História Always together, MHS (now united fanfics) - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias NOW UNITED
Personagens Personagens Originais
Visualizações 14
Palavras 3.684
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Hentai, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi, só queria avisar que essa é minha primeira fanfic, então não tenho muita experiência, porém eu escrevi esse primeiro capitulo com muito amor e dedicação para aqueles que são uniters ou que estão conhecendo o grupo agora!

Se houver algum erro de grafia, eu tento ler e corrigir

Espero que gostem!

Capítulo 1 - Back to the MHS!


                                                Any Gabrielly P.O.V

São 6:15 da manhã, e depois de 3 semanas longe dos meus amigos, eu preciso DELES! Antes de ficarmos 3 semanas sem nos ver, combinamos que no “ volta as aulas”, iriamos nos encontrar na casa da Joalin, o nosso colégio nos deu 3 semanas para voltarmos aos nossos países para rever os nossos familiares e amigos, eu fui para o Brasil e visitei a minha tia, e meus primos, visitei meus amigos Juan, Raissa e Alicie, além de outros também . Para irmos para a casa da Joalin tivemos que se dividir em grupos, a divisão foi: Noah, Sofya, Sabina, e Diarra no carro com Josh, Kristian, Shivani, Hina e eu fomos no carro com Sina, Lamar e Heyoon foram cada um em sua bicicleta, e a Joalin saiu mais cedo para buscar o Bailey afinal, eles namoram. Quando chegamos na casa da Joalin, eu vi o carro do Josh, as bicicletas do Lamar e da Heyoon e a moto da Joalin (sim, ela tem uma moto!). Tocamos a campainha e a Joalin apareceu.

-Até que enfim!- ela diz

-Pensei que tinham morrido no meio do caminho, já tava indo ligar para um necrotério - Sabina diz

-Cruz credo! Para Sabi – Diarra fala com uma expressão de horror

-Desculpa mas a gente não teria demorado se duas fuinhas não tivessem começado a brigar dentro do carro! Sina fala olhando para a cara de Kristian e Shivani.

- Minha querida, ela falou mal da minha roupa e me chamou de  “whitout style” o que você queria que eu fizesse?! Desse um beijinho nela?!

- Ah, seu idio...

- Tudo bem,- Joalin consegue interromper Shivani antes que ela termine de falar e faça a confusão aumentar. Temos meia hora antes de irmos ao colégio, todos sabem o que fazer depois da aula, certo?

- Sim, ir ao Banner’s!- todos gritam em uníssono.

- Ótimo, vocês querem comer algo antes de irmos? – Joalin pergunta

- Sim, eu quero água! Sofya grita

- Vamos todos juntos, assim a gente procura o que quer – Sina fala

– aí, Joalin, tem Pepsi né? Lamar pergunta

- Tem, tá no freezer.

Josh aproveitou que os outros foram a incrível e enorme cozinha da Joalin, e veio até mim tapando meus olhos e me abraçando logo em seguida. (que saudades desse abraço).

– E aí, como foi essas “férias”? Ele pergunta retoricamente já sabendo a resposta.

 – Chato e legal ao mesmo tempo, legal porque eu vi a minha tia e meus amigos que moram lá no Brasil. E chato sem você... VOCÊS! – me engasgo com minhas próprias palavras. – Falar com vocês apenas no grupo não é a mesma coisa de estar com todos juntos.

– Sinceramente, eu estou bem melhor agora que não estamos conversando no grupo, recebi tantas mensagens da Joalin e do Noah, que eu já tava ficando maluco. Ele falou rindo. – Então o que vai fazer depois de irmos ao Banner’s? – Vou para minha casa, mas você sabe como é a Joalin com certeza ela vai ter um cronograma do que iremos fazer hoje. (ou a semana toda).

 – E então, vamos?- Noah pergunta.  

– Vamos!- todos falam em uníssono, menos Heyoon que vem correndo da cozinha com a boca cheia de cookies. – Eu... já...tó indo! Ela grita ainda com a boca cheia. 

 Fomos para o colégio na mesma ordem que viemos para a casa da Joalin, temos 6 aulas juntas porém nas quintas- feiras, nos temos aulas de química e biologia separadas onde divide dois grupos para as aulas, como em química que eu tenho aula com o Josh, o Noah, a Sina, Shivani, Heyoon e Sabina, e em biologia ficam a Hina, Diarra, Joalin, Bailey, Lamar, Sofya e Kristian, estou no carro da Sina, e estava silêncio.

– Como está a Belinha, Any – Sina me pergunta

– Está bem. – respondo. – você acredita que ela estava rezando para as aulas começarem?!

– MENTIRA! – a Belinha, aquela menina que ficou triste por ter se mudado pra cá? – Sina falou surpresa. – e... vamos encontrar sua mãe no Banner’s?

 – Com certeza, e eu acho legal minha mãe trabalhar lá, mas as vezes ela chega tarde do trabalho de garçonete, e não dá tempo de falar com ela, ai..., eu paro de falar quando Sina e eu nos deparamos surpresas ao ver o Kristian, Shivani, e Hina quietos, quase dormindo.

– E... então isso é meio estranho? Sina pergunta sem ainda acreditar que eles não estão brigando.

 – E... eu acho que sim! Rimos enquanto acordamos eles e avisamos que já havíamos chegado no colégio, pego minhas coisas e vou para a sala de aula, a primeira aula era de matemática uma das minhas preferidas, professor Anthony.

 – Bom dia alunos. Professor entra na sala com um sorriso enorme no rosto.

– Bom dia! – gritamos em uníssono.

– Espero que tenham aproveitado as pequenas férias, porque hoje é dia de calcular.

– Professor, já quer nos matar no primeiro dia da semana, com cálculos . Josh fala rindo.

 – Bom saber que você Sr. Joshua Beauchamp, aproveitou as férias, você não é um dos melhores alunos de matemática, então preste atenção na aula de hoje. Professor Anthony fala rindo de Josh, que abaixou a cabeça ainda rindo.

 – Mas hoje iremos fazer uma atividade em dupla, podem escolher a sua dupla.

Todos já estavam escolhendo sua dupla, eu ia chamar o Josh, mas antes que eu o chamasse uma garota loira passou na minha frente esbarrando em mim, chamando ele.

– Taylor você não me viu aqui?

– Oh, desculpa Anynha! – ela fala em um tom de sarcasmo.

Enquanto isso Josh veio em nossa direção eu estava com medo, porque e se ele escolher a Taylor, eu não poderia fazer nada, eles eram amigos antes, e eu sou apenas amiga dele, não a dona dele, e também ele dois já eww... namoraram, então pode ser meio estranho.

 – Então vai fazer comigo ou com essa mocreia? – ela olhou pra mim com quem já tinha a certeza que iria ser a escolhida.

– Taylor... eh... – eu vi  Josh suspirar fazendo meu coração bater a mil. – Será que dá pra deixar eu e a Any estudarmos em paz?

– O QUÊ??? – ela gritou. EU NÃO ACREDITO QUE VOCÊ VAI FAZER ISSO COMIGO, SEU IDIOTA! ISSO NÃO VAI FICAR ASSIM ANY GABRIELLY! Fazendo com que todos da sala olharem pra gente, inclusive o professor Anthony.

– Taylor Hatala! O que é isso, fazendo um escândalo desses, como filha do diretor deveria dar um mínimo de exemplo, vá para o seu lugar! – Taylor saiu batendo os pés, e me olhando com um olhar terrível.

– Você ainda rir?

– ata, vai me dizer que você não viu a cara da Taylor quando o professor deu aquele sermão nela?! Ele me pergunta se segurando para não dar uma gargalhada.

– tá bom, é engraçado mas vamos estudar.

Depois da aula de matemática, tivemos aula de história, duas pra ser exata, com o professor Carlos, bateu o sinal e todos os meus amigos e eu fomos para a cantina. Joalin estava imitando a Taylor quando o professor reclamou com ela e os outros riam, peguei meu almoço e sentamos na mesa.

– O que foi Any, porque tá com essa cara? – Joalin pergunta.

 – Que cara? Pergunto.

– De quem está pensando na morte da bezerra! – Sabina fala

 – É que eu estava lembrando de quando todos nós nos conhecemos, eu lembro que a primeira pessoa que eu conheci foi a Joalin...

 – e você estava perdida e acabou esbarrando em mim, depois...

– Eu e Noah ajudamos você e a Joalin com os materiais, e descobrimos que iriamos ficar na mesma sala. – Josh fala.

– Eu lembro que no inicio do ano, o Lamar tinha um crush na Any! Kristian lembra.

 – eu lembro que a Sofya estava triste porque o irmão dela estava viajando, e fazia tempo que ela não via ele e...

–  E vocês fizeram uma surpresa quando meu irmão veio me ver e eu não sabia de nada e foi super legal! – Sofya fala dando um sorriso fazendo todos se derreterem de tanta fofura.

– Eu lembro que a Hina não era fluente em inglês, então tivemos que ajuda-la a aprender mais desta língua (é, falamos em inglês)

– Também lembro que o Josh era mó pegador no inicio do ano – Shivani fala rindo, fazendo todos rirem, inclusive  Josh que virou e piscou pra mim, como se estivesse dizendo: agora eu sou apenas seu.

Almoçamos e rimos das histórias, mas o sinal bateu e fomos para a aula de filosofia fui pegar as minhas coisas e do nada o Josh aparece me dando um susto. 

– Ahhhh! Que susto Josh, quer me matar, é?

– Não, mas acho que você me deve por ter tacado aquele livro na minha cabeça antes das férias.

 – Em minha defesa, tinha uma aranha no seu cabelo.

– Claro, uma “aranha”. Falo ironicamente.

– Aff! Porque eu nunca consigo abrir a porra desse armário?

– já virou a senha como eu ensinei?

– já, mas essa trava do meu armário é uma porcaria!

Eu e a Any estávamos puxando a tranca do seu armário, senti meu corpo todo tremulo quando a minha mão tocou na mão da Any ( somos amigos, ou mais do que amigos eu não sei),mas ainda assim senti uma coisa pela Any quando nos tocamos, nem quando eu namorava a Taylor eu sentia essa vibração tão forte, agora eu não sei se a Any sentiu o mesmo mas...

– Ei!- meus pensamentos são interrompidos pelos gritos de Noah.

– Vocês dois não vem?- ele pergunta

Eu e Any paramos de nos olhar e finalmente abrir seu armário.

- Vamos? - ela pergunta

- Vamos. – afirmo dando um sorriso.

- Oi- oi, Si-Sina. – Noah fala meio engasgado, eu nunca o vi tão engasgado com as palavras e eu já tinha percebido um clima entre ele e a Sina.

- Oi Noah, você vai fazer dupla com o Josh hoje?

- E- eu – n- não, s- sei. – ele diz

Então eu tive uma ideia e a Any concordou, resolvemos fazer dupla hoje e deixar o Noah e a Sina juntos.

– E aí, Any, que tal se fizermos dupla hoje?

– Ah, tudo bem, ei Noah, você pode fazer dupla com a Sina!

-  Tudo bem pra você Sina? – Josh pergunta

- Se tiver tudo bem pro Noah...

- Claro que tá. Noah responde muito feliz apesar de estar nervoso, ele sempre fica assim perto da sua crus... digo, perto da Sina.

- Joshua Beauchamp! Isso não é uma de suas tramoias pra juntar você sabe o quê?!

– Imagina! É apenas minhas tramoias para juntar você sabe o quê! – ele sai rindo em direção a Any me deixando com cara de idiota do lado da Sina.

– Então vamos fazer logo isso?

- Vamos. Eu adorei ficar com a Sina, ela conversou comigo e eu com ela, fizemos a atividade de filosofia, e eu fiquei completamente mais encantado do que eu já estava por ela.

(sinal bate)

Eu e Sina fomos até o Josh e a Any para encontrarmos a galera na aula de Educação física. – Então -Josh fala – vocês duas irão jogar hoje?

 – Eu vou, mas temos que encontrar a Joalin e o resto da turma.

- Estamos aqui!- Joalin e os outros gritam

- Amor, explica como vai ser essa divisão de hoje. Joalin fala com Bailey.

- A divisão é a seguinte: vai ter o time de futebol, as lideres de torcida e as lideres jogadoras (as lideres jogadoras são aquelas que são lideres de torcida, mas que também jogam no time).

- Vamos começar?

- Sim! – todos gritam em uníssono

- Então, quem vai ficar no time fica desse lado. Bailey fala

Shivani, Joalin, Sina e eu fomos jogar junto com Bailey ,Noah, Josh, Lamar, Peter e Jace, Diarra ,Heyoon, Sofya, Sabina, Kristian e Hina foram as cheerleader's.

– O Noah vai jogar?! Sabina diz rindo

 – Sim, porque não posso? Noah fala decidido

Então o jogo começa.

- Any, joga a bola pra mim! – Shivani grita.

- Toma Sina! Shiv grita dando a bola pra Sina.

– Você tá achando que vai roubar a bola de mim? – Sina fala com um garoto do time adversário. – Sina dribla o garoto fazendo todos vibrarem, inclusive deixar o Noah com cara de puta no meio do campo.

 – NOAH! Todos gritam em uníssono

- PRESTA ATENÇÃO NO JOGO! Joalin começa a gritar lá do gol

-Foi mal, a bola é nossa?

Joalin afirma com o polegar para cima

- Toma muralha! – Noah grita para Joalin ( a Joalin é a melhor goleira da MHS, então nos campeonatos e aulas de Ed. Física, ele e nos á chamamos de muralha.)

- Vai amor, é isso aí a melhor goleira do mundo! – Bailey começa a gritar feito um louco quando Joalin pega as bolas do outro time.

Joalin perdeu um gol, mas já estamos de 4 a 1, então só mais um gol para o professor Henry nos deixar surdos de tanto que ele grita o nome do time.

 – GOLLLL! – o nosso time começa a gritar e eu também.

(bate o sinal)

- É isso aí VELOCIRAPTORS! – professor Henry começa a gritar.

– Temos que comemorar a nossa vitória de 5 a 1. Josh fala.

– Mas, nos já vamos ao Banner’s, esqueceu? – Hina fala.

- Comemoração em dobro então! Josh fala animado

- ULTIMA aula, graças a Deus! –Sabina grita

-Vou pegar meus materiais, quem vai comigo?

- Eu vou. Joalin vem até mim segurando meu braço.

- Eu também, a Any tem dificuldades em abrir o seu armário. Josh fala dando um sorriso malicioso logo em seguida.

-Hum! O “armário né Josh?! – Kristian diz

- Vamos logo! – os chamo enquanto Josh e Joalin vem me seguindo, Joalin foi até o armário dela e o Josh veio comigo.

Iria falar pra Any, para ela falar com o zelador, mas não iria perder a oportunidade de sempre tá fazendo minhas piadas e deixando ela sem graça e posso ficar mais um pouquinho com ela antes da aula começar.

– Então, você não vai pegar suas coisas? Pergunto a Josh que não para de me olhar.

– Não... , porque eu já peguei. Ele fala rindo. – Any, posso te perguntar uma coisa?

– Pode... o que foi?

– O que você faria se eu não pudesse vim pro colégio, sabe, pra abrir seu armário...

– Sei lá, eu pediria pra Joalin, ou outra pessoa.

– Menino?

– Sim ou ... espera, você tá com ciúmes?

– O quê! Eu não, nunquinha, jamais.

 – Então porque fez essa cara quando eu disse sim a “meninos”?

– Ah! Quer saber esquece!

– Tá bom. Depois de falar isso olho para o meu relógio para ver que horas são e minha expressão muda de calma para nervosa quando vejo que estamos atrasados e não tem mais ninguém no corredor.

– EITA JOSH! Estamos atrasados.

– Se prepara pro sermão que a gente vai levar. Josh fala assustado.

– Oi professor Hector. Falamos juntos, o problema é que o professor nem havia chegado na sala.

– Ai que alivio. Josh fala colocando a mão no peito e dando um leve suspiro.

– Você só fala isso por já estar acostumado a chegar atrasado. Falo rindo dele.

– Magoou! Ele fala pra mim dando um sorriso de canto.

– Vai logo pro seu lugar.

– Psiu! Heyoon, porque o professor não chegou ainda?

– Ele se atrasou, acho que foi reunião dos professores.

– Verdade.

O professor chegou atrasado, e quanta coisa a gente consegue conversar em apenas 15 minutos. Depois da aula de línguas iriamos para o BANNER’S.

(bate o sinal)

– Weah! Todos gritaram.

– E então vamos, vamos, vamos! Sabina começar a pular empolgada.

( no Banner’s)

– Então vamos para aquela mesa? Hina fala.

– Vamos. Falamos em uníssono.

Minha mãe trabalha no Banner’s, então ela veio até a mesa nos atender.

– Oi pessoal, o que irão querer?

– 14 hambúrgueres, 14 batatas fritas e 14 refrigerantes...

 – De preferencia Pepsi. Lamar fala.

– Claro galerinha. Na mente da minha mãe ela queria dizer “ misericórdia vocês comem, viu”.

– É... filha você buscou a Belinha na escola?

 – Eita porr... ,Caramba. Falo rapidamente. – Esqueci totalmente disso!

 – Tudo bem, não precisa se apressar em ir busca-la, com certeza ela vai aproveitar a demora pra brincar com as amigas dela.

– Tá bom mãe.

– Tommy, aqui estão os pedidos. Minha mãe fala com o dono da lanchonete ele é muito legal e atencioso com os clientes, ele é legal até com os animais.

– Nossa quanta coisa, mais eu consigo preparar tudo rapidinho. Fala Tommy se gabando.

– Ok.

– Josh aonde você vai? Pergunto

– Eu já volto.

(5 minutos depois)

 – Eu peguei o Ketchup.

– Mano, quanto ketchup, quantos você pegou?

– 14 ketchups, para 14 pessoas de 14 países. Josh fala fazendo todos rirem.

(15 minutos depois)

 Priscila P.O.V     

 

  - Os lanches estão prontos. Nem acredito que conseguimos de novo. Todo dia eles vem aqui. Como vamos levar tudo isso?

 – No carrinho, bem melhor do que na bandeja. Tommy fala comigo.

– Os lanches estão prontos. Minha mãe gritou.

– Por isso dizemos que o Banner’s é a melhor lanchonete do mundo. Sabina diz enquanto pega uma batata frita.

Enquanto Joalin, Sabina e Shivani disputam pra vem quem come tudo primeiro enquanto os outros ficam gritando seus nomes, eu e Josh apesar de estarmos conversando, estamos torcendo pra uma das três ganharam. Já estamos aqui por horas e estava quase na hora de irmos para casa.

( mensagem chegando)

– Aí galera eu vou ter que ir, meus pais querem que eu ajude a fechar o restaurante. - Lamar fala.

– tchau Lamar, vê se não esquece que amanhã tem sociologia e...

– aff! Joalin por que você foi me lembrar disso. Lamar fala zangado.

– Será que é porque você é péssimo em sociologia. Heyoon fala rindo.

– tá tchau povo chato. Lamar fala enquanto sai correndo do Banner’s.

Já tinha passado um tempinho que o Lamar já havia ido embora, e decidimos ir também dessa vez cada um na sua casa, e eu e minha mãe fomos em nosso carro buscar Belinha na escola.

( casa da Any) 

– Graças a Deus, estou no meu quarto, agora eu posso descansar. Falo quase me preparando para deitar na minha cama até que...

– Any já tomou banho? Minha mãe dá um grito que acho que a Califórnia inteira está ouvindo.

– Já vou mãe. Respondo

(15 minutos depois) 

– Que delicia de banho! Enquanto minha mãe tenta fazer a Belinha entrar no banheiro, eu me preparo para dormir, mas eu escuto um barulho vindo da janela do meu quarto.

- Ai meu Deus, e se for um daqueles serial-killer * tá bom Any vamos parar com essa imaginação. Falo comigo mesma tentando me acalmar.

De repente aparece uma sombra na minha janela , e me lembro que tenho um taco de beisebol do lado da minha cama, então quando estava prestes a bater aquele taco de beisebol foi ai que apareceu o...

- JOSH! Eu berrei

– Oi Any. Ele falou dando um sorriso de canto

 - Josh? O que? Como? Como você  entrou aqui? Pergunto bem brava e confusa.

 – Pela janela do jardim. Ele diz. Sabe aquela pessoa que você quer abraçar e matar ao mesmo tempo?! É o que eu iria fazer com o Josh.

– A minha mãe e a minha irmã estão aqui sabia?!

– Calma Any, não precisa ficar brava.

– Eu não estou brava. – Tá sim, sabe o que você me lembra quando está assim, um poodle.

– Um poodle? É sério isso?!

– Sim um poodle fofo e zangado, já sei esse é seu apelido agora, posso te chamar assim né?

– Tá Josh pode me chamar assim, melhor do que ter seu nome como “ qualquer”.

– Vem cá, vamos pro telhado. Seguro a mão dele enquanto vamos para o telhado. Sentamos e relaxamos enquanto olhamos para a lua que como sempre estava linda.

– O céu não está lindo? Pergunto para o Josh enquanto encosto minha cabeça em seu ombro.

- Não tanto quanto você. Josh me fala me deixando corada.

– Então hm... , por que veio aqui?

– Eu queria te ver, e te desejar uma boa noite.

Olhei para a cara dele com um olhar de que até parece que você só veio aqui apenas pra me desejar um simples “ boa noite”.

– Pela sua cara, você não acreditou né?

 -  Com certeza não . Falei rindo.

– Any, você sabe que eu quero fazer com você a mesma coisa que eu fazia com aquelas outras garotas, mas...

 – Minha nossa Senhora Josh! Falo incrédula ao ouvir o que ele disse.

– Na verdade eu queria perguntar se eu posso te dar uma carona pro colégio.

 – Nossa bem é que eu até aceitaria se eu não tivesse que levar a minha irmã na escola. Falo pra ele.

 – Ué, eu posso levar ela também. Ele me disse animado. – assim fazemos varias coisas boas ao mesmo tempo.

 – O quê por exemplo? Pergunto.

– Primeiro você e sua irmã irão chegar mais cedo na escola, a sua mãe não vai precisar se apressar para levar vocês cedo ao colégio e se atrasar para o trabalho, e eu também não vou me atrasar porque eu vou vim buscar as duas mocinhas e... ,

- E eu concordo você não pode se atrasar você não esqueceu do que aconteceu antes das férias que você passou uma semana chegando atrasado, né?!

 – Nem me lembra, atividade extra eca... , ele fala com expressão de nojo, tentando me fazer rir.

– Tá bem, eu vou mas, sem gracinhas Beauchamp. Falo pra ele que me lança um olhar malicioso.

Já tinha passado um tempinho e ainda estávamos sentados no telhado vendo as estrelas.

– Poodle, eu sinto que estamos esquecendo alguma coisa. Josh me fala meio preocupado.

– Eu também estou com essa impressão.

Até que...

- O ANIVERSÁRIO DA SINA! Dizemos juntos.

– Calma Any. Digo a mim mesma. – o aniversário dela é sábado ainda.

– Vamos fazer o seguinte, amanhã nos encontramos no intervalo sem a Sina e vamos planejar o que fazer. Josh me fala me deixando mais calma.

 – Isso significa que já está ficando tarde e você tem que ir pra casa descansar pra amanhã, tchau. Falo enquanto faço o mesmo descer pela escada do telhado.

– Tchau, espera... que dia você vai se apaixonar por mim?

 – Tchau idiota. Falo mostrando o dedo do meio pra ele. Ele rir enquanto desce do telhado indo em direção ao carro. E eu, finalmente vou dormir.

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...