1. Spirit Fanfics >
  2. Always Together >
  3. Capítulo 2

História Always Together - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


Boa leitura e aproveitem;)

Capítulo 3 - Capítulo 2


Fanfic / Fanfiction Always Together - Capítulo 3 - Capítulo 2

Marco de me encontrar com a tal pessoa em um barzinho que tem perto de casa, e como eu não sou burro nem nada, vou armado, é claro. 

Me arrumo, vestindo uma calça apertada preta e Uma blusa preta, com uma estampa (foto da capa) , arrumo meu cabelo e passo uma make básica, não preciso exagerar, meu rosto é lindo, não preciso disso. 

Pego a pistola que estava em cima da mesinha da sala, a colocando na cintura, pego minha chave e saio de casa. 


{...}


O barzinho até que está cheio, mulheres dando em cima de homens, os homens quase comendo as mulheres ali, uma bagunça!

Vejo a pessoa que me contratou, e abro um sorrisinho, eu posso morrer hoje? posso,  mas fazer o que ? $70.000 é muita grana. 

Me aproximo da pessoa e toco de leve em seu ombro, ele leva um pequeno susto e se vira para mim, com um sorriso no rosto.

-Olá 'Baby

-Eai, quem eu irei matar desta vez? - falo me sentando no banquinho ao lado dele. 

-calma aí

-Meu amor, $70.000 é muito, fala logo quem é que tenho que matar, Taehyung! (por essa vocês não esperavam hihi) - Taehyung é gangstar e pelo o que parece também é meu inimigo. 

-Min Yoongi- ele fala sorrindo- ou eu devo dizer Suga.- abro um sorrisinho quando ele fala o nome do homem que eu tenho vontade de matar com minha katana.

-não será tão fácil- suspiro. 

-mas você é bom, o melhor que eu já vi, acho que não será tão difícil assim para você- ele sorrir.

-er...Talvez, mas qual é o motivo de você querer matar ele? 

-eu era amigo dele, e como somos gangstar's, fizemos uma aliança, só que ele nos traiu ,matou metade dos meus, além de roubar uma grande quantia em dólares-ele fala sério, enquanto bebe um pouco do seu whisky. 

-eita, então o bagulho é sério, ok, você vai me dar o dinheiro agora ou depois do serviço? 

-depois do serviço

-ah, então tudo bem, mas como eu vou conseguir matar o Yoongi?

-simples, você irá entrar na guangue dele- ele fala sorrindo. 

-você acha que e fácil? E se ele já ouviu falar de mim ou sei lá? 

-não, na verdade ele não sabe, quando você veio trabalhar aqui como assassino e criminoso, ele ainda estava na Coréia, e não sabia que era esse tal de "baby", ele chegou esse mês, e talvez ainda não saiba sua aparência ou seu nome verdadeiro

-faz sentido, como entro na guangue dele?

-eu também não sei, tenta a sorte- ele paga seu whisky e sai sorrindo,  abusado, se não fosse pelo dinheiro nem aqui eu estava. 


{...}


Andando pelas ruas de Nova York, com uma garrafa de vodka na mão, até que passo por um beco e escuto algumas vozes. 

-me larga! 

-e o que eu ganho? - decido chegar mais perto, e me escondo atrás de umas caixas e já estou com a mão na cintura, qualquer coisa, meto bala!

-Você vai se ver com o Suga!- a outra pessoa fala e eu arregalo os olhos, Suga?

-haha aquele azedo acha que manda em alguma coisa aqui- me levanto um pouco para ver o que estava acontecendo, e vejo dois homens batendo em um garoto. Chegou minha hora! 

-Ei, larguem ele agora! - falo me posicionando perto de um dos homens e miro a arma em sua cabeça.

-quem é você? 

-e te interessa? - bato com a arma em sua cabeça, fazendo o mesmo desmaiar, olho para o outro cara e ele levanta as mãos em rendimento- Vaza!- dito isso, ele sai, olho para o garoto no chão, com vários ferimentos no rosto e eu aposto que na barriga, já que o mesmo estava com a mão no local.

-você está bem? - me agacho e toco em seu ombro. 

-porque me ajudou? 

-porque eu quis, mas responde, você está bem? Quer que eu te ajude em mais alguma coisa? 

-qual seu nome? - OH PORRA, EU 'TÔ TE PERGUNTANDO OUTRA COISA!

-Jimin e o seu?

-Hoseok,  prazer- ele sorrir

-eu vi que você falou sobre o Suga? Você trabalha com ele?

-er...para que você quer saber? 

-eu estou faz um bom tempo procurando ele para entrar na guangue dele. 

-sério?! Já que é assim, trabalho sim com o Suga- ele tenta se levantar e eu o ajudo. 

-então, você poderia me ajudar? 

-sim, talvez, irei conversar com ele

-podemos nos encontrar?

-amanhã, às 16:00 naquela casa de show- ele aponta com o queixo ,agora que eu percebi, tinha uma casa de show do outro lado da rua, acho que não percebi por causa do álcool. 

-tudo bem, te encontro lá, Hoseok, irá conseguir ir embora sozinho? 

-sim, irei ligar para um amigo meu, ele virá me buscar

-ok, tome- dou a arma para o mesmo- vai que aqueles cara voltam? 

-oh obrigado

-De nada, até amanhã, Hoseok

-até- ele acena para mim e eu saio do beco, virando a esquina. 



Meu plano está dando certo...Hoseok é tão tolinho, coitado....





Continua?                            




Notas Finais


Jimin é esperto kkkk vai se apaixonar pelo Suguinha rapidinho hihi~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...