História Almas Gêmeas - Jikook - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Visualizações 21
Palavras 1.382
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Universo Alternativo, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Voltei! Mas talvez só essa vez;-;
Por que né, se ninguém quiser que eu continue não vou continuar.

Boa leitura!

Capítulo 2 - Contratado?!


Fanfic / Fanfiction Almas Gêmeas - Jikook - Capítulo 2 - Contratado?!

JiMin Pov

Acordei com Taehyung gritando meu nome, taquei meu travesseiro na cara dele que tacou em mim de volta. 

- Levanta JiMin! Eu tenho uma notícia que vai fazer você gritar de felicidade! - Falou animado e eu estranhei. 

- Você vai se livrar de mim? - Essa foi a primeira coisa que me veio a cabeça. 

- Aigoo ChimChim, até parece que eu não gosto de você. - Se sentou do meu lado na cama com um bico. - Não é isso, pense em algo bom de verdade, se você não acertar eu conto mas você vai ficar me devendo um pote de sorvete. - Riu travesso é eu estava olhando pro chão tentando pensar. 

- Eu consegui algum dos empregos? - Ele assentiu e eu abri um sorriso. 

- Agora adivinhe em qual empresa. - Coloquei um dedo sobre os lábios pensativo. - Assim não, se não eu vou te apertar. - Acabei rindo e dei um tapa no braço dele. 

- Na Kim's Company ou na Jeon's Company? Foi as únicas que eu achei os donos gentis. - Ele me olhou desacreditado. 

- Tá isso valeu, foi na Jeon's. - Eu pulei em cima dele dando um grito animado. - Ai Chim. - Riu e eu comecei a saltitar pelo quarto. 

- Quando eu começo?! Eu fui mesmo contratado?! - Ele riu me vendo todo animado com isso. 

- A gente começa, e além do mais você que vai ser o secretário pessoal. - Nessa hora eu aposto que fiquei branco, pois Taehyung arregalou os olhos e veio até mim. - JiMin? Tá tudo bem? 

- Secretário pessoal? Eu fui tão bem assim? Eu não acho que seja tão bom para esse cargo... - Me pendurei no Tae. 

- É sim, Aceite que você é bom em tudo que faz. - Me sentou na cama, eu estava nervoso. 

- Você não percebeu que ele é um alfa?! Eu posso facilmente ser atacado por ele... 

- JiMin, você vai ficar bem e vai fazer ele se impressionar com seu talento. - O ômega a minha frente pegou em minhas mãos. - E além do mais a gente conseguiu um emprego, não vamos mais ser pauperrimos. 

- Você exagera ao dizer que a gente é pobre, somos normais. - Me levantei e fui para o banheiro fazer minhas higienes. 

- Para mim não! Eu não posso nem comprar nada da Gucci. - Eu sabia que agora ele estava com um bico e braços cruzados. 

- Claro né Tae, é super caro. - Sai e fui pra cozinha sendo seguido por ele que fez um som conhecido por mim. - O que você fez ou está fazendo dessa vez? 

- Sabia que eu estou me envolvendo com dois alfas? Um deles trabalha na Jeon's e o outro na Kim's. - Olhei para ele indignado. 

- É sério isso? - Comecei a procurar meus biscoitos. 

- Sim, agora eu posso usar o cartão deles pra comprar as coisas. - Riu e pegou uma das panquecas que avia feito. 

- Você é muito sortudo. - Dei um sorriso pelo meu amigo e me sentei a mesa, começando a comer. 

- Você também né JiMin, vai trabalhar pessoalmente para um alfa gostoso daquele. - Ri e bebi mais um pouco do meu café com leite. 

- Ah Taehyung quem me dera... Mas a Rosé me falou que ele não se relaciona com ninguém... Desde que... - Não consegui terminar. 

- Desde que? Fala ChimChim! - Olhei para ele. 

- A esposa morreu, e ela carregava um filhote seu, só que na hora morreu quando o carro de chocou contra um caminhão. - Ele se remexeu desconfortável. 

- Entendi... Mas quem sabe se você não conquista o coração dele. 

- Acho isso meio impossível Tae... Mas quem sabe... - Falei a última parte baixinho. 

- Ah! A gente vai sair hoje? Comprar umas roupas né. - Ri e assinto. 

- Pra empresa precisa de roupas formais ou eles dão uniforme? 

- Pra mim vai ter uniforme, pra você não, OLHA A SORTE CRIATURA! - Gritou e a vizinha logo bateu na nossa porta, então começamos a rir que nem hienas quando ela saiu reclamando. 

- Você é doido Taehyung?! Ah, mas realmente eu tive sorte com isso. - Debochei terminando de comer. 

- Tenta provocar o Jeon, usando calças de couro e aquelas suas camisas sociais. 

- Você tá louco?! Eu não, vou usar roupa social mesmo. - Fui pra sala e me joguei no sofá. 

- Ai sim você fica gostoso, se aquele alfa não ficar duro com você todo dia perto, tá com problemas hein. - Riu e se jogou no outro sofá. 

- Hiena. - Revirei os olhos e ele me tacou uma almofada me fazendo rir também. - Eu nem sou gostoso a esse ponto Tae. 

- Cala a boca que sua bunda e suas coxas são maiores que as minhas. - Me calei e ficamos assistindo um filme aleatório na tv. 


Dia seguinte...


Acordei com o despertador tocando e me levantei. Cambaleando fui até o banheiro, fiz minhas higienes e tomei um banho. Sai e peguei uma cueca preta, uma das minhas calças sociais e uma camisa também social, logo as visto e calço meus sapatos. Desci as escadas atrás de Tae e ele já estava fazendo o café da manhã, me sento ainda com sono e apoio a cabeça na mão direita. 

- Bom dia... - Fechei os olhos de novo. 

- Bom dia, dorminhoco fofinho. - Colocou os ovos em cima da mesa e apertou minha bochecha, mas eu bati em sua mão fazendo ele a retirar de perto de mim. - Acordou agressivo foi? 

- Não Tae... Só medo de fazer algo de errado na empresa... - Fiz bico olhando pra ele. 

- Aff JiMin, eu te conheço e sei que vai ocorrer tudo bem. - Fez carinho em meu cabelo e se sentou. 

- M-mas... - Ele me corta. 

- Sem mas! Agora coma para a gente poder ir. 


[...]


Assim que chegamos já empresa a Rosé veio até a gente, com um sorriso aberto, e sem falar nada nos puxa. 

-  JiMin, você tem que saber o que vai fazer com o chefe, suba. TaeHyung, você vai precisar falar com uma pessoa que trabalha na mesma área que você, me siga. - Falou isso e o Tae foi atrás, eu só entrei no elevador e fui para a sala do chefe. 

Eu fui até a porta com as mãos tremendo e suando, eu estava muito nervoso.  Respirando forte bati três vezes na porta, engoli em seco ao escutar um "entre" e entrei. Notei melhor na sala e ela era em tons vermelhos e pretos, uma ótima combinação, olhei para meu chefe e ele estava prestando atenção eu outra coisa, mas logo me olhou e se levantou. 

- Bom dia, Park. - Ele falou e sua voz é mais grossa do que me lembrava. 

- Bom dia, senhor... - quase gaguejou, mas eu estava calmo, não sabia o porquê. 

- Venha, eu vou lhe explicar o que você vai ter que fazer. - Se levantou e andou até mim, me afastei da porra para ele abri-la, e assim que ele saiu da sala eu fui atrás. 

Durante todo o percurso eu prestei bastante atenção nele, tudo que ele falava eu decorava para não errar ou esquecer. Me apresentou alguns funcionários, os quais eu teria ajuda as vezes, e muitos outros cantos. Não pude deixar de notar o quanto aquele lugar é grande e nos traços dele, sua pele morena combinava com seus olhos e cabelo, uma boca vermelha, seu jeito de andar é todo formal, e o melhor, ele é gentil com todos. Assim que paramos em frente a uma porta fiquei confuso. 


- Aqui vai ser onde você vai trabalhar, espero que goste. - Ele abriu a portable e dei espaço para eu passar. Era um escritório lindo! Com alguns detalhes azuis e outros dourados, realmente lindo. 


- E-Eu... Eu adorei! Muito obrigado. - Sorri olhando para ele, ou melhor, tentando olhar para ele. 


- De nada, venha comigo, está pronto para começar o trabalho? - Gostei da forma animada que ele fala. 


- Sim senhor. - Respondi e segui ele, poxa eu tô tão animado! 


Notas Finais


Continua?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...