História Always and Forever - Now United - Capítulo 28


Escrita por:


Capítulo 28 - Resiste...



POV JOSH:


 Eu não estava muito sossegado de Any ficar sozinha com o Lamar eles eram amigos eu sei, mas eu acabei de recupera-la não quero perde-la de volta. Mas eu sei que posso confiar na Any e que qualquer coisa ela vai me avisar, o bom é que o celular dela carrega bem rapidinho, mas okay eu confio nela então não tem com o que eu me preocupar.


POV JOALIN: 

Já, estava quase amanhecendo, eu não acredito que tanta coisa rolou em apenas UMA madrugada, é muito assunto pra processar, de repente Mirella e duas pessoas adultas entram no hospital com as faces falsas tristes, reconheço de longe, eles se aproximam e eu decido perguntar o que ela veio fazer aqui com esses dois cretinos ameaçadores que ela chama de pais, se eles forem os pais dela

- Mirella o que faz aqui a essa hora? 

Mirella- eu vim ver o Simon 

- Como você sabe disso? - Krystian se aproxima de mim ficando do meu lado

Mirella- Meus pais - ela deu um sorrisinho forçado, acho que ela estava triste mas isso é possível

Krys- Não precisa se preocupar - ele fala grosso, sussurro no seu ouvido

 - Krys não vale a pena - os pais dela estavam sérios, fiquei até assustada, a recepcionista olhava pra eles assustados e liberou que eles subissem para ver ele, todos ficamos incrédulos sendo que nem nós o vimos após a cirurgia.


POV SIMON: 

Abri os olhos me sentindo cansado, olho ao redor e vejo que estou numa cama de hospital, mas o quê? Veio uns flashbacks em minha cabeça e eu lembro de tudo, lembro do rosto da Joalin totalmente assustada, tadinha, me assusto ainda mais quando vejo o Sr. Evans ou Hugo pai da Mirella foi ele o motivo de eu estar aqui, ele me ameaçou das minhas brigas e advertências que eu dei para Mirella e por isso pediu para que eu parasse, e quando eu finalmente levanto a minha cabeça ele sai com raiva quando eu voltava para casa sim a madrugada, havia ficado até mais tarde para resolver alguns assuntos.

No caminho alguns caras começaram a me espancar e um deles me dá um tiro, e fala o Sr. Evans avisou eu estava com muito medo de morrer ali mesmo numa esquina vazia numa noite sombria e fria e sozinho, até que meu anjinho a Joalin me ajudou e cá estou eu, que terei que enfrentar o diabo sozinho.

Sr. Evans- vejo que acordou intrometido - apenas fico imóvel - não tenha medo, a não ser que você fassa algo aí eu terei que terminar o trabalho com minhas próprias mãos - ele diz levantando a camiseta social revelando a arma em sua cintura, permaneço imóvel e ele prossegue - é assim mesmo, quietinho, eu só quero falar umas coisinhas. 

- O que é? - falo com autoridade

Sr. Evans- apenas estou mandando que retire suas queixas e advertências sobre minha filha, e que não levante o tom de voz com ela, estamos entendidos? - ele levanta a sua camiseta tirando a arma e a apontando para a minha cabeça

- Sim, estamos - ele assente e sai do quarto sinto um alívio pelo aquele monstro ter ido embora, mas percebo no que estou fazendo, percebo no tão ruim isso está sendo para mim, a minha família, aos alunos do colégio eu não podia, deixar as coisas prosseguirem assim, tento sair, mas perco o ar e me desespero apenas vejo um monte de enfermeiras e médicos entrando no quarto desesperando e gritando o meu nome

Enfermeira- Simon, Simon 

Médico- Resiste, resiste pela sua família 

Enfermeira 2- Pegue os equipamentos ele está entrando em uma convulsão 

Médico- precisamos de toda a ajuda e concentração ele está em estado de hemorragia, e com a convulsão... - apenas escuto isso e não vejo mais nada...


Notas Finais


Capítulo pequeno, mas talvez hoje tenha mais


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...