1. Spirit Fanfics >
  2. Amando uma vampira - Sasusaku >
  3. Capítulo 4

História Amando uma vampira - Sasusaku - Capítulo 5


Escrita por:


Capítulo 5 - Capítulo 4





    Sasuke.Pov.On


As palavras daquele homem no saiam da minha mente, Sakura sentia algo por mim, realmente, nossa relação não é algo muito íntimo nos beijamos e eu deixei claro que à queria, mas Sakura não quis, ela basicamente me rejeitou mas porque eu me importo com isso, ela é de qualquer forma boa demais para mim .



Sakura.Pov.On


Depois de passar vergonha com as declarações de minha mãe eu fui mostrar o quarto de hóspedes e é claro que a repreendi por ter falado tudo aquilo mas ela nem se importou muito. Meu pai e Sasuke ficaram na sala conversando eu não quero saber o que era, sei que meu pai é tão louco quanto minha mãe então prefiro nem saber o que está acontecendo.


Mas uma vez estou olhando as pessoas pela janela de meu quarto, poucas as pessoas que estão ainda tarde da noite ali mas gosto de observa las, e ver como são felizes e quanto temen a morte quem me dera poder ter a vida normal assim como elas. Todos estavam em seus quartos não vi Kakashi hoje mas sei que ele está bem, Sasuke já foi pra casa após aquela chegada e recepção da minha mãe não nos falamos mais.


Olhei pela janela mas uma vez e muito olhar se cruzou com o de Sasuke ele estava parado me olhado diretamente como no primeiro dia em que o vi, os olhos negros estavam brilhando como nunca os cabelos estavam bagunçados e soltos com o vento, os lábios finos entre abertos e seu olhar penetrante caído em mim.


Por um instante era como se ele estivesse me chamando para ir ali junto de si mas ao ver uma ruiva o abraçar por trás a sensação sumiu, ele pareceu se despertar de algo e a olhou passou a mão em seu ventre avantajado e eu rapidamente sai da janela sentindo me tonta e então tudo ficou escuro e eu caí.



Sasuke.Pov.On


Descido sair um pouco de casa para pensar a noite está muito bela e isso me traz paz acabo parando em frete a casa de Sakura, eu queria entrar e conversar com ela não como um empregado mas como um amigo, fico olhando para a janela de seu quarto esperando qualquer tipo de movimentação e lá estava ela novamente.


Sakura parece cada dia mais bela seus olhos verdes me prendem em seu brilho seus lábios carnudos são um convite para meus, mas eu não tenho coragem de fazer nada disso não me perdoaria se por algum motivo Sakura se afastasse de mim e eu tivesse culpa.


Tinha me esquecido que minha irmã havia vindo comigo, Karin mesmo sendo minha irmã de sangue não é nada parecida comigo ela é ruiva com os olhos avermelhados já toda a nossa família como meu pai minha mãe e meus tios tem os olhos e os cabelos negros como a noite.


Enquanto eu olhava para janela com os olhos presos ao de Sakura minha irmã me abraça por trás e eu rapidamente a correspondo sua barriga está grande e volumosa felizmente o Hidan a deixou vir comigo por insistência de minha mãe.


Assim que terminei de abraçar minha irmã voltei minha atenção para a janela Sakura já não estava mais lá, mas uma sensação de mal pressentimento começou a me corroer por dentro, devo entrar e ver se está tudo bem ? Sim! Isso que devo fazer .


Avisei minha irmã que iria em um lugar e logo iria voltar entrei na mansão e fui em direção às escadarias andei devagar, em passos lentos eu não sabia se os pais de Sakura estariam ali ou se pensariam coisas ruins sobre mim, mas conforme subi os degraus o desespero me corroeu e eu corri, corri até chegar a frente do quarto dela.


Abri a porta divagar o quarto estava escuro apenas uma luz e minava dele a luz da janela que por ela entrava o vento frio e gelido fazendo a cortina de seda balançar, meu olhar foi ao corpo que estava sobre o chão e que eu conhecia muito bem. Caminhei rapidamente até Sakura a peguei em meus braços a coloquei na cama e fiquei deitado ao seu lado isso já aconteceu eu sei que talvez não seja nada de mais, acariciei seu rosto macio enquanto os olhos permaneciam fechados e respiração calma e singela.


Agarrei sua cintura e coloquei minha cabeça sobre seu peito eu estava com sono e cansado não sei a bem quando mas acabei adormecendo ali .



Sakura.Pov.On


Meus olhos foram abertos e o peso do corpo sobre meu foi percebido rapidamente, cerrei os olhos já sabendo quem era seu perfume era inconfundível, as sensações de estar perto dele eram tão conhecidas em meu corpo .


Quando fui me levantar sinto o braço de Sasuke me apertar ainda mais contra seu corpo, tentei me soltar mas ao mesmo tempo que não queria machuca lo usando minha força sobre humana, eu tentava o afastar de mim, mas seus olhos me olharam de maneira repreensiva e eu o encarei da mesma maneira.



____ Você está bem Sakura? - Ele perguntou rapidamente se levantando e ficando de joelho na cama.

____ Estou bem obrigada - Eu disse e me sentei desviando o olhar e ele passou a mão em meu rosto e deu um sorriso pequeno .

____ Fiquei preocupado achei que já tinha resolvido o problema dos desmaios - Ele disse de maneira serena mas até parecia uma bronca.

____ Eles pararam então eu achei que estava tudo bem mas agora voltaram eu acho- Eu disse me ajeitando mas na cama e Sasuke soltou um suspiro descontente e balançava a cabeça negativamente.

____ Você não deveria ter feito isso Sakura você não está bem tinha que ter ido ao medico você pode até ficar pior me prometa que irá ao medico- Ele me olhava sério os olhos ainda mais negros e foscos tanto que eu me perdi neles.

____ Tudo bem Sasuke eu prometo irei procurar um médico não se preocupe e obrigada pela ajuda, você não devia estar aqui como entrou- Eu disse me desesperado e me sentando na cama.

____ O que? Porque não eu entrei pela porta estava aberta eu não sei mas senti algo estranho e vim ver - Ele disse fazendo uma expressão seria e desentendida .

____ Sasuke eu….- Eu ia tentar arrumar uma desculpa para ele ir embora ficar perto dele é demais pra mim e faz tempo que não me alimento .

____ Não Sakura não arrume uma desculpa para me evitar você está me afastado de mim eu não entendo porque disso, eu não quero ficar longe de você entenda - Ele disse sério e eu me surpreendi não esperava por isso.

____ Tem coisas Sasuke que são demais para você entender, eu não posso explicar o porquê do meu afastamento mas é necessário e se você insistir eu não vou poder ficar- Eu disse e me levantei da cama ficando em pé a sua frente e ele logo se levantou .

____ Está dizendo que vai embora? - Ele perguntou desesperado e eu virei o rosto .

____ Se quiser repostas das perguntas erradas não irei poder ficar sinto muito- Eu disse voltando a olhado e ele se sentou na cama desapontado .

____ Desculpe eu não deveria ter vindo vou embora - Ele disse se levantando rapidamente e indo para a porta eu segurei seu braço antes que ele encostasse na maçaneta .


      ____ Fique comigo Sasuke




Posso estar cometendo o maior erro da minha existência mas não me arrependo, e sei que Sasuke também não estou cansada de não ser feliz por medo, medo do desconhecido, não posso contar ainda sobre mim mas não irei mais afasta lo de mim porém quando lhe contar a verdade ele poderá escolher entre ir ou ficar e eu irei respeitar e aceitar mesmo machucando.


Ele me olhou e os olhos se tornaram ainda mais negros as pupilas dilataram e o coração acelerou, eu puxei delicadamente seu pulso em direção a cama sem quebrar o contato visual, eu o sentei na cama e me aproximei divagar, ele com ajuda das mãos sentou se mas ao meio da cama, eu engatinhei até ele divagar e o beijei suas mãos subiram por minha cintura o puxando para si, eu sentei em seu colo com uma perna para cada lado .


O beijo era lento mas cheio de desejo e paixão, suas mãos adentraram por minha blusa tirando a mesma e a jogando em um canto qualquer desse quarto, eu retirei a sua blusa e comecei a beijar seu peitoral, seu sangue tem um cheiro bom, é doce muito doce, eu adoraria prova lo mas não posso e sei me controlar.


Sasuke me deitou na cama se deitando por cima de mim e beijando meu pescoço deixando várias marcas o desejo já tomava conta de meu corpo nesse momento e eu o ajudei a retirar sua calça assim como ele fez com minha saia, ele retirou os sapatos e ficou apenas com a cueca box azul, ele voltou para cima de mim, beijando cada parte do meu corpo .


Retirou meu sutiã divagar e com os lábios cheios da saliva, não pensou duas vezes e agarrou o seio direito com a boca me fazendo soltar um alto gemido, agarrei os lençóis com força tentando não fazer barulho meus pais estavam em casa eu não queria chamar atenção.


Ele apertava o bico do esquerdo enquanto beijava o direito me deixando louca de desejo, minha vagina já estava encharcada com tanto tesão, o volume na cueca de Sasuke era tão evidente que parecia que iria rasgar o tecido fino, passei a mão nele ainda por cima da cueca e Sasuke gruniu alto dando um forte chupao no mamilo esquerdo que agora estava em sua boca.


Ele trilhou os beijos até minha intimidade onde retirou a calcinha molhada, me lançou um olhar safado e rapidamente sem que eu notasse minhas pernas estavam entre laçadas em seus ombros, enquanto ele chupava e lambia meu clitóris cada vez mais, eu gemia feito louca tentando conter os gemidos com as mãos, eu estava quase lá.



____ Sasuke e-eu vou g-gozar - Eu disse respirando com dificuldade mas ele não parou eu tentei afasta lo mas ele não parou e eu gozei em sua boca, meu corpo tremeu e ele chupou ainda mais forte meus lábios maiores engolindo tudo .

____ Como eu imaginei- Ele disse passando o dedo nos lábios e me lançando um olhar travesso enquanto eu o olhava com luxúria____ Deliciosa! Doce, como eu imaginei - Ele completou e voltou a me beijar loucamente.


Eu rapidamente inverti as posições ficando por cima dele, beijei seu peitoral inteiro sentei em seu membro e comecei a me movimentar divagar enquanto ele gemia baixo mas não fiquei apenas nisso, abaixei sua cueca mostrando seu mastro grande, grosso e com a cabecinha rosa, minha boca encheu de água passei a língua sobre os lábios lhe lancei um olhar safado e coloquei tudo na boca .


Era grande e grosso, eu lambia toda a extensão colocava o máximo possível dentro da boca, Sasuke apenas gemia alto, sua mão foi para meus cabelos agarrando os mesmo, ele fazia movimentos de vai e vem com minha cabeça a seu gosto e eu estava adorando.


Depois passei a masturbo lo e beijar a cabecinha ele dizia coisas sem nexo ou tradução até que eu sentia que eu levo estava chegando ao ápice.



____ S-sakura eu vou, estou quase lá se você não parar Sakura eu vou - E ele gozou em minha boca, eu engoli tudo com gosto, ele segurou com força meus cabelos até o soltar.

____ Vai o que - Eu perguntei descaradamente enquanto ele respirava com dificuldade.

____ Desculpe - Ele disse e me puxou ficando por cima de mim e se encaixando entre minhas pernas.

____ Você tem certeza de que quer isso Sakura podemos parar por aqui - Ele disse beijando meu pescoço e eu o beijei ele percebeu que isso era um sim.



Ele pincelava meu clitóris com seu pênis, eu gemia em resposta e o lançava olhares para ele ir logo, ele soltou uma risada e colocou ao poucos, eu gemia a cada centímetro que seu membro de possuía, ele foi cuidadoso e gentil talvez pensasse que eu era virgem, o que não sou a séculos.


Ele agarrou meu pescoço o mordendo com força até começar a se movimentar dentro de mim a primeira entocada foi forte e funda o que me arrancou um alto gemido e ele gemia roucamente em meu ouvido enquanto eu arranhava suas costas .


Ele metia fundo e rapidamente enquanto eu gemia alto sem me importar com quem fosse ouvir e Sasuke pareceu não se importa também. Eu estava quase lá e ele também e em uma entocada funda e rápida gozamos juntos, ele caiu sobre meu corpo me prendendo na cama e ainda estando dentro de mim .


____ Aguenta mais uma? - Eu perguntei sem vergonha e ele me olhou com seu sorriso de lado até me levantar e me prensar contra a parede do quarto.

____ Espero que você aguente amor - Amor ele me chamou de amor, foi apenas mas uma bobagem dita durante sexo ou tinha outro significado .


Já estamos fazendo sexo pela terceira vez na noite ele parece não se cansar assim como eu, ele se sentou na cama e eu fiquei sentado em seu colo com uma perna para cada lado cavalgando em seu pênis, eram entocadas leves e lentas eu tentava o provocar mas a verdade é que nem eu estava mais aguentando, então o tiro por quase completamente de dentro de mim e dou uma sentada forte e funda ele agarra minha cintura com força e inverte as posições.


____ Aahn s-saasukee ahh mais rápido- Eu gemia o enlouquecendo ainda mais.


Ficamos nos beijando em meio às entocadas o que ajudava a abafar os gemidos até que eu gozei primeiro e Sasuke logo em seguida caindo mais uma vez por cima de mim.


      Depois de alguns minutos ele caiu ao meu lado e me puxou para seu peito agarrou minha cintura e adormeceu eu continuei acordada, vampiros não dormem mesmo, e fiquei o observando, mesmo sabendo que fora errado não me arrependo de ter dormido com ele .



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...