História Alone - Capítulo 67


Escrita por:

Postado
Categorias Jogos Vorazes (The Hunger Games)
Personagens Annie Cresta, Cashmere, Cato, Clove, Cressida, Delly Cartwright, Effie Trinket, Enobaria, Finnick Odair, Foxface, Gale Hawthorne, Glimmer, Gloss, Haymitch Abernathy, Johanna Mason, Katniss Everdeen, Madge Undersee, Peeta Mellark, Plutarch Heavensbee, Primrose Everdeen
Tags Alone, Katniss, Peeta, Principe
Visualizações 25
Palavras 902
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Ação, Aventura, Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Saga, Suspense, Terror e Horror
Avisos: Tortura
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 67 - Capitulo 67


POV KATNISS

Estou voltando pro reino de peeta, estou tão animada, vou poder abraça-lo de novo e isso me motiva a andar mais rápido, minha mãe esta animada, mais com medo, tento acalma-la mas estou enérgica, vou ver meu marido não tem coisa melhor no mundo.

        eu coloquei meu sobre tudo com capuz pra esconder minha barriga e deu certo, mesmo sendo muito peso e meu pês não aguentarem mais, não paro de pensar em peeta, então continuo seguindo em frente pra reencontrar meu amor, meu coração aquece só de pensar.

    andamos bastante ate passar da madrugada e descansamos, na manha seguinte me sinto mais animada com o passar dos dias o caminho ia diminuindo e minha animação , quando finalmente chegamos ao castelo minha mãe me para

-o que foi-questino

-não estou pronta

-como assim

-pra eles, tenho muitos traumas com esse tipo de gente, não posso simplesmente entrar

-o que quer fazer, vigia-los-digo brincando

-sim, seria ótimo

-maee-digo agonizada-preciso do peeta, agora-digo desesperada

-pode ir, eu espero-diz e suspiro com raiva

-tudo bem, se quer vigia-los, vamos-digo vencida entramos escondidas pelo caminho secreto e vou pela entrada dos funcionários, alguém vem vindo, então abro uma porta e entro com minha mãe esperamos ate os passos se distanciarem

-eii o que fazem..-diz alguém atrás da gente e me viro-katniss

-johanna-digo indo a abraçar mais deixo minha barriga longe-estava com saudades

-eu também, onde esteve

-tive que ir, precisava parar os ataques

-não adiantou nada

-eu sei disso agora, mais não consegui sair-digo e ela olha pra minha mãe

-quem é

-minha mãe-digo sorrindo-pode tirar a capa, johanna é de confiança-digo e ela tira

-a rainha de snow-diz assustada -o que faz aqui

-ela é minha mãe

-o que como pode

-tenho muito tempo pra te contar

-sei que sim, mais porque não foi ver peeta ele esta louco-diz e fico assustada

-como assim, ele se machucou-digo preocupada

-não só ficou diferente depois de sua partida

-ouviu katniss, diferente-diz minha mãe e reviro os olhos

-isso não diz nada

-como assim-pergunta johanna confusa

-queria voltar, mais minha mãe, não confia em vocês e precisa ver como são antes disso-digo e ela entende

-sei bem como é, sempre achei que seriam mesquinho e enjoados quando cheguei aqui, mais me surpreendi, menos a senhora mellark que é o diabo em pessoa

-eu sei disso-diz minha mãe

-bom e agora-pergunta johanna

-não sei, temos que vigia-los sem que nos vejam

-como-diz e lembro

-a sala de câmeras

-O QUE, tem uma sala de câmeras-diz johanna chocada

-sim peeta colocou depois que voltei da prisão, porque-pergunto

-bom, vamos dizer, que o chá da senhora mellark, não tem só chá-diz e rio

-você não tem jeito -digo e ela da de ombros

-mais como vamos fazer isso

-você pode ir lá e dizer que o rei pediu pra que se retirassem

-eles vão querer saber porque

-diz que é pela guerra, e que depois quando acabar elas voltam-digo e ela assente

-e se quiserem falar com peeta

-diz que ele esta ocupado e os acompanhe ate lá fora, pode fazer isso

-claro, afinal viver na guerra é um tedio preciso de aventuras-diz e sorrio

-obrigada johanna-digo sorrindo

-onde fica

-ao lado do banheiro, perto da sala de jantar

-ta esperem aqui, já volto-diz e concordo ela sai do quarto

-katniss, confia mesmo nessa garota

-sim absolutamente-digo e ela concorda ficamos esperando ate johanna voltar ate ela entrar no quarto

-foi difícil, eles não paravam de perguntar coisas tive que mentir bastante

-obrigada johanna

-querem ir agora

-sim, confira pra gente

-só tem uma pessoa acordada

-quem

-magges

-tudo bem-digo sorrindo-podemos ir

Andamos pelo corredor ate a cozinha, johanna vai na frente e depois nos chama, magges quando me vê vem correndo me abraçar

-katniss

-magges

-senti muita saudade querida, onde esteve

-é uma longa historia, mais não posso contar agora

-porque

-tenho que me esconder

-porque-diz confusa

-agora não magges, nos ajude-diz johanna e magges confirma com a cabeça ela vai andando e nos ajuda, quando chegamos finalmente respiro, estou sufocada sento um pouco

-podem me explicar o que esta acontecendo agora

-eu explico-diz minha mãe e começa a contar a historia toda

-nossa, e agora quando tempo ficarão aqui

-ate eu poder confiar em vocês-diz minha mãe rigorosa

-vai confiar em nos rapidamente-diz magges sorrindo-bom podem se acomodar, vou preparar algo pra comerem

-pode fazer pão de queijo-digo com os olhos brilhando

-katniss esta com desejo de pão de queijo já faz muito tempo-diz minha mãe e elas se espantam

-DESEJO-dizem

-você esta gravida-pergunta johanna

-sim-digo e elas sorriem

-meu deus, peeta vai surtar, me deixe ver sua barriga-diz magges e tiro meu casaco -o meu deus você esta tao linda-diz chorando

-parece um elefante-diz johanna e magges a olha brava

-tudo bem magges, sei que pareço um balão

-não parece não-diz chegando perto-posso tocar-diz e assinto, ela passa a mão em minha barriga e os bebes chutam- que chute forte

-eu sei eles são fortes

-ELES-dizem de novo me fazendo rir

-são gêmeos

-não acredito, pensei que não queria ter filhos

-e não queria pode ter certeza

-esse é o sonho de peeta

-sei disso, por isso não desisti deles

- devem estar cansadas, melhor descansarem

-é mesmo querida-diz minha mãe e elas saem e vamos ao quarto dentro da sala e começamos a arrumar as coisas

-viu são boas pessoas

-é o que veremos


Notas Finais


-JT.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...