História Always Snape - Capítulo 28


Escrita por:

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Alvo Dumbledore, Argo Filch, Dobby, Draco Malfoy, Fred Weasley, Fred Weasley Ii, Harry Potter, Hermione Granger, Lílian Evans, Lílian L. Potter, Lord Voldemort, Lucius Malfoy, Merlin, Minerva Mcgonagall, Narcissa Black Malfoy, Neville Longbottom, Personagens Originais, Remo Lupin, Rúbeo Hagrid, Salazar Slytherin, Severo Snape, Sibila Trelawney, Sirius Black, Tiago Potter, Tiago S. Potter
Tags Always, Draco Malfoy, Harry Potter, Imagine, Lucius Malfoy, Severo Snape, Severus Snape
Visualizações 146
Palavras 1.551
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção Adolescente, Literatura Feminina, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Saga, Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Eh isto gnt


Boa leitura 💚🐍💚

Capítulo 28 - Final clichê


Fanfic / Fanfiction Always Snape - Capítulo 28 - Final clichê

            { POV Snape }

- Avada Kedrava!! - Lucius lança a maldição contra mim mas eu desvio facilmente. Olho para o lado com um sorriso de deboche nos lábios.

- Você é um tolo, Lucius - Torno a olhar para ele. Lucius parece assustado - Assustado Malfoy ? Que bom... Porque eu vou matar você - Ele franze o cenho e respira pela a boca... Nem parece o mesmo

- Severus... Por favor, me escuta - Ele diz engolindo seco

- SECTUMSEMPRA !! - Eu lanço o feitiço que atinge em cheio o Malfoy, que tem seu corpo completamente cortado de acordo com o movimento da minha varinha. Coloco todo meu odio no feitiço e corto o corpo dele sem piedade

- SEVERUUUUUS !! - Escuto um grito vindo de Lucius, mas... Não parece a voz dele... Parece a voz de. - AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA - [s/n]... Eu solto minha varinha e vejo o corpo da garota cair no chão. Fico paralisado por alguns instantes.

- Severus... - Sinto Minerva por a mão em meu ombro - O que aconte... - Ela para de falar... Acho que ela viu o corpo.

- O QUE VOCÊ FEZ COM ELA ? - A voz de Potter entra em meu ouvido, mas eu não me movo.

- Harry... Acho que ele não fez isso querendo - Acho que foi a Granger a dizer isso. Eu dou meu primeiro passo em direção a garota. Meus olhos não acreditam no que vêem... [s/n]... estirada no chão, inteiramente cortada, perdendo litros de sangue... Eu coloco ela em meus braços. Como se a situação já não fosse ruim, começa a chover. As gotas da chuva se misturam com as milhões de lágrimas que escorrem dos meus olhos.

- [s/n]... - Eu digo soluçando. Uma dor destrói meu coração...mas não psoso desistir agora. Começo a tentar reverter o feitiço. - Vamos, vamos - Digo impaciente vendo que mesmo conjurando o contra feitiço o sangramento não para.

- severus... - [s/n] fala com a voz bem fraca.

- Não faça esforço, por favor. Me desculpe - Eu digo chorando

- snape, eu amo você. sempre vou amar você. sempre snape... - [s/n] fala fazendo um enorme esforço

- Meu amor, aguente firme - Eu digo chorando enquanto tento revertee o feitiço

- Prometa que não vai se culpar por tudo que aconteceu. Prometa para mim - Ela seguro minha mão. Uma dor extremamente forte atinge todo o meu ser só de pensar em perde-la

- Não fale como se fosse morrer - Eu ainda estou chorando muito. - Não me deixe sozinho de novo - Aperto ela contra mej corpo. - continue comigo e diga que me ama

- Sempre Snape - [s/n] fecha os olhos.

- [s/n]? ... [s/n] !!!??? - Um gigantesco desespero me invade e eu dou um grito de dor.

- Avada Kedrava!! - Escuto a voz de Black atrás de mim. Eu me viro e vejo o corpo de Lucius estirado no chão, sem vida. - Ele não tem o direito de ter matar. Eu ainda não me diverti o suficiente com você, Ranhoso - Black diz todo orgulhoso

- Almofadinhas... Não é hora para isso - Lupin diz triste. Black olha confuso para mim e depois para [s/n]. Black engole seco e fica de boca aberta

- Diz que ela não... - Vejo Black deixar algumas lágrimas caírem.

- [s/n]... - Eu volto a pressiona-la contra meu corpo. - Não me deixa, por favor. Não me faça sofrer. Não me faça viver sem você. Por favor, meu amor - Digo chorando sobre seu corpo.

Enquanto choro sinto uma luz invadir meus olhos. Eu abro devagar meus olhos e vejo um brilho intenso sair do meu colar. O pingente de cobra tomou vida e já não está mais presa a corrente. A cobra passea pelo corpo da [s/n], e por onde ela passa os cortes vão fechando.

- Isso é um milagre - Mesmo não olhando para Black, consigo sentir o quão supreso ele está. Eu sinto a respiração de [s/n] voltar bem fraca. Olho para ela, e a garota abre os olhos bem devagar.

- Eu não morri ? - Ela pergunta com a voz mais fraca que eu já vi

- Sim... Digamos que nossos colares quiseram mostrar mais um truque - Eu digo sem conter meu riso de felicidade.

- Que bom... - Ela diz e volta a fechar os olhos. Dessa vez não fico desesperado, sei que ela está debilitada e precisa urgentemente de um transplante de sangue. A cobra, que outrora era meu pingente, volta para meu pescoço e desce lentamente pela corrente. Ela volta a ser um pingente...espero nunca mais ter que ela tenha que salvar a vida de [s/n], pois não quero que a minha garotinha volte a quase morrer!

- Vamos... Vamos leva-la para o St Mungus. - Eu digo pegando [s/n] nos braços e me virando para os outros.

~ 4 meses depois ~

{ POV [s/n] }

Sinto minhas costas doerem muito. Bem... Não só minhas costas, meu corpo todo doi. Começo a me espreguiçar.

- Ela acordou ?

- Ela está acordando!!

- O que ? - Eu reconheço essa voz rouca em qualquer lugar...Severus! Abro meus olhos devagar e vejo muita gente em volta de mim. - [s/n] !! - Severus vem até mim com um grande sorriso nós lábios e com lágrimas nós olhos.

- Eu dormir demais ? - Digo e dou um leve sorriso.

- Você não sabe o quanto - Ele dá um sorriso frouxo e me abraça muito forte - Você tem algum dom para ficar em coma não é ? 4 meses ? Eu quase enlouqueci sabia ? - Ele se separa de mim e me olha.

- Eu também te amo, viu - Digo e escuto as pessoas em nossa volta rirem

- Aah garota - Severus segura meu pescoço e me beija. O beijo é completamente doce e cheio de desejo. Dá pra ver a saudade dele...

- Só pra lembrar pra vocês que estamos em um hospital - Eu escuto a voz de Sirius e Severus para o beijo e o olha com raiva.

- Sirius... - Eu digo e sorrio

- Eu não sei você, ranhoso, mas ela parece mais feliz em ME ver - Sirius se aproxima com um sorriso provocador no rosto. - Como você está, gatinha ? - Ele se curva em minha direção. Severus segura o colarinho de Sirius

- Escuta uma coisa Black, eu não perdi ela pra morte e não vai ser você que vai conseguir essa façanha, entendeu ? - Severus fala irritado.

- Calma ai, ranhoso. Eu estou só brincando - Sirius diz e engole seco

- Não inclua na sua brincadeira a palavra "gatinha" - Severus diz entre os dentes. Eu pigarreio e eles me olham

- Vocês perceberam que estão em cima de mim e que estão me machucando né ? - Digo com uma expressão de dor, ocasionada pela pressão em minha barriga. Eles se separam imediatamente e pedem desculpas.

- [s/n] !!! - Vejo Harry entrar correndo na sala.

- Harry ! - Eu digo e ele me abraça. - Ai - Sinto novamente dor

- Desculpe - Harry sorri sem graça - Eu não consigo descrever o quão preocupado eu estava.

- 4 meses não é ? - Digo sorrindo

- Sim. Nós estavamos morrendo de preocupação com você, principalmente uma pessoa - Harry indica Severus com a cabeça.

- Imagino...

- Pois é, ele fazia várias promessas para que você voltasse - Uma mulher ruiva que parece bem simpática diz para mim

- Eu não fiz promessas nenhuma - Severus parece claramente desconfortável

- Vai dizer que Moly está errada, Severus - Dumbledore entra no quarto acompanhado de Minerva. - Oh senhorita [s/n] - Dumbledore se aproxima de mim com um sorriso na boca. - Fico feliz de ver que acordou.

- Trouxemos uma coisinha para você, querida - Minerva me entrega uma cesta. - Alguns docinhos... - Ela ri baixo

- Obrigado !!! - Eu digo animada ao ver a quantidade de doce na cesta.

- Ainda não acabou o assunto, Severus - A tal de Moly volta a falar

- Esqueça isso Weasly - Severus diz ríspido

- Bom, se você não fizer isso... Eu mesmo faço Severus - Sirius diz com um sorriso travesso

- Ora seu lobo pulgento - Severus vai para cima de Sirius mas é impedido por Lupin e Harry.

- Então simplesmente a peça ! - Hermione diz com os braçoa cruzados. Severus engole seco e se vira para mim.

- [s/n]... - Ele se aproxima de mim e segura minha mão - Eu... eu... - Todos estão olhando para nós - Eu quero saber se você quer comer um pouco dos doces que Dumbledore te trouxe - Ele diz com um sorriso de nervoso

- SEVERUS! - todos exclamam com raiva

- Ta ta ta - Severus parece agitado e um pouco desconcertado - [s/n] você quer casar comigo ? - Ele diz de forma rápida, e quando acaba, parece tirar um peso de suas costas.

- Eu... - Eu estou completamente surpresa - Severus eu...

- Eu disse que ela nao aceitaria - Ele soca o colchão e olha para os outros com raiva. Eu o puxo pelo sobretudo e o beijo, para faze-lo calar a boca.

- Eu aceito, seu idiota - Digo sorrindo e todoa vibram

- Eu a amo, [s/n] - Ele diz sem fôlego

- Eu também o amo, Sev

- pra sempre ?

- Sempre, Snape.

~ The end ~


Notas Finais


Ai gnt obg por acompanharem toda a fic obg mesmo :333


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...