1. Spirit Fanfics >
  2. Always - Hananene >
  3. 17

História Always - Hananene - Capítulo 17


Escrita por:


Notas do Autor


Heya :) me desculpem pelo cap pequeno, são 2 da manhã e eu tenho aula daqui a 6 horas, e como eu tenho q durmir o cap saiu mais pequeno que o normal :'(
Me desculpem pelos erros ortográficos
Boa leitura~

Capítulo 17 - 17


Estavamos eu, Kou, Mitsuba e Aoi no meu quarto disputando qual seria o filme que iríamos assistir.

--Como pessoa mais adorável dessa casa, exijo escolhermos Joker -Mitsuba cruza os braços.

--Mitsuba, eu entendo sua escolha -Kou o abraça de lado -mas temos que concordar que Deadpool é muito melhor.

--Vai sonhando!

--Eu escolho birds of prey, quem concorda respira -digo.

--Concordo com Nene -Aoi pega no comando e liga a Netflix.

--Assim não dá! Vai ser joker e pronto! -Mitsuba esbraveja.

--Mitsuba, você só quer ver esse filme porque é o único que não viu -Kou revira os olhos.

--Algum problema?

--O problema é que a gente tem que ficar ouvindo você resmungar -digo.

--Gente, alguém viu Annabelle 2? -Aoi pergunta com o filme já pronto na TV.

--Nem fodendo! -Mitsuba se levanta bruscamente.

--Mitsuba, não me diga que tá com medo -Kou segura o riso.

--E-eu? Nunca!

--Ótimo, então senta e aquieta o rabo! -digo me encostando no monte de almofadas.

Tínhamos feito um forte de mantas e almofadas, colocámos algumas luzes por cima para ficar mais "bonitinho" e trouxemos salgadinhos e refrigerantes.

--Então o filme escolhido é Annabelle 2? -Aoi estava prestes a dar play no filme.

--Por mim tudo ok -Kou se aconchega nas almofadas, com Mitsuba sentado entre suas pernas.

--Se eu tiver pesadelos, considerem-se como pessoas mortas -Mitsuba pega em uma das mantas e se cobre.

--Pode ficar descansado, você adormece rápido -Aoi ri.

Aoi deu play no filme e o mesmo começou. Admito que era um pouco assustador, mas não ao ponto de fazer alguém gritar.

O filme já estava pela metade e Mitsuba e Kou já ressonavam. Aoi estava quase caindo no sono, por isso decidimos desligar a TV.

--Nene, não esquece de colocar o relógio para despertar -Aoi se aconchega para dormir.

--Não se preocupe, tenho certeza que o coloquei para despertar para amanhã -digo.

--Boa noite, Nene.

--Boa noite, Aoi.

-_-_-_-_-

--Yashiro, acorda!

--Só mais cinco minutinhos... -digo me virando para o outro lado.

--Você está atrasada! -ao ouvir isso, me levanto rapidamente.

--EU TOU ATRASADA! -corro até o banheiro para escovar os dentes e lavar o rosto, já que eu não tinha tempo suficiente para tomar banho.

Saio a correr do banheiro indo procurar uma roupa para usar. Reviro todo o guarda roupa, tirando uma sweat branca e uma legging preta. Volto a correr para o banheiro mas paro na hora, notando de canto de olho quem tinha me acordado.

--Hanako, peço que saia do meu quarto.

--Não podemos nem falar? -ele se aproxima.

--Não, por isso peço que saia!

--Mas eu quero saber porque anda me ignorado! Eu tento me desculpar mas você nunca me ouve!

--Me desculpe, Hanako, mas eu não devo explicações pra você -entro no banheiro e fecho a porta, trancado-a.

Eu realmente não queria tratá-lo assim, mas o que ele falou me magoou imenso. Estarei a ser injusta? Provavelmente, mas ele também deveria ter consciência, certo?

Visto a roupa na velocidade da luz e saio do banheiro a correr indo para a cozinha, vendo todos acabarem de comer.

--A-aoi, eu juro que coloquei o despertador -digo ofegante.

--Não se preocupe, Nene -ela ri terminando a torrada -eu mesma deixei você dormir mais um pouquinho.

--Aqui, pra você -minha mãe me passa duas torradas e um pacote de leite -coma pelo caminho, seu lanche já está na mochila.

Assinto e vou a correr pegar minha mochila. Dou um beijo na testa de meu avô e saio de casa, juntamente com o grupo.

--Aoi, porque não me acordou? -dou uma mordida na minha torrada.

--Você parecia cansada, aí eu pedi para o Hanako não acordar você.

--Aoi, eu não preciso do Hanako para cuidar da minha vida.

--Nene, não seja tão rude com ele.

--Eu vou ser rude é com ela! -Mitsuba resmunga -por sua causa eu fiquei com pesadelos!

--Minha causa? Se não quisesse assistir fechava os olhos!

--Mitsuba, a senpai não tem culpa!

--Se considere uma pessoa morta -ele aponta para mim.

--Vou pensar no seu caso -digo debochando.

Chegamos no colégio e nós despedimos de Kou e Mitsuba. Entrámos na sala e sou recebida por Akemi e Yasmin.

--Ouça, pode ter certeza que eu não vou deixar ele tocar em um fiozinho de cabelo seu -Mi sussurra.

--Não se preocupe, tenho a Min para te segurar -sussurro rindo.

--Eh... Yashiro, eu tou junto com ela -Min sussurra.

--Poxa, eu juro que vou ter cuidado!

--Yashiro, não é só esse o problema, é que ele pode estragar a sur--Min coloca a mão na boca de Mi.

--Mi, pra que ficar confundindo as pessoas -Min faz uma voz forçada.

--Que surpresa? -pergunto curiosa.

--Nada não, ela fica confundindo qs pessoas e depois fala o que não deve -Min faz um sorriso forçado.

Muito suspeito, algo de errado não está certo. Elas estavam escondendo alguma coisa de mim.

--Vou fingir que acredito em vocês -digo indo para minha mesa.

-_-_-_-_-

As aulas passaram rápido, obviamente que fiquei desenhando nas aulas, era entediante ficar ouvindo os professores falarem por horas seguidas, matéria que ninguém quer se importar.

Mi e Min andaram muito estranhas hoje, falavam sempre com Hanako, Akane e Aoi, discutiam em segredo. Elas as duas até tiveram que sair sem mim porque tinham "assuntos" para tratar.

--Yashiro? -sinto alguém me cutucar. Arrumo o estojo dentro da mochila e fecho-a.

--H-harry, o que você quer?

--Esqueceu que temos de combinar o dia para fazer o trabalho? -o mesmo ri.

--A-ah, eu esqueci, me desculpe -digo nervosa.

--Eu estive pensando, poderia ser amanhã mesmo, assim você ficava com o fim de semana livre pra comemorar o seu aniversário.

--C-como sabe do meu aniversário? -pergunto surpresa, ninguém confia nele ao ponto de lhe contarem.

--Bom, seus amiguinhos falam alto demais -ele ri -pena que você não irá gostar.

--C-como assim?

--Não poderei falar o porquê -ele se aproxima, sério -mas tudo o que você ver é falso.

--Falso? H-harry eu juro que não tou entendendo!

--Eu faço você entender -ele pega na minha mão, mas é logo interrompido.

--Harry, vamos para o club--um garoto da outra sala entra chamando o Harry -parece que tenho que vir em outra altura -o mesmo ri.

Eu estava nervosa e confusa, em quem eu deveria confiar? Obviamente que eu não acreditava em um pingo do que Harry falava, mas ele parecia tão sério.

Todos estão estranhos comigo, e isso tá me incomodando muito. Até minha mãe e meu avô, e olha que eles me contam sempre tudo!

--Não se preocupe, Alfred, eu tou indo -ele se afasta de mim e pega em sua mochila -a gente se vê amanhã às 17:30 em sua casa.

--C-certo, até.

Ele sai da sala, me deixando sozinha. Quando eu um dia morrer, é culpa dessa ansiedade toda!

-_-_-_-_-

--Eai, falou com o treinador? -pergunto.

--Mais que falado, ele aprovou a ideia, agora é só esperar até chegar sábado -Bryan responde orgulhoso.

--O meu menino está a crescer tão rápido -Adam ri.

--Cara, para de ser chato -rio também.

Vejo Akemi e Yasmin correrem até mim ofegantes.

--A-amane, Yashiro, Harry, perigo -Yasmin diz ofegante.

--Repete de novo, agora com mais calma! -digo tentando acalmar as duas garotas.

--O Harry anda tramando alguma! Eu sinto isso! -Akemi quase soca a parede, mas Yasmin a segura.

--Amane, o Akane já falou com você? -Yasmin pergunta, largando Akemi.

--Já, eu e ele também nos apercebemos de Harry.

--Não me diga que ele se lembra de tudo! -Akemi soca a parede.

--Oh gente, tamo boiando na maionese aqui -Adam chama a atenção.

--Eu explico isso depois pra vocês -digo me dirigindo para os garotos -na semana anterior, Harry entrou no clube de basquete, e como ele era bom para a equipa, ele foi escolhido em última da hora para ir no torneio também.

--Só pode tar brincando com a minha cara -Yasmin estava surpresa.

--Pode ter certeza que eu vou tacar a bola de basquete na cara dele -Akemi cerra os punhos.

--Eu e Akane estivemos discutindo sobre isso ontem de noite, está tudo controlado, mas não sei até que ponto isto tudo aguentará.

--Certo, ficaremos atentas na Yashiro, caso aconteça alguma coisa a gente avisa -elas dão as costas e seguem seu caminho.

--Agora você vai explicar esse negócio aí -Bryan cruza os braços.

Vai ser uma longa conversa.


Notas Finais


Beijos à distância~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...