1. Spirit Fanfics >
  2. Always (Imagine Payton) >
  3. Não é o local e sim com quem estamos

História Always (Imagine Payton) - Capítulo 10


Escrita por:


Notas do Autor


Boa leitura ❤

Capítulo 10 - Não é o local e sim com quem estamos


Claro que ao acordar no dia seguinte teria milhões de pessoas comentando sobre o meu vídeo, só não sabia que seria bastante pessoas mesmo comentando, ate o Felipe Somma comentou.

E mais notificações chegaram com o vídeo do Payton, comentários que shippavam com força eu e o acastanhado, também shipparam minha irmã com o Josh. Esse povo vai muito além nas imaginações.

Ainda estamos de férias, então hoje vou sair com o Payton para um lugar aonde ele não me falou. Estou nervosa, ele disse que era um encontro.

Optei em uma calça cintura alta preta, um cropped com mangas da cor lilás escrita "Ousada", uma bota meio salto de cano médio da cor branca, cabelo solto, uma bolsa pequena da cor branca. De maquiagem apenas rímel e pele feita, uma pele natural sem demostrar que estou com maquiagem e um gloss rosa com gosto de morango. Estou nervosa, vou sair com o Payton… claro que antigamente eu saia com ele, mas não é igual a antigamente como se tivessemos saindo como amigos.

A campainha tocou, abri a porta dando meu melhor sorriso para disfarçar meu nervosismo. Meus pais saiu e minha irmã esta no quarto dela com o Josh, não pensem besteiras eles devem estar jogando video game.

_ como você está linda, na verdade você sempre foi linda - ele me beija carinhosamente -

_ v..vamos? - gaguejo -

Ele sorri entrelaçando sua mão esquerda na minha mão direita me puxando para fora de casa, fecho a porta. Seguimos caminho conversando alegremente sobre todas as coisas, ele me contou sobre a vida dele e eu contei sobre a minha. Me senti como um livro aberto perto dele, somente ele pode me ler. Chegamos em um parque me deparando com uma toalha estendida no chão com vários tipos de pratos por cima da mesma.

_ você fez tudo isso?

_ minha mãe me ajudou sem nenhum dos meus amigos saberem, foi um pouco difícil já que eles estavam na minha cola o dia todo e eu tive que inventar um mont…….

Não o deixo terminar, apenas pulo em cima dele derrubando ele na grama fofa e eu por cima dando-lhe um beijo cheio de gratidão e cheia de paixão. Ele retribui sugando meu lábio possessivamente. Separamos do beijo por causa do ar que no momento nos faltava, ele se levanta me puxando juntamente com ele. Ele se sentou na toalha que estava estendida juntamente com os comes e bebes, segurou uma das minhas mãos me puxando delicadamente para sentar-me ao seu lado. Ele me ofereceu bebida e salgados que fora feito tudo por sua mãe.

_ me lembre de agradecer sua mãe por tudo isso - digo colocando um salgado em minha boca -

_ claro - ele sorri -

E que sorriso lindo…


….….


Nossa tarde foi maravilhosa, conversamos bastante sobre a nossa vida como sempre fazemos. Ele me contou sobre a história da vida dele e eu retribui contando também da minha, ele me contou detalhadamente sobre os amigos e me contou como o Josh ficou meio besta quando pousou os olhos na minha irmã pela primeira vez, me contou que houve uma briga entre o Josh, o Anthony e o Tayler por causa da minha irmã, mas acabou que eles voltaram a se falarem. Contei sobre os meus amigos e claro que rendemos uma boa conversa. Gravei um vídeo de dança com ele, e ele gravou um vídeo aleatório comigo.

_ já comprei os ingressos, vamos?!

Concordo acenando com a cabeça, estamos agora em um parque de diversões aproveitando o fim da tarde que passamos no piquenique, por momento achei que eu ia para casa e tals mas o Payton acabou me surpreendendo me levando justamente para o local a dias que eu estava querendo visitar. Ele segurou carinhosamente em meu pulso direito e me puxou juntamente com ele até em um dos brinquedos, vulgo montanha-russa, subimos sentando um do lado o outros. Ele segurou minha mão esquerda sorrindo de forma doce e eu apenas retribui o sorriso um pouco nervosa por estar em uma montanha-russa.

Após o desastre que fui dentro de uma montanha-russa, consegui sair viva e inteira de lá dando meu maior sorriso quando olhei para uma barraca de ursinhos, pareço infantil e muito clichê mas nada melhor que ganhar um ursinho do seu crush/quase namorado. Puxei ele animada até a barraca vendo uma expressão divertida do dono do local, e claro, uma expressão confusa porém feliz do Payton.

Peço para jogar um joguinho em que devo acertar bolinhas dentro dos copos que estavam enfileirados um do lado do outro, o dono me deu 10 bolinhas falando que eu devo acertar ao menos 3 para ganhar meu brinde. Olhei divertida para o Payton que apenas sorriu e negou com a cabeça e ainda me lançou um olhar desafiador como se eu não conseguisse acertar nenhuma bolinha dentro do copo.

Me concentrei jogando a bolinha de forma desajeitada no copo do meio e acabei acertando o copo da esquerda no final da fila de copos, sorrio vitoriosa para o acastanhado ao meu lado vendo uma expressão emburrada dele. A segunda erro por pouco. A terceira tento acertar a do meio jogando totalmente para fora. A quarta acerto o copo inicial, sorrindo aliviada. A quinta erro jogando diretamente no vendedor da barraca, Payton gargalha ao meu lado. A sexta eu erro acertando um dos ursos. A sétima acerto o segundo copo. A oitava jogo para fora. A nona acerto o copo do meio sorrindo pela minha vitória. A décima acerto o copo do meio sorrindo para o acastanhado ao meu lado.

_ acertei quatro copos - digo o olhando com a face irônica -

_ que sorte.. - ele responde com o dobro de sarcasmo -

_ qual ursinho a senhorita vai querer? - o dono pergunta com um sorriso de orelha a orelha -

_ esse em forma de gato - sorrio meiga -

O dono gentil me entrega o ursinho e eu agradeço a ele dando o meu melhor sorriso, pegando na mão do Payton e o levando para um túnel.

Desisto! Não entro neste túnel, eca… Logo um túnel de amor?! Podia ser qualquer tipo de túnel menos um de amor. O sorriso sarcástico vindo do Payton me deixava mais decepcionada ainda, ele não faria isso…faria?

Ji doce expectativa de não entrar, foi cortada com um acastanhado me puxando para sentar-me ao seu lado no barquinho particular que consequentemente vai velejar para dentro deste buraco enorme que com certeza vai ter um monte de enfeite romântico com a cor rosa, nada contra. Seu sorriso sarcástico se perdeu assim que me olhou com ternura e me deu um longo selinho, aquilo de certa forma me tranquilizou. Por mim não teria um túnel do amor, mas por ele eu faço tudo, porque não é o local que torna seu dia maravilhoso e sim com quem estamos.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...