História Amanhecer parte 3 (continuação do filme amanhecer parte 2 ) - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Saga Crepúsculo
Personagens Alice Cullen, Bella Swan, Carlisle Cullen, Edward Cullen, Emmett Cullen, Esme Cullen, Jacob Black, Jasper Hale, Renesmee Cullen, Rosalie Hale
Tags Amanhecer, Crepusculo, Edward Cullen, Isabella Swan, Jacob, Renesmee Cullen
Visualizações 97
Palavras 2.383
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Esporte, Famí­lia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Saga, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Geeeentteeeee voltei :3
Meu povo essa capítulo era pra ter saído a uns 3 dias aqui atrás mas o que aconteceu.. eu quebrei meu computador 💔 então tô escrevendo no celular aí eu copiei o capítulo lá todo bonitinho e na hora de enviar o celular de carregou aí fiquei com preguiça de escrever de novo, aí deixei pra reescrever no outro dia só que eu não estava achando meu caderno em que eu escrevo a história mas achei hoje e aí está
Fiz questão de deixar o capítulo um pouco maior para compensar os dias que não postei
Boa leitura e desculpe os erros ❤❤❤

Capítulo 6 - Sombrio e sexy


Fanfic / Fanfiction Amanhecer parte 3 (continuação do filme amanhecer parte 2 ) - Capítulo 6 - Sombrio e sexy

Pov. Ness

Acordei sentindo calor Jacob ainda dormia ele me envolvia em seus braços, minha cabeça estava apoiada em seu peitoral 

Tentei sair de seus braços sem o acorda mas foi uma tentativa falha 

-ness? * chamou ele abrindo os olhos tentado se acostumar com a claridade* 

-Oi?  * perguntei pegando as minhas roupas que tinha usado ontem antes de vim para cá 

- por que acordou tão sedo? * perguntou se sentando na cama*

 -A gente vai pra escola, pode se levantando e começando a se arrumar * falei e ele se jogou de novo na cama* 

- vamos levanta * falei puxado ele, mas ele me puxou e eu caí em cima dele* 

- prefiro ficar aqui * falou encarando meus olhos e minha boca* 

- a gente tem que ir ou meu pai vai vim me busca 

- não, seu pai não, vamos levanta * ele falou praticamente me jogando de cima dele*

- porque você tá tão preocupado? 

- talvez seja pelo simples fato do seu pai me matar se ele pelo menos sonhar que a gente dormiu na mesma cama 

- eu vou pra casa tenho que me arruma a gente se ver na escola * falei enquanto pegava minhas roupas* 

- você vai assim? Só tá usando uma blusa minha se teu pai te vê assim ele te matar 

- eu não posso vestir minhas roupas elas tão sujas de sangue e a lendo mais eu consigo entrar na queda casa sem ser percebida 

- até parece eles vão sentir teu cheiro ness, se seu pai te vê assim pode me considerar um homem morto 

- eu acho que eles nem estão em casa como a gente vai para a escola eles devem tá cansando pra não voar no pescoço de ninguém na escola e você sabe que eu só a mais rápida da casa mesmo que eles percebam eu vou ter tempo de entra e correr para o banheiro 

- tá bom vai e toma cuidado qualquer coisa que acontecer me fala que eu fujo de casa * Jacob falou e eu gargalhei* 

Sair da casa dele e fui o mais rápido para mim chegando do lado da minha casa subir pela janela do meu quarto e me dei de cara com minha tia Alice

-DROGA! * resmunguei* 

- Droga nada agradeça a minha a Deus por ser eu e não seu pai, ele quem ia te pegar nesse estado e acredite ele iria fazer um barraco pelas suas roupas mas eu convencer de caçar e disse que eu ficaria aqui para te receber, falei que talvez você não quisesse ver ele pela briga que vocês tinham tido então pedi para mim ficar te esperando ele foi

- tiaaaaaa eu já te falei que te amo? 

-bom... hoje ainda não 

- pois eu te amoooo * falei pulando em cima dela a abraçando* 

- ness meu anjo eu também te amo mas por favor vai tomar banho você tá chegando a cachorro molhado * ela falou e eu concordei era melhor eu correr e me arrumar antes do meu pai chegar* 

Romeu banho e vesti uma calça azul escura uma blusa preta de alça fina e um casaco por cima 

Cheguei na sala e estavam todos a minha espera minha mãe veio me abraçar 

- bom dia filha.. * falou me dando um beijo na  bochecha* 

-Bom dia mãe.. bom.. dia pai * falei e ele me deu um sorriso parecia aliviado por ter falado com ele *

-Bom dia minha filha *ele me respondeu*

Olhei para meus tios na sala e sorri para todos minha tia Rose veio até mim e me abraçou correspondi o abraço e fomos todos para a escola 

Chegamos na escola e todos os olhares vieram à nos tinha alunos que nos olhavam e  conversam entre si, eles tentavam falar mais baixo possível, coitados mal sabiam que a gente conseguiu vir até os seus sussurros e no caso do meu pai até o pensamentos

 minha tia Alice e tu já superou as mãos assim como meu pai com minha mãe e minha tia Roseli e o Emmett, legal fique de lanterna ou é vela? nota para mim mesmo Preciso arranjar amigas e aprender as gírias o mais rápido possível

-Onde está o Jacob? * perguntei quando a gente ia passando pela porta da entrada*

- diz você, você quem viu ele por último *Falou tio Jasper e eu fiquei calada não queria pensar na noite passada tenho certeza que meu pai estava tentando ler meus pensamentos agora e se eu pensasse no que aconteceu ontem a noite  já era*

 Olhei para minha tia e ela piscou e olhou para minha mãe, minha tia era uma gênia Com certeza ele tinha falado para minha mãe e a essa hora eu estava protegida pelo seu escudo

Eu sentir seu cheiro, seu perfume

- ele chegou * falei *

- tá ficando bom com audição em * falou minha mãe aparentemente orgulhosa*

- eu diria que com o olfato consego sentir seu perfume a quilômetros *Falei aí meu pai trincou os dentes* 

-E desde quando catinga de cachorro molhado virou perfume? * implicou tea Rose fazendo tio Jasper e emmett gargalhar* 

ouvir seus passos se aproximando Seu Coração batia forte mas não tão rápido como de alguns alunos que estavam ao nosso redor mesmo com a escola cheia de gente eu conseguir diferenciar seu cheiro, seus passos, seu coração, tudo nele era diferente ele era especial para mim passar esses anos longe dele foi torturante

Foi tirada de meus pensamentos quando sinto a mão nas minhas costas até pensei ser ele mas eu levei um empurrão e se não fosse pela minha mãe teria caido de cara no chão 

-o que foi isso? * perguntei e minha mãe me ajudava a se recompor* 

-um garoto que passou correndo * falou meu tio emmett, e eu olhei em volta atrás do garoto mas não encontrei na verdade encontrei alguém bem melhor Jacob vinha na nossa direção 

-vou caçar nossa sala *Falou tio Jasper* 

-vou com você *falou tio emmett* 

-eu vou com eles *falou meu pai e deu um selinho rápido na minha mãe*

- vem comigo vamos no banheiro * tia Alice  falou e Saiu puxando minha mãe minha tia Rose em direção ao banheiro*

 ela sabe o quanto eu queria conversar com Jacob 

- tá legal o  que vocês estão aprontando? *perguntou minha mãe sendo arrastada pela minha tia* 

-nada só preciso de uma ajudinha *ouvir minha tia Alice falar* 

-eu nem cheguei e ele já foram embora? Nunca foi tão fácil assim expulsar os Cullen  *falou o Jacob quando chegou perto*

 ele não saíram por sua causa *menti* 

-tá bom, sei * falou com tão desconfiado*

- Então eu quero conversar com você sobre ontem.. bom é que você... * fui interrompida por uma sirene alta e ensurdecedora * 

-Renesmee a gente pode conversar em casa? a primeira aula já vai começar e eu ainda nem sei onde fica minha sala

- tudo bem * falei e ele deu um beijo no meu rosto se despedindo* 

Eu estava perdida passei 7 minutos caçando minha sala nem meu pai nem meus tios vieram me avisar onde era minha sala, finalmente achei e Bate na Porta três vezes e escutei um "entre"

- desculpe pelo atraso professor é meu primeiro dia e não achava minha sala *falei enquanto reparava na beleza do meu professor ele é lindo, olhos azuis que mais pareciam duas Lagoas de tão azul, seu cabelo preto bagunçado propositalmente, sua barba por fazer e sua pele branca por conta do frio vou amar essas aulas!

- tudo bem senhorita Pode se sentar ao lado do outro aluno "novo" *apontou em direção a uma cadeira e esse tal aluno novo era o jacob, legal*

 -bom Como vocês podem ver classe temos dois Alunos novos e eu gostaria que se apresentassem 

-meu nome é Jacob Black, tenho 17 anos e moro com meu pai E como todos nessa sala faço o segundo ano 

-tem namorado ? *uma garota loira de olho azul perguntou*

- não *Jacob respondeu e podia escutar umas garotas suspirando*

- sua vez o professor falou apontando para mim meu 

-nome é Renesmee *escutei umas pessoas rindo mas ignorei* -todos me chamam de nessie tenho 17, anos moro com meus primos, tia e tio Cullen  e... *sou interrompido pelo professor*

- oh! temos um Cullen  na sala, não sabia que eles tinham adotado mais uma filha, Você parece diferente das que ele costuma adotar parece viva *ele sussurrou as últimas palavras o que me fez pensar se ele sabe alguma coisa sobre sobre nós*

-Mas e aí gatinha você tá solteira ou tem namorado? *perguntou um garoto loiro musculoso de olhos verdes*

- solteira 

-que bom *ele respondeu e eu percebi Jacob fechar o punho* 

-bom Jacob e Renesmee meu nome é Damon Brown e sou professor de biologia de vocês temos apenas três aulas por semana então acho bom aproveitar * ele falou e foi em direção a louça e começou a escrever*

 a hora passou ligeiro fizemos algumas atividades, eu e Jacob conversamos um pouco mas o que não consegui quero tirar as palavras do professor da cabeça "Você parece  diferente dos que ele costuma adotar parece tão viva" o que quis dizer com "parece tão viva"?  a ideia dele saber de nós me dava um pouco de medo, vai ver é só coisa da minha cabeça, deve ser só mais uma gíria que eu ainda não conheço 

o sinal tocou anunciando que era a hora de trocar o Professor agora seria aula de história o professor saiu e entrou uma mulher de mais ou menos 37 anos e Jacob se levantou 

-para onde vai perguntei? *enquanto ele arrumava as coisas na bolsa*

- agora é aula de história para você mas para mim é aula de Sociologia o que quer dizer que tenho que ir para outra sala então.. tchau *falou me dando um beijo na bochecha indo em direção a porta*

- tchau *respondi quando ele passou pela porta * 

-abram o livro na página 6 vamos continuar de onde paramos ontem * falou a professora* 

E lá estava eu só, sem ninguém para conversar, até que o menino que tinha perguntado se eu era solteira se sentou onde jacob estava há pouco tempo atrás

-Oi *falou  ele tentando puxar assunto* 

-Oi.. * falei timida* 

- meu nome é Matt * falou estendendo a mão* 

-ness  *falei apertando sua mão* 

-eu sei, Bom.. como eu sei que você é nova aqui então não deve ter ninguém para passar no intervalo Então... se quiser ficar comigo e meus amigos..

- muito gentil de sua parte mas... *fui interrompida pela professora*

- veja  que a conversa está muito boa em jovens ? 

-não é isso senhora é que... *Matte tentou se explicar mas a professora o interrompeu*

- se  não é isso vocês já sabem toda matéria, Então me responda a batalha de Willau Creek aconteceu no fim da guerra lá em Mystic Falls, quantas foram as baixas dessa batalha ? 

dei graças a Deus passei anos estudando com meu pai ele sempre gostou de história então foi o que a gente mais estudou, vi que Matt não sabia a resposta pois seu coração acelerou e ele ficou calado

- foram 364 baixos A não ser que inclua os civis mortos * Só lenbrei do dia que meu pai me contou a história*

- correto, senhorita? 

- Cullen 

- muito bom senhorita cullen tirando é claro o fato de não ter tido vítimas civis nessa batalha * falou dando as costas e indo em direção a lousa* 

- na verdade tiveram 27 professora, soldados confidenciado atiraram em uma igreja pois acharam que era um deposito de armas e estavam errados, foi uma noite de muitas perdas, os arquivos da época estão no prédio da prefeitura, se quiser confirmar os fatos, sou boa com datas e números.. * falei praticamente tudo por impulso*

-É mesmo? * perguntou e eu concordei com a cabeça* 

-Pearl Harbor? * perguntou* 

- 7 de dezembro de 1941 * respondi sem hesitar* 

- vamos por ano *falou e eu novamente concordei com a cabeça*

- queda do muro de Berlim? 

- 1989 

-ato dos direitos civis? 

- 1964 

- assassinato de John Kennedy?  

- 1963 * cada vez que ela me perguntava e eu respondia ele dava um pacote elementos minha direção *

- Martin Luther King? 

-68 

-Lincoln?  

- 1865 

- Roe contra Uade? 

- 1973 

- Brown contra o conselho? 

-1959 

- a batalha de Gettysburg? 

-1863 

- guerra da corea? 

-Foi de 1950 a 1953 

- ERRADO! acabou em 1952 * falou dando as costas e voltando para a lousa* 

- não, não na verdade foi 1953 * ela se virou evento me encarou por 10 segundos por um momento achei que ia ser expulsa no meu primeiro dia de aula * 

- alguém olha, rápido * gritou e alguns alunos procuraram em seus livros enquanto outros no celular* 

- rápido! * falou mais alto* 

- terminou em 1953 * rapaz moreno falou lendo em seu celular* 

A sala toda bateu palmas e gritaram coisas como: " mandou bem" "valeu garota" "arrasou" e etc alguns até riram alheia para a professora e ela sorria para mim 

- bom saber que nossa escola tem alunos como você, mas eu não deveria esperar menos de um Cullen * falou a professora e o sinal tocou *

Agora é hora do intervalo terminei de guardar minhas coisas e estava indo em direção ao refeitório quando alguém me puxou pelo braço, olhei para ver quem era e era ninguém mais ninguém menos que o professor de biologia, por um momento eu parei de respirar ele me encarava e sua mão ainda segurava o meu braço, seu toque era frio e seu olhar intenso 

- a senhorita tem boa memória não é mesmo? 

- desculpe mais não sei do que o senhor está falando

- da aula de história 

-Como o senhor sabe? O senhor nem estava lá 

- Eu sei de tudo * no momento em que ele disse isso meu corpo paralisou*

 o que ele quis dizer? Eu posso aterro Sta ficando paranóica mas esse homem sabe de alguma coisa, ele ficou me encarando o cara conseguia ser sombrio e sexy, meu Deus o que eu tô falando o que cara é meu professor de uma hora para a outra..

Continua? 



Notas Finais


E aí o que acharam? E esse professor em? Queria eu ter um professor desses 👿😂😂❤❤
Favorite a história e não se esqueça de deixar nos comentários o que você achou ❤❤❤
Gente garanto que muita coisa louca vai acontecer e vocês nem imaginam o que vem por aí, obrigado por ler
Eu só tenho uma dúvida: Vocês preferem os capítulos por esse
tamanho ou menor?
Até o próximo ❤❤❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...