História Alone - Capítulo 62


Escrita por:

Postado
Categorias Jogos Vorazes (The Hunger Games)
Personagens Annie Cresta, Cashmere, Cato, Clove, Cressida, Delly Cartwright, Effie Trinket, Enobaria, Finnick Odair, Foxface, Gale Hawthorne, Glimmer, Gloss, Haymitch Abernathy, Johanna Mason, Katniss Everdeen, Madge Undersee, Peeta Mellark, Plutarch Heavensbee, Primrose Everdeen
Tags Alone, Katniss, Peeta, Principe
Visualizações 42
Palavras 921
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Ação, Aventura, Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Saga, Suspense, Terror e Horror
Avisos: Tortura
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 62 - Capitulo 62


2 meses depois...

Snow atacou o reino mais duas vezes e como não conseguiu nada, parou um pouco. N esse meio tempo muitas coisas aconteceram, finnick pediu annie em casamento, eles se casaram em plena guerra mesmo daqui a uns dias, não posso dizer que estou animado com isso, qualquer coisa relacionada a amor me lembra katniss e esquece-la é minha prioridade agora.

 Minha mãe sempre repete pra mim ‘’se ela se foi é porque não te ama o bastante’’, ela disse tantas vezes que realmente pensei sobre isso e vi que ela tem razão, o problema é que katniss esta em todos os lugares, no meu quarto, na cozinha, na biblioteca, no escritório, quando alguém briga comigo ou ate quando vejo o por do sol, será difícil mais tentarei.

 Estou trabalhando em conseguir abrigos as pessoas que perderam as casas na guerra, esta sendo difícil pois são muitas, mais dará certo. Outra novidade é que johanna e marvel estão namorando, achei um casal diferente mais se eles estão felizes por mim tudo bem.  

Minha mãe passa bem mais tempo comigo, assim como meu pai, tentamos arrumar tudo juntos e eles me mantem ocupado, faço minhas tarefas diárias, como ir ver o exercito, visitar os desabrigados, ajuda-los no que for preciso  e fazer minhas refeições na cozinha, o problema é que mesmo estando rodeado, me sinto sozinho.

 \\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\   \\\\\\\\\\\\    \\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\

-você annie cresta, aceita finnick odair -diz o padre

-aceito

-eu vos declaro marido e mulher-diz e eles se beijam

 Todos batem palmas e comemoram, como não lembrar do meu casamento com katniss, mesmo não tendo convidados é como se não faltasse ninguém, eu estava completo, e era isso que importava.

     Todos cumprimentam finnick e Annie, vamos pra pequena festa e todos celebram, eu fico os olhando juntos e só fico lembrando de katniss, preciso fazer isso parar. Vou ate a mesa de bebida e pego um copo de tequila, bebo de uma vez fazendo queimar minha garganta, bebo mais um e já vou me sentindo menos lucido. Pego a garrafa, e me sento longe de todos, acabo bebendo a garrafa inteira, não consigo mais nem distinguir nada, mais levanto, pego mais uma garrafa e quase caiu no chão

-peeta, tudo bem ?-diz johanna

-bem, eu to ótimo, estou extraordinário, sabe por que ?

-por que ?

-porque eu não preciso de ninguém!! nem da katniss, porque ela me abandonou-digo meio tonto mais sorrindo

-ta peeta já chega, vou chamar seus pais

-não ,eu to bem johanna-digo mais ela já foi, bebo mais um pouco ate sentir a garrafa ser tirada de minhas mãos e olhar pros meus pais bravos

-vamos sair daqui peeta-diz meu pai, mais nego

-quero ficar, tem bastante bebida, que não me fazem pensar na katniss

-peeta mellark, vamos agora-diz minha mãe

 Eles me levam pro meu quarto e me colocam pra dormir

-eu não quero dormir, estou ótimo, quero festejar

-peeta, você esta bêbado-diz meu pai e nego

-não estou não

-esta sim peeta, porque você esta agindo deste modo ?-pergunta minha mãe-foi aquela garota que fez você ficar assim

-não fala mal da katniss

-ta já chega-diz meu pai e magges chega com uma xicara, eles me dão, tomo um pouco, sinto o amargo do café e faço uma careta-agora durma um pouco peeta

-mais e a festa ?

-já acabou-diz e assinto

 Eles me desejam boa noite e saem, fico olhando pra lua, será que katniss esta vendo a mesmo lua, espero que sim, que droga peeta!! você tem que esquecer ela, durmo pra parar de pensar

\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\ \\\\\\\\\\\\\\\\\\ \\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\

   Com o passar dos dias fui me acostumando a beber uns três copos por dia sem ficar bêbado, toda vez que penso nela, vou esquece-la nem que for a ultima coisa que eu faça

 Esse tempo que passei bebendo fique um pouco mais grosso, e passei a ignorar as pessoas é mais fácil assim, fico o dia inteiro no escritório, hoje tenho uma reunião. Eu levanto da cama e tomo um banho, quando olho no espelho fico vendo minha barba e lembro dela, resolvo raspar ate minha cara ficar lisa.

 Quando termino visto um terno e vou pra sala de reunião,  o sargento e o oficial me esperam com meu pai, os cumprimento e ofereço um drink eles não aceitam, eu pego só pra mim e sento no meu lugar

-qual o problema ?-pergunto

-temos um infiltrado no reino de snow, descobrimos que o próximo ataque será daqui uma semana- diz o oficial

-qual as providencias que quer tomar ?-pergunta o sargento

-vamos colocar as pessoas nos abrigos de novo e esperar-diz meu pai

-não-digo e  eles me olham-estou cansado de esperar que eles desistam

-o que quer fazer então ?-pergunta o sargento

-contra atacar-digo e eles ficam surpresos

-peeta, vai matar varias pessoas ?-diz meu pai espantado

-eles nos atacaram primeiro, não esperar, vamos contra atacar

-tem certeza disso ? estará tirando vidas de soldados com famílias -diz meu pai

-nunca tive tanta certeza. se snow quer uma guerra ele terá-digo confiante-preparem os misseis pra amanha

-tudo bem alteza, estarão prontos amanha-diz o soldado, eles me cumprimentam e saem

-ficou maluco ?-pergunta meu pai

-não, estou apenas jogando o jogo-digo frio

-não te reconheço mais peeta, esta ignorante ,egocêntrico e frio

-eu achei que tinha que assumir minhas responsabilidades pai, isso que estou fazendo, sendo o Rei

-só não deixe isso subir a cabeça-diz e sai, sento em minha cadeira e fico bebendo enquanto olho pra estantes e a sala vazia e escura.

 


Notas Finais


-JT.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...