História Alone - Capítulo 77


Escrita por:

Postado
Categorias Jogos Vorazes (The Hunger Games)
Personagens Annie Cresta, Cashmere, Cato, Clove, Cressida, Delly Cartwright, Effie Trinket, Enobaria, Finnick Odair, Foxface, Gale Hawthorne, Glimmer, Gloss, Haymitch Abernathy, Johanna Mason, Katniss Everdeen, Madge Undersee, Peeta Mellark, Plutarch Heavensbee, Primrose Everdeen
Tags Alone, Katniss, Peeta, Principe
Visualizações 37
Palavras 797
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Ação, Aventura, Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Saga, Suspense, Terror e Horror
Avisos: Tortura
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 77 - Capitulo 77


Acordo e peeta já não esta mais aqui, suspiro e levanto indo pro banheiro, olho no espelho, estou um caco, gorda feia e estranha, peeta nunca vai me querer de volta.

       tomo um banho coloco um vestido e resolvo descer ate a cozinha, não quero ficar aqui sozinha depressiva chego lá e encontro magges ela fica feliz e me abraça sento na bancada

-como esta querida

-me sinto péssima

-sei que é um momento difícil, mais logo acaba

-obrigada por me ajudar magges

-de nada querida-diz sorrindo-e como estão meus bebes favoritos hoje-diz e sorrio

-bem eu acho

-otimo ,o que gostaria de comer querida

-pode fazer uma sopa

-claro-diz começando a preparar tudo, eu fico só observando, ate ouvir a porta ser aberta e os empregados entrarem eles ficam muito felizes em me ver e espantados com minha barriga

-meu deus katniss, você esta gravida-diz annie me abraçando

-parabéns-diz finnick-podemos-diz querendo passar a mão e permito -nossa katniss é lindo, peeta deve estar nas nuvens

-não como imaginei-digo abaixando a cabeça

-bom ele deve estar louco, porque isso é maravilhoso-diz marvel sorrindo recebo vários parabéns e abraços

-o que é, já sabe-pergunta annie

-não sei o que são

-são, como assim

-são gêmeos-diz johanna ao meu lado e eles ficam maravilhados, depois começamos a conversar e sento com eles na mesa, enquanto o almoço é servido,  É estranho estar aqui sem peeta ao meu lado, mais é minha realidade, tento me distrair na conversa, mais quando ele entra fica difícil

-bom dia-diz recebendo de volta, depois pede seu prato pra magges e sai, fico triste com isso, mais tento não desanimar magges segura minha mão me passando força, ela é a mãe que queria ter

-e então quais os planos pra amanha pergunta marvel

-como assim-pergunta johanna

-é aniversario do peeta não

-marvel-diz magges

-não tudo bem, o que estão pensando em fazer-pergunto

-uma festa surpresa-diz annie

-estamos em plena guerra

-idai vamos comemorar afinal ele vai fazer 19 anos

-bom e se a gente..

 eles ficam conversando mais não presto atenção, dou a desculpa de não estar bem e me retiro, ando ate a biblioteca, fico procurando por um livro qualquer, pego qualquer um começo a ler, na metade do livro já estou com sono, mais me forço a ficar acordada, mais não consigo e acabo dormindo

\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\   \\\\\\\\\\\\\\ \\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\

POV PEETA

Ignorar katniss é uma das piores e difíceis coisas que tive que fazer, vê-la triste, desanimada, acaba comigo mais o que posso fazer se ela mesmo pediu por isso, se fosse por ela não estaríamos juntos e talvez eu sou o único que ama nessa relação.

  porque fico pensando nessas besteiras, katniss me ama, sei disso, por isso me sinto mal, só preciso de um jeito pra me acostumar com a ideia de que talvez nosso casamento tenha acabado

 NÃO eu me recuso a aceitar de que nossa historia acaba aqui, talvez estejamos em apenas uma briga boba como da outra vez, mais dessa vez não sei o que fazer, sento na minha cadeira e fico olhando a sala vazia e escura em que estou, é desse jeito que me sinto sem katniss, vazio, mais não posso perdoa-la como se tudo estivesse bem, porque não esta, estou magoado e machucado, preciso de tempo pra me curar, fica difícil com minha mãe e glimmer em meu pé, elas não sabem nem meu pai que katniss voltou e prefiro que fique assim.

       minha mãe ficaria enchendo o saco da katniss e eu  já tenho problemas demais, quando escurece resolvo ir pro meu quarto, porque mesmo não estando falando com katniss, posso tê-la por perto e isso me deixa muito feliz, poder ficar vendo ela dormir e sentir seu cheiro, mesmo ela não sabendo.

  entro no elevador e desço ate o 1 andar, quando vou sair da biblioteca, me assusto ouvindo um barulho de respiração na escuridão, ando devagar pela biblioteca é quando o barulho fica mais alto, acendo uma luminária e dou de cara com katniss adormecida com um livro na mão, acabo rindo, tiro o livro de sua mão e a pego no colo ela encosta sua cabeça em meu pescoço, eu acabo sorrindo com isso, a levo pro nosso quarto e a coloco delicadamente na cama a cubro fico vendo sua barriga grande, não sei quantos meses ela esta e acho melhor não perguntar, meus tão sonhados filhos estão aqui, esse era pra ser um momento magico, mais não é isso que virou, coloco devagar minha mão sobre sua barriga e fico acariciando, recebo chutes e acabo sorrindo, deixo um beijo em sua barriga , me arrasto ate seu lado e a arrumo pra dormir olhando pra ela, mesmo com olhos fechados quero senti-la perto, deito e fico a admirando e acabo dormindo


Notas Finais


-JT.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...