História Amaldiçoado - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Imortal, Maldição, Mistério, Terror, Violencia
Visualizações 50
Palavras 393
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Sobrenatural, Terror e Horror
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 1 - Imortal


Jaime On

A água que estava muito quente comecou a esfriar, a minha banheira era grande para apenas uma pessoa, mas agora estava cheia de sangue, do meu sangue.

Primeiro me enbebedei, tomei vários remédios para me drogar, cortei meus pulsos com um estilete, me furei com a faca de cozinha, além de arrancar meu nariz e minhas orelhas. Mas foi em vão, o álcool não surtiu efeito em mim e nem os remédios, meus pulsos cicatrizadas como se nada tivesse acontecido, minhas orelhas cresceram de novo do jeito que estava e meu nariz também. 

- Maldita - Falei baixo, me levantando da banheira, com sangue sendo todo derramado, tirei a tampa do ralo da banheira e vi o meu sangue descendo. Me olhei no grande espelho que ficava no banheiro, vi meu corpo totalmente perfeito.

- Cheiro de sangue... não me diga que estava se cortando de novo? - Amanda tinha acordado, ela entrou no banheiro onde eu estava me trocando, ele viu as marcas do sangue no banheiro de novo - Que nojo.

- Se troca logo - Eu disse amarrando os tênis - Vou te esperar na sala - Ela acenou com a cabeça.

Quando eu ia saindo, ela segurou meu braço, ela me olhou nos meus olhos.

- Hoje eles estão azuis, será que é um bom sinal? - Ela fala, suas estava gelada, seus cabelos ruivos estavam bagunçados e a sua boca estava seca.

- Quem sabe - dei um sorriso leve para ela, ela me deu um pequeno beijo que foi o suficiente para sair sangue da boca dela.

- Está acabando, talvez dure até hoje - Uma lágrima saiu do meu olho, ela limpou como ela sempre costuma.

Enquanto eu esperava ela acabar o banho para irmos a escola, eu pensava em como tudo mudou de lá pra cá, antes eu morava sozinho com o meu cachorro que morreu nos meus braços, além de tudo que eu acabo tendo algum sentimento como ou amor essa pessoa acaba morrendo, além de eu não morrer e tendo que ver tudo morrer.

- Estou pronta - Ela estava com sua blusa favorita uma moletom branca que é grande para ela , e uma jeans rasgada, e um all star vermelho, ela foi pegar em minha mão, mas recuei, mas insistiu novamente - Eu acabei de tomar, então você podemos - fomos até o carro dela para irmos a escola.


Notas Finais


Obrigado por lerem


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...