1. Spirit Fanfics >
  2. Almas >
  3. Sacrifício

História Almas - Capítulo 2


Escrita por:


Capítulo 2 - Sacrifício


- Sasuke. - Hinata levantou em um pulo do sofá, Sasuke abriu a porta da biblioteca com tanta força que a fez se assustar, ela definitivamente não esperava que ele fosse voltar.

· - Sasuke? - Hinata deu um passo, Sasuke estava agitado parecendo desesperado, o que fez ela querer ir a seu encontro e o beijar como havia imaginado esses 6 longos e dolorosos dias. Porém a única coisa que conseguiu fazer foi olhar para Sasuke assustada, ele tinha tacado um livro no espelho fazendo-o quebrar em vários pedaços.

·  - SASUKE? - Hinata não era de gritar não mesmo, mas ver Sasuke entrar em um buraco que antes havia um espelho a fez entrar em desespero, o buraco era íngreme e pequeno que mal o cabia, ela estava assustada e confusa o que fazia um buraco atrás de um espelho.  

· - Hinata.... - Sasuke se sentou no começo do buraco para que ele pudesse escorregar até lá em baixo ele sabia que poderia ser difícil para poder subir, mas ele tinha que ir, ele tinha que saber, mas não sabia se teria coragem para dizer.

· - Seu-seu corpo está lá-lá em baixo. - Reuniu toda coragem que ele tinha que não era muito e disse em um fio de voz, por mais que ele falou baixo ele sabia Hinata tinha o escutado já que ela deu um passo para trás com o olhar de desespero e surpresa, e antes que ele visse mais lágrimas dela ele deixou-se escorregar por aquele pequeno buraco, ele tinha que saber o que aconteceu ele precisava saber.

· ........  

·  - Hinata. - Sasuke não conseguiu segurar uma pequena lágrima que escapou do seu olho direito quando viu somente um esqueleto, pedaços de pano (que ele julgava ser o uniforme que Hinata usava) e longos cabelos azulados.

· - Por que? O que aconteceu com você Hinata? - Sasuke olhou ao redor, era uma pequena sala, mas que dava para ele ficar em pé sem nenhum problema, e lá ele viu um butsudan, ele se perguntou o porquê de um pequeno santuário estar ali, e sua resposta veio junto com um vento forte.

· .......................

11 / 12

·  - Onde eu estou? - Sasuke se perguntou assim que se viu em um lugar bem diferente do anterior em que se encontrava, agora ele estava em um grande comôdo bem bonito e bem arrumado por sinal, era como um quarto antigo com portas de correr de madeira.

· - Nee-san - Sasuke arregalou os olhos quando a porta foi empurrada bruscamente por uma pirralha de grandes cabelos castanhos claros e grandes olhos cor de pérola.

· - O que foi Hanabi? - Sasuke ficou ainda mais perplexo quando ele a viu, ela estava com um robe branco, porém por causa do corpo molhado deixou a mostra tudo e mais um pouco. Com certeza Sasuke nunca babou por mulher alguma, mas aquela que estava a sua frente que Deus sabe-se lá de onde ela saiu, aquela mulher era como uma Deusa era muito mais que ele sonhou um dia em uma mulher.

· - Você não vai lá vê-la não é? - Hinata suspirou e virou-se para o espelho se trocando logo em seguida, bem se ela poderia ficar mais linda? Sasuke duvidava, mas agora tinha certeza depois que a viu com um lindo yukata vermelho cheio de flores.

· - Vou Hanabi....

· - MAS VOCÊ NÃO PODE, SE VOCÊ PEGAR..... - Sasuke arregalou os olhos antes mesmo do barulho do tapa vir á tona, Hinata, ela, ela tinha batido na cara de sua irmã?

· - Me desculpe Hanabi, mas Tsunade-chan também é sua amiga, você não pode abandona-la quando ela mais precisa de você. - Hinata suspirou quando viu sua irmã sair de seu quarto pisando duro, ela sabia que Hanabi tinha um gênio difícil, mas ela sabia que ela ia acabar cedendo.  

· - Já estava esquecendo. - Hinata foi até uma caixinha e tirou um colar, Sasuke suspirou assim que o viu, aquele colar que ele havia dado a Hinata era realmente dela, mas como havia parado no quarto de seu avô?

· ......

· - POR FAVOR HINATA NUNCA MAIS APAREÇA AQUI, EU NÃO POSSO DEIXAR QUE VOCÊ...... - Sasuke estava achando aquilo tudo muito estranho, Hinata havia pegado alguns livros e até comida na sua casa para levar para a tal de Tsunade e assim que Hinata entra foi recebida com xingamentos e gritaria.

· - Já te disse Tsunade-chan você não tem doença contagiosa alguma, você só deve estar gripada, ou com uma alergia, não se preocupe. - Hinata dizia aquilo sorrindo, e com confiança.  

· - O que está acontecendo aqui? - Sasuke perguntou para si mesmo, sabia que elas não o viam nem mesmo o escutavam.

· - Toda a família Otsutsuki morreu por causa dessa doença Hinata, a minha família morreu por causa dessa doença não sabemos o que é e nem porque está matando tantas pessoas, eu não estou passando muito bem eu tenho medo..... - Tsunade dizia com a cabeça baixa, as duas estavam sentada uma de frente para a outra e somente o Chabudai as separavam.

· - Trouxe livros, e comida o que quer fazer primeiro? - Hinata sorria para Tsunade como se aquele sorriso pudesse arrancar toda a dor, mas ela sabia somente um sorriso não ia arrancar a dor, mas ela queria que Tsunade soubesse ela sempre estaria lá, não importa o que ela tinha ou o que ia acontecer, Hinata sempre estaria lá para ela, como, como uma irmã mais velha.

· - Livros. - Tsunade sorriu, fazendo também Sasuke sorrir, Hinata a cada hora o surpreendia mais e mais.

· ............

· - Nee-san onde está indo? - Sasuke passou o dia todo entediado vendo Tsunade e Hinata conversando e lendo. Suspirou, ele não fazia ideia do porquê dele estar ali agora na casa de Hinata.

· - Vou para a escola pegar alguns livros. - Hinata usava o uniforme escolar o que era estranho já que era noite, mas o que ele não sabia é que para entrar na escola mesmo a noite era bom usar o uniforme para não ser confundido com ladrão ou algo assim.

· - Eu vou com você. - Sasuke não entendeu muito bem, mas naquela hora ele sentiu um aperto no peito tão forte que ele teve que levar a mão sobre o peito e respirar fundo.

………….

…..

Hinata sinalizou com olhar para que Hanabi se escondesse, e foi prontamente atendida, fazendo Hinata soltar o ar que nem mesmo sabia estar segurando.

Hinata olhava para sua irmã em total espanto, ela também tinha ficado chocada com tudo que escutou, porém sua irmã estava com tanto medo que deu passos para trás esbarrando na estante e derrubando alguns livros. 


·  





Notas Finais


Obrigada por lerem


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...