1. Spirit Fanfics >
  2. Always and Forever >
  3. I will always fight for you

História Always and Forever - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


Demorou para postar um novo capítulo? Demorou
Precisou de uma quarentena para isso? Precisou
Mas eu estou de volta com um novo capítulo. E provavelmente vou postar várias durante essa quarentena.

Capítulo 3 - I will always fight for you



Na casa dos Mikaelson’s, o clima de tensão reinava lá. Mikael estava decidido em expulsar Caroline da casa, nada nem ninguém mudaria isso. Esther já discutia a ideia da Forbes morar com Ayana por um tempo enquanto o patriarca Mikaelson esfriava a cabeça e repensava a decisão. Claro que todos os irmãos Mikaelsons estavam extremamente sentidos com a ideia de Caroline não morar mais lá. Pode ser que tenha se passado muito pouco tempo dela morando na casa, mas eles se acostumaram com a presença iluminada e radiante da ex-vampira. E em um lugar que as coisas sempre são iguais, uma mudança sempre é bem-vinda.
Klaus e Caroline estavam separados do resto da família em um cômodo particular, na qual eles foram depois do ataque de Mikael. A loira limpava as feridas feias e enormes do Mikaelson. Mikael tinha feito um estrago enorme nas costas do filho. Caroline se sentia enjoada de pensar que um pai faria isso ao próprio filho, porém lembrou que das histórias que ouviu de Rebekah de como o patriarca parecia não gostar muito de Klaus, sentindo que ele não era seu filho. Um presságio para o futuro.
–Não precisa fazer isso, você sabe? –Klaus indaga olhando para o chão. Ele não queria a pena de Caroline. –Depois minha mãe irá curar e estará pronto para o próximo ataque de fúria de Mikael. –ele fala enquanto do um risada sem graça, querendo que ela se sentisse melhor.
O que não adiantou muito coisa, na verdade, até piorou a situação já que a loira caiu no choro. Ela estava na pico de explodir, comentário de Nik foi o gatilho perfeita. Tudo nesta casa estava errado. Eles eram uma família que viviam com medo do próximo surto de Mikael. E parecia que o único que era punido nos surtos era Klaus. Ela só queria voltar para o presente em ele era um híbrido original super poderoso e onde Mikael estava morto. Caroline sentiu braços rodeando e a apertando em um abraço. Aquele gesto pareceu acalmá-la e segurança que ela sentiu nos braços de Klaus a fez parar de chorar, mas a lágrimas ainda escorriam pela rosto dela. O Mikaelson levantou o rosto dela fazendo-a olhar para ele.
–Vai ficar tudo bem. Eu estou seguro agora. –Nik falava enquanto limpava as lágrimas das bochechas dela. 
–Você não pode garantir isso. Ele pode te matar no próximo ataque. E eu não estou pronta para te perder. –Talvez ela estivesse desesperada, mas o que ela podia fazer estava se apaixonando por ele de novo e nesta realidade nada a impedia de amar e demonstrar esse sentimento. Nik era o perfeito cavalheiro da armadura dourada para resgatar ela. Para dizer a verdade, ele sempre foi até quando era o vilão da história de todos, menos da dela. Na dela, Klaus era cara que sempre viu o melhor dela, a deu presentes, faz promessas incríveis, elogiou e o maior de todos, a colocou em primeiro lugar. Olhando nos olhos dele agora, Caroline sabia que não o perderia por nada.
Então ela o beijou. Klaus não correspondeu em um primeiro momento, depois da surpresa passar, ele prendeu com mais ânimo meus lábios nos dela. Caroline colocou as mãos atrás do pescoço dele acariciando um pouco o local. Ele trouxe ela mais perto dele com a intensidade do beijo aumentando, mas ia acabou causando em tocar em uma das suas feridas fazendo o soltar um murmúrio de dor e com isso Caroline se afastar dele, não muito.
–Desculpa, está tudo bem? –A Forbes fala verificando todas as superfícies machucados dele.
–Estou ótimo. Seu beijo fez maravilhas em mim, muito melhor. Será que você pode me beijar de novo só para garantir que estou bem mesmo. –Klaus fala isso com um sorriso no rosto e acaba levando um leve tapa por estar sendo engraçadinho.
–Muito engraçado, Mikaelson. Sério, está melhor mesmo, depois deu ter limpado tudo?
–Estou muito melhor, amor. –Ele fala olhando nos olhos azuis dela e lembra de uma coisa. –Eu ia te dar isso. Fiz para você combina com seus olhos. E também queria te dar para selar um compromisso com você de que agora eu está te cortejando e você está prometida a mim. Você aceita? –Nik fala ainda a olhando. 
Caroline está sem reação. Ele queria namorar ela, do jeito século XI dele. Ela não sabia o que fazer agora. Ele não estava se precipitando? Mas eles estavam em um estágio antes do namoro já que saiam todos os dias para fazer passeios e flertar um com o outro, conversam e se descobriam cada vez mais. E eles estavam prontos para esse passo.
–Sim, sim, mil vezes sim. –Caroline diz o abraçando com cuidado, mas forte transparecendo toda sua alegria. –Mas é o Mikael, ele vai deixar? –Claro que ela estava preocupada caso ele batesse o pé e não deixasse.
–Ele vai deixar. Este compromisso significa que em um futuro próximo irei me casar e sair dessa casa, ele não ter mais que olhar para mim ou ter cuidar. Mesmo se não deixar, nada vai me impedir de estar ao esse lado. Se eu tiver que lutar para ficar com você, vou lutar por você. Eu sempre vou lutar por você. –Nik fala apoiando a testa dele na dela. Com suas últimas palavras, Caroline fecha os olhos e ele lhe dá um casto beijo em seus lábios.
                     
                                                                              X
Todos estão reunidos na mesa para o jantar, exceto, Mikael que saiu para um dia de caçada inesperado, porém melhor para esfriar os ânimos de todos. Desde que saíram do quarto para encontrar o resto da família, Caroline e Klaus não se separam. Mikael já tinha saído, então não tinha o risco dele tentar machucar eles dois. Esther tinha feito um feitiço de cura para as costas de Nik.
A família Mikaelson comia em silêncio. Todos esperavam quem seria o primeiro a falar qualquer. Parece que o grande corajoso seria Klaus. Que se levantou segurando a mão de Caroline.
–Eu pedi para cortejar a Caroline e ela aceitou o nosso compromisso. –Depois disso, a casa virou um pandemônio. Todos gritando e fazendo milhões de perguntas para os dois. Caroline ria sem graça e Klaus tentava ao máximo possível acalmar o falatório. –Primeiro a mãe. –ele grita e os irmãos calam a boca.
–Primeiro, parabéns estão em ordem. Agora, o que farão em relação ao Mikael porque tenha certeza que ele não vai aceitar este arranjo.
–Pensei que você poderia fazer ele perceber que isso pode ser bom para o lado dele. Fazê-lo perceber que em pouco tempo, eu estarei saindo de casa e ele não precisará mais ter que lidar comigo. Tente fazê-lo ver que só tem vantagens para ele. Por favor, mãe.
–Prometo tentar, não sei se terei sucesso. Mas farei de tudo pela sua felicidade meu filho. –Terminando de falar Esther vai até seu filho e o abraça forte. Dessa vez, ela farei de tudo por ele. Já tinha sido o suficiente de sofrimento e agora ele estava achando sua verdadeira felicidade, poderia se livrar das garras de Mikael e construir um família.
Após este momento, só foi alegria para todo lados. Os Mikaelsons estavam em festa, aproveitando este pequeno instante longe de maligno patriarca e de comemoração pelo compromisso das duas pessoas mais importantes para eles. No meio de toda celebração, Klaus e Caroline não tiravam os olhos um do outro, mesmo estando cada em um canto do cômodo. E todas as vezes que seus olhos se encontravam de novo, um sorriso aparece em seus rosto.
O universo estava dando uma segunda chance para eles.    


Notas Finais


Espero que tenham gostado. Está indo muito rápido a evolução da relação deles?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...