1. Spirit Fanfics >
  2. Altivez >
  3. Capítulo 73

História Altivez - Capítulo 73


Escrita por: Libsriangirl

Capítulo 73 - Capítulo 73


 Michael Jackson (+18)
Mansão James Jackson
13 de agosto de 2007
01:19

 Pois, eu estou me sentindo para baixo e triste E está tudo nublado em minha mente Em vez de ir para algum restaurante Eu fico em casa, na cama Eu estarei amando você, é isso o que quero fazer. Eu estarei amando você, é isso o que quero fazer!
 Olá, amante da meia-noite, você é quem eu adoro e eu estarei pensando em você até que as estrelas sumam. Se está nublado, ou se estiver triste, ficarei aqui com você. Faremos um pedido, e então nos beijaremos. Um amor real para sempre. Em vez de ir para algum restaurante. Eu fico aqui com você. Eu estarei amando você, é isso o que quero fazer. Estarei amando você, é isso o que quero fazer! –
 Enquanto cantarolo uma das minhas composições que não sai da minha cabeça. Seco o meu cabelo. Tomei um banho com Anely. Ela me ajudou a lavar o cabelo. Parece que essa casa tira completamente o apetite sexual da minha mulher. Ela não tentou nada durante o nosso banho

 Queria muito a levar para Neverland, mas, ela precisa enfrentar seus medos. Eu amo mimar a minha Anely, mas, ela precisa passar por isso. Precisa vencer essa etapa. Mas, se eu perceber que realmente não dá. Amanhã mesmo voltamos para casa. O importante é o conforto da minha mulher

 Desligo o secador. O tiro da tomada e usando meu pijama rosa com o nome da Anely estampado por ele todo, vou para o quarto. Ganhei esse pijama de um fã. Eu adorei. No início supus ser para ela, mas, era mesmo para mim. Mandaram um para Anely com o meu nome e da mesma cor. Bem, como ela veste meus pijamas. É tudo nosso de toda forma

 Em passos lentos me posiciono atrás de Anely que esta com os cabelos soltos próxima ao pé da cama. Ela está encarando a cama e parece estar assim há um tempo. Ela está usando um pijama azul com bolinhas brancas. Também esta usando meias

 Com carinho pego a mão dela e levo até a minha boca. Dou um beijinho e levo a minha mulher até a lateral da cama. Puxo o cobertor e a espero se deitar. Anely com uma carinha triste olha para mim e faz um bico

– Rosquinha, confie em mim! Esta tudo seguro. Wayne esta guardando a porta! Ninguém vai entrar aqui! O seu macho reforçou a segurança – beijo seu pescoço – O seu macho, mandou trocar todo o sistema de segurança – beijo seu ombro – O seu macho fez tudo que podia ser feito só para a sua segurança – sussurro ao seu ouvido

– Eu adoro quando você fala assim – morde o lábio e sobe na cama. Se deita. Pego a ponta do cobertor e jogo por cima dela. Dou a volta e me deito ao meu lado da cama. Prefiro o lado esquerdo

 Ela se vira para mim. Joga seu bumbum lindo na minha direção. Deito-me de lado e coloco minha mão em seu quadril. Anely rebola devagar. Ela sabe bem como me atiçar... Afundo meu nariz em seu cabelo

 Movo-me em sincronia com ela. Gradualmente as coisas vão ficando cada vez mais quentes. Sinto sua mão apalpar meu pênis por cima do meu pijama. Não demora muito para que sua mão rápida invada minhas calças. Ela abaixa um pouco as calças e o posiciona na entrada...

 Em reboladas que me tiram de mim ela se move. A abraço por trás e tomo o controle. Colando meu corpo ao dela apenas movo meus quadris. Colo meu rosto ao dela e meto devagar. Seu gemido é a música mais linda que eu já ouvi

– Me fode mais forte! – ela choraminga – Soca tudo, enfia até as bolas em mim vai! – sussurra manhosa. Intensifico as estocadas. Enquanto meto mais forte aperto seu seio com a mão esquerda. Alterno os movimentos entre lento e rápido – Você gosta de me foder assim bem gostoso? – murmuro um sim, quase sem forças. Que mulher!

Mansão Jackson Pritchett, Beverly Hills
Lily Pritchett Jackson
05:19

 Saio do carro e ando em direção a porta de entrada da casa. Estou usando um vestido branco a pedido do anfitrião da festa. Ele queria que a família toda fosse de branco e assim o fizemos. Anely, eu, Thomas, Léo que ficou o tempo todo com tio Dan e a minha mãe. Toda a nossa família fez questão de fazer o que o anfitrião pediu

 Eu estou tão orgulhosa do meu pai. Anely foi a melhor coisa que poderia ter acontecido para ele. Eu nem sei como seria a vida dele sem ela. Meu pai virou outra pessoa. É muito mais confiante. Se nota a felicidade no rosto dele a distância. Devemos tanto a Anely!

 Hoje no jantar eu observei meu pai dar sobremesa na boca de Anely e ela fazer o mesmo com ele. Um cuida do outro. Graças as roupas brancas, isso me levou ao dia que eles se casaram. Foi tão lindo. Anely estava tão parecia com uma princesa. Esses pensamentos me fizeram pensar no meu relacionamento

 Talvez, meu pai tenha razão. Já esta na hora de eu ter um casamento. Eu sempre sonhei em entrar na igreja com um véu enorme. Até consigo imaginar a minha mãe cantando enquanto entro na igreja. Meu pai me entregando no altar. Meu irmãozinho Léo levando as alianças e Thomas celebrando o casamento. Eu mereço que isso se realize. Fui tão paciente durante todos esses anos. Estou com Dylan há três anos. Eu devia ter imposto o que eu queria desde o início. É o ideal a se fazer!

 Abro a porta e entro bem devagar. Fiquei até tarde conversando com Thomas e tio Dan. Mas de toda forma Dylan não se importara, eu disse a ele que eu talvez dormiria por lá. Tiro meus sapatos e subo as escadas bem lentamente. Ele trabalha tanto, não quero o acordar e atrapalhar seu sono. Ando lentamente pelo corredor até perto do meu quarto. O que estou escutando... Não. Só pode ser a TV. Não tem nenhuma hipótese de ser o meu marido

 Aproximo-me da porta do quarto e abro a porta lentamente. Meus olhos se enchem. Meu coração bate forte. Isso não esta acontecendo comigo, não pode estar acontecendo... Completamente congelada encaro a secretária em cima do meu marido... Com uma faca próxima ao seu pescoço

 Escuto passos pela casa. Tem mais gente aqui. Tem muitas pessoas aqui. Ela direciona seu olhar em minha direção e me encara, Dylan arregala os olhos como se estivesse me pedindo para ir embora. Não posso. Não vou o deixar aqui. Eu sou filha de Petra Pritchett e vou resolver isso como tal.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...