História Alma Gêmea (Imagine Jaemin NCT) - Capítulo 15


Escrita por:

Postado
Categorias CL (Chaelin Lee), EXO, G-Dragon, Neo Culture Technology (NCT), Red Velvet
Personagens Chenle, Doyoung, Haechan, Jaehyun, Jaemin, Jeno, Jisung, Johnny, Jungwoo, Kun, Lucas, Mark, Personagens Originais, RenJun, Taeil, Taeyong, Ten, Winwin, Yuta
Tags Drama, Imagine, Jaemin, Nct Dream, Romance, Você
Visualizações 496
Palavras 1.719
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Esporte, Festa, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero que gostem. Boa leitura ❤️
Obrigada pelos comentários e pelos favoritos. Amo, amo e amo!

Capítulo 15 - Mas nem tudo é um mar de rosas..


Fanfic / Fanfiction Alma Gêmea (Imagine Jaemin NCT) - Capítulo 15 - Mas nem tudo é um mar de rosas..

Levantamos rapidamente. 

Jaemin: Olha não é o que você está pensando..aí o que eu tô falando, não vai adiantar em nada. Você já viu mesmo! — disse passando a mão na cabeça desesperado. Enquanto eu permanecia estática.

Mark: Vocês estão loucos? Não podem fazer isso aqui! Pelo menos sejam mais discretos! 

Estou confusa. Ele está brigando conosco porque não fomos discretos? Como assim?

Mark: Eu desci lá embaixo e estavam todas as meninas da maquiagem dormindo, menos você! Sua sorte é que acordo mais cedo. Eu e Taeyong na verdade. Mas hoje eu despertei um pouco antes, pois estou ansioso para a apresentação de hoje. Daí eu vim até aqui e acho vocês dois NA MESMA CAMA! DORMINDO JUNTOS! — aumentou um pouco o tom de voz, mas sem gritar. 

S/n: Como sabia que eu estava aqui?

Mark: Eu deduzi. Vocês dois foram óbvios ontem naquela brincadeira. Aqueles olhares e tals. Bebiam pelos mesmos motivos, faziam provocações. Qual é a de vocês? Querem ser pegos?

Jaemin: Só por causa de ontem deduziu que ela estaria aqui?

Mark: Sim, mas eu tinha duas opções. A primeira era aqui e a segunda era no quarto de Johnny.

Jaemin: Não diga isso nem brincando. — disse um pouco exaltado.

S/n: Como assim, qual seria o proble..— ele me cortou com um olhar sério e com uma voz  repreensível.

Jaemin: Está me zoando né? Escuta aqui— aproximou-se de mim— o Johnny é o tipo de cara que você não deve se misturar.

S/n: Ok, ok. Se acalma. Mas por que tudo isso?

Jaemin: Porque ele usa e joga fora. Quer ser mais um pano sujo dele?— Jaemin falava de forma rude.

Mark: Calma. Foi longe demais. 

Jaemin: Só quero dizer que ela não é pra ser mais uma dele.— falava com Mark, mas permanecia me encarando— Entendeu? Digo isso pelo seu bem. — assenti. Ele se recompôs e virou-se para Mark— Você vai falar isso pra alguém, olha, eu não vou fazer nenhuma burrad...— foi interrompido.

Mark: Lógico que não. Mas depois vamos conversar. Vocês precisam tomar mais cuidado, isso pode acabar em problemas, para os dois. — eu permaneço estática. Ele não vai nos dedurar?

Jaemin: Ok.— disse com uma voz de quem estava em pânico, mas tentava parecer tranquilo— Vou tomar uma ducha. Obrigada. — disse a Mark. Pegou sua toalha e quando estava ao lado de Mark, disse bem baixo — Tira essa ideia da cabeça. Ela jamais será tocada por ele. 

Mark mexeu a cabeça em concordância e Jaemin foi tomar banho, deixando a mim e a Mark sozinhos.

S/n: Obrigada de verdade. Não sei o que aconteceria se tivéssemos sido encontrados por outro membro. 

Mark: Olha, eu não te conheço muito, mas parece uma boa pessoa. E admito que na verdade, estou protegendo Jaemin. 

S/n: Como assim?

Mark: Se não fosse por ele, eu teria acabado com tudo isso. — disse enquanto sentava-se na cama de Jaemin.

S/n: Mas por que? Por que Johnny pode e nós não?

Mark: Não ouviu o que ele disse? Johnny usa e joga. Sem sentimentos então sem problemas.— me sentei ao seu lado na cama— Com Jaemin a situação é diferente..ele está apaixonado. Mas também não foi só por isso que vou acobertar isso. É pelo fato que Jaemin estava mal esses tempos. Sabe, por conta da família, não sei se ele te contou.

S/n: Sim, ele está com muita saudade deles.

Mark: Exatamente. Fazia tempo que eu não via ele tão feliz... até você chegar. Você está ajudando ele. E de certa forma sou grato a você por isso. Então, pois é, acho que agora sou cúmplice desse romance de vocês. — sorriu de forma amistosa. — Cuida bem do nosso Nana. 

S/n: Pode deixar.— sorri e antes que ele se levantasse eu não pude evitar em lhe perguntar— Por que está nervoso? Já se apresentou antes com o NCT 127 e o U.

Mark: Exatamente por isso. As vezes sinto que tenho um cargo muito importante e tenho medo de não atingir as expectativas...— falava todo cabisbaixo.

S/n: Não fique assim. Você é muito bom, já vi suas apresentações. Já vi como você se comporta em frente às câmeras. Tudo bem ter medo, mas não duvide de si mesmo, afinal sei que é muito competente. 

Ficamos conversando e trocando boas ideias. Esse é um lado que algumas fãs não têm nem noção. Antes de Idols, Eles são humanos. E foi bom conhecer esse lado de Mark. 

Naquela tarde eu sai com Chunghee para finalmente ter meu cartão, para meu pagamento cair diretamente lá. E eu tenho que comentar: que pagamento maravilhoso. Só pensava nas makes e roupas que vou comprar com tudo isso. Nunca pensei que ganharia tão bem e olha que Chunghee disse que vai aumentar. "É pouco por enquanto porque você só prestou serviço no último dia da gravação, mas logo aumenta, pois você se fará mais presente nas atividades da empresa".

Mais tarde teve a primeira apresentação deles. Arrumamos eles e não tem como negar, eles são incríveis!


As semanas se passaram e eu passei a ver Jaemin todos os dias da semana. Sempre arrumava um tempinho para passar com ele. Isso ajudou a nos aproximar mais. Cada dia eu me apaixonava mais e creio que ele também. Eu pude ver que não era coisa da minha cabeça os sentimentos dele por mim. Pois ele sempre demonstrava de alguma forma. Mas nem tudo é um mar de rosas..

Uma tarde qualquer no final de Agosto.


Estávamos na sala jogando. Somente alguns membros do Dream estávam la, no caso: Jaemin e Mark. 

Jaemin: Vocês são muito ruins— dizia enquanto massacrava eu e Mark no jogo de tiro.

Renjun chegou e pediu para jogar. Tinha quatro controles, mas um estava estragado, então cedi o meu a ele, pois já estava cansada e precisava de água. Perguntei se mais alguém queria, mas todos recusaram. Quando estava voltando para a sala eu ouvi algo que me chamou atenção. Renjun falava bem baixo com Mark e Jaemin, o que dava a entender que não queria ser ouvido por mais ninguém. 

Renjun: Não acredito que você conseguiu mesmo beijar ela. Achei que era só papo furado.— falava completamente focado no jogo.

Jaemin: Do que você está falando?

Renjun: Me poupe, ela sempre vem aqui e passa a maior parte do tempo com você. Vocês são óbvios.

Jaemin: Se está falando da S/n, somos apensas amigos.

Renjun: Isso eu sei. Foi o que você disse "Vou beijar ela, mas sem compromisso. Só quero deixar de ser BV"— mudou o tom de voz para insinuar uma fala de Jaemin.

Não pude evitar e tive que me intrometer. 

S/n: Como assim "Só quero deixar de ser BV?"

Jaemin levantou-se rapidamente, juntamente com Mark. 

Jaemin: Não é o que você está pensando...

S/n: Eu não tô acreditando. Eu fui uma espécie de meta pra você? Fui algo que você usou apenas pra perder a fama de BV? Fala sério. — eu não tinha palavras para descrever o quanto estava desapontada. 

Jeno: Então Renjun estava certo— apareceu do nada na sala, com uma expressão séria— Ele me disse mesmo que você estava com ela e que tinha conseguido beijá-la. Mas eu disse "Claro que não Renjun, ele teria falado pra gente". Acho que me enganei não é mesmo— parecia tão desapontado quanto eu. 

Mark: Calma gente, também não é assim. 

Jaemin: Eu posso explicar, sério! 

S/n: Nem precisa perder seu tempo comigo. Eu já entendi tudo e aliás você tem problemas maiores— me referia a Jeno.

Peguei minhas coisas e sai do dormitório. Estava incrédula de toda a situação. 

      ~Perspectiva de Jaemin~

Mark: Deixa que eu resolvo. — saiu atrás de S/n.

Ficamos somente eu, Renjun e Jeno, o qual me encarava com uma expressão furiosa.

Jeno: Pelo visto até Mark já sabe— começou a bater palmas de forma irônica.

Jaemin: Eu posso explicar...— me interrompeu falando mais alto.

Jeno: Nem precisa. Parabéns Jaemin. E obrigada, obrigada pela consideração. Obrigada por me contar. 

Jaemin: Eu beijei ela sim, mas as coisas mudaram. Ela agora é muito mais do que eu pensei que seria. Sério, agora ela tem uma importância imensa na minha vid..

Renjun: Ah sério? Que legal né. Que bom pra você.— agora ele também parecia irritado.

Jeno: Então além de não nos contar que beijou ela, você também não se deu ao trabalho de contar que se apaixonou.

Jeno bateu palmas de novo.

Jaemin: Para com isso por favor.

Jeno: PARAR? PARAR, JAEMIN? EU TE CONSIDERO MEU MELHOR AMIGO E VOCÊ ME RETRIBUI COM MENTIRAS?— gritava.

Jaemin: HEYY! — gritei  — Eu nunca menti. Nunca te falei porque fui aconselhado a não contar pra ninguém!

Jeno: E o Mark?

Jaemin: Foi por causa dele. Ele pegou eu e a S/n outro dia...e acobertou a gente. Só por isso que ele sabe. Desde então ele anda nos dando conselhos porque as pessoas não podem saber. Eu não contei pra você e nem pra Renjun e peço desculpas por isso, mas foi algo necessário. Eu sinto muito, me desculpem. 

Jeno e Renjun ficaram em silêncio por um tempo. Acho que estavam pensando nas possibilidades e opções.

Jaemin: Por favor. Eu gosto muito dela, pra falar a verdade acho que estou apaixonado ou sei lá o que. E não sabem o quanto eu queria contar pra vocês, mas eu não podia. Por favor me desculpem...

Ficaram me olhando com suas faces sérias. Depois de um tempo decidiram falar.

Jeno: Tudo bem, mas a partir de agora, sem segredos, ok?

Jaemin: Ok.— demos um toque com as mãos. 

Renjun: Agora conta aí, foi bom? Quando foi? — já mudou completamente o tom de voz. 

O bom do Renjun é exatamente isso, esse seu lado fofo e alegre de sempre. Parece que não tem tempo ruim para ele.

Jeno: Vocês estão juntos, tipo como um casal mesmo? — também mudou um pouco o tom da voz, mas no fundo eu sabia que ia demorar para a ferida que eu abri nele, se curar.

Jaemin: Então.. eu posso explicar depois? Preciso resolver um problema— apontei para a porta.

Renjun: Ah tá pode ir.

Jeno: Vai que é tua.

Jaemin: Valeu, vocês são demais! — quando já estava na porta me virei rapidamente para Renjun e disse— Você me paga por essa!— então sai correndo. 

          ~Perspectiva de S/n~

Eu estava triste, chateada, com o coração partido e com muita, muita raiva. Não acredito que ele foi capaz de fazer isso. Eu acreditei nele e na "paixão" que ele dizia ter por mim. Como eu pude cair em tais mentiras? Inacreditável. 

Mark: S/n!!!!! Espera!!!! — gritava enquanto corria em minha direção.


Notas Finais


Espero tenham gostado!❤️
Perdoem algum erro de ortografia.
E eu tenho que repetir: logo fica melhor. Esse foi um daqueles capítulos que não somam em nada na história kkk, mas que são necessários para continuar o enredo que eu programei.
Bjusss ❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...