1. Spirit Fanfics >
  2. Amando uma vampira - Sasusaku >
  3. Capítulo 3

História Amando uma vampira - Sasusaku - Capítulo 4


Escrita por:


Capítulo 4 - Capítulo 3


   

Sakura.Pov.On



  Eu fiquei encarando minha mãe e eu não deveria de fato estar com uma expressão muito boa pós em segundos minha mãe começou a rir me deixando com cara de idiota completamente sem graça e desentendida.

____ Aah querida deveria ver sua cara está com certeza apaixonada por esse rapaz, ainda bem que ele é humano assim logo teremos crianças correndo por aí que felicidade - Minha mãe dizia animada e sua mente fantasiava coisa que nem preciso pergunta para saber.

____ Ah mamãe pare por favor eu não estou apaixonada por Sasuke nem de longe- Eu isso olhando para mudar pai por estar vindo virado o rosto para o lado contrário e ele rir baixinho.

____ O que você acha querido? Sakura esta apaixonada não está? - Minha mãe perguntou olhando para meu pai que nos deu atenção.

____ Ela está da mesma maneira que você ficou quando se apaixonou por mim- Meu pai disse confinante e com um olhar travesso para minha mãe que respondeu a altura.

____ Por favor vão se pegar no quarto não quero presenciar tão ato - Eu disse com a cara fechada e meu pai me lançou um olhar mortal, minha mãe me olhou e riu .

____ Sakura minha filha não se preocupe quando você se casar com esse tal Sasuke você terão todo o tempo para aproveitar - Minha mãe disse com um sorriso safado acho que esqueci de dizer que ela é louca e eu corei com a idéia .

____ Por favor mamãe pare de falar assim estou com problemas sérios precisos de ajuda- Eu disse passando a mão no rosto e eles me olharam sério.

____ O que foi querida está bem?- Meu pai disse se levantando e se sentando mais perto de mim e minha mãe.

____ Agora estou de fato bem mas por algum motivo desconhecido eu comecei a ter desmaios e tonturas- Eu disse sem muito animo e senti os olhares quentes de meus pais____ Não, não estou grávida se é isso que acham na verdade agora os sintomas sumiram completamente mas Kakashi achou melhor eu falar com vocês achou que talvez padecem ter respostas- Eu completei e minha mãe pareceu decepcionada e meu pai suspirou aliviado.

____ Hm tem certeza que não está grávida Sakura esses são sintomas da gravidez tanto humana quanto nossa- Minha mãe disse levando o dedo ao queixo e olhando de relance para meu pai .

____ Sakura você tem se alimentado bem, digo realmente bem?- Meu pai perguntou olhando para minha mãe e para mim.

____ Sim papai eu me alimento bem, Kakashi disse que são sintomas da volta da humanidade mas sabemos que isso é impossível- Eu disse já me sentindo desconfortável pelo olhar vidrado de minha mãe sobre mim .

____ De fato é verdade mas como você mesmo disse é impossível, mas deve ter uma razão lógica não é querida- Meu pai disse olhando firmemente para minha mãe que não tirava os olhos de mim isto estava estranho mas decidi não dizer nada .

____ Sakura minha filha, me diga mais sobre esse tal Sasuke, sobrenome, aparência, idade - Minha mãe falou de maneira calma me deixando mais relaxada porém fugindo completamente do assunto .

____ O que? Bem, Sasuke é um bom garoto ele pediu trabalho para ajudar a família me ajudou quando eu passei mal e deve ter seus dezoito anos- Eu disse de maneira incomodativa pois não estava a vontade de falar sobre Sasuke e também por que minha mãe querer saber sobre tais coisas relacionadas a ele.

____ Ok entendi ele é um bom rapaz mas o sobrenome me diga o sobrenome dele- Minha mãe já se encontrava impaciente e eu não entendia o motivo de tal ato .

____ Uchiha mamãe o sobrenome do Sasuke é Uchiha satisfeita?- Eu disse já sem paciência pois invés dela estar tentando me ajudar está fazendo perguntas sobre o Sasuke.

____ Uchiha é - Meu pai repetiu e eu o olhei de relance sem muita importância.

____ Sakura acho que quero conhecer esse rapaz - Minha foi completamente imprudente falando algo assim.


Eu apenas revirei os olhos e permaneci sentada no sofá sei que minha mãe fará de tudo para conhecer Sasuke pelo menos se ela estiver mesmo Interessada nisso, quando Mebuki coloca algo na cabeça não tem quem tire .

Meu pai estava tenso permanece calado a maior parte do tempo mas uma sentia uma inquietação em ambos porém, apenas fui para me quarto e me deitar um pouco, o que será que Sasuke está fazendo agora.



Sakura.Pov.On


Estou deitado no safa da sala enquanto passa um noticiário comum nesse horário minha mãe está fazendo a janta, e minha irmã está deitada em seu antigo quarto descansando hoje foi um dos raros dias que seu marido a deixou sair de casa, sua barriga está notavelmente grande já mostrando seus cinco meses de gestação.


As vezes me pego imaginando se eu serei mesmo capaz de proteger minha irmã, estou guardado dinheiro mas tenho medo de não ser o suficiente, meu pai pareceu dar uma trégua no quesito, engravide Sakura, eu disse que ela foi viajar para a casa dos pais e ele parou de me pressionar pelo menos por enquanto.


Eu não sei o que fazer minha mãe está sofrendo minha irmã está sofrendo, eu não sei como fazer em relação às ameaças de meu pai, Sakura não tem nada a ver com isso e será a mais ferida .


Mas eu não deixarei nada acontecer com ela, eu não posso cometer esse erro eu não protegi minha mãe e nem minha irmã mas farei o impossível para poder protege lá.


Minha mãe tenta contornar a situação situação e fazer meu pai parar com tais pensamentos, mas nada adianta pelo menos ele não a agride mais, como Karin está grávida Hidan não a agride mais porém a deixa todo o tempo presa em casa, as raras vezes que ele a deixa sair é quando as pessoas começam a falar sobre seu sumiço a cidade é pequena e as coisas correm rápido por aqui.


Faz uma semana que Sakura foi viajar eu continuo cuidando da mansão gasta a maior parte do meu tempo arrumando a biblioteca, uma sala incrivelmente grande e repleta de livros acho impossível alguém ler tudo aquilo, mesmo se tivesse uns trezentos anos, Kakashi continua na mansão nos vemos poucas vezes ele não gosta da minha presença como eu não gosto da dele.


Meu corpo já está recuperado da surra que meu pai me deu por contra dizer lo, as marcas saíram e já estou muito bem .


Mas a falta de Sakura nessa mansão tem efeito em mim, as vezes me pego pensando nela e no beijo que demos, em seu sorriso e seu olhar penetrante, seu carinho e como ela parece saber de tudo o que acontece comigo.


Sinto falta apenas de poder estar em sua presença mas não posso, mentiria inundo por tentar algo com ela estado sobre as ameaças de meu pai, mas sentiria como se tivesse realizando o que meu pai quer .


      E deveria esclarecer tudo pra ela? Meus sentimentos e as ameaças de me pai? Não ela não tem culpa dos meus problemas familiares mas o que será isso as sinto quando estou perto dela? Essa vontade de protege lá? Esse aperto no peito por esta longe dela? O que é isso ?


Sakura.Pov.On



Vai se fazer duas semanas que estou no casa de meus pais no leste Europeu mesmo que eles não saibam o que eu tenho passa um tempo com eles é importante, sentir que tenho um família é um sentindo incompreensível mas incrivelmente bom .


Porém meus pensamentos são ligados à Saauke a cada momento um sentimento inexplicável mas bom de sentir, eu quero ajudar lo com a família mas eu preciso que ele se abra comigo, não posso tentar forçar as coisas.


Minha mãe me pergunta muito sobre Sasuke acho que ela o vê como meu pretendente em potencial, meu pai o vê como o homem que vai rouba sua filhinha.


Estou pensando em voltar na próxima semana no final meu país não podem me ajudar e como eu já estou bem talvez isso não seja mais um problema, volta para Konoha parece ser a melhor coisa para fazer.


Minha mãe diz que eu deveria ir para a escola da cidade agir como uma adolescente normal talvez ela esteja certa fugir da minha realidade é impossível sendo ela imortal assim como eu, mas só de pensar e sentir novamente aquela dor de perde alguém eu desisto de tentar ser normal ou me aproximar de seres mortais.


Porém é mas difícil do que se parece eu já fui a diversas escolas em diversos séculos em diferentes cidades mas Konoha não se compara a nenhum que eu já tenha passado, talvez minha confusão mental em relação a Sasuke faça eu ter essas sensações diferentes.


Minha mãe insisti em conhece lo até sua família, ela quer tanto isso que irá comigo para Konoha ela disse precisa ve lo com os próprios olhos, conhecer sua família.


Mas eu tenho medo, medo do desconhecido, eu nunca senti tal sentimento o que me assusta em séculos da minha essência eu nunca vi algo assim o que me faz ter medo, talvez seja apenas um sentimento passageiro ou algo que como novo seja mais interessante.


Sasuke.Pov.On



Estou ansioso os dias passam rapidamente e eu sinto que logo irei ve lá, Sakurai, sinto falta dela e cada dia sinto mais antes era apenas um incômodo por falta da sua mesmo rara companhia boa e tranquila, ouvi uma conversa sem querer de Kakashi com Chyio, e ele dizia que Sakura chegaria no sábado e talvez acompanhada com o país isso me deixa ansioso.


Mau pai ainda está tranquilo mas sei que essa tranquilidade irá acabar quando Sakura chegar porque ele continuará com as ameaças e as agressões mas por enquanto está tudo sobre controle.


Kakashi fica bastante aqui na mansão mesmo Sakura já tendo afirmado várias vezes que eles não tem nada eu ainda sinto que ele tem um tipo de sentimento diferente por ela algo talvez não recíproco .


Na escola está tudo bem aquele dobe do Naruto pediu a Hyuga em namoro ela desmaiou de emoção mas aceitou e eu fico feliz por ele, Ino e Sai estão comemorando um ano de namoro, irão fazer uma festa no domingo em comemoração e me convidem mas nao tenho certeza se irei .


Minha irmã está cada dia mais triste e eu me sinto um inútil por não ajuda lá, descobrimos que se bebe é uma menina ela está feliz mas tem modo.


Autora.Pov.On



Os dias passaram a o sábado finalmente chegou, tanto Sakura quanto Sasuke estavam nervosos e ansioso e nem sabiam porque mas os corações de ambos batiam rápido demais para poderem ouvir.


Era um dia chuvoso em Konoha o frio gélido estava forte que chegava a arder o rosto, eram uma seis horas da tarde quando o avião pousou na pequena cidade, Sakura seguiu para a mansão seguida dos pais .


Sua mãe mal disfarçava o quão estava feliz para conhecer o famoso Sasuke Uchiha o pai queria saber as reais intenções do garoto com sua filha.


Chegaram rapidamente na mansão, assim que a porta foi aberta Sakura soltou um suspiro fundo olharia nos olhos de Sasuke e todo aquele sentimento catastrófico que existia dentro de si, iria sufoca lo até o máximo, o quanto podia, mesmo que fosse difícil.


Sasuke estava na sala quando a porta foi aberta e ele encarou os olhos esmeraldinos a sua frente estava surpreso mas feliz e nervoso, ele estava admirando o quadro sobre a lareira quando a porta foi aberta e ele ficou perdido em seu olhar .


____ Oi - Ele disse baixo e nervoso os pais de Sakura adentraram a casa e seus olhares fincaram no garoto que mal respirava direito.


Sasuke.Pov.On



Quando aquele casal entrou eu me senti ainda mais nervoso eles me levaram olhares desconfiados e eu senti uma gota de suor escorre por minha testa, seriam eles os pais de Sakura? Os olhos eram idênticos com o mulher já os cabelos com tom rosa eram do homem, eu tentei não pensar muito mas a presença de Sakura me deixa louco, eu queria poder abraça lá mas não devo, queria pedir desculpas por trata lá da maneira que a tratei eu ja me desculpei mas sempre acho que não foi o suficiente.


O olhar daquela mulher me assusta mas não vou demonstra ela é mãe da Sakura e por isso estou muito feliz por comece lá .


____ Mãe esse é Sasuke, Sasuke minha mãe - Sakura disse sorrindo gentilmente a mulher me olhava tão profundamente que parecia ler minha alma.

____ Muito prazer em conhecer lo minha filha fala muito de você e também pensa muito em você- A mulher disse sorrindo e olhei com os olhos arregalados para Sakura após a declaração de sua mãe, ela estava completamente vermelha e com vergonha e eu estava da mesma maneira.

____ M-mãe isso lá é coisa para se dizer assim- Ela disse sem graça e sem olhar em meus olhos e eu olhava para o chão sentindo o olhar de se pai queimar minha pele literalmente.

____ Não precisa disfarçar querida sabemos que você está apaixonada por ele, bem você me parece um bom rapaz- A mulher disse e a vergonha tomou novamente conta de mim junto com o nervosismo e Sakura olhar com raiva para a mulher até não ligava e apenas sorria contente.


Sakura foi mostrar a mãe o quarto onde ficarão eu fique na sala principal com seu pai que me olhava parecendo me analisar dos pés à cabeça, eu não senti medo mas ainda assim era desconfortante.


_____ O que você pretende se aproximando de minha filha o que quer com ela?- Ele é direto tenho que admitir mas essa pergunta me caiu com uma pedra eu e Sakura? Ela nem si quer olha pra mim, todas as vezes que tento me aproximar ela se afasta acho que tem tanto medo quanto eu mas diferente de mim ela não quer tentar.

____ Senhor eu não…- Eu não tive tempo de responder ou pensar em uma resposta válida o homem me cortou como se lesse meus pensamentos.

    ____ Tenho certeza que minha filha sente algo por você algo forte que a deixa assustada, só espero que não a machuque senhor Uchiha, mas tenha certeza do que digo, eu vejo o modo com que ela te olha o olhos brilham e ela fica nervosa, mas ela é meu bem mais precioso muito mais que toda a fortuna da família Haruno então como pai eu peço uma única coisa a faça feliz .



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...