1. Spirit Fanfics >
  2. Amanhecer Sangrento 2 - Recomeço >
  3. Abismo Infernal - Parte final

História Amanhecer Sangrento 2 - Recomeço - Capítulo 7


Escrita por:


Notas do Autor


O confronto contra Asmodeus explode, Silver faz descobertas extraordinárias que podem mudar o futuro de tudo, os inimigos mais fortes retornam e o reforço dos cavaleiros chega. O ataque devastador de Hunter Walker contra seu maior inimigo;

Capítulo 7 - Abismo Infernal - Parte final


Fanfic / Fanfiction Amanhecer Sangrento 2 - Recomeço - Capítulo 7 - Abismo Infernal - Parte final

— Essa besta... Acreditei que estava morta todo esse tempo! — Comentou Silver de punhos fechados em frente a Striker jogado no chão observando o ser elevando sua aura negra.

— Esse maldito me derrubou com muita facilidade, isso não vai ficar assim! — Levantando e ativando sua armadura divina e construindo novos componentes com os Upgrades que adquiriu de seus adversários mortos. O reator atômico em seu peito se ativou carregando uma quantidade massiva de energia numa tentativa de recuperar-se da vergonha que acabou de passar.

Rochas em chamas despencavam dos céus causando explosões em toda a dimensão infernal. Almas corriam sem rumo para todos os lados, assustadas e desesperadas para escapar daquele lugar.

— Energia máxima reunida. — Terminou o cavaleiro.

— Acaba com esse imbecil! — Na forma de espectro intangível para não ser atingido pelas rochas e detritos que eram espalhados com violência pelo acumulo de energia.

— Com prazer! — Uma rajada massiva de energia é disparada de seu peito atingindo em cheio Asmodeus que continuava gritando ao elevar sua energia.

Uma tremenda explosão ocorre no lugar após causar um rastro de destruição pela potência e densidade. Poeira e fogo subiram aos céus como resultado, Striker desativou o canhão e se colocou em aguardo para afirmar se o objetivo foi completado.

— Atrás de você! — Advertiu o Cavaleiro da Morte com euforia.

Um sentimento de surpresa dominou Striker que rapidamente contraiu o corpo direcionando uma lâmina grande em seu punho direito.

— Vocês são fortes... — Pronunciou o grande demônio antes de ser decapitado e convertido em uma massa rocha gosmenta e desapareceu dali.

— Um truque! — Ele estava a sua esquerda e rapidamente o atacou de novo direcionando a lâmina para o tórax do gigante num movimento desesperado.

Ele atinge o inimigo, mas seu ataque não chegou a perfurá-lo e o mesmo segurou seu antebraço e o torceu um pouco.

Asmodeus era pelo menos quase duas vezes mais alto que o Cavaleiro da fome, era forte e impiedoso, no entanto, insano. Numa batalha com um rival poderoso, ele se torna uma fera ensandecida que a menos que seja morto; não há como pará-lo de forma alguma.

Striker pendeu de joelhos enquanto o rival sorria de forma diabólica.

Sua forma era a mais humanoide que as de seus semelhantes, trajava uma calça cinza um pouco rasgada e suja e uma camisa regata vermelho sangue e cabelos negros bagunçados, além de um grande bracelete de platina sombria que servia como um tipo de selo que nem ele próprio conseguia retirar.

— Você... Lute comigo! — Levanta Striker no ar enquanto gritava ferozmente como se fosse um louco.

Seu corpo seria esmagado contra o chão, mas, Striker rapidamente utiliza seu próprio peso e começa a gritar puxando o gigante pelo braço e depois o mandou ao chão em seu lugar. O impacto fora tanto que abriu um buraco no solo vulcânico. Ele pulou para longe recolocando o membro de volta no lugar após a torção, deveria tomar cuidado com esses golpes pois o deixariam em desvantagem por não conseguir usar partes de seu corpo.

Soltou um suspiro e numa liberação rápida, seu corpo se amplia tornando-se mais forte fisicamente e avançou ao ataque corpo-a-corpo.

Deu um salto gritante e atacou com um soco, mas, Asmodeus desapareceu no ato ressurgindo atrás do mesmo e rapidamente desapareceu após perceber mais um movimento ofensivo em sua direção.

— Lute, covarde! — Gritou Striker e o inimigo apareceu em sua frente desferindo um soco que atingiu seus braços ao se defender e foi jogado para trás. — Quanta força esse desgraçado tem?! — Ambos chocam seus corpos trocando golpes em alta velocidade.

Asmodeus se abaixou de um chute aéreo de Striker e o agarrou pela perna direita e o esmagou contra o chão, mas o mesmo lhe deu um chute recuperando a postura e os canhões em seus braços foram ativados e começou a disparar pequenas rajadas de plasma azul elétrico.

— O quê?! — O gigante coberto por uma aura sombria voava de um lado para o outros desviando dos disparos em alta velocidade.

Ele arregalou os olhos os foi atingido na cabeça pelo braço do demônio que passou rasgando a dimensão mandando Striker para o chão contundido.

Quando se deu conta, rapidamente utilizou de seus braços metálicos para impedir que ele o cortasse ao meio com uma lâmina composta completamente de sombras.

Mesmo com a armadura divina que multiplicava suas capacidades, sua força era sobrepujada pelo monstro composto de sede de sangue.

— Vou transformar você em pó junto desse lugar! — Com a outra mão criou uma esfera vermelha gigante e riu sadicamente e enfiou a esfera no chão sem nenhuma prévia.

— Aaaahhhhh! — Usando sua força máxima e recebendo a explosão em cheio.

A potência jogou até mesmo o próprio gigante para trás. Mas, era óbvio que Striker não havia sido derrotado e surgiu no mesmo lugar retirando a armadura mantendo a cabeça baixa.

— Em toda minha vida, nunca me colocaram numa situação em que me obrigariam a usar realmente todas as minhas capacidades. — Jogando a armadura no chão enquanto Asmodeus estava parado o observando enquanto sua aura queimava em volta de seu corpo. — Eu normalmente brincaria com você um pouco antes de te destruir..., mas agora, você conseguiu em poucos momentos de batalha realmente me deixar sem paciência. — Uma aura branca metálica surgiu ao seu redor. — Eu sou um dos Quatro Cavaleiros do Apocalipse, Striker, a fome. Não vou deixar que um principezinho do mundo inferior continue me dando nos nervos... — Sua forma absorve a energia dos diversos reatores em seu corpo para apenas um obrigando o resto a sofrer uma evolução onde seu desejo pela morte dos seus inimigos se torna mais insano e a forma de manejar a energia dentro de si se torne mais fácil e sua força se amplia.

— Ele não cometerá o mesmo erro de antes, segurou sua força e Dark Hunter usou o Hakaishin. Se tivesse usado tudo de si desde o princípio, talvez alguns eventos poderiam ter sido alterados e a batalha teria acabado mais cedo... — Disse Silver analisando os eventos que vinham acontecendo. — Asmodeus usa toda sua força desde o começo, sua intenção é pura e simplesmente matar o inimigo por mais desumano e brutal que seja. Striker não pode se privar de lutar com tudo o que tem, caso contrário será morto rapidamente.

Quando a transformação parou, seu corpo vibrava em poder. Seus cabelos estavam com uma coloração meio verde celeste e os olhos permaneciam inteiramente brancos; Asmodeus não parecia amedrontado, continuava emitindo um pequeno rugido e seu olhar insano jazia sobre o Cavaleiro da Fome.

— Silver!

— Que foi?

— Cumpra nossa missão. — Silver ficou um pouco confundido. — Eu te alcanço assim que terminar com a vida desse cara!

— Controle essa sua ansiedade, ela vai acabar te matando! — Levantou voo e partiu em direção ao castelo.

— Nessa forma, eu sou invencível... — Sussurrou e começou a gritar formando pulsos elétricos em seus braços. — Planeja fazer o quê agora?

Asmodeus estranhamente começou a sorrir.

— Agora, você vai conhecer o imenso poder que tenho! — Seus olhos dilatam e sua aura negra expele um vento tão forte que obrigou Striker a recuar um pouco.

— Não acredito nisso!

— AAAAAHHHHH!

Silver que estava a quilômetros dali interrompeu a viagem para assimilar o que estava acontecendo. A energia desprendida de Asmodeus era imensa, uma nuvem de fogo foi emanada para todas as direções destruindo tudo.

— Essa é a mesma energia que Mefistófeles emanava quando se transformou! Mas o que está havendo aqui? — Raios despencam sobre o local da batalha.

— O que está fazendo?! Vá logo embora daqui! — Gritou Striker na mente de Silver.

O Cavaleiro deu meia volta e partiu. O corpo do Príncipe do inferno havia sofrido uma metamorfose, agora mais poderoso que sua forma anterior, combateria seu inimigo sem nenhuma piedade; assim como os Walker e os Cavaleiros possuem suas formas de evolução, os demônios do mais alto escalão também possuem e podem se tornar seres que ameaçam as entidades que vivem na terra.

— Pequena criatura, seja extirpada pelo meu poder!

— Quanto mais eu tento ignorar, mais imbecis aparecem no meu caminho. — Tomando posição de batalha, encarando o demônio nos olhos. — Vem!

Striker toma impulso subindo aos céus em alta velocidade sendo seguido por Asmodeus que furiosamente dispara de suas mãos centenas de rajadas de energia teleguiadas que o Cavaleiro alterna de postura diversas vezes no ar na tentativa de conseguir esquivar. O demônio dá uma forte pisada no chão erguendo uma imensa montanha em frente a Striker que mudou sua rota na hora subindo até o topo, as rajadas se descontrolam e explodem na montanha. Explosões acontecem e o Cavaleiro consegue atravessá-las sem sofrer danos e intercepta as últimas rajadas e interrompe o percurso parando no caminho de Asmodeus que vinha gritando de forma psicótica.

— Tem bons movimentos, mas eu estou apenas começando! — Ataca acertando uma cabeçada nele causando um tremor.

Os dois trocam socos ferozes abrindo fendas na terra, Asmodeus desfere uma sequência de socos e chutes que o Cavaleiro bloqueava e desviava e a cada ataque proporcionava um contra-ataque. Era clara a vantagem de Striker por possuir uma agilidade superior, mas Asmodeus tinha muitos truques na manga para demonstrar no decorrer da luta.

Logo o atingiu no peito com uma cotovelada que fez o menor voar longe, depois surgiu atrás do mesmo do nada dirigindo a lateral de seu punho que ele defendeu usando o antebraço esquerdo. Striker o afastou com um chute e juntou as mãos reunindo energia a queima roupa o mandando para trás.

A rajada o empurra para o chão, o Cavaleiro eleva a força dela para afastá-lo para o mais longe possível.

Asmodeus é arrastado vários metros no chão, contudo, ele abre os olhos novamente soltando um grande rugido pondo suas mãos nela desafiando Striker a forçar ainda mais. Mas ele era destemido, sua mente insana não o deixava enxergar os limites de seu próprio corpo fazendo com que os supere absurdamente sem o menor problema.

Ele puxa a energia e de repente a põe na boca.

— O quê?! — Gritou Striker espantado.

— Huaaaaaaa! — Cospe ela de volta multiplicada por milhares.

Bem maior do que antes, Striker é iluminado e não consegue reagir diante de seu próprio ataque e depois é pego por ele causando sendo o alicerce de uma explosão gigantesca.

— Aaaaaahhhhhh!

Mais distante daquele lugar, Silver pousou na entrada do imenso palácio sendo recebido por hordas de monstros que surgiram desde o calabouço para lhe devorar. Eram centenas. Silver rapidamente sacou sua foice, mas antes de avançar injetou nela uma magia penetrante capaz de fazê-la evoluir para o próximo nível — sendo assim, agora com três lâminas de energia pontiagudas, aumentou sua capacidade destrutiva em 50% além de agora possuir a habilidade de manipular todos os elementos sem menor problema.

Os monstros avançam e o cavaleiro a ergue um pouco manipulando o lago de lava borbulhante ao redor do castelo, os raios azuis na foice mudam para o vermelho e com um simples movimento jogou tudo em cima dos monstros que queimaram rapidamente e Silver presenciou seu sofrimento de um ponto privilegiado.

Após se livrar deles, seguiu seu caminho flutuando para a entrada. Passou pelo portão, logo ele se fechou, Silver não deixou de notar que o lugar estava bastante escuro. As janelas se abriram deixando a luz do fogo infernal cobrir iluminar seu caminho.

Havia um imenso corredor escuro com um tapete vermelho vinho, de repente as velas nas cabeças das gárgulas se acenderam e tudo ficou mais visível. Nunca em sua existência havia entrado naquele lugar pois seu dever era apenas deixar as almas malignas na entrada, após isto, elas seriam cuidadas pelos demônios pelo resto da eternidade.

A todo momento guerreiros saiam desde as sombras para lhe interceptar, mas morriam um por um.

Caminhando na única direção, Silver dá de cara com um imenso portão vermelho com o símbolo de um dragão negro. Estranhamente, inimigos pararam de surgir do nada para lhe atacar, então, o cavaleiro decide abrir para desvendar o que há do outro lado.

A porta se abre e o albino encontrava-se em uma sala completamente obscura, sem nenhum sinal de luz.

Silver ergue sua mão criando uma chama azul que iluminou o lugar.

Não via nada de muito estranho, somente frascos gigantes cobertos por cortinas vermelhas. Silver continuou caminhando encontrando uma mesa com um imenso livro de anotações com o símbolo do diabo na capa.

Ele o abre, logo percebe que eram anotações a respeito de um experimento. Mas que experimento? Ele se perguntava. De repente o holograma de um corpo transparecido com linhas de energia divina percorrendo as veias.

— As fraquezas de um Hakaishin... O quê? — Esse era a representação da anatomia de um Walker morto. Silver largou o livro e usou seu poder puxando as cortinas e arregalou os olhos.

Os corpos mortos de Kane, Saori e Kyle jaziam dentro dos frascos em um estado de hibernação num líquido verde.

Aparentemente alguém realizou experimentos com os corpos deles para entender a anatomia dos Hakaishin, mas, de acordo com sua memória, deles três somente Kyle havia alcançado tal transformação.

As anotações retratavam sobre isso, e que também, seria praticamente impossível submeter um único Hakaishin a estes procedimentos severos um seguido do outro. Então, de uma forma artificial, submeteram Kane a uma tortura intensa manipulando seu sistema nervoso gerando um sentimento de ira incontrolável o fazendo controlar a transformação mesmo que não fosse ao 100%. O objetivo de tudo isso era encontrar formas de destruir Hunter e os Hakaishin vivos sem que o imperador fosse obrigado a intervir no processo, além disto, compreender a essência do Hakaishin e seus seguintes níveis para aprimorar seus próprios guerreiros.

Silver largou o livro mais uma vez e destruiu a mesa com uma tapa.

Ele não poderia permitir que continuassem com isso, não apenas dos perigos que criariam na guerra, mas também, caso Hunter descubra que as almas da sua família estavam ali, e não no paraíso como imagina.

Não podia perder mais tempo e num giro criou uma rajada de energia na palma de sua mão, contudo, em um dos frascos, o corpo lá dentro havia desaparecido.

Silver arregalou os olhos e olhou em todas as direções a procura do experimento, logo, este sentiu uma sensação gelada em sua espinha e ao olhar para trás, encontrou uma silhueta negra com um par de olhos escarlate.

— Você... — A sombra levanta o pulso atingindo Silver com tanta força que ele foi arremessado para fora do palácio, atravessando o lago de fogo e se enfiando numa montanha de rochas ardentes abrindo um túnel de milhares de quilômetros através do choque de seu corpo. — Aaah! — Ele consegue cravar a foice no chão interrompendo o voo terminando com um dos joelhos no chão. — Deixar sua alma se corromper, de fato te deixou mais forte... — Algumas almas foram libertadas de seus instrumentos de tortura pelo choque do corpo do Cavaleiro, elas rastejavam gritando quando a silhueta negra pousou sobre elas com uma forte pisada partindo seus corpos em dois. — Kyle Walker...

As sombras ao redor do corpo dele desaparecem tomando a forma do irmão caçula de Hunter, mas com feições distintas. Seus cabelos eram mais negros do que se lembrava, sua aura antes branca celeste, agora era vermelho sangue igual que seus olhos.

Sua idade física permanecia como de um adolescente de 16 anos.

Kyle agora era uma alma corrompida do inferno, ele ergue seus olhos encarando aquele que um dia lutou lado a lado, não parecia reconhecê-lo, e Silver não demonstrava interesse nisto.

O mesmo surge em frente a Silver atingindo o estômago com um soco fazendo as rochas se quebraram, logo mais dois golpes extremamente fortes o atingem. Silver estremeceu e cuspiu litros de sangue no ombro do corrompido.

Ele grita em fúria acertando-o com seus dois pés na vertical o mandando para cima.

Silver range os dentes parando no meio do caminho.

— Seu idiota! Quem você pensa que é? — Silver solta uma grande quantidade de energia das profundezas da sua alma sendo encoberto por ela com um tom roxo reluzente.

Kyle Walker é coberto por uma aura vermelha.

— Aaaahhhhh! — Os dois avançam um na direção do outro em alta velocidade gerando uma grande explosão pelo choque de seus corpos.

Ambos trocam golpes em alta velocidade gerando uma corrente de vento, o choque de seus punhos era tremendo e o fogo se alastrava ainda mais. O príncipe infernal mais poderoso contra o cavaleiro do apocalipse, uma batalha sem precedentes! Asmodeus se abaixa do soco de Striker e o atinge no abdômen com o seu, o cavaleiro grita cuspindo sangue, mas reage retirando a mão do mesmo de sua barriga rugindo de ódio.

Os dois se entreolham enquanto seus corpos inchavam pela força.

Suas auras se reacendem e ambos gritam empurrando um ao outro. Striker o atinge com uma cabeçada no peito e o agarrou por entre as pernas o levantando em seu ombro e depois se jogou no chão ferindo o demônio gravemente que soltou um rugido e escapou voando para longe, Striker o seguiu e Asmodeus disparou centenas de esferas de energia para pará-lo e o mesmo desviou de todas fazendo acrobacias.

— Tome isto! — Dispara uma rajada de fogo negro.

Striker arregalou os olhos e transformou seu braço num escudo e avançou furiosamente atravessando as chamas e atingindo seu inimigo com um punho que atravessou a carapaça ossuda dele. Asmodeus se contraiu sentindo dor enquanto o cavaleiro se curvou sobre ele e o chutou de cima para baixo com muita violência.

— Aaaaaahhhhhh! — Ele pousa no chão gritando para aumentar sua força.

Ele aponta seu dedo na direção do cavaleiro e ele sente uma imensa concentração de energia naquela região. O demônio dispara um raio mortal em Striker que rapidamente colocou seu escudo em frente ao seu corpo se defendendo, assim caindo na armadilha de Asmodeus que atravessou toda a distância entre ambos e atingiu Striker na cabeça o deixando aturdido e depois surgiu nas costas dele dando um chute mortal que o mandou para o chão se quebrando nas rochas.

— AAAAAHHHHH! — Criando uma esfera vermelha gigante e disparou na direção dele.

Em outro lugar, Silver é jogado contra a parede e recebe uma sequência de golpes.

— Aaarg! — Socos no estomago e chute que destruíam tudo ao redor.

Silver se irrita e a aura branca surge como uma explosão em volta do seu corpo empurrando o Corrompido irmão humano de Hunter para trás. Ele se solta da parede se colocando de pé.

— Como é que você ousa me fazer chegar a este ponto, seu maldito! — Seu corpo é encoberto pela aura de sua transformação poderosa potencializando suas forças tornando mais uma vez no deus ceifador. — Agora, eu te dar a lição mais dura da sua vida! Então, prepare-se! — Os dois partem um para cima do outro em meio as explosões.

Ambos adversários trocam punhos em alta velocidade fazendo toda a dimensão estremecer, Silver estava muito surpreso, transformado num ser infernal, Kyle Walker mais poderoso do que nunca e isto estava o preocupando. Silver o chuta para trás e o mesmo reage disparando esferas de energia que o albino se protegeu com um escudo de energia e sentiu o mesmo se aproximar num pulo e rapidamente ativou a intangibilidade evitando ser pego num ponto cego. Por muito pouco não foi atingido por um golpe que rachou montanhas flamejantes distantes ao meio.

A aura em volta de Kyle ardia como o próprio fogo, Silver nota que apesar de ter se transformado, o garoto era conseguia ser superior a esta forma por muito, então abdicou a evoluir ainda mais gerando uma pressão no ar que empurrou o corrompido para trás.

O deus ceifador nível dois retornou e não esperou mais do que alguns milésimos para atacar na tentativa de terminar isto rapidamente, precisava retornar para casa com as informações que obtivera. Silver segurou Kyle pelo pescoço e o atingiu no rosto com o outro punho o mandando para o chão e foi atrás dele, mas o corrompido salto para o lado desviando e saltou novamente agarrando o cavaleiro pela cintura o empurrando na direção das rochas flamejantes se enfiando lá dentro com ele. As almas que queimavam lá dentro se tornaram pó ao entrar em contato com a energia absurda dos dois monstros que batalhavam! Silver se prendeu no chão e agarrou o garoto pela cintura, o levantou e o acertou contra o chão que as rochas se destruíram e houve um desmoronamento.

Silver saltou para fora e Kyle o seguiu agarrando seu pé e o arremessando para longe com força, rapidamente o garoto se eleva aos céus usando sua energia para controlar o campo ao seu redor. Ele arranca máquinas e rochas do chão e as arremessa no seu antigo companheiro que desvia de todas, logo Silver percebe uma coisa, aquela era apenas uma projeção do seu adversário e o original estava em outro lugar.

Ele tirou as foices das costas e executou um tipo de dança rodopiando e criando lâminas de ar que fatiaram os objetos que vinham para lhe ferir.

Seu olho direito brilha em vermelho e olha para sua esquerda percebendo uma rajada de energia gigantesca vindo em sua direção, ele ergueu as mãos sendo empurrado vários metros para trás.

Em outro lugar, Striker voava na direção de Asmodeus e ergueu seu braço disparando uma rajada sônica e o demônio revidou cuspindo as chamas do inferno causando um choque de poderes. Um embate absurdo. Estava equilibrado, ambos poderes pareciam nivelados até que Asmodeus amplia suas capacidades conseguindo superar mais uma vez o cavaleiro da fome; no entanto, o mesmo sente a pressão da derrota e retira de seu bolso uma pílula vermelha e rapidamente a engoliu.

No mesmo instante seu corpo sofreu um tipo de expansão e ele apertou os dentes com tanta força e deu grito estrondoso enviando mais poder do que podia controlar conseguindo assim devolver novamente a energia do demônio. Ele se assombra e é atingido pela rajada, seu corpo se fratura, mas ele não perde a compostura, contudo, ele não notou quando um furioso Striker deu um pulo indo até ele o atingindo no peito com um soco tão poderoso que penetrou em sua armadura óssea.

Ele gritou sentindo muita dor.

Striker com a outra mão criou uma espada brilhante com chamas brancas.

— Isso acaba aqui! — Ele ruge direcionando a lâmina em direção ao crânio do inimigo.

Mas de repente, o inesperado ocorre. Uma corda dourada se prendeu em seu braço, Striker olhou para o lado surpreso e recebeu um chute no rosto que o desestabilizou; Asmodeus retirou o punho dele e o segurou com força, em seguida o puxou e atingiu o seu no ombro direito de Striker com tanta força que rompeu as ligações com aquele braço o inutilizando.

Aquilo doeu bastante, Striker tentou de alguma forma mudar os rompimentos, mas sua habilidade de regeneração e metamorfose não estavam funcionando. Ele olha para sua esquerda e havia uma garota usando roupas negras olhos vermelhos sendo cobertos por seus cabelos escuros — ela tinha garras grandes e parecia furiosa.

Ele estava no chão quando foi atingido por uma rajada, a mesma que empurrava Silver para longe. Os dois atingem um ao outro e se debilitam. Striker havia perdido suas habilidades e podia contar apenas com seu braço esquerdo para lutar.

Silver ainda transformado sentiu o poder do Walker corrompido. Ele estava no chão se recuperando da pancada, a transformação o ajudou bastante e ele rapidamente se colocou de pé.

Quando se deram conta, estavam cercados. Os inimigos derrotados anteriormente reviveram novamente e os cercaram.

— O que está havendo aqui? — Perguntou Silver em posição de luta, Striker permanecia no chão segurando seu braço se perguntando a mesma coisa.

Ramiel, Belzebu, Belfegor, Behemoth, Abadom, Mamom e Azazel retornaram e estavam todos em volta dos dois cavaleiros, eles sorriam de forma sarcástica enquanto os dois não entediam muito bem o que estava havendo até que uma voz alta tomou conta do lugar chamando suas atenções.

— Meus parabéns caros cavaleiros apocalípticos. Este experimento fora absurdamente satisfatório! Os inimigos que vocês derrotaram eram meros protótipos dos originais que neste momento estão se tornando mais fortes graças à batalha que vocês trouxeram. Neste momento Striker não possui mais como continuar, e duvido que você Silver possa contra todos eles agora que os poderes destes soldados especiais foram ampliados — desista e se curve diante da glória do submundo! — Pronunciou a voz e Silver manteve-se olhando para o chão.

A corda em volta do braço de Striker se solta e retorna à posse de Dagon.

Os dois cavaleiros se mantiveram quietos, de uma hora para outra foram colocados numa situação complicada.

Striker com dificuldade se obriga a levantar e consegue, a maldição imposta pelo golpe de Asmodeus causou um efeito muito grande, mas nada que pudesse o inutilizar por completo. Ele ergue seu braço ferido com a ajuda de seu outro e Silver saca sua foice causando um corte que decepou e rapidamente o cavaleiro da fome apontou seu braço sônico para o chão concentrando energia num único ponto gerando uma massa de energia que entrou em combustão e depois soltou um disparo de bomba que expulsou a todos para longe.

O brilho vermelho nos olhos de Silver se expandiram e ele apertou os dentes se transformando num flash de luz atacando os inimigos um por um. Ele atinge todos em alta velocidade e logo termina no chão com um dos joelhos flexionados segurando a foice de pontas opostas.

O feixe de luz desaparece e os inimigos surgem atrás dele sem nenhum arranhão.

Silver percebe isso e Kyle avança bloqueando o ataque de sua foice com punho e colocou sua mão em frente ao rosto dele criando uma onda de energia, o albino o encarou, quando do nada Striker passou voando acertando um chute na face do garoto o mandando para longe. Belzebu atacou trocando socos com o albino que revidou furiosamente e o empurrou para trás e deu um chute que ele defendeu com o antebraço e atingiu seu peito com força.

O cavaleiro recuou e se abaixou de mais uma investida e agarrou o demônio pelo pescoço e o enfiou no chão e o esmurrou várias vezes até que Ramiel o perfurou no peito pela frente. Silver cuspiu sangue e retirou o material do seu corpo e ergueu a mão para atacar, mas Asmodeus segurou seu pulso e o torceu, ele rangeu e deu um mortal recuando e com seu outro mão disparou uma rajada de energia poderosa o suficiente para afastar conseguindo tempo o suficiente para recolocar seu braço no lugar.

Naquele mesmo momento, os príncipes do submundo desviaram a energia de Silver e atacaram todos juntos. Striker conseguiu escapar do ataque de Kyle e parou em frente ao irmão transformando seu braço num escudo diante deles para se proteger do poder absurdo que vinha em suas direções.

Ambos gritam furiosamente, até que bombas de energia despencam sobre os príncipes.

Eles reagem e se afastam dali, Behemoth retornou a sua forma gigante apenas para receber um soco muito poderoso na face que o fez tombar novamente.

Mika o derrubou com um soco e Dom pegou os dois cavaleiros no chão e os tirou de lá. Asmodeus salta furioso agarrando o rapaz pelas pernas e o puxou, mas Mika foi rápida e o agarrou pela cintura, ele lhe atinge uma joelhada e tenta jogá-la para longe, porém, a mesma se agarra em suas pernas e o levanta no ar girando em espiral e o arremessou.

Uma imensa explosão acontece e ela aproveita para pegar seu irmão e tirá-lo dali.

As explosões continuaram até que pararam do nada e quando os quatro se deram conta, todos os inimigos estavam os rodeando. A situação tornou-se crítica e eles não tinham mais escapatória.

— Nós estávamos esperando por Hunter Walker, o que a irmãzinha achou que iria acontecer vindo aqui sem nenhum reforço? — Pronunciou o Cavaleiro do Inferno Abadom. — Agora seus aliados estão debilitados, três cavaleiros derrotados em nosso território! O que acham que podem fazer em tamanha desvantagem?

— Desvantagem você diz... Eu não vejo desvantagem aqui. Em nenhum momento disse que viemos só nós dois! — Mika falou com um sorriso nos lábios e de repente da dimensão inteira começou a tremer.

Montanhas de fogo sucumbiam e o palácio estremecia, no quarto mais alto daquela imensa construção, o imperador do inferno abria seus olhos lentamente sentindo um grande poder dominado pelo ódio surgindo.

Todos olham em direção ao céu e enxergam uma nuvem tempestuosa surgindo, raios desprendiam dela e causava destruições. Os demônios tentavam recuar, mas as destruições os alcançaram e os exércitos eram massacrados novamente pela força das tempestades.

— O que é isso? — Falou Belfegor se segurando no chão durante uma ventania muito forte que quase os levaria para longe.

— Hunter Walker, o deus da destruição! — Gritou Dom apoiando o braço de Striker sobre seu ombro.

Hunter surge nos céus descendo lentamente com fúria nos olhos. Ele fecha os punhos e dá socos no ar gerando explosões nas direções desejadas! O inferno inteiro estava tremendo, Hunter concentra energia em cada parte de seu coro e solta um rugido criado um ciclone de chamas azuis causando sua metamorfose assumindo o Hakaishin Primário.

Os exércitos condenados a lutar pelo imperador avançaram disparando bolas de fogo e Hunter olhou em suas direções movimentando seu braço na horizontal criando uma onda de fogo que cobriu todos os demônios os matando temporariamente de novo.

Ele olha em direção aos inimigos e despenca sobre eles, eles observam e juntos disparam esferas de energia que não fazem efeito nenhum em Hunter que pousa com força destruindo tudo ao redor. Os príncipes do inferno encaram o olhar eletrizante do destruidor que emanava muita energia! Seus olhos retornam ao normal e ele encara seus inimigos.

— Onde está o Mefistófeles?!

Hunter grita e ataca correndo, os príncipes rangem os dentes e fazem o mesmo, porém, no mesmo instante, um corpo com um brilho dourado surgiu em meio a eles impedindo o confronto.

Esta era a mesma energia que trouxe a desgraça a Hunter anos atrás.

— Você não tem limites mesmo, não é garoto? — Essa voz.

O ser humanoide de forma dourada pronunciou e Hunter reconheceu aquela voz, Silver arregalou os olhos, era ele, havia despertado novamente.

— Nossos destinos interligados o trouxeram de novo até mim. — Mefistófeles forma dourada surge, a mesma transformação que usou para obliterar Hunter e todos os outros naquela fatídica noite.

Hunter não pensou muito bem, seus olhos enxergavam apenas o assassino de sua família.

— Eu vivi todo esse tempo esperando por este momento, agora você está aqui na minha frente... para finalmente, morrer pelas minhas mãos!

O deus se posiciona para lutar quando enxerga a versão corrompida de seu irmão colocar-se diante do imperador do inferno como se estivesse o protegendo. Hunter paralisou e os príncipes começaram a rir.

— O-o que você tá fazendo aqui? — Surpreso e sem reação.

— Você não sabia, não é? — Falou o imperador com uma voz calma e Azazel se aproximou do Walker.

— Eu vou explicar. Após a batalha que travaram contra meu pai, as almas dos caídos foram todas confiscadas e trazidas para este reino como recompensas! — Silver se soltou de Dom e tentou se aproximar o máximo possível de Hunter, Mika sentia uma mal pressentimento.

— Então quer dizer que... — Hunter falava mantendo o olhar na alma escravizada de seu irmão caçula.

— Além dele, todos os outros estão aqui sofrendo em seus devidos círculos. — Hunter apertou os dentes. — Isso não é fantástico? Graças a isto, conseguimos usar o DNA do seu irmão para criar nossas versões mais poderosas infundindo o poder da destruição com nosso espírito milenar!

Hunter percebe que desde o início, isso não passava de um plano arquitetado que não fazia ideia de que existia. Sua derrota naquela batalha, a morte de todos, era um plano do imperador para misturar as energias de sua raça para que pudessem se tornar tão fortes que ninguém seria capaz de detê-los.

— O objetivo já está quase completo. Infelizmente os resultados custaram surgir pois não fomos capazes de capturar o espécime mais promissor, até agora...

Neste momento o Hakaishin observa o espectro de seu irmão e vê os sinais de tortura, cicatrizes e queimaduras que deveriam ter causado dor por muito tempo. Hunter relembra de quando o condenou a aquele destino ao ser obrigado a quebrar o pescoço para impedir que matasse sua filha... Hunter abatido olhou diretamente para Mefistófeles, o causador da sua angustia.

— Você está em nosso território. O que acha que pode fazer? — Hunter começa a chorar em silêncio.

Mika engole o seco e estranhamente recua alguns metros para trás puxando Striker e Dom sabendo do que estava a ponto de acontecer, Silver reconhecia a crise explosiva de Hunter quando a dor era tão grande que o fazia derramar lágrimas.

Agora ele era o alvo principal e os demônios fariam de tudo para dominá-lo.

— Vocês... eu... eu... — A dimensão inteira começa a estremecer. — Nunca... jamais... vou perdoa-los! — A aura vermelha intensa do Hakaishin sem controle ressurge em sua volta.

Mefistófeles pressente o perigo se aproximando e ordena um ataque massivo contra ele, Silver sabia que Hunter iria virar aquele lugar do avesso caso perde-se o controle de si mesmo. Contudo, sua maior preocupação era com o próprio imperador que apesar de ter ordenado um ataque, parecia calmo demais.

Os olhos de Hunter se tornam inteiramente vermelhos e uma de suas lágrimas cai sobre seus pés e ele rompe os limites de seu próprio corpo.

— Desgraçados! Aaaaaaahhhhhhhh! — Ele automaticamente atinge o nível 2 da transformação exalando uma quantidade absurda de energia, nem mesmo a tempestade mais devastadora da história da humanidade expelia tantos relâmpagos.

Num salto ele avança passando entre o exército que lhe atacava como se não fossem nada, derrubava tudo em seu caminho.

Silver arregala os olhos e percebe que não poderia deixar aquilo acontecer, seu irmão explodiria de tanta energia e os demônios conseguiriam não apenas se livrar de uma das maiores ameaças, como também poderão replicar esse poder para benefício próprio.

Ele eleva sua energia num instante alcançando um poder que ele nunca havia mostrado a ninguém e avançou.

Hunter se aproxima do imperador.

— Aaaaaahhhhhh!!! Morra!!! — Seu punho exalava um poder equivalente a bilhões de bombas atômicas juntas. Um acerto explodiria o inimigo e provavelmente um grande planeta iria para a outra vida no ato.

— Venha, Walker! — Falou ele.

No mesmo instante uma silhueta surge atrás de Hunter e as rochas ao redor pegam fogo, Silver surgiu nas costas de seu irmão e prendeu seus braços em volta do corpo dele o impedindo de avançar. Hunter tenta se soltar, mas seu irmão faz o maior esforço para impedir.

— Hunter... não faça isso! — Usando toda sua força para conter o irmão descontrolado.

— Me solta se tem amor a vida! — Silver o ergue no ar.

— Não adianta fazer isso agora, eles já estão mortos. Se você lutar, vai morrer também!

— Ele tem que morrer! Ele tem que morrer! — Ele se solta do cavaleiro da morte e voa para longe. — Você vai morrer pelo o que fez! — Ele junta as mãos acumulando energia, expelia raios para todos as direções e parecia que o tecido temporal do submundo estava se rasgando. — Tirou minha família de mim! Colocou esse veneno no meu corpo! Por causa de um demônio, tive que matar meu irmão! Eu não vou deixar que você que você continue vivendo! — Ele gritava enquanto o Hakaishin 2 explodia.

— Pare, Hunter! Se você fizer isso, não terá mais volta! A guerra vai acontecer e todos restaram irão morrer! — Gritava Mika tentando de alguma forma impedir o irmão.

Silver havia lido nas escrituras daquele livro, a energia de Hunter era o último ingrediente para criar a raça mais poderosa do submundo que Mefistófeles usaria para destruir os exércitos do céu. Hunter consumido pelo desejo de se vingar, vai acabar entregando a eles a chave para concluir o plano e causar a extinção do universo.

Unindo os poderes que conseguiu no passado, Mefistófeles está a poucos passos de superar seus antigos poderes como arcanjo da luz. Quando isto acontecer, nem mesmo o Arcanjo Miguel terá chance de detê-lo —, os príncipes se dispersaram e assistiam aquela cena, muito surpresos pela quantidade absurda que Hunter iria disparar no rei; o mais preocupado era Silver, seus instintos de cavaleiro presumiam o pior, talvez, caso Hunter faça isto, tornará o inimigo tão poderoso que serão vermes para ele.

— Não podemos deixar isso acontecer! — Disse Silver para os dois irmãos. — Ele não se importa de matar a si mesmo se fora necessário para satisfazer sua vingança, e possivelmente ocorrerá a mesma coisa conosco.

Os ventos eram devastadores, os inimigos e os aliados sentiam a pressão do aumento de Hunter.

— Hunter, se você fizer isso vai acabar com tudo! Você não pode se deixar se escravo da sua loucura, você é mais forte do que isso! — Mika transformou seu chicote numa lança e enfiou no chão para se manter no lugar.

— Essa não é sua única alternativa, você precisa superar o passado!

A energia não parava de aumentar, até mesmo os príncipes reconheciam a força daquele inimigo que o rei considerava formidável.

— É isso o que ele quer! Você vai fazer exatamente o que o seu maior inimigo deseja! Não pode fazer isso!

— Pro inferno que não vou! — Separa as mãos cada uma com uma bola de energia de raios.

— Não faça isso, se fizer vai condenar a todos nós!! — Gritou Silver percebendo que a maior catástrofe estava por vir.

— Que se foda tudo e todos! — Junta ambas de novo e Silver ordena que seus irmãos escapassem dali o mais depressa possível.

— Anda Silver! Sai daí! — Gritou Striker sendo levado pelos outros dois.

E não foram apenas eles, Azazel recuou e os outros demônios fugiram o mais rápido que podiam destruindo tudo em seu caminho para alcançar a maior distância possível. Um ataque deste nível poderia destruir milhares galáxias ao mesmo tempo.

Asmodeus foi o único que se manteve parado no lugar de braços cruzados observando.

— Relâmpago Atômico Final!

Um imenso resplendor vermelho surgiu como uma explosão a partir das palmas de Hunter, uma energia gigante com poder devastador se dirigiu ao chão em direção ao imperador do submundo que mudou a postura ao ver tamanho poder indo em sua direção; ele ergue os punhos e os põe em posição de defesa e logo é atingido por ela, a energia alastra-se em linha reta desintegrando tudo o que havia em seu caminho.

— Aaaaahhhhhh!

Logo a energia atinge seu ápice e explode.

Continua...


Notas Finais


Até a próxima;


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...