História Alone - Capítulo 63


Escrita por:

Postado
Categorias Jogos Vorazes (The Hunger Games)
Personagens Annie Cresta, Cashmere, Cato, Clove, Cressida, Delly Cartwright, Effie Trinket, Enobaria, Finnick Odair, Foxface, Gale Hawthorne, Glimmer, Gloss, Haymitch Abernathy, Johanna Mason, Katniss Everdeen, Madge Undersee, Peeta Mellark, Plutarch Heavensbee, Primrose Everdeen
Tags Alone, Katniss, Peeta, Principe
Visualizações 51
Palavras 1.141
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Ação, Aventura, Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Saga, Suspense, Terror e Horror
Avisos: Tortura
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 63 - Capitulo 63


POV KATNISS

Estou com 6 meses e não estou aguentando, meus peitos estão grandes, assim como meus pês e minha barriga parece uma bola, eu enjoo com qualquer coisa e não posso fazer mais nada, estou com um desejo enorme por doce e pães de queijo do peeta, mais não posso ter.

       Minha mãe vem me visitar de vez em quando, então fico a maior parte do tempo sozinha lendo, minha mãe quase me matou quando descobriu sobre a lenha, ela faz isso também, me sinto inútil. Estou morrendo de saudades do peeta, tanto que sufoca, queria ter uma blusa dele ou algo que pudesse abraçar, já pensei em voltar varias vezes, mais minha mãe disse que é uma péssima ideia e que snow esta me procurando por todo lugar.

          Agora fico apenas com a alianças em meu dedo pra lembrar dele, isso esta me matando por dentro, será que esta bem? e como esta o reino?, será que já me esqueceu?, é uma possibilidade mais ele estará melhor sem mim, talvez snow desista da guerra e as mortes acabem, isso que espero.

           Fico a tarde inteira lendo enquanto eu fico acariciando minha barriga, virou um passatempo, ouço um barulho alto demais e fico assustada. Saio pra fora e vejo uma fumaça enorme inundando a cidade, ouço gritos e mais uma explosão, meu deus estamos sendo atacados, mais quem seria?

 Volto pra dentro e fico sentada no chão agarrada a minha barriga, não posso correr, tenho que esperar que passe e que nada aconteça. Fico horas ouvindo gritos e mais gritos de pessoas aterrorizadas, bombas explodindo, isso dura muito tempo, ate que uma hora o silencio reinou

 Saio de casa e vejo apenas fumaça, coloco minha capa e ando muito ate chegar no murro da cidade, tem muitas pessoas feridas e mortas no chão, o lugar esta destruído, paramédicos estão socorrendo as pessoas, a cidade virou cinzas, só espero que peeta não tenha nada a haver com isso.

\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\ \\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\ \\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\

 

      Mais um dia normal, estou olhando a janela onde flocos de neve caem na floresta, fazendo tudo ficar branco. Estou com 7 meses agora e já esta na hora dos chutes, ainda não senti nenhum, mais deve doer demais.

Minha mãe esta cuidando de tudo pra mim ficar confortável , agora minha ficha caiu, daqui alguns meses duas pessoas sairão de mim, isso é assustador.

 A guerra acalmou um pouco, minha mãe me da todas as noticias, disse que snow esta procurando um jeito de contra atacar, estou com medo do que ele pode fazer com o reino e com peeta,  só de pensar que ele esta longe de mim e que não posso protege-lo, o que vou fazer?

 Minha mãe chega e resolvo perguntar

-mãe o que acha que snow ira fazer com o reino mellark?

-não sei

-acha que ele pode...-digo sentindo meu coração doer-tentar machucar peeta

-acho que pode querida-diz e começo a chorar -acalme-se querida

-como pede pra mim ficar calma, se o amor da minha vida vai morrer -digo chorando mais

-tudo ficara bem

-como tudo ficara bem?-digo-mãe precisa me contar tudo sobre snow

-eu não..-diz mais seguro sua mão

-por favor, você não disse uma palavra desde que cheguei aqui, quero saber com o que estamos lutando -ela suspira e senta em um banco

-prometa que vera tudo com mente aberta-diz, concordo e me arrumo no sofá

     ''Quando era apenas uma criança minha mãe me disse que precisava fazer amigos, nunca gostei disso mais eu tentei. Um ano depois não consegui nada, ate um garoto me chamar pra brincar ele, era meu melhor amigo, sempre ficávamos juntos, ate que ele se mudou, eu fiquei triste. Mais quando fiquei adolescente conheci meu primeiro amor, seu pai-diz e me surpreendo-nos íamos ate aquela floresta sempre, ele amava ir lá, nosso lugar favorito era um lago escondido...

-aquele no lugar em que me mandava voltar?

-sim, como sabe?

-peeta e eu fomos lá

-o sim, é um lugar romântico-diz meio desconfortável

-espera, vocês são o casal com as iniciais na arvore?-pergunto lembrando

-oohh sim ele deu essa ideia e fizemos-diz e rio

-peeta também, escrevemos as nossas-digo sorrindo lembrando

-bom, eu e se pai fazíamos tudo juntos, meus pais não gostavam dele porque ele era pobre, então o ignoravam ate esse garoto voltar, ele não ficou nada feliz com meu namoro, ele me disse que os rei e rainha desse pais tinham morrido, então o pai dele que era amigo ia assumir.

‘’ Ele disse que poderia dar tudo que eu quisesse, mais eu neguei porque eu queria seu pai, mais não era isso que meus pais queriam-diz e suspira -eles não me deixaram mais ver seu pai e me obrigaram a namorar com meu amigo, passaram anos ate ele me pedir em casamento, meus  pais ficaram tão felizes, mais eu não estava-diz e engole em seco -eu reencontrei seu pai, começamos a sair escondidos e acabei ficando gravida de você, meu amigo ficou louco quando descobriu.

‘’Tentamos fugir, mais ele não conseguiu-diz e uma lagrima cai de seu olho- eu cheguei ate a floresta, achei que era o local perfeito pra ficarmos e acabei criando você la, ate dei seu sobrenome em homenagem ao seu pai quando nasceu-diz e digiro a historia

-esse seu amigo....

-sim, era snow

-o que aconteceu quando você foi embora?

-ele estava me procurando, eu sabia disso, por isso te ensinei tudo pra se cuidar sozinha, quando ele me encontrou sabia que teria que me entregar pra evitar que ele te achasse, foi a coisa mais difícil que já fiz filha-diz me abraçando-quando ele perguntou sobre o bebe disse que tinha morrido, ele não acreditou e mandou te procurar mais não achou nada. Fui obrigada a casar com ele, meus pais sumiram mais suspeito de que foram mortos, snow virou rei depois de um tempo e eu fingo ser sua esposa perfeita desde então. Passei todo tempo achando que estava segura na floresta, mais quando te vi na festa quase tive um ataque, como pode ter se arriscado com um deles?

-peeta é diferente-digo brava

-todos parecem ser, mais são iguais por dentro-diz rigorosa-como o conheceu?

-se você vai julga-lo antes mesmo de o conhecer, pra que devo te contar? -digo ranzinza

-prometo ouvir e dizer minha opinião depois-diz e começo  a contar toda nossa historia e ela ouve tudo -meu deus essa guerra começou por minha culpa?-diz chocada

-não mãe, snow, é culpa dele, e ele ira pagar por tudo-digo e ela assente

-você o ama muito

-mais do que imagina-digo e ela sorri

-devo dizer que ele é educado, charmoso e bonito-diz minha mãe e rio

-ele é mesmo-digo suspirando

-esta com saudades dele

-totalmente-digo deitando em seu colo

-talvez consigam ficar juntos depois da guerra-diz esperançosa

-se vivermos depois dela-digo triste

-vocês vão, eu prometo-diz me passando confiança

 


Notas Finais


-JT.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...