1. Spirit Fanfics >
  2. Almas Ligadas - Jikook Omegaverse(ABO) >
  3. Capítulo Trinta e Dois

História Almas Ligadas - Jikook Omegaverse(ABO) - Capítulo 33


Escrita por:


Capítulo 33 - Capítulo Trinta e Dois


Fanfic / Fanfiction Almas Ligadas - Jikook Omegaverse(ABO) - Capítulo 33 - Capítulo Trinta e Dois

Nirvana

Estavam todos na mesa de jantar flutuante, era algo estranho mas todos acharam legal.

Alguns homens vieram trazendo a comida e deixaram na frente de cada um, todos sentiram o cheiro e ficaram com água na boca.

Jin: O que será que é isso? Parece carne...-diz analisando a comida, parecia suculenta e saborosa mas estranha.

Namjoon: Não sei.- disse logo pegando uma faca e um garfo, cortando a "carne estranha".

Namjoon enfia na boca e começa a mastigar, todos estavam olhando para ele para ver sua reação. Namjoon abre os olhos, parecendo que iriam soltar da cara.

Namjoon: Isso é muito gostoso...- disse chocado.

Hoseok: Sério?- disse logo cortando a carne e comendo.- Oh! É realmente gostoso!

Jungkook: Do que será que é feita?- disse colocando um pedaço na sua boca.- Com certeza é a melhor carne que eu já comi.

Aflora: Elas são feitas com carne de Zou.- Aflora adentra ao local, Katsuo está logo atrás.

Ren: Zou? - faz uma cara de que não entendeu.

Katsuo: É como se fosse uma "galinha" mas bem diferente.-disse logo se sentando, assim como Aflora.

Yoongi: Que estranho.- fala rindo, logo todos começam a rir.

Todos começam a saborear o seu belo jantar, enquanto isso conversavam sobre vários assuntos.

Jin: Aliás, vocês dois estão namorando?- pergunta para Jimin e Jungkook.

Jungkook: Estamos sim.-disse sorridente, Jimin logo se engasga com a sua água.- Meu deus!

Todos se assustam.- Eu estou bem.- disse Jimin tossindo.

Jin: A quanto tempo?

Jungkook: Faz algumas horas.- disse sorrindo e logo sente um jato de água bem na sua cara. Jin tinha cuspido ela em sua cara.

Namjoon: Meu deus!- fala Namjoon limpando a cara do amigo.

Jimin: A-ai...minha barr-iga...- estava morrendo de gargalhar pela situação do namorado.

Yoongi: Então, você pediu Jimin na hora do sexo?- disse, agora fazendo Jungkook cair da cadeira.

Jimin: PUTA QUE PARIU...- caiu da cadeira de tanto rir.

Hoseok: Foi na hora do sexo.- disse tomando sua água, não surpreso.

Jin: Foi o Namjoon que ensinou isso.- disse logo fazendo seu namorado ficar vermelho.

Namjoon: Claro que não! - Namjoon estava vermelho, fazendo todos começarem a rir de sua face.

Jungkook: Alguém ajuda a gente?- pergunta, fazendo todos olharem para baixo. Jimin continuava a gargalhar e Jungkook estava com cara de cu no chão.- Jimin-ah!

Jimin: Desculpa meu bem...- disse tentando para de rir, porém volta a gargalhar novamente.

Ruado: Vem.- disse com um sorriso no rosto, ajudando Jungkook e Jimin.

Oliver: Alguém ajuda o Jimin, ele vai morrer de rir.- disse começando a rir.

Todos começaram a rir novamente. Aquele jantar foi divertido para todos, depois de tanto tempo, eles tinham esquecidos dos problemas e apenas estavam rindo. Estavam sendo pessoas normais, mesmo que naquele momento eles estejam em outro lugar, eles se sentiam como pessoas normais.

.

.

.

.

.

.

.

Xxx: Conseguimos!- grita um dos homens de Hiba.

Hiba: Vamos começar.- disse, logo surgindo quatro homens atrás de Hiba.- Temos que abrir o mais rápido possível.

Xxx: Isso vai ser bastante cansativo.

Hiba: Será, mas isso é pelo bem de tudo.- disse logo se aproximando do portal, ainda não ativado.- Vamos acabar com isso, depois de tanto tempo.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

No Reino Celestial...no lugar mais profundo dele... o segredo...a verdade...

.

.

.

.

.

.

.

Todos no momento estavam no seus quartos, Jimin estava inquieto por algum motivo. Não conseguia fechar seus olhos e apenas dormir, então decidiu olhar para o céu estrelado através daquela enorme janela.

Jimin: São lindas...- disse olhando para as estrelas, aquele céu parecia uma obra.

Jimin olhava cada detalhe daquele céu, ele se sentia bem apenas ao olhar aquele céu e no meio disso, Jungkook apareceu em sua mente.

Jimin: Elon? Está aí?- pergunta, logo vendia eu pingente brilhar.

Elon: Aqui estou.- responde.

Jimin: Elon... você já sentiu o amor?- pergunta ainda concentrado no céu.

Elon: Amor?- estava em dúvida.- O que é o amor?- pergunta curiosa.

Jimin: Eu acho que é isso que estou sentindo.- fala com um sorriso no seu rosto.- Quando era criança e perdi minha mãe naquele dia, eu apenas sentia um vazio dentro de mim...as vezes, eu sempre me perguntava "Por que?...Por que as pessoas sentem o amor e eu não...", eu me sentia como um verdadeiro nada...vazio... solitário...- disse e seus olhos começam a brilhar, suas lágrimas começam a sair.- Mas quando eu achava que tinha achado o amor... não era amor...era atração, eu ainda não tinha encontrado minha parte... Então, eu comecei a me esconder através de um personagem que não era eu...O nome dele é Jimin, ele é atrevido...teimoso, confiante e qualquer coisa ele bate de frente...mas eu acho que eu acabei machucando muito o meu "eu" verdadeiro...e toda vez que ele aparece, ele chora e chora, eu as vezes penso "Eu deveria me desculpar por está prendendo ele, por o machucar, por não deixar ele ser quem ele quer ser", esse personagem que eu criei...ele foi apenas algo para satisfazer o vazio e a solidão...por isso, meu coração não se sentia bem.

Elon: Jimin...- Jimin a olha, seus olhos tinham verdade, aquele não era o Jimin ousado.- Você agora...nesse momento que está falando isso para mim... Você é quem?

Jimin: Meu nome é...Park Jimin, um jovem ômega de apenas 22 anos, que perdeu sua mãe quando criança e que tem muito sonhos.- disse trêmulo, estava caindo em choros, revelar o Park Jimin era algo doloroso para si.

Elon: Olha para mim, Park Jimin...- disse enxugando as lágrimas de Jimin. - Eu não entendo muito isso...mas, você acabou de se mostrar para mim, acabou de soltar o seu verdadeiro eu...isso para mim significa que Park Jimin é forte, ele é guerreiro e corajoso...mesmo com tantos machucados, você não desistiu. Você apenas foi obrigado a se esconder para sobreviver, enquanto estava eacondido, você teve tempo o suficiente para se preparar e agora olhe só... você está na minha frente...agora eu quero lhe perguntar, por que está aqui nesse momento? Por qual razão você está nesse momento sentindo o amor?

Jimin abre seus olhos, não chorava mais, apenas sorria. Jungkook apareceu em sua mente, aquele jovem alfa de 21 anos o mostrou o que era ser amado e o que era dar o amor. Seu coração estava completo. Não pensava em outra coisa, apenas nele.

Elon: Vá encontra com ele...- disse, chamando a atenção de Jimin. - Ele está a sua espera...

Jimin entendeu e se levantou, saiu do quarto e foi a direção ao de Jungkook. Na frente da porta, seu coração batia que nem louco, estava feliz e nada o tirava isso.

Bateu na porta e Jungkook abriu, com o seu belo sorriso branco e belo.

Jungkook: Jimin...- disse encantado.

Jimin: Jungkook...- disse abraçando seu namorado.

Jungkook: O que houve meu amor? - pergunta, fazendo o coração de Jimin ir a loucura pelo simples fato de Jungkook o chamar de "amor".

Jimin: Não houve nada...- diss olhando para Jungkook, sorrindo.- Eu apenas...eu apenas te amo muito.

Jungkook: Eu te amo também...te amo demais.- disse beijando a cabeça de Jimin e o abraçando.

Os dois ficaram naquele momento gostoso, apenas os dois na noite, se abraçando. Aquilo era amor, Jimin tinha total certeza que aquilo era amor.

Park Jimin sentia o amor de novo, ele se sentia completo e calmo.

.

.

.

.

.

.

.

.

Taehyung: Me solta...por favor...- implora, estava cansado de tanto implorar.

Acromus: Não se preocupe, você em breve irá ser solto.- disse sorrindo maligno.- Talvez...no inferno? - gargalha.

Taehyung: Meus amigos...eles vão acabar com você...

Acromus: Amigos? Ah! aqueles ratos sem saída.-disse rindo.- E se não vierem?

Taehyung: Eu os conheço...eles virão...

Acromus: Continue acreditando nisso, vai fazer bem para você...eu acho.- fala gargalhando novamente.- Você é tão patético sabia?

Taehyung: Vai...se foder...

Acromus: Sua mãe não te deu educação não? - disse tocando no rosto de Taehyung. - Aquela vadia.

Trevas: Acromus!- Os dois ouvem a voz das Trevas.

Acromus: Parece que papai está chamando.- disse rindo. - Adeus.

Taehyung: Me solta...porra...- desmaia.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...