1. Spirit Fanfics >
  2. Always >
  3. Por que fez isso?

História Always - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


Oi genten, novo cap e obg pelos comentários ❤️

Boa leitura

Capítulo 3 - Por que fez isso?


Fanfic / Fanfiction Always - Capítulo 3 - Por que fez isso?



- sabe, ela é diferente

- ela quem?

- a princesa Gina, ela é diferente da família, ela é boa.- disse me sentando ao lado do meu irmão

- claro que ela é. Conheço essas pessoas Mione, sei que eles não são bons, e essa garota não é diferente, ela só está fingindo para conseguir alguma coisa- sempre que alguém comentava com Harry sobre a família real, ele ficava irritado

- conseguir o quê Harry? Eu não tenho nada. Enfim, ela é bonita não é? Quando a viu deu para perceber que também achou

- ora, não viaja. Eu só achei estranho ela abrir a porta para você, afinal ela é uma princesa- olhei para ele desconfiada- mas como foi o primeiro dia de trabalho?

- como já sabe, conheci Gina, que descobri ser legal. Conheci a empregada da casa, Fleur, ela é b legal também. Mas o príncipe, ele é o pior. Ele é o ser mais arrogante, mimado e estúpido do mundo inteiro! Você acredita que ele me fez contar os pares de meia dele? Não o suporto- sempre que lembrava naquele ruivo sem noção, já me dava raiva

- eu disse que não seria fácil trabalhar com eles

 Logo a porta foi aberta e fechada com força e vimos meu pai entrava preocupado e com raiva

- o que aconteceu pai?- me levantei indo até ele

- fui demitido, a rainha Molly me demitiu- meu pai tentou dizer o mais calmo possível

- o quê..

- ELA NÃO TEM O DIREITO DE FAZER ISSO! TEMOS QUE IR ATÉ O CASTELO AGORA- Harry gritou indo em direção a porta

Eu me afastei do meu pai, e entrei na frente da porta

- NÃO HARRY! SE FIZER ISSO, OUTRA PESSOAS PERDERÁ O EMPREGO, OU MELHOR DUAS, VOCÊ E EU. EU VOU CONVERSAR COM ELE- eu gritava colocando as mãos no rosto do meu irmão



                 Xxxxxx


Principe Ronald e eu estávamos no jardim do castelo, onde tinha um pequeno lago

Ele caminhou até a beira do lago e olhou para mim

- Granger quero que pegue meu relógio que caiu dentro do lago

- mas senhor, o seu relógio está em seu pulso- o olhei não entendendo

- oh- ele tirou o relógio e jogou na água- acho que estava largo demais em meu braço, pegue para mim

- está maluco? Não vou entrar na água- ele só podia estar brincando

- maluco? Entre logo e pegue meu relógio, é para isso que você recebe

- se quer saber, eu não recebo para pegar objetos que estão dentro de um lago- o olhei desafiando 

- você é hilária, agora vá- antes que eu pudesse dizer qualquer coisa, Ronald me empurrou no lago, que estava congelado e começou a rir- como está a temperatura?

- por que o senhor não vem descobrir- ele não entendeu e eu o puxei para dentro da água e comecei a rir

- VOCÊ FICOU MALUCA? VAI SE ARREPENDER DE TER FEITO ISSO GRANGER- Ele me disse sério, eu não entendi mas logo em seguida ele começou a rir, rir de verdade


   De longe, a rainha os observava

- parece que ele gostou dela não é mesmo? Não tenho visto Rony tão feliz nesses dias, ele não deve estar contente com essa história de ser rei. Rainha, Gina daria uma ótima rainha, ela tinha ficado tão feliz com a ideia- a loira disse para a ruiva ao lado

- você sabe muito bem o por que Gina não pode assumir o trono não é?

- sei majestade, mas a própria Gina não sabe, acho que ela tem o direito de saber

- Gina não está pronta para saber. Fleur me traga um chá

- sim senhora- depois que a mulher saiu do quarto, Molly ficou pensando "Rony havia gostado da plebéia?"



         Xxxxxxxxxxx


Finalmente eu iria para casa, o dia tinha sido cansativo. 

Depois de empurrar o príncipe na água, ele ficou rindo por um tempo, mas depois brigou comigo e me fez lavar suas roupas e sapato e claro, me fez achar o maldito relógio

Na verdade, foi divertido ver o príncipe cair na água e ve- lo dar risada, já que ele sempre estava com a cara fechada

 Estava no salão esperando Harry chegar. 

 Vi a porta do salão sendo aberto com força e vi Harry entrar furioso no salão

- Harry? Por que...- ele me interrompeu

- DESÇA RAINHA, QUERO FALAR COM VOCÊ, ANDA, DESÇA!- Harry começou a gritar e eh fiquei desesperada

Vi a rainha, o rei e todos os filhos descendo as escadas

- quem é você? E como entrou?- a rainha perguntou com uma cara de nojo

- SOU HARRY POTTER. SOU FILHO DO HOMEM QUE VOCÊ DEMITIU HOJE, CONHECE? JHON GRANGER!-

- Harry não

- Conhece ele senhorita Granger?- Vi que ela se assustou com o nome dele, mas logo veio em minha direção

- Sim, ela conhece, eu sou irmão dela. NÃO PODE DEMITIR ELE! NÃO SABE QUE EM CASA TODO MUNDO RALA PARA TER DIREITO PARA PELO MENOS SE ALIMENTAR? AH, VOCÊ NÃO DEVE SABER, AFINAL NUNCA PASSOU FOME E NUNCA PRECISOU TRABALHAR. A SENHORA E SUA FAMÍLIA É NOJENTA E AMBICIOSA- Harry rosnou olhando nos olhos da rainha

- NÃO PERMITO QUE FALE ASSIM COMIGO! EU NÃO LIGO PARA SUA FAMÍLIA, NÃO LIGO SE VOCÊS PASSAM FOME! E VOCÊ GAROTO, ESTÁ DEMITIDO TAMBÉM!- Pela primeira vez a mulher se irritou

- O QUE?

- Mãe, por favor não faz isso, eles precisam do emprego- Gina pediu indo até a mãe e colocando a mão em seu ombro

- calada Ginevra! Já que seu irmão causou tudo isso senhorita Granger, você também está demitida, não quero ouvir falar na sua família de novo- ela disse se soltando da filha

- não, por favor majestade, eu preciso desse emprego, promete que minha família não causará problemas de novo, por favor, não- Fui até a rainha me ajoelhando ao seu lado. Nessa hora não me importava se estava chorando na frente de todos

 - acho que já deixei claro senhorita, vá- ela me ignorou e foi até o marido

O salão inteiro estava em silêncio. As pessoas presentes estavam em silêncio. Sem ter mais o que fazer, me levantei e fui em direção a porta

- fica. Você vai ficar- o príncipe Ronald quebrou o silêncio. Ao ver que sua mãe interfiriria ele falou- Ela é minha dama de companhia, eu a contrateo e eu serei o próximo rei. Ela fica- ele terminou de falar me olhando

- obrigada senhor, muito obrigada


  Ao sairmos do castelo, me virei para Harry

- O QUE PENSA QUE ESTAVA FAZENDO?! VOCÊ ACABOU DE OERDER SEU EMOREGO HARRY! TEM NOÇÃO DO QUÃO DIFÍCIL A SITUAÇÃO FICARÁ?? NÃO PODIA TER FICADO EM CASA ENQUANTO EU FALAVA COM ELA? QUE DROGA! PAPAI E VOCÊ PERDERAM O EMPREGO, SUA MÃE GANHA POUCO E O QUE EU GANHO NÃO DA PARA ALIMENTAR NÓS TODOS!  POR QUE FEZ ISSO...?- Já estava chorando descontroladamente, quando Harry me abraçou e disse baixo ao meu ouvido

- me desculpa


   Da janela de seu quarto, Ronald os observava


 


 Não sei como e por que, mas as palavras dela mexeram comigo. Eles realmente precisavam de dinheiro e ver ela chorando, dizendo que eles não teriam dinheiro para se alimentar, me fez pensar que realmente, a  família é nojenta





Notas Finais


Eai lindxs, oq acharam?❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...