História Sentimento Louco - Capítulo 21


Escrita por:

Postado
Categorias La Casa de Papel
Personagens Personagens Originais, Professor, Raquel Murillo
Tags Álvaro Morte, El Professor, Itziar Ituno, Raquel Murillo, Sérgio Marquina
Visualizações 278
Palavras 1.066
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá beninas, capítulo novo pra vocês, espero que gostem, não esqueçam de comentar e dizer o que estão achando da fic, bjs e inté o próximo, tá curtinho esse, perdoem rs

Capítulo 21 - Tears dry on their own


Fanfic / Fanfiction Sentimento Louco - Capítulo 21 - Tears dry on their own

Pov Álvaro

Cheguei cedo no estúdio e encontrei com Pedro e lá estava eu contando a tragédia em que eu estava metido, quando Itziar apareceu toda linda mas com olheiras que indicavam que ela passou a noite em claro nos braços de outro, nos comprimentou com o maior sorriso do mundo, e Pedro ainda fez piada sobre ela ter feito sexo a noite toda com o imbecil de Bausari, ela tentou pisar em mim e conseguiu, pois me senti um lixo quando ela soltou aquelas ironias, quando ela entrou na maquiagem bati em Pedro com o script.

- Qual o seu problema?

- Qual o seu problema, Álvaro? Não vê que ela fez tudo isso pra te provocar, e você caiu feito um patinho.

- Estou nessa situação por culpa minha, como eu não vou ceder as provocações dela?! Você viu como estava vestida?

- Sim, belíssima.

- Ela além de estar particularmente linda com aquela roupa, está de salto, ela nunca usa salto.

- Itziar veio pronta pra jogar, esfregar na sua cara o que perdeu, e o que tem que fazer não é correr atrás como um cachorrinho, é esperar até ela se acalmar e aí vocês tentam conversar com calma.

- Ela voltou com o ex, você não ouviu, ela não quer me ouvir.

- E você é burro o bastante pra acreditar que ela passou a noite com ele, aquela expressão e as olheiras não são de quem teve orgasmos a noite toda, Itziar passou a noite chorando.

- Como tem tanta certeza?

- Álvaro, quantos anos tem? 13? O rosto dela estava completamente inchado, sem contar que depois do que aconteceu ontem acha realmente que ia conseguir passar a noite toda com o ex namorado?

-Se você tiver razão, eu ainda tenho uma chance.

- Isso eu já não tenho tanta certeza, eu falei pra dizer a verdade a ela. 

-Você não acha que eu ja estou me sentindo culpado o bastante? 

Pedro colocou a mão em meu ombro e me encarou como se não tivesse mais conselhos a me dar. 

Graças aos céus não tinha nenhuma cena com ela aquele dia. 

O dia foi tranquilo, quando encerramos nos dirigiriamos ao bar, Itziar saiu da maquiagem novamente, mas dessa vez uma bela maquiagem, eu a achava linda de todo jeito, mas ela realmente queria me torturar.

Seguimos pro bar que Esther havia nos convidado.

Nos acomodamos em uma mesa, Itziar se sentou ao lado de Ursula, mas logo se levantou pra atender o celular, ela saiu do bar e quando voltou eu nem imagino que expressão eu tenha feito, ela começou a apresentar Roberto para nossos colegas e inclusive pra mim. 

O comprimentei com vontade de socar ele, mas não podia, tentei ao máximo manter a postura, mas ela estava com muita raiva e eu não podia culpa-la, se eu fosse embora imediatamente daria muito a vista, e embora o errado fosse eu, ela estava fazendo de tudo pra me machucar, não iria dar o braço a torcer também indo embora do bar, por ciúmes. 

Roberto imediatamente mediu Mário da cabeça aos pés, isso me fez rir um pouco por dentro. 

" Eu também já passei por isso, larga do pé dela, seu idiota, ela não sai por aí dormindo com qualquer cara, ela dormiu comigo porque estamos apaixonados" naquele momento aquilo era tão claro pra mim, Pedro me cutucou. 

- Mal sabe ele que já virou motivo de piada pra você não é? 

- Do que está falando? 

- Ele entrou e está encarando o homem errado, ele está com ciúmes de Mário, e no fundo você está rindo disso, não está? Confesse. Não pude evitar, e nós dois caímos na gargalhada. 


Pov Itziar

Roberto chegou e eu o apresentei  a todos, não queria ser obrigada fazer aquilo com ele, mas ele insistiu em aparecer naquele bar, não poderia simplesmente não apresentá-lo a Álvaro, do jeito que ele era iria cismar na mesma hora, mas ficou encarando Mário, o que me irritou profundamente, o bar era agradável, a banda também, a não ser pelo vocalista, não era dos melhores, e eu não fui a única a notar, todo nosso elenco começou a comentar sobre a falta de talento do vocalista da banda, e então Pedro teve a brilhante ideia de ir falar com a banda se eu poderia me apresentar com eles pelo menos em uma música.

Todos na mesa gostaram da ideia, exceto Roberto que pareceu não ter ficado muito confortável com a situação, eu disse que não iria, mas logo todos da mesa começaram a insistir e eu concordei em cantar uma música, subi no palco conversei com a banda, 

Perguntei se eles sabiam tocar a música que eu queria e a resposta foi positiva.

Peguei o microfone.

- Olá, boa noite a todos, sou Itziar Ituno, e eu vou cantar Tears Dry On Their Own da nossa amada que nos deixou tão cedo Amy Winehouse.


Tudo o que posso ser para você

É aquela escuridão que já conhecemos

E esse arrependimento com que eu tive que me acostumar

Era tudo ótimo

Quando estávamos no auge

Eu esperava por você no hotel toda noite

Eu sabia que não tinha o par ideal

Mas a gente se via sempre que podia

Não sei por que me apeguei tanto

A responsabilidade é minha

Você não me deve nada

Mas não sou capaz de ir embora

Quando ele vai embora

O sol se põe

Ele leva o dia embora, mas sou adulta

E do seu jeito

Neste tom triste

As minhas lágrimas secam sozinhas

Eu não entendo

Por que estresso um homem

Quando há coisas tão mais importantes a se fazer

Poderíamos não ter tido nada

Tínhamos que bater num muro

Por isso o afastamento é inevitável

Mesmo se eu deixasse de querer você

Uma perspectiva verdadeira

É que eu seria a mulher de outro cara

Eu não deveria cair nessa de novo

Eu tinha que ser a minha melhor amiga

E não me foder por causa de um cara idiota

Quando ele vai embora

O sol se põe

Ele leva o dia embora, mas sou adulta

E do seu jeito

Neste tom triste

As minhas lágrimas secam sozinhas

Nosso romance acabou

A sua sombra me cobre

O céu é uma chama

Quando ele vai embora

O sol se põe

Ele leva o dia embora, mas sou adulta

E do seu jeito

Neste tom triste

As minhas lágrimas secam sozinhas

Gostaria de dizer que não me arrependo

E que não há dívidas emocionais

Mas, quando a gente se despede, o Sol se põe

Nosso romance acabou

A sombra me cobre

O céu é uma chama

Que só os amantes veem

Quando ele vai embora

O sol se põe

Ele leva o dia embora, mas sou adulta

E do seu jeito

Neste tom triste

As minhas lágrimas secam sozinhas. 


Notas Finais


Eai??

Vou deixar o Link da música no YouTube pra quem quiser conferir https://youtu.be/FMHOHFO_SHM


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...