História Alma gêmea - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Visualizações 75
Palavras 485
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shonen-Ai, Slash, Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Narrado pelo Naru, espero que gostem. :)

Capítulo 2 - Amor


Acordei e senti falta da sua camisa no meu corpo. Senti falta do cheiro forte do seu café. Senti falta do beijo de bom dia. 


Senti falta de você.


            Quase dois anos depois, seria mentira dizer que eu te esqueci. Soa patético, eu sei, mas não mando nos meus sentimentos. Que clichê.

Durante esse tempo, soube que você conheceu novas pessoas, e até namorou uma delas. Eu também conheci um cara novo. 
E ele é exatamente o motivo de eu estar vegetando em cima da cama. Tudo ia bem, até ontem.

Nos conhecemos oito meses depois do nosso término, viramos amigos, ficamos, namoramos. Tudo na ordem natural da vida. Ele era, digamos, o namorado quase perfeito.

Quase, porque não era você.

Eu te procurava em cada gesto de carinho, irritação, brincadeira que ele fazia e quando percebi isso já era tarde de mais, eu já estava envolvido.

Eu sei que é clichê mas foi a famosa história de "empurrar com a barriga", ele gostava de mim, eu gostava dele.
Então, por mim, estava tudo bem. 

Foi o começo da minha ruína.

Nosso relacionamento foi se desgastando, brigas foram ficando constantes ao ponto de nós nos evitarmos. Então, ontem aconteceu. A realidade me atingiu feito um tapa, e eu nunca vou esquecer o que ele disse.

" Vim por um fim nisso, nós dois sabemos que não tem futuro. Não  pra ter um futuro, não enquanto um de nós ainda viver no passado. Por isso estou terminando, você é o amor da minha vida Naru, mas eu não sou o da sua." 


Me senti o pior lixo do mundo e me sinto pior agora por me sentir bem. Eu deveria está sofrendo, não ele.

.-.


Sua porta continua com essa cor de nada. E eu aqui decidindo se bato ou se pego a chave em baixo do tapete.
Talvez eu bata, afinal já faz quase dois anos. 

Você abre a porta, me encara e chora.

Chora porque, eu sei, você me ama.

Chora porque sonhou com isso por quase dois anos.
             Chora porque tá feliz.
Eu sei.
Eu choro por todos esses motivos também.

E a gente se abraça.
Se beija.
Transa.

E agora estamos aqui, deitados de frente um para o outro. 
E está tudo tão certo, tudo tão bem encaixado. 

.-.

Acordei sentindo o cheiro do seu café, com sua camisa enquanto você me dava um beijo de bom dia. E vejo que sempre pertenci a você.

E o dia vai passando, e eu não procurei ninguém em ti. 
Suas brincadeiras são suas.
Sua irritação é sua.
Seus carinhos são seus.

E então eu sorrio, porque eu te amo.
Sorrio porque Gaara não poderia está mais certo.

Você é o amor da minha vida.
             E eu sou o da sua. 

 

 

"O amor é como uma grande casa que tem que ser construída por você. Ele pode sofrer com as tempestades, entretanto continuara ali." 


Notas Finais


Perdoa essa formatação merda


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...