algo. Merda. Não estava pronto para contar à Millie, não agora. Ela ia odiá-lo, e eles estavam tão bem. Não queria perdê-la agora- Acho melhor não falarmos disso- conclui.

- Por que?- ela diz, preocupada- Finn, somos amigos agora, e eu não sei nada de você, só que você tem 17 anos e que veio de Detroit. Só. Amigos compartillham coisas. Você pode me contar se quiser...

- Vocês estão aí! Vamos galera, tocou o sinal!- Sadie diz, ofegante- Procurei por vocês a escola inteira!

- Já estamos indo, Sads- Millie diz, se levantando. Finn levanta com ela.

- Preciso ir ao vestiário, encontro com vocês no refeitório- ele diz, então antes de sair correndo para o vestiário, diz para Millie baixinho- Assim que chegar em casa me ligue ok? E juro te contar coisas sobre mim além da minha idade e de onde vim.

- Tá bom- Millie sorri.

- Até, pequena- então Finn sai correndo.

- Ele não bate bem, né?- Sads diz, puxando Millie consigo.

- Nem um pouco- a pequena ri.


Notas Finais


Continuo?
Beijos.
Girassóis.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...