História Am I Loving You? - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Stranger Things
Tags Fillie
Visualizações 643
Palavras 2.678
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Ecchi, Fluffy, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Linguagem Imprópria, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Gente, graças a Deus eu consegui postar esse capítulo! O computador deu problema, travou tudo e eu quase morri pensando que iria deletar a história toda, imagina? KKKKKK
Bom, não se preocupem com o nome do capítulo, vocês vão entender. Divirtam-se!

Capítulo 6 - CH9, Corram!


   Todos já haviam se retirado da parte do café da manhã. Até mesmo os mais velhos.

   Ficaram apenas Noah, Gaten e Caleb por ali.

   -E então? O que nós vamos fazer agora? -Perguntou Noah.

   -Não sei. Estamos sozinhos aqui! -Afirmou Gaten.

   -Pois é! Só estou preocupado com os dois. Aquelas marcas não sairão tão rápido! -Disse Caleb preocupado.

   -Ah, eles sabem o que fazem! Devem estar agora mesmo criando outra.

   -Calma gente, eles também não são assim! -Disse Noah.

   -Sei não, não seria novidade se a Millie ficasse grávida! -Caleb brincou.

   -Claro que não! Só pensam besteira!

   -Ih, Noah. Que que está havendo hein? -Perguntou Gaten,

   -Ah, acho que estou com um pouco de saudade da Julia.

   -Porque você não chama ela para vir hoje? -Caleb sugeriu a ideia.

  -Bem pensado! Vou falar com ela. -Disse Noah pegando o celular.

  -Ah não galera, que vacilo! Millie e Finn, Caleb e Sadie, Noah e Julia... E eu? -Perguntou Gaten desanimado.

   -Olha, pra começar, ninguém disse que eu e Sadie estamos juntos, e onde está aquela menina que você estava ficando?

   -Ah, ela está viajando... -Disse Gaten frustrado.

   -Gaten, relaxa! Ficaremos com você! -Noah disse tentando alegrar seu amigo.

  -Hum, isso depois de ficar com a Julia né? Se é que você me entende....

  -Haha, que engraçado. -Disse Noah dando de ombros. -Bom gente, vou indo nessa.

  -Também vamos. -Disseram Caleb e Gaten se levantando junto de Noah.

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

   Finn estava andando pelo seu trailer tentando entender coo aquela bolsa iria funcionar.

   -Ah, que que eu faço com isso? Eu acho que tenho que colocar gelo dentro, não é? -Ele disse para si mesmo olhando a bolsa.

   Pegou uma faca sem ponta e alguns cubos de gelo do frigobar.

   -Agora vai! -Ele disse mirando a faca na ponta da bolsa. Num estante, o objeto caiu liberando um líquido, quase um gel.

   -Espera, acho que não era isso não. -Ele disse pegando o celular para ligar para Millie. -Ah meu Deus, como eu sou burro hein!.

-Alô?

-Oi, Millie...

-Oi, Finn, que houve?

-Millie, então, lembra daquela bolsa que você me emprestou à alguns minutos atrás?

-A térmica? Sim, porque?

-Ela é muito cara?

-Ah Finn, não sei! O que aconteceu?

-Então, acho que você vai precisar de uma nova....

----------​------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

   Noah havia ligado para Julia e ela estava à caminho para vê-lo.

   -AMOR!

   -JULES! -Disse ele num abraço forte entre os dois.

   -Que saudade que eu estava, Noah! -Ela disse beijando o menino como se não o visse há séculos.

   O beijo foi durando e foi envolvente. Noah amava muito ela. Julia era o tipo de garota que não gostava de aparecer, mas fazia de tudo para mostrar a Noah quanto o ama. Era a garota que havia conhecido há anos atrás, antes de sua fama, e sempre soube que algo iria mudar de apenas uma amizade para um amor.

   -Noah, você não está incomodado com essa barulheira não? -Julia se referia à obra que estava acontecendo entre os estúdios.

  -Às vezes, mas nós já estamos um pouco acostumados... Mas realmente hoje está pior! -Ele disse concordando com ela.

   -O que nós vamos fazer hoje? ´

   -Hum... Já sei!

   Noah pegou o celular e mandou mensagem no grupo que tinha com os amigos:

   -Galera, está muito barulho por aqui, hoje é domingo e nós precisamos fazer alguma coisa. Vamos sair?

   O pessoal logo respondeu:

   -Demorô! -Disse Gaten

   -Daqui a meia hora pode ser? -Perguntou Caleb.

   -Fechado! -Noah disse animado.

   -Meninas?

   -Sim, Sim! -Disseram Sadie e Millie.

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

   Meia hora já haviam se passado. Os meninos já estavam saindo de seus trailers e indo se encontrar no banco.

  -Oi galera!

 -Oi Sadie! Todos disseram em coro.

   -Julia! Quanto tempo! Nossa gente, está muito frio aqui! -Disse a ruiva pondo suas mãos dentro dos bolsos do casaco.

   -Vem aqui que eu te esquento, Sads! -Caleb disse esticando os braços para abraçar ela na cintura.

   Todos ficaram olhando entre si. Um olhar que eles entendiam quando gostavam de um casalzinho.

   -Finn, vem cá! -Caleb gritou quando avistou Finn saindo de seu trailer.

   -Esperem! Vou buscar a Millie! -Ele disse indo para o trailer de Millie.

   -Os pombinhos estão juntos mesmo, né? -Perguntou Gaten.

   -É sério? -Julia perguntou para Noah fazendo um olhar de quem não estava acreditando no que via.

   -Seríssimo! Olha lá que você descobre! -Ele disse apontando para Finn.

   Todos então ficaram quietos olhando e ouvindo.

  Millie estava descendo as escadinhas do trailer e Finn passou seu braço da cintura dela. Ela então abraçou a nuca do menino e o beijou. Um beijo de quatro segundos.

   -Vamos?

   -Vamos. -Disse ele ainda com o braço envolvendo a cintura de Millie. Aquilo era bom, pois além de estar frio, eles estavam juntos.

   -Wow! Eu não sabia! -Disse Julia baixinho enquanto o casal se aproximava. -Então eles estão juntos mesmo?

   -Eles dizem que não, mas nós acabamos de ver esse beijo!

   -E aí, gente? -Disse Millie quando chegaram até o grupo.

   -E aí? Que beijo lindo hein! -Disse Gaten brincando.

  -Foi só um beijo de amigo! -Finn disse dando um tapinha no braço de Millie.

   -Então eu também posso beijar a Millie assim? -Disse Caleb para zoar.

   Todos ficaram em silêncio e Finn lançou um olhar estranho para Caleb.

   -Não me provoca... -Finn disse fazendo Millie rir.

  -Vamos gente? – Disse Sadie agarrada aos braços de Caleb.

   Todos começaram a andar juntos. Era início de noite perfeito para estar com os amigos. Os melhores que alguém poderia ter, e eles sabiam disso. Sempre foram do tipo brincalhões e do tipo que aproveitam o máximo do momento, pois eram momentos como aqueles que eles tinham de mais precioso em suas vidas. Momentos que ninguém nunca conseguirá deletar de suas memórias. Com todos esses anos juntos, eles aprenderam a valorizar mais as coisas, a brigarem menos e se unirem mais.  A respeitar um ao outro acima de tudo. Havia ainda uma longa jornada na vida deles.

   Eles começaram a se afastar mais dos trailers e dos estúdios. Estavam em um lugar com bastante árvores e grama. Se estavam perdidos não sabiam, sabiam apenas que estavam juntos, aconteça o que acontecer.

   -Gente, aquela luzinha lá no final é alguma farmácia? -Perguntou Finn forçando a vista paea enxergar.

   -Possível. Porque? -Respondeu Caleb também tentando analisar.

   -Fiquem aqui rapidinho porque eu e Millie temos que comprar umas coisas com urgência! Fiquem aqui! -Finn se referia à band-aids e à bolsa térmica.

   -Vão lá, mas não demorem! -Disse Caleb.

   -O que será que é? -Sadie ficou curiosa pelo jeito que Finn falou.

   -Camisinhas talvez? -Disse Noah indo com Julia para trás de uma árvore.

   -Seja o que for, espero que eles não demorem. Estamos muito distantes e está escuro. -Gaten disse preocupado.

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

   Finn e Millie estavam esbaforidos depois de andarem um bocado até chegarem lá.

   -Nossa, graças a Deus! Não teria andado isso tudo para nada! -Disse Finn com falta de ar.

   -Né! Vamos logo porque não temos muito tempo.

   Eles se separam e Finn foi para a sessão de curativos, e Millie na procura da bolsa térmica. Só haviam eles de cliente aquela hora.

   Millie havia encontrado o que queria quando viu algo que seria a solução do problema.

   -Finn! Corre aqui!

   -Millie não grita meu nome! Nós podemos ser reconhecidos!

   -Olha, achei o que precisamos!

   -Maquiagem?! -Ele olhou com uma feição de desgosto.

   -Corretivo, Finn! Isso vai tirar tudo!

   -Você não tinha no seu trailer?

   -Não, eu uso o corretivo da produção do estúdio! Além das filmagens eu não uso isso o tempo todo. Vem aqui, deixa eu ver a cor certa pra você!

   Millie o puxou comparando as cores mais próximas do tom dele.

   -Nossa Finn, só não digo que você é albino por causa dos seus cabelos. Vamos!

   -Ah, que engraçado!

   Eles haviam comprado e estavam à caminho do pessoal.

   -Nossa, finalmente!

   -É né Finn? Obrigado por rasgar a minha bolsa térmica e nos fazer comprar outra!

   -Foi um acidente, okay? Já disse. -Finn argumentou fazendo Millie gargalhar. -Tá rindo de que?

   -De quê?! Finn, você não viu a sua cara quando eu estava medindo os seus tons de pele, parecia uma criança chateada porque não ganhou doce! E você viu o cara do caixa vendo você com o corretivo na mão?! -Ela disse as gargalhadas, o que a fez tropeçar numa pedra e cair, derrubando Finn junto.

  - Millie, que isso! Tá tudo bem? -Ele começou a rir um pouco, mais porque ela não conseguia controlar os risos.

   -Hahaha, tá tudo bem, eu estou bem... -Disse ela enxugando a lágrima de tanto rir.

   Ela permanecera por cima de Finn durante um bom tempo, e ele não se incomodava. Olhava nos olhos delas com um sorriso no rosto. Ele amava vê-la rindo daquele jeito. Era a risada que ele nunca se cansaria de ouvir. Aquilo o deixava feliz demais. Finn então puxou ela para baixo dando-lhe um beijo suave. Foi o tempo de desencostarem seus lábios que ouviram um “Click”.

   -Millie?

   -Uh?

   -Você ouviu isso? -Disse Finn parado no mesmo lugar.

   -O que?

   -Millie, vem! Corre! -Finn dizia levantando da grama puxando Millie para cima.

   -Finn, o que houve?

   -Só corre! -Gritou ele correndo de mãos dadas à ela.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

   -Ah gente, cadê eles hein? -Disse Gaten impaciente.

   -Devemos nos preocupar? -Perguntou Sadie.

   -Não, daqui a pouco eles chegam.

   -Cadê Noah e Julia?

   -Ali atrás da árvore se engolindo. -Explicou Gaten.

   -Desde aquela hora? Meu Deus hein! -Caleb disse num tom alto para tentar fazer fazer com que Noah e Julia escutassem. Se escutaram ou não, não sabiam, mas eles não tinham dado atenção e continuavam na diversão deles.

   -Olhem lá! Não é o Finn e a Mills correndo que nem louco lá atrás? -Sadie se referiu aos meninos correndo.

    -CORRAM PARA CH9 AGORA! -Disse Finn aos berros de longe tentando fazer com que eles escutassem.

    -Eles estão dizendo alguma coisa! -Disse Caleb prestando mais atenção para tentar ouvir.

   -CH9, AGORA!! -Gritou Millie correndo junto com Finn.

   -CH9...CH9! LEMBREI! -Caleb se lembrou o que significava e se alertou. (CH9 era um código sem sentido que os Duffer haviam criado no início da série para se acontecesse de algum Paparazzi estar por perto e eles saberem que tem que ir para um dos enconderijos que encontrassem o mais perto possível de onde eles estivessem.)

   -QUE?! -Perguntou Sadie nervosa pelo motivo da gritaria e pelo motivo de Caleb começar correr puxando ela junto.

   -NOAH SE LIGA! CH9! CORRE! -Gritou Gaten para o amigo destraído com Julia.

   -Noah, que isso? Código morse? -Julia perguntou assustada.

   -Depois eu explico, SÓ VEM! -Disse ele puxando ela.

   Após tanto correrem (e muito por sinal), eles encontraram um lugar escuro, onde ali permaneceram até sentirem que estava tudo certo. Os últimos a chegar foram Finn e Millie, que também estavam quase morrendo sem ar.

   -Aí, porque vocês começaram a gritar CH9? Eu não vi ninguém lá a não ser vocês dois!

   -Caleb, nós estávamos indo nos encontrar com vocês quando nós ouvimos som de câmera! Quer que eu fique como? -Explicou Finn.

   -Gente, o que CH9? -Perguntou Julia confusa.

  -É um código criado pelos Duffer para nós nos escondermos dos paparazzi! -Concluiu Noah.

   -Mas gente, paparazzi não são vários atrás de nós com flash e tudo? Eu não vi ninguém! -Afirmou a ruiva.

  -Pois é, nós já tivemos essa experiência antes e foi com um monte deles! Porque você ficou tão preocupado se tivesse um, Finn?

   Ele pensou um pouco para não mencionar o fato de estar beijando Millie.

   -Ah gente, todos nós estávamos de mãos dadas com alguém, Julia e Noah se engolindo num canto. Vai que era mesmo um? Nossas vidas estariam perdidas agora mesmo! -Ele disse disfarçando.

   -Okay, mas agora a barra está limpa! Se realmente teve alguém ou não, nós não sabemos. Agora vamos sair daqui! -Disse Noah saindo fazendo com que todos fossem juntos.

    O que realmente aconteceu foi que o dono da farmácia havia fechado suas portas para fechar, e o molho de chaves fez um barulho que chamou a atenção de Finn, pois ele sempre ficara muito atento sobre os fatos de paparazzi e muito mais porque estava beijando a Millie, e eles nem namorando estavam!

   Um tempo se passou e eles estavam rindo e conversando de coisas e assuntos aleatórios. Finn então percebeu que era um bom momento para aproveitar da distração dos amigos. Ele chamou a atenção de Millie fazendo um sinal com a cabeça para irem para atrás da árvore, e ela assim foi com ele.

   Finn sentou no chão encostado no tronco, chamando Millie para sentar cima dele entrelaçando suas pernas entre a cintura do menino. Eles apenas ficaram se olhando.

   -Millie...

   Ela apenas abriu um sozinho para ele.

   -Você faz o meu mundo parar quando eu estou com você. -Ele disse acariciando os cabelos dela.

  -Como assim?

  -Millie, quando eu estou com você, o mundo para. As horas deixam de existir, os problemas somem, eu não ligo para mais ninguém que não seja você...

   -Finn...

  -Já me falaram uma vez, que quando você aproveita a vida, o tempo voa... Mas desta vez, é diferente. Quando eu estou com você, é como se existisse apenas nós. Nós e mais nada...absolutamente nada. Como você consegue fazer isso comigo? Você me deixa loucosó de passar. Só de ouvir sua risada, me dá vontade de sorrir mais vezes do que de todas as vezes que já sorri em minha vida. Quando eu te abraço, me dá vontade de nunca mais soltar, porque é o abraço onde eu senti mais segurança. Quando eu te olho, me dá vontade de nunca mais piscar, pois não quero perder um segundo de vista dos olhos onde eu mais confio nesse mundo... Como você faz isso sendo apenas...você? -Finn olhava atentamente para ela sem nada tirar sua atenção.

   Millie estava sem palavras. Finn conseguira realmente deixá-la  sem expressão, e sim com apenas um sorriso no rosto. Uma lágrima escorreu do olho dela.

   -Finn...Eu não sei o que....

   -Não precisa dizer nada... -Ele disse enxugando a lágrima da menina. -... Só me promete uma coisa?

   -O que?...

   -Promete nunca se esquecer de mim, Millie?

   -Eu nunca te esquecerei em minha vida, Finn. Eu prometo. -Ela disse puxando ele com toda a força beijando-o. Foi um beijo molhado por causa das lágrimas de Millie.

   -Ei... Tá chorando?

   -Finn, você sabe que ninguém nunca me fez tão feliz, não sabe? -Ela disse fazendo com que mais lágrimas escorressem.

   -Millie, eu estou aqui. Tá ouvindo? Eu estou aqui com você, pra sempre. -Ele disse dando um abraço muito forte nela. Foi o abraço mais confortável que já sentiram na vida deles.

   Eles começaram com o beijo mais uma vez. Um dos mais intensos. Tão intenso que não conseguiam respirar.  Finn mais uma vez, mordia o lábio de Millie, fazendo ela reagir.

   Ela segurou nas mãos do menino tirando-as de sua cintura levando-as para suas coxas.

   -Millie, sério? Eu vou respeitar, se você não quiser não precisa...

   -Shhh, relaxa e deixa comigo, tá? -Ela disse sussurrando em seu ouvido.

   Aquilo deixou Finn excitado, e ele então passava as mãos por suas coxas e cintura. Ela com uma mão segurava na nuca do menino e a outra permanecia em volta dele.

   -Millie... -Ele disse arfando.

   -Vamos para outro lugar... -Ela disse, levantando trazendo Finn junto à ela.

   -Ah, vocês estavam aí! Fazendo não sei o que, mas estavam! -Afirmou Gaten.

   -É, nós vamos indo, estamos muito cansados... -Finn disse pausadamente com respirações fortes.

   -Gente, tudo bem com vocês? -Perguntou Caleb se referindo à respiração ofegante deles.

   -Sim, está, não se preocupem. Obrigada por hoje! Nos vemos amanhã! -Disse Millie saindo com Finn.

   -Ok então... Vamos também gente? -Noah perguntou se levantando com Julia.

  -Ah, sim... -Disse Sadie levantando até algo puxar seu braço para baixo.

  -Eu e Sadie vamos ficar, né Sads? -Ele disse fazendo sinal para ela dizer que sim.

  -Sim, sim! Nós nos vemos amanhã! -Disse ela.

 -Tchau gente! Até! -Disseram Noah e Julia indo juntos.

  Sadie se sentou ao lado de Caleb novamente olhando para ele. Caleb então deu um suspiro. 

  -Podemos conversar?

 

 

  


Notas Finais


O que acharam do CH9? Estranho né? Acho que o próximo capítulo será especial Cadie, que tal? Essas crianças, não sei não hein! Espero que tenham gostado!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...