História Always Snape - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Alvo Dumbledore, Argo Filch, Dobby, Draco Malfoy, Fred Weasley, Fred Weasley Ii, Harry Potter, Hermione Granger, Lílian Evans, Lílian L. Potter, Lord Voldemort, Lucius Malfoy, Merlin, Minerva Mcgonagall, Narcissa Black Malfoy, Neville Longbottom, Personagens Originais, Remo Lupin, Rúbeo Hagrid, Salazar Slytherin, Severo Snape, Sibila Trelawney, Sirius Black, Tiago Potter, Tiago S. Potter
Tags Always, Draco Malfoy, Harry Potter, Imagine, Lucius Malfoy, Severo Snape, Severus Snape
Visualizações 137
Palavras 1.606
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção Adolescente, Literatura Feminina, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Saga, Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Eu espero q vc estejam gostando da fic e q me odeiem por mudar os personagens um pouquinho rsrsrsrs bom, só queria falar q no próximo cap tem HOT rsrsrsrsrsradororsrsrs
Também queria dizer q to com ideias pra outras fics sobre o universo de Harry Potter tbm, uma hétero e outra yaoi pq eu posso 😚😋

Boa leitura 💜🖤

Capítulo 6 - Fênix


Fanfic / Fanfiction Always Snape - Capítulo 6 - Fênix

            { POV [s/n] }

Eu estou tão animada, tão feliz, tão alegre. Meu coração parece que vai explodir de tanta emoção. Eu não consigo tirar o sorriso do meu rosto. Quando entro no castelo vou direto para a Sala comunal da Sonserina e lá vejo o Draco sentado na Poltrona.

- Onde você estava !? - Ele me parece super irritado

- eu... - Sou interrompida

- Chega de desculpas esfarrapadas, ONDE VOCÊ ESTAVA ? - Ele diz se aproximando de mim

- Draco, se acalma - Eu digo isso enquanto eu vejo ele ficar muito bravo

- Eu estou calmo. EU SÓ QUERO SABER ONDE VOCÊ ESTAVA - Ele está aos berros comigo, que garoto abusado

- Escuta aqui Draco, eu não sou sua namorada nem sua propriedade pra ter que te dar satisfação do que eu faço ! - Agora eu fiquei com raiva

- EU ESTAVA TE PROCURANDO POR TODO LADO! EU FIQUEI PREOCUPADO COM VOCÊ SABIA ? - Ele vem para cima de mim. Eu acabo batendo contra a parede, não tenho escapatória. Tenho medo do que Draco pode fazer, ele parece muito muito revoltado - MELHOR... COM QUEM VOCÊ ESTAVA ? HUM?

- EU NÃO ESTAVA COM NINGUÉM, GAROTO MIMADO. - Eu berro enquanto algumas lágrimas saem do meu rosto. Draco com impulso pega a varinha e aponta para mim

- EXPERLLIARMUS - Uma voz rouca lança o feitiço no Draco. A varinha dele cai do chão e sua cara tem um semblante de medo. Escuto passos calmos atrás de mim. - Draco, meu garoto, não é educado fazer isso com sua colega - Professor Dumbledore !

- Professor ! - Eu me levanto do chão e abraço o diretor.

- Olá senhorita [s/n]. - Ele passa as mãos nos meus cabelos - Está ferida ? - Ele diz com uma voz de preocupação

- Não senhor - Eu digo ainda abraçada com ele.

- Draco, por que você não vai para o Grande Salão, sim? O Jantar já vai ser servido. - Draco pega a sua varinha e sai quase corredo da sala comunal - Venha, minha jovem. - Ele segura minha mão e nós saímos da sala.

- Muito obrigada, professor Dumbledore. - Eu agradeço enquanto caimamos pelos corredores.

- Não há de que - Ele diz piscando por cima dos óculos meia-lua - Mas se quiser retribuir o favor... Eu gostaria de trocar uma palavra com você lá na minha sala. - Eu aceno com a cabeça e nos seguimos em direção a sala de Dumbledore. Quando chegamos na frente da porta Dumbledore diz uma coisa engraçada - Sorvete de limão - e a porta se abre. Isso é uma senha ? Que senha mais esquisita - Entre minha jovem.

- Sim, senhor - Eu adentro na sala do professor. A primeira coisa que vejo é uma fênix. Uau, ela é muito bonita.

- Gostou da Fawkes ? - Ele diz se aprocimando e pegando algumas bombinhas ácidas - Tome - ele me entrega uma bombinha.

- Obrigada - Pego e coloco na boca - Sim, ela é muito bonita.

- Sabe, Uma fênix quando está perto de morre, põe fogo em si mesma e consegue renascer das suas próprias cinzas - Ele diz de maneira bem calma - Tem uma pessoa que eu creio que será assim também. Renascerá para poder viver feliz novamente - De quem ele está falando ? - Tenho certeza que a senhorita será o motivo desse renascimento

- Eu? - Pergunto um pouco confusa

- Sim, há alguém que tem seu coração completamente negro. Mas desde que a conheceu, vem colocando algumas tochas no coração outrora escuro - Ele está falando do Snape ?

- E quem seria essa pes... - Eu sou interrompida pelo ranger da porta. Alguém a abriu e foi o "Morcegão das Masmorras", um apelido engraçado que colocoram no Sev

- [s/n] !! - Ele vem correndo na minha direção - Você está bem ? Sente alguma dor? Aquele molequr isolente te machucou ? - Ele pergunta muito preocupado enquanto procura alguma ferida no meu corpo

- Eu estou bem, professor Snape - Eu digo dando um sorriso. Ele para de procurar, e me olha com ternura

- Eu fiquei tão preocupado quando o Dumbledore disse que o Draco havia apontado a varinha para você e estava completando fora de si - Ele me diz enquanto me abraça forte.

- Snape... - Eu não retribuo o abraço por receio que o Diretor tire alguma conclusão.

- Eu vou dar uma lição naquele garoto ! Ele vai aprender a como se portar - Ele fala enquanto continua me abraçando forte. Eu não consigo resistir, e o abraço com todas as minhas forças.

- Vejo que realmente fico muitíssimo preocupado, não é, Severo ? - Professor Dumbledore diz enquanto vai em direção a sua Fênix. Snape se separa de mim e se vira para o Professor

- Óbvio, eu achava que ela teria sido atacada pelo Draco ! - Ele ainda segura minha mão. O professor Dumbledore olha para mim ainda acariciando sua Fênix

- Pelo visto, o coração está ainda mais iluminado do que eu imaginava. - O professor diz isso com um sorriso travesso no rosto

- Do que está falando, Alvo ? - Snape parece um pouco confuso

- Severo, Lembra do que eu disse da última vez que esteve aqui ? - Snape acena com a cabeça - Pois bem, mesmo que não admita o que sente, sei que seu coração não está tão escuro quanto antes. Eu digo a você, e a essa linda jovem que o amor vale mais do que tudo. Mesmo que tenhamos regras nessa escola, eu não vou impedir vocês de se amarem. Mas sejam discretos ao máximo

- Alvo... - Snape suspira

- Diretor... - Eu suspiro

- Bom, eu acho que devem estar nós esperando para começar o Jantar. Vamos ? - Eu e o Sev acenamos positivamente e seguimos o Professor Dumbledore até o Grande Salão. Durante esse percuso Snape não soltou minha mão, ele ficava acariciando. Quando chegamos na entrada do Salão, ele soltou minha mão e me deu um beijo na testa. O Dumbledore sorriu e os dois seguiram para a entrada lateral. Eu tratei de sentar bem longe do Draco, não queria olhar para aquele menino. Na busca por um lugar acabei esbarrando em alguém.

- Desculpe - Eu digo baixo

- Tudo bem, eu estou um pouco destraida hoje - Diz a Hermione Granger, da... Grifinoria

- Pois bem, com licença. - Eu passo pelo seu lado e me sento perto na mesa dos professores. Infelizmente, o Snape está na outra ponta da mesa. Mesmo assim, consigo senti-lo olhar para mim.

~ Após o Jantar ~

{ POV [s/n] }

Quando acabou o jantar, eu segui direto para fora do Grande Salão. Não queria ter que trombar com Draco... Eu fiquei perto da entrada lateral, esperando o Sev. Queria lhe dar um Boa noite, antes de ir dormir. De repente sinto uma mão puxando meu braço

- [s/n]...- O Draco fala com uma voz bem triste

- O que você quer, garoto ? Não vê que eu não quero falar com você? - Eu digo irritada

- Olha me desculpe por agora pouco. Eu fiquei irritado por não ter te visto o dia todo... - Ele fala olhando para mim

- Se eu te desculpar você sai da minha frente ? - Digo soltando meu braço da mão dele

- ...eu... - Draco não consegue continuar sua frase, pois, é levantado pelo colarinho por alguém que eu conheço muito bem

- O que está fazendo aqui garoto? Veio machuca-la de novo ? - Snape diz isso com muita raiva

- Severo... Me solta - Draco diz se debatendo

- Como quiser - Severo solta Draco, que cai no chão - Saia da minha frente, moleque. E nunca mais irrite a senhorita [s/n], está me ouvindo ?

- Eu faço o que eu quiser, Severo - Draco diz se levantando

- Você quer ver quais as consequências por me desafiar ? - Severo diz isso se aproximando do menino

- n-n-não - Draco diz gaguejando. O menino vai embora mais uma vez. Snape se vira para mim.

- Vá para seu quarto. O toque de recolher já vai tocar, e não queremos que Sonserina seja prejudicada não ? - Ele diz sério

- Sim, não queremos. Eu só vim desejar Boa noite a você. - Digo sorrindo

- Boa noite para você também, docinho - Ele diz e me dá um abraço. - Agora vá.

- Tchauzinho - Eu fui direto para meu quarto. Eu me joguei na cama, e suspirei. Lembro dessa tarde com o Snape e meu coração se enche de alegria. Mas eu sinto um incomodo, uma ansiedade quando eu lembro do Snape tocando meu corpo... como se eu quisesse senti-lo novamente. É uma dor, um frio na barriga que não passa, e só piora a cada segundo. Eu tento pensar em outra coisa, mas meu coração dói ainda mais. MAS QUE DROGA! SNAPE! VOCÊ NÃO ME DEIXA EM PAZ!

- Eu quero dormir... - Eu suspiro. Enquanto eu rolo na cama tenho uma ideia maluca. Eu poderia ir até o Snape para continuarmos o que começamos. Mas é maluquice. Provavelmente eu seria pega pelo Filch, e muitos pontos seriam descontados da Sonserina... Mas eu sei também que não vou conseguir dormir até sentir o Snape comigo. Eu me levanto devagar e coloco minha capa. Saio do meu quarto, e desço devagar as escadas para sair da Sala comunal. Quando saio da sala, vou andando pelos corredores. - fica calma, fica calma - Falo sussurando. De repente sinto uma mão me puxando e me segurando

- O que a senhorita está fazendo fora da cama a essa hora ? - Oh não, que Droga ! 


Notas Finais


Eu esqueci de colocar a capa do ultimo cap, sorry gnt. Mas imagina o Severus bem lindo e plenissimo lá kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Bom, espero q vcs estejam prontos pq próximo cap tem hot e depois tem tristeza😂😂 rindodenervoso~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...