1. Spirit Fanfics >
  2. Almas destinadas >
  3. Capítulo 1

História Almas destinadas - Capítulo 1


Escrita por:


Capítulo 1 - Capítulo 1


    No meio de uma floresta que ficava bem afastada da cidade encontrava se uma casa perto de um desfiladeiro que dava a vista pra uma pequena queda d'água uma linda vista e um ótimo lugar pra tirar umas férias .

Mas o caso ali era totalmente diferente naquela moradia habitava quatro alfas que viviam como amigos nada que envolvesse romance embora eles estivessem procurando um parceiro .

Podiam se deitar com qualquer um mais qualquer envolvimento romântico nunca acabava bem e sempre surgia uma tragédia .

Por esse porém escolheram morar afastado do resto da cidade saindo só pra comprar mantimentos e satisfazer suas vontades naturais de alfa.

- Vamos a caça hoje? - um homem loiro pergunta. Esse era Minato Namikase loiro de olhos oceânicos com sorriso gentil e temperamento calmo digamos que era como uma mamãe da turma de  vez em quando.

- Madara disse que iríamos daqui a pouco  - kakashi Hatake  um alfa com cabelos platinados e um semblante desinteressado. Eram seu jeito mesmo que sempre ficasse quieto era sua maneira de observar.

- Aquele Uchiha fala mais não aparece - esse a quem resmungava é Tobirama Senju um com temperamento quase que explosivo mais de um jeitinho mais contido e adorava irritar Madara. Dizia ele que esse era seu Hobbie favorito.

Ficaram a conversar entre si até ouvirem passos descendo as escadas e o  dito em discussão estava com braços cruzados com uma cara zangada.

- Falando de mim pelas costas que coisa mais linda - rosnou contido - e respondendo  os resmungos de vocês vamos sair agora.

Fez sinal pra irem pra fora e logo se trasfomaram em lobos e partiram para o meio da floresta.


                     > ₩ <


Tobirama andava de forma mansa pelos matos para observar ao redor .

Até ouvir o barulho de um choro acompanhado de  fungados e com isso seguiu até ver uma figura loira que estava agachado atrás da árvore enquanto com suas pequenas mãos tentava abafar os pequenos soluços.

Ficou a observar até ele ver um homem com um sorriso perverso surgir e agarrar o pequeno que ao se sentir agarrado  gritou por socorro .

- Me solte alguém por favor me ajude - O loiro gritava desesperado na esperança que alguém o ouvisse.

- Calado seu ômega inútil  - o homem de cabelos escuros rosnou - nem pra ser ômega você serve. E não existe ninguém que irá salvar uma coisa sem utilidade.

Num salto Tobirama aparece  de dentro da Mata avançando sobre o homem e atacando seu pescoço  acabando por arrancar um pedaço  e o homem ir   ao  chão quase sem vida enquanto se tremia pela falta de sangue.

- Por favor não me machuque - O ômega pediu em voz chorosa quando viu que o lobo o encarava.

Ô albino foi se aproximando e pelo medo que estava sentindo  o loiro acabou por desmaiar.

Tobirama o analisou e inspirou o ar tentando sentir seu cheiro. Mas nada sentiu e olhando novamente para o jovem apenas viu uma criatura frágil e que precisava ser cuidada.

Se destranformou e pegou o pequeno nos braços e seguiu pela trilha que dava para a casa. Iria cuidar dele e esperava que os outros concordassem. Não sabia o que. Mais sentiu uma enorme necessidade de cuidar daquele ser.


                    > ₩ <


Naruto nasceu em uma família feliz amava suas mães nunca foi de ter muito amigos mas mesmo assim agradecia por aqueles que estavam ao seu lado.

Tsunada era uma bela alfa e amava sua amada ômega Kushina juntas haviam tido seu pequeno raio de sol. Naruto é um ômega desde o nascimento mas seu cio nunca havia se manifestado causando uma certa preocupação em suas projenitoras que o levaram ao um especialista em problemas com ômegas. 

E caso era o seguinte Naruto tinha uma coisa rara que aconteciam somente com predestinados no caso alma gêmeas de reencarnações e isso acontecia somente a cada milênio segundo a lenda.

Então somente com seu alfa Naruto conseguiria entrar no cio.

Na escola sofria bullying de seus colegas e chamava atenção indesejadas pra si.

Era um dia normal quando resolveu dar um pequeno passeio andando pelos cantos das estradas quando um carro parou ao seu lado.

E dentro dele estava seu professor de história  Danzou Shimura.  sendo ingênuo e sem saber de nada se aproximou não achou ser nada afinal era seu professor. 

Mas se arrependeu quando ele tentou passar as mãos pelo seu corpo e para se salvar quando esse tentou lhe agarrar correu pra dentro da floresta enquanto lágrimas escorriam pelo seu rosto correu o quanto pode e se escondeu atrás de uma árvore.

Foi quando ele o encontrou. Gritou por socorro mas não achou que seria correspondido. Muito menos  por um lobo.

 E o animal após matar Danzou o olhou e por estar ainda apavorado pelo ocorrido anterior  Naruto desmaio caindo a Frente do lobo e a última coisa que consegui ver foi a fera se aproximando de si e depois apagou por completo.


                      > ₩ <


Na porta de casa os três alfas entravam apressado encontrando Tobirama sentado no sofá com uma feição preocupada.

- Aonde você tava - Minato toma a Frente perguntando.

O alfa de cabelos platinados somente fez um sinal para que o seguisse. Os levou até a porta de seu quarto aonde abriu revelando a figura sentada sobre a cama.

- Quem é ele Tobirama? - Madara indaga o olhando sério.

Naruto fica assustado quando começa a sentir as presenças e aromas de alfas. De repente ele sente seu corpo começar a esquentar e alguma coisa molhou suas roupas de baixo sem entender acaba por soltar um baixo gemido quando se moveu e isso causou um certo atrito em seu membro dando uma sensação de alívio.

Os alfas olharam pro loiro encima da cama com olhares assustados. E sem perceberem acabaram por reagir aos gemidos do loiro em cima da cama.

- Mas que porra Tobi - Kakashi rosnou pra Tobirama que lutava pra manter sua mente sã.

- O que você pensou quando trouxe um ômega pra cá - questionou o loiro que não estava diferente dos seus amigos. 

- Me ajudem por favor - choramingou - Por favor Alfas.

Num ato desesperado Madara empurrou todos pra fora do quarto trancando o ômega loirinho lá dentro.

Saindo fora de casa Tobirama era encarado por três pares de olhos raivosos.

- Pode fazer o favor de se explicar - Minato inquiriu com os braço cruzados e expressão séria. 

- Ele ia ser estrupado por um alfa lá na floresta se eu não tivesse o visto - balançava os braços meio desesperado ao ser encarado daquele modo - e antes que digam mais. Eu u não senti nenhum cheiro vindo dele então achei que ele tomasse supressores. 

- Podia ter o levado para a cidade e não pra nossa casa - O outro platinado diz irritado - Aliás quanto tempo dura o cio  de um ômega?

- três dias se for com um alfa e cinco se o ômega tiver sozinho. 

- Então basicamente você tá querendo dizer que Nós  vamos morar por cinco dias inteirinhos aqui fora?

Madara já estava posseso e esperando o minuto certo de pular no pescoço do Senju e quebra - lo.

- Por que aqui fora? - Tobirama perguntou meio sem noção do olhos em chamas de um certo moreno que era segurado por kakashi.

- ora seu desgraçado filho de uma ótima mãe - gritou o Uchiha  - Você quer que a gente ataque aquele ômega? Perdeu a noção. E pelo que parece esse é seu primeiro cio. 

- Nos esperamos o cio dele passar para descobrir quem ele é e o que ele fazia em uma floresta sozinho e o mandamos embora.

Com o básico em ordem foram montar uma pequena barraca que deveria como abrigo para os quatro durante esses cinco dias do cio do ômega.

Mal sabiam que a partir daquele dia Naruto faria parte de suas vidas.






Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...