História An angel in my life - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Colegial, Drama, Originais
Visualizações 33
Palavras 542
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 5 - Apaixonado por uma humana...


Fanfic / Fanfiction An angel in my life - Capítulo 5 - Apaixonado por uma humana...

      P.O.V  Elizeu

Estava com o Daniel no meu dormitório,até que escuto uma gritaria,descido ir ver o que era,veio do quarto do Guilherme,bati na porta mais ninguém respondia estão descido entrar,encontro ele no chão sangrando.

Elizeu:DANIEL VEM AQUI.(lembrando esse não é o Daniel que está com o Eduardo,é outro Daniel)

Ele vem e me ajuda a levar o Guilherme pra enfermaria,no caminho encontramos a Bruna.

Bruna:o que aconteceu?

Daniel: não sei,ele estava gritando, então desmaiou.

Bruna:e esses cortes?

Elizeu: não sabemos, não tinha nada afiado no quarto,muito menos com sangue.

Bruna:e o colega de quarto?

Daniel: não sabemos,ele não estava lá.

Bruna:ah...levem ele,eu tenho que ir.

Levamos ele até a enfermaria,estava tudo bem,ele não perdeu tanto sangue.

           P.O.V  Bruna

Estava procurando o Dak-ho, estava pensando onde ele poderia estar, então lembrei que quando ele apareceu pra mim estava perto do lago artificial que tem aqui no colégio,fui até lá e eu tinha razão.

Bruna:por que fez isso?

Dak ho:fazer o que?

Bruna: não se faz de idiota,foi você quem machucou o Guilherme.

Dak ho:eu já fiz tantas coisas pra você,e a única coisa que você descobriu foi que machuquei ele,que idiotice.

Bruna: você tem que fazer ele melhorar.

Dak ho:eu tenho cara de médico agora?

Bruna: não,mais foi você quem fez isso.

Dak ho:ok...

         P.O.V Dak ho

O que acontece com essa garota?ela mal conhece ele,de qualquer jeito vou tirar as feridas dele,depois é só fingir que foi um sonho...

       P.O.V Guilherme

Depois de ter desmaiado acordei no meu dormitório e vi que eu estava bem,foi tudo um pesadelo?Dak-ho entra no quarto e eu descido falar com ele.

Gui:ei... você viu algo estranho comigo?

Dak ho:com você não,só você que estava se mexendo de mais,parece que estava tendo um pesadelo.

Gui:ah,esquece isso.

Por que sonhei com isso?por que no sonho a voz falava da Bruna?acho que foi só um sonho mesmo,é melhor eu relaxar,descido falar com o Dak-ho coisas aleatórias.

Gui: então...de onde você veio?

Dak-ho:Estados Unidos.

Gui:ah,sim...então você sabe falar inglês neh?

Dak-ho:sim...

Gui: você poderia me ajudar nas aulas de inglês...

Dak-ho:pode ser,mais o que você sabe?

Gui:ah...eu sei um pouquinho do verbo to be.

Dak-ho:ok...vamos deixar isso pra sala de aula.

Gui:ok,posso fazer outra pergunta?

Dak-ho:pode.

Gui: você conhece a Bruna?

Dak-ho:sim,por que?

Gui:e você pode me dizer como ela é?

Dak-ho:hm...vejamos,um pouco sem noção,fica irritada atoa,mais também fica feliz atoa,carente ela é de câncer,ela é o signo em pessoa.

Gui:você gosta de signos?

Dak-ho: não,mais na maioria das vezes a definição de uma pessoa pelo seu signo está certa.

Gui:hm...e você acha que ela gosta de mim?

Dak-ho:ah...

Gui:falei algo errado? você gosta dela neh?

Dak-ho:é que ela é minha namorada...

Gui:ah...desculpa...

Dak-ho:tudo bem...

      P.O.V Dak-ho

Quando ele me fez aquela pergunta me senti esquisito,eu não posso estar gostando realmente dessa garota,ela é uma simples humana,e eu não tenho sentimentos, não posso ter.

Dak-ho:tenho que sair...

Gui:de novo...tudo bem...

Sai do quarto e fui até o lago de novo,dessa vez encontrei a Bruna sentada lá.

Bruna: você já cuidou do Guilherme?

Dak-ho:sim...

Bruna: obrigada.

Dak-ho: então... você quer...

Bruna:sair pra tomar um sorvete?quero.

Dak-ho:como você...

Bruna:vamos lá,tem uma sorveteria que eu amo.

Dak-ho:ok...

Saímos do colégio e fomos a sorveteria,depois passamos no parque,ela sentou no balanço e pediu pra balançar ela,ficamos um tempo lá,conversamos bastante,depois voltamos pro dormitório,o que eu estou fazendo? não posso gostar de uma humana,mais eu sou idiota o suficiente pra chamar ela pra sair,que lixo,estou com muito ódio de mim mesmo.Quando entro no quarto vejo que o Guilherme está dormindo no chão.

Dak-ho:por que você gosta tanto de sofrer?

Pego ele e o coloco na cama,depois vou dormir.






Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...