História Amanhecer Sangrento - Capítulo 38


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags 4 Cavaleiros, Apocalipse Zumbi, Deuses, Guerra, Habilidades, Heroi, Mitologia Grega, Mitologia Nórdica, Over Power, Resgate, Super Power
Visualizações 9
Palavras 8.662
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Bishoujo, Bishounen, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Harem, Hentai, Lírica, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Musical (Songfic), Poesias, Policial, Romance e Novela, Sci-Fi, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Necrofilia, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Desculpa a demora, Mika, maninha KK

Capítulo 38 - Caos: Começa a Batalha Decisiva


Fanfic / Fanfiction Amanhecer Sangrento - Capítulo 38 - Caos: Começa a Batalha Decisiva

A batalha entre os cavaleiros do apocalipse é interrompida com a aparição da primordial do combate, a deusa Himiko Walker; a mesma divindade que salvou Hunter da morte pelas mãos dos infectados durante os primeiros dias do Apocalipse Zumbi. Após surgir desde um portal nos céus e pousando acima de uma colina de destroços junto de alguns de seus outros seguidores, o combate dos cavaleiros contra os gêmeos de Dark Hunter sofreu uma pausa. O vilão sorriu ao ver de frente aquela bela mulher que dotava de um grande poder. Mas, o real motivo deste sorriso era que a mesma era uma das causas que o tornaram tão poderoso.

— Finalmente resolveu mostrar a cara. — Pronunciou o Deus das sombras.

— Eu não tive escolha, foi necessário.

— Eu imagino. Sinceramente, eu não esperava que você fosse fugir de debaixo das asas de Hunter com intenção de me confrontar.

— Hunter está preso, por causa da maldade o consumiu. — Falava desde a colina fazendo com que todos escutassem a conversa dos dois. — O que mais planeja fazer para prejudicar a vida?

— Hrum. Você ainda tem dúvidas... — Rage falou de forma baixa como se estivesse zombando.

Himiko e seus seguidores saltam da colina e pousam um pouco em frente aos cavaleiros do apocalipse. Striker questiona a presença destes seres que estão interferindo na batalha deles, pelo menos ele acreditava que a batalha era somente deles, já Mika continuava quieta analisando o poder de Himiko e ficou impressionada com tal magnitude. Ela era muito poderosa, mas ainda sim deveria estar abaixo de Dark Hakaishin 2. Parece que terão problemas bem maiores depois.

— Onde estão Kyle, Joshua e Kane?

— O quê? — Silver não entendeu.

— Onde eles estão?

— Estão mortos! Esse filho da puta matou a todos. Mas o Kane está vivo, ele não estava lutando, teve que proteger a filha de Hunter.

— Filha? Ah, é verdade, eu havia esquecido que a Saori estava grávida. — Sua expressão era de lamentação, mas por dentro sentia um alívio ao lembrar que a morena havia morrido. — Certo, não se metam nessa luta. Esse é um problema meu! — Em posição de ataque.

— Pode esquecer. — Falou Striker se aproximando.

— Você não é párea para ele. — Advertiu a cavaleira da pesta.

— E quem seria você?

— Sou...

— Chega. — Silver interrompeu. — Você não vai lutar sozinha. — Tenta tocar no ombro dela, mas um dos Walkers segura em seu braço o impedindo de fazer aquilo.

César Walker era um homem com aparentes 32 anos de idade, mas não era bem assim. Na verdade, já fazia mais de dois séculos em que ele havia se transformado em um Semideus Walker; era alto e robusto, usava uma calça escura, sapatos negros, camisa e casaco cor verde escura. Pele morena, olhos azuis e cabelos negros. Graças a longevidade e perfeição da energia Walker que tirava todo tipo de imperfeição do corpo.

— Não vai tocar na minha mestra. — Segurando o pulso dele, mas, Silver ativa a intangibilidade e o agarra no pescoço.

— Sabe, eu já matei muita gente por muito menos do que isso. O que acha que eu faria com quem se põe em meu caminho?

— Isso não me interessa. — César estava parado atrás dele com um sorriso de canto.

O ser que Silver segurava era apenas uma ilusão que Jayden Walker havia criado após o cavaleiro ter tentado livrar-se de César. Silver sorri e faz a ilusão se dissolver em água e fixa no Walker a sua frente, ele não havia gostado nem um pouco daquele rapaz.

— Desafiar a morte é uma tremenda idiotice. Você é um idiota?

— Não importa, ninguém toca nela. — Olhando para Himiko que se mantinha de costas. — Não importa quem você seja, eu te esmago com apenas uma mão. — Striker aparece atrás dele colocando uma lâmina em seu pescoço.

— Muito falatório e pouca ação, típico da sua laia.

— Chega, parem com isso. — Chamou a Deusa e os seus servos se reuniram.

César olhou para Silver com desgosto no olhar e cuspiu no chão próximo a ele, Striker pensou em dar uma lição no mesmo, só que foi impedido pelo irmão que colocou o braço em sua frente. Logo, a outra mulher que tinha chegado juntos de Himiko agora pouco, aproxima-se dos dois Cavaleiros.

— Com licença. Eu gostaria de pedir desculpas pelo comportamento daqueles dois. É que eles são muito convictos com o dever deles.

— Eles não tem respeito. — Mika apareceu ao lado deles.

— Não é isso, só estão querendo intimidar vocês. O César principalmente!

— Qual seu nome? — Perguntou o Cavaleiro da fome.

— Podem me chamar de Jasmyn. Muito prazer...

— O prazer é nosso. — Mika apertou sua mão.

Himiko, César e Jayden encaravam os demônios no outro lado do campo, com expressões faciais nada amigáveis e sedentos por destruição. Dark Hunter sorria de canto, ele conhecia Himiko muito bem, e sabia de suas intenções mais profundas para com o seu hospedeiro. Temendo o pior, a deusa pensa em fazer um acordo com Dark Hunter em prol de sua rendição e pela liberdade de Hunter Walker, mas era óbvio que ele não aceitaria, afinal, Hunter era o principal motivo de ele ter se tornado tão poderoso, e se caso o fizesse, os guerreiros o matariam no mesmo instante. Sua única vantagem neste acordo, seria que ele ficaria em liberdade das amarras do inferno para que pudesse andar pela terra e possuir outros hospedeiros e assim continuar causando desgraças, no entanto, não haveriam outros hospedeiros tão poderosos para que os ussasse, o deus da luta era o seu principal trunfo, não desistiria dele tão facilmente.

— Então é ele... O tal demônio que quer destruir o universo? — Perguntou César Walker.

— Alguns deles. Temo que não teremos muitas chances nesta batalha.

— Do que está falando? Mestra, nós podemos lidar com isso. — César afirmou com força na voz.

— Não seja idiota, César. Eu posso ver um poder assustador queimando dentro de cada um deles. — Os demônios riam. — Tal poder que poderia nos exterminar com muita facilidade.

— O poder de um Walker não pode ser superado! Nós nunca nos acovardamos perante um inimigo.

— Dark Hunter não é qualquer inimigo, ele é a versão maligna do Deus que está acima de nós! Sua força é tão grande que nem os três Cavaleiros do apocalipse juntos puderam contra ele...

— Himiko...

— Ela está certa. Nossa única alternativa é unirmos forças com os cavaleiros para que assim possamos ter uma chance! Caso contrário... Todos seremos extintos da terra.

— Me unir a àquela laia? — Ele não havia se dado bem com o cavaleiro da morte, e muito menos com o seu irmão mais novo. — Jamais!

— Guarde esse seu orgulho estúpido para outra hora. Agora não é momento para isso. — Jayden fez sua aura roxa aparecer ao seu redor. — Himiko, vamos! Ainda temos uma coisa a se fazer antes da luta.

— Tem razão. — Os três saem do lugar e pousam perto dos cavaleiros do apocalipse. — Silver, precisamos de um favor de vocês... A única forma de que esta batalha termine, deveremos lutar juntos.

— Nos unir à vocês? — Ele bufa. — Essa batalha não pertence a vocês, é o nosso irmão que está preso lá dentro. Não é da sua conta.

— Silver, pensa bem. Você e Striker lutaram juntos contra Dark usando tudo o que tem, mas o que conseguiram no fim?

— Quieta, Mika, isso não voltará a se repetir. — Striker estava com muito ódio. — Eu irei triturar os ossos deles.

— Ah, homens. Sempre brutos e desajustados. — Disse a Cavaleira da peste irritada com seus dois irmãos. — Escutem aqui! Guerra também é meu irmão! E eu não vou morrer de novo lutando contra aquele demônio quando tenho certeza de que ele está por cima de todos nós. Então, nós vamos lutar ao lado dos Walkers, QUEIRAM VOCÊS OU NÃO! — Uma aura vermelha a cobria, assustando a todos ao redor. — Ah! Droga de homens. Nós aceitamos sua oferta, Himiko. — Apertando a mão dela.

— Ótimo. — César e Silver trocaram olhares de ódio, sem nem um pingo de compaixão. — Então ao cair desta noite, seremos nós, ou eles no chão.

— Espero que não sejamos nós...

— Então vamos. — Dá as costas para eles e todos juntos saltam na direção dos demônios pousando em um grande campo aberto, olhavam para os quatro no alto da colina. — Dark Hunter! Um verdadeiro Deus não teme o rumo de uma batalha, deixe de covardia e venha nos enfrentar!

— Hrum. Himiko Walker, a deusa protetora da humanidade. O seu poder é inferior ao meu, como acha que pode me derrotar?

— Não me subestime, eu posso ser mais poderosa do que aparento.

— Hehehe. Talvez eu possa dar todos vocês um pouco de adrenalina, para que aguentem o intenso combate que virá. — Sorrindo maleficamente.

— Do ele está falando? — Perguntou Jasmyn para os outros.

De repente Dark levanta a mão e aparece o holograma de um homem preso em uma parede repleta de espinhos, com vários ganchos o prendendo pelas pernas, ombros e pulsos. Ele chorava silenciosamente, muito sangue escorria do seu corpo. Logo todos o reconheceram como o próprio Hunter Walker, preso no inferno criado por sua versão sombria dentro de sua própria mente.

Todos os presentes arregalaram os olhos, Himiko perdeu a voz e Mika ficou sem reação – aquele era o seu irmão que não via a centenas de anos, e agora permanecia nos domínios de um demônio e sendo castigado sem nenhuma piedade.

— Vocês veem a beleza disto? A inevitabilidade de um fim brutal e doloroso. Cada um de vocês se erguem, apenas para que caiam novamente! — O holograma desaparece. — Ao fim desta batalha, as únicas coisas vivas no universo... Serão demônios! — Dois pequenos portais se abrem ao lado dos quatro gêmeos e deles saem mais dois gêmeos. — Fear e Madness, chegou a hora de vocês...

— Hrum. Dark, você demorou. Agora eu posso terminar o que começamos! — A personificação do medo se manifesta fazendo fumaças negras o rodearem.

— Terminar? Não, isto está apenas começando. — A loucura fala com um tom asqueroso na voz. — Eu quero ver cada um deles Guinchar. Nada poderá escapar do meu massacre. — Madness sorri e uma aura escura o cobre.

Por outro lado, Himiko se mantinha de cabeça baixa, os outros olhavam para ela, Silver apertava os punhos enquanto rugia ferozmente; ver o irmão naquela situação era algo que o fazia perder a cabeça.

— Vocês... Vocês... Isto tudo é culpa de vocês! — Himiko eleva seu poder e parte ao ataque completamente fora de si.

— Dark! — Silver GodReaper 2 avança na direção do principal.

— Destruam-nos. — Os demônios atacam.

— Será um prazer. — Sussurrou Rage Hunter sorrindo bruscamente.

A guerra começa! Ambos times apesar de suas diferenças entre si, cooperam um com o outro para destruir o rival. Silver e Himiko atacam Dark que se protege contra uma barreira, Striker e Evil se encontram e trocam golpes rápidos, o cavaleiro desfere uma sequência de socos que o demônio esquivou e contra-atacou com um chute curvo lateral, mas seu inimigo desviou abaixando a cabeça. César e Fury se atacam, o demônio desvia do soco do Walker saltando para longe e avança com um soco no rosto, mas ele segurou seu punho e revida com um forte chute que causou uma explosão.

Mika acertou Rage no rosto com um soco e Jasmyn desceu dos céus igual a um meteoro sobre ele, porém ele desapareceu do lugar e a atingiu nas costas com um chute e bloqueou os diversos golpes de Mika, mas ela era muito habilidosa e quebrou sua defesa e a Walker caída se levanta o agarra por trás e o arremessa no chão. Mas ele se estabiliza antes disso e vê Fear e Madness atacando um Jayden sozinho.

— Aaah! — Aura negra surge ao seu redor. — Vamos começar! — Transforma-se em Monsters Slayer e ataca Mika com toda velocidade.

A cavaleira da peste eleva sua energia fazendo uma aura roxa lhe cobrir e corre na direção de Rage. Os dois chocam seus corpos e trocam golpes extremamente velozes e logo se afastam e disparam de suas mãos rajadas de energia que ao se juntarem explodem completamente. Rage atacou novamente, mas ela esquivou seu chute e lhe atingiu no rosto com ambos os punhos juntos arrancando muito sangue daquela zona.

Perto dalí, César também ativa o Monsters Slayer e ataca sem dó. Fury recebe seu soco e tenta um chute que César bloqueou com o joelho, mas o demônio não se dá por vencido e grita acertando a face do Walker com um belo cruzado de esquerda o fazendo cuspir muita saliva.

— Toma isto! — Suas mais brilham em laranja e ele dispara uma esfera gigante de fogo, porém César recupera-se e dispara rajada de energia púrpura que rebateu com a esferas, e o choque fez tudo explodir.

— Hã? Aaaaaahh! — Fury o atinge com uma cotovelada bala de canhão de surpresa bem no rosto. — Não! — Gira o corpo desferindo um ataque curvo com o braço, mas Fury se abaixou e acertou uma esfera de energia no estômago do Walker o mandando ao chão.

— Verme! — Voando para as alturas.

Dark atingiu Himiko com um chute giratório e Silver com uma cotovelada e uma rajada de fogo no abdômen que o jogou para trás. Contudo, ele ativa a intangibilidade e arremessa a foice, Dark desvia e se abaixa da voadora seguinte do cavaleiro, mas Himiko lhe dá uma rasteira e esmaga contra o chão com um forte chute. O mesmo se levantou, Silver lançou uma corrente em sua direção, Dark esquivou e segurou na corrente e deu um forte puxão que o fez se estatelar no chão.

— Quanto mais lutamos, mais forte eu fico. Espero que saibam que estou apenas brincando com os dois e usando-os para me tornar ainda mais forte! — Silver sai do chão.

— Dark, você não merece este poder. Renuncie ele agora!

— Acho que não. Estou me divertindo muito o dominando. — Himiko o ataca.

O demônio salta para longe acompanhando-a, os dois trocam golpes rápidos e ela o agarra pelo braço e o gira algumas vezes terminando com um belo chute no chute. Dark recuou com um pouco de sangue escorrendo, ele ri e aperta os punhos. Por mais que Dark fosse poderoso, Himiko o superava absurdamente em lutas corpo-a-corpo, ela era uma verdadeira mestra nas artes marciais, não seria derrotada tão facilmente.

Dark ataca e Himiko também, o demônio desfere uma sequência monstruosa de socos e chutes que a mulher desvia apenas jogando seu corpo para várias direções. Em seguida ela para de desviar e ambos chocam seus punhos de forma violenta, seguidamente fazem isto repetidas vezes causando muitas explosões nos céus.

— Silver! Está luta é minha. Vá ajudar seus irmãos.

— Você não me dá ordens! — Seu poder se reconstitui. — Aaaaaahh! — Se teleporta de um lado para o outro, Dark percebe isso e libera sua energia fazendo Himiko sair de perto, ele observa Silver e dirige seu punho até ele, mas o fantasma da morte desvia facilmente de seu golpe indo para a sua esquerda e lhe dá um forte soco que foi bloqueado com os braços.

Perto dalí, Jasmyn arranca uma grande rocha do chão e atira em Fear que a parou com as mãos, a garota salta na direção dele destruindo a rocha com um soco fazendo o Espírito do Medo voar, ela corre em sua direção e dispara uma rajada de energia, mas ele desvia e boa para trás dela e lança uma esfera de fogo das mãos. Jasmyn se surpreende e segura ela com muita dificuldade, a energia dela a empurrava para trás. A Walker aperta os dentes e dá um ponta pé forte na esfera a mandando aos céus! Contudo, Fear avançou deslizando de joelhos pelo chão e explodiu uma granada do inferno à queima roupa no abdômen dela.

— Aaah. Jasmyn! — Jayden dispara raios de suas mãos atingindo Fear desprevenido.

— Ei, você está lutando comigo. — Madness usa seus poderes de controle da realidade e transforma o chão baixo do Walker em uma grande piscina de larva borbulhante.

Mas para o azar dele, Jayden também possuía esta mesma habilidade e abriu um portal de onde saiu um clone seu logo atrás dele, Madness desviou do soco abaixando a cabeça sem nem ao menos olhar para trás.

— Todos devem sucumbir à loucura. Com você não será diferente! — Ele começa a flutuar e tudo ao redor flutua, em seguida arremessa várias rochas gigantes na direção de Jayden e Jasmyn.

Jayden começa a saltar pelas rochas e no ar dispara uma quantidade gigante de raios espirituais de suas mãos, Madness bloqueou transformando o ataque em energia quântica, depois contra-atacou com elas causando muitas detonações. Jasmyn reuniu a energia do Hakaishin que adquiriu a pouco tempo e destruiu a magia do demônio.

— Queime. — Madness aparece em frente a eles e arremessou uma esfera gigante de fogo, mas Striker deu um chute em Evil tão forte que ele se chocou com a esfera a desviando.

— Huaaa! — O Cavaleiro esmaga as costelas de Madness com um super soco.

Perto dalí, Dark segurou Himiko pelo pescoço e a mandou para longe com um soco. Silver segura ela no ar, mas o vilão levanta sua mão e sua magia cósmica prende vários dos meteoros presentes no sistema solar, ou pelo menos dos pedaços dos planetas que se desprenderam durante a destruição universal causada pela batalha deles.

— Aaaaaahh! — Ele puxa os meteoros do espaço e os joga sobre os dois.

— Ah merda! — Invoca uma barreira impedindo os asteroides de o destruírem. — Maldição! Você tá me irritando! — A aura do GodReaper 2 cresce e faz os asteroides desintegrarem.

A deusa do combate faz parceria com o cavaleiro da morte e juntos atacam alternando os lugares para que assim pudessem confundir Dark Hunter. Ambos passam entre ele e o demônio se jogou ar fazendo acrobacias desviando deles. Dark bloqueia dois socos do albino com os pulsos e contrai o corpo desferindo um chute impulsionado que ele desviou se abaixando e Himiko saltou o acertando na barriga com os dois pés.

— Foi muito bom. — Tirando a mão do abdômen. — Hrum. Podem vir... — Dark levanta o pé esquivando do chute da deusa e jogou o corpo para trás escapando do chute aéreo de Silver. Em seguida recebeu um golpe no abdômen e contra-atacou com uma cabeçada, depois girou o corpo com um chute flamejante acertando Himiko e com o impulso gira no ar estando na posição horizontal e Silver salta para trás executando mortais de costas. — AAAH! — A pressão da sua energia faz o cavaleiro voar. — Vem, Himiko! Vem lutar. — Punhos fechados.

Os dois trocam bons golpes, ela segura o pulso dele e lhe dá as costas o acertando com o cotovelo no pâncreas e depois um gancho – ele cambaleou para trás e ela correu em sua direção pisando em seu joelho e enrolando suas pernas no braço e finalizou o jogando no chão. Começou a apertar seu braço para que o quebrasse; Silver segurou a foice e disparou uma lâmina de energia púrpura no ar na direção deles, Himiko desviou, mas Dark foi atingido, no ato, o vilão foi atingido por um pilar de fogo púrpura que desceu dos céus que o fez flutuar. Seguidamente vários clones de Silver apareceram ao seu redor e todos atacaram causando milhares de cortes em seu corpo e então, o último o atingiu com um chute vertical que o mandou ao chão, e ao fazer isto, Silver original disparou outro raio que o paralisou de novo, então, Himiko avançou atravessando o vilão com um soco dimensional atingindo várias partes vitais em um milissegundo.

Dark caiu no chão imóvel, os dois combatentes olhavam para ele com a testa franzida – pelo estado atual, parecia que o mesmo havia recebido muito danos.

— Isso foi muito bom. — Ficando de pé. — Mas acho que agora devemos esquentar mais as coisas. — Ativando o Black Hakaishin. — Já querem começar? — Seu poder estava maior do que dá última vez que usou o nível 1.

Os outros demônios que lutavam próximos dalí, pressentiram a energia do irmão mais velho e sorriram – Evil expulsou Striker de perto e quando ele voltava para o contra-ataque, Evil Hunter elevou seu poder chegando a forma de Hakaishin nível 1 também e golpeou o homem metálico com uma cotovelada no nariz e investiu contra o chão com muita violência.

— Hehehe.

Mika bloqueava os ataques de Rage e saltou colocando suas pernas ao redor do pescoço e então fez um mortal mandando o demônio para o chão. Ele rapidamente fica de pé e dispara uma bola de fogo da palma direita, ela desvia e prende-o pelo pescoço com seu chicote e lhe deu um chute o fazendo voltar ao chão e depois colocou seu pé nas costas dele o dominando.

— Morra de uma vez? — O apertando.

— Eu sou imortal, sua idiota. — A Lâmina Castigo surge em sua mão e ele atravessa o próprio peito perfurando o pé dela.

— Aah. — Ela solta o chicote e ele faz uma outra lâmina negra surgir em sua outra mão e parte ao ataque.

Peste fica na defensiva e bloqueia vários dos ataques de lâminas de Rage Hunter, ele era imparável – golpes horizontais, verticais, diagonais. Enquanto bloqueava, ela também recuava para trás e no ato recebia alguns cortes pela barriga e pelas coxas. Contudo, ela bate um punho no outro fazendo a sua energia se expandir jogando Rage para longe. Ela recupera seu chicote e o transforma em uma lança e atira nele, Rage desvia a arma fica presa em uma pedra; ele bloqueia um chute aéreo dela e devolve com um gancho poderoso que a fez girar no ar.

— Hrum. — Ela desvia de sua pisada e depois os dois se rodeiam. — Você é mais forte do que eu, isso eu afirmo. Pelo menos nessa forma! — Hakaishin Sombrio 1. — Vamos garota. Mostre-me o que pode fazer agora. — Mika permanece parada como se estivesse se concentrando.

— Aaaah! Aaaaaahh! — É coberta por uma aura vermelha intensa. — Tome isso! — Junta as mãos e dispara uma gigantesca rajada de energia no demônio da raiva.

O clarão iluminou tudo, Rage apertou os dentes e foi correndo até o encontro da energia, em seguida mergulhou dentro dela avançando até Mika que ficou boquiaberta. Contudo, era isto o que ela queria – Rage chegou perto, ela sorri e ele desfere um soco monstruoso nela, mas o golpe não chegou a atingi-la, a atravessou como se ela fosse Intangível como o seu irmão.

— O quê?

— Deus da destruição? Você é patético! — Segura no pulso e uma corrente sai do chão se enrolando ao redor do corpo dele: Braços, pernas, abdômen e pescoço.

— Aaaaaahh! — Estava drenando sua energia e o puxando para baixo.

Em uma parte próxima dalí, César disputava em força com Fury – os dois seguravam as mãos um do outro e se empurravam rachando o solo por conta do tamanho da força de ambos.

— Eu soube que você é um Walker, mas vendo você de perto. Percebo que não é grande coisa! — Hakaishin 1 e esmaga o Walker no chão. — Hahaha. — O levanta e arremessa com todas as suas forças para longe.

César se arrastou pelo chão, mas enfiou sua espada nela para que parasse. Fury esmagou o solo e ele foi jogado para as alturas.

— Merda! — Ativou a sua energia fazendo os destroços ao seu redor desintegrarem.

Após aquele ataque de Dark, ainda sim vários meteoros despencavam sobre a terra causando muitas destruições. César partiu para o contra-ataque, mas seu chute não causou o menor dano e recebeu um gancho do monstro e depois foi bombardeado por muitas esferas de fogo que o mandaram ao chão.

— Que decepção. — César estava estirado no chão cheio de ferimentos e Fury pousou em frente à ele. — Acreditei eu que você seria um bom adversário, mas na verdade você não é nada! — Levanta a mão para desintegra-lo. — “Do pó vieram, e ao pó retornarão “.

— Ei, você! — Jayden Walker aparece em frente a Fury tentando lhe dar um soco no rosto, mas ele segura seu pulso e o manda para longe. O Walker insiste e tenta um chute, Fury desvia e o empurra.

Fury avançou na direção dele o atingindo na cabeça com um soco aéreo vertical, Jayden resiste e junta todo seu poder nas mãos e dispara um poderoso raio no demônio que o recebeu em cheio. Contudo, a energia não causou nenhum dano ao Hakaishin e ele achava-se parado com a mão em frente ao rosto dele.

— Puxa, não esteve nada mal em...

— Aaaaaahh! — Fury o pulveriza com uma rajada de energia muito poderosa.

— Hrum. — Segura o pulso de César e sorri.

— Urg. Você matou ele! — Fazendo força.

— Por quê a surpresa? — Lhe dá um soco no estômago e o manda para longe. — Aaah. Eu peguei você! — Dispara uma massa gigante de fogo nele o atingindo, mas no último instante ele criou um escudo de energia e segurou a energia.

— Aaah! Hunft. — Desvia às chamas para o outro lado.

Ele apareceu atrás do demônio com um golpe com o punho lateral, Fury se abaixou e seguidamente chocaram seus punhos com muita violência – o braço do Walker estrala e os ossos se deslocam. César recua e Fury lhe dá um gancho o fazendo cair no chão e com o impulso tomado por conta do golpe, o demônio desceu dos céus atravessando o Walker no abdômen com a “Lança Infernal”.

— César você é uma desonra para os Walkers. Se Hunter o visse agora estaria muito aborrecido pela sua incompetência!

— Que se foda. Eu não vou me submeter perante a morte! — Retira a lança da sua barriga. — Urg. Vocês são fortes demais, mas eu não vou parar. — Cai de joelhos apertando o ferimento que não regenerava de forma alguma. — Merda!

— Vou acabar com seu sofrimento. — Segurando uma grande espada. Deveria estar honrado, por ser destruído por nós. — Rindo. Porém, este sente uma energia muito grande se erguendo próximo a ele. — Mas o que é isto? — O solo abaixo dos dois explode os jogando para trás dalí.

Em meio a toda poeira levantada após a explosão, Fury percebe um vulto se movendo em alta velocidade e levanta os braços para defender-se, mas ele arremessa uns estranhos ganchos que se prenderam em volta de seus ombros – com um simples movimento, os ganchos mágicos movimentam um pouco a alma de Fury para fora do corpo, ele ficou pálido e caiu no chão tremendo e suando frio. O homem se afasta e vai até César, uma aura verde brilhou em sua mão e encostou na ferida dele e lentamente se fechou; ele gritou de dor durante o processo.

— Pronto. Se sentirá melhor logo. — Disse o rapaz.

Ele aparentava ser bastante jovem, pelo menos uns 28 anos. Tinha cabelos pretos bagunçados, como ao invés de ter penteado, apenas bagunçou com as mãos, pele morena e olhos escuros. Usava uma camisa regata cinza e um grande sobretudo vermelho e negro acima e um colar com um cristal vermelho como pingente. Em suas costas estava uma grande espada com a ilustração de um ser estranho no cabo. Ele puxa os ganchos de volta e os prende em suas coxas.

— Cheguei na hora certa. — Olhando para suas mãos. — Preciso encontrar Mika, ela deve estar por aqui...

A Cavaleira da peste lutava contra Evil Hunter, o demônio estava muito mais brutal e cruel do que antes, ele lhe deu uma joelhada no abdômen e depois um soco no rosto. Ela recuou e limpou o sangue de sua face – no ato sentiu uma energia muito conhecida por perto.

— Não acredito... — Olhando para trás. — Essa é a energia do Dom. — Sua guarda estava baixa, Evil aproveitou para ataca-la. — Hã? — Levanta os braços bloqueando o ataque.

Evil Hunter eleva sua velocidade e se move tão depressa que parece estar em vários lugares ao mesmo tempo. Com a velocidade que se locomovia, sua energia mudava de lugar muito depressa deixando-a confusa. De longe podia ser visto um vulto muito veloz atacando Mika por todos os lados e ela apenas defendia.

— Desgraçado! Desapareça!! — Libera sua energia em forma de cúpula obrigando o demônio a escapar de perto. Um imenso anel de fogo subiu aos céus.

— Ela é poderosa, tenho que tomar cuidado caso contrário serei destruído. Hehehe, mas não tem problemas... Ainda há muito poder dentro de mim! — Ele ri sadicamente rompendo os limites de força do “Black Hakaishin 1”. — Isso termina aqui. Cavaleira da peste. — Um pulso Gravitacional atinge às chamas dela as fazendo descer e se concentrarem apenas nela para que fosse queimada viva, mas do lado ela surge atrás dele flutuando no ar com uma corrente de fogo púrpura e arremessa ela nele, porém, Evil sorri e segura a corrente. — Você não percebeu, não é? Na minha forma atual até Hunter Walker cairia por terra. — Um pentagrama de sangue apareceu em seu peito e seus olhos tornaram-se fendas opacas sem vida. — Aaaah! — Modo Beserker.

Evil agarra Mika pelo braço e arremessa-a contra um grande muro rochoso abrindo um buraco, ela cospe sangue não podendo reagir. Muitas explosões aconteciam ao redor, Striker percebeu tal coisa e foi correndo até a irmã – Rage o seguiu disparando várias rajadas de energia.

— Não me atrapalhe, verme desgraçado! — Dispara Relâmpagos de seus olhos que eletrocutam o demônio que grita em agonia e é jogado no chão.

— Rage! Mas que maldição. — Raios se reúnem em suas mãos. — Sofra lentamente! — Acerta Striker com os raios e ele grita de dor. — Hahaha. Rage, leve-o daqui. Eu tenho assuntos com essa garota. — Evil persegue Mika enquanto que Rage se aproxima de Striker.

— Hahaha. Não adianta resistir... Em pouco tempo tudo o que restará de você serão apenas cinzas. — Striker sorri. — O quê? — Ele segura Rage pelo pescoço e a energia que o queimava passa para ele. — Aaaaaahh! — O Cavaleiro o queima tão intensamente que Rage tem seu corpo completamente carbonizado e depois é solto caindo no chão.

Mika liberta vários pássaros minúsculos que atacam o Beserker perigosamente, ele se protege com os braços e no ato ela salta em sua direção com uma esfera de energia nos pés que atingem o gigante no peito o derrubando. Ela segue para o próximo golpe, mas Evil sorri e reaparece atrás dela a estrangulando.

— Maldição. — Tentando se livrar.

— Este é o seu fim. Morra! — Apertando muito.

— Solta ela! — Striker aparece um pouco a frente deles.

— E se eu não soltar? — Sorrindo.

— Eu não estou brincando! — Atacando.

Evil a arremessa nele que a pega no braços, no entanto, o demônio aparece atrás dos dois e o atinge com um gancho forte. Striker voa pelo golpe e Mika desmaiada vai parar longe, Fome tenta ir ajudá-la, mas o prende em uma prisão invisível de energia.

— Caía em desesperação. — Jogando uma quantidade massiva de energia elétrica dentro da prisão para matá-lo.

O que ele não contava, era que o Cavaleiro da fome era um guerreiro muito astuto e antes que fosse atingindo pela descarga elétrica, ele transformou seu corpo em borracha e a eletricidade não causou nenhum dano já que este material não a conduz. Mas Evil apareceu em sua frente e pôs um feitiço bloqueando todos os movimentos dele é então Mika foi ao chão e Striker nada pôde fazer.

— Acha que pode salva-la? — Esmurrando a face dele. — Dentre todos nós, eu sou o segundo mais poderoso. Como crê que pode nos vencer?

— Ah, então você se contenta com as sobras enquanto Dark fica com as glórias?

— Hrum. O seu caso não é tão diferente. Veja enquanto sua irmã morre lentamente. — Mika despencavam na direção de um lago de lava borbulhante.

— Mika! — Não conseguia se mexer. — Silver! — O Cavaleiro da morte estava sendo segurado por Dark.

— Você não vai sair daqui. — Segurando seus braços.

— Saía do caminho!! — Transforma-se em GodReaper 2 com as almas e se livra de Dark.

O cavaleiro da morte vai o mais que pode até a direção da irmã, mas não iria conseguir, ela estava a pouquíssimos centímetros de distância de cair na lava. Striker gritava dizendo “não”, então, um vulto passa ao lado do corpo desacordado e resgata dalí rapidamente.

— Hã? Para onde ela foi? — Confuso.

Olhando para todos os lados, Silver percebe alguém no alto de uma colina e vai até lá rapidamente. Chegando, encontra um homem estranho segurando sua irmã nos braços.

— Quem é você?

— Sou apenas um velho amigo dela. — A deixando no chão. — Quem fez isto com ela? — Tinha uma sombra nos olhos.

— Fui eu mesmo! — Gritou Evil segurando Striker pela cabeça.

— Ótimo... — Ele desapareceu em uma velocidade incrível atacando Evil de frente, mas o demônio percebeu e bloqueou seu soco com os braços.

— Que velocidade... — Pensou Silver.

— Machucou a minha amiga, nunca vou te perdoar. — Voz grossa e intimidante. — Hrum. — Uma Manopla estranha com a ilustração de um monstro no punho aparece e então ele atinge Evil com ela o mandando para longe e libertando Striker do feitiço. — Deixe ele comigo, cuidem da Mika.

Evil se levanta e parte para o contra-ataque, mas, seu inimigo era muito feroz e hábil, Dom atacava freneticamente e o demônio apenas se defendia com muita velocidade. A seguir, dispara bolas de fogo negras das mãos que Evil desvia com as mãos, contudo, era apenas um truque para distrai-lo.

— Aaarh. — É atingido no estômago por um soco.

Striker foi até Mika e perceberam que ela apenas estava inconsciente por causa de uma forte pancada, não era nada grave desta vez. Dark assobia chamando a atenção dos dois, que ele descia lentamente dos céus estrangulando Himiko que lutava para tentar escapar, mas aquele demônio era muito forte.

— Cavaleiros da morte e da fome, temos assuntos inacabados. — Lembrando da surra que levou dos dois antes de usar sua forma mais forte. — Hehehe. — Os dois se posicionam. — Agora minhas forças se elevaram ainda mais, vamos, enfrentem-me e sofram em agonia. — Himiko se transforma em Monsters Slayer e se afasta dele ficando ao lado dos dois. — Parece que as coisas serão ainda mais interessantes do que imaginei. — Rindo.

— Desta vez será diferente. — Falou Striker. — Eu vou trucidar você, não terá chances de se transformar de novo.

— Venham. — Chamou e os três avançaram.

Dark também avança e bloqueia os ataques de Striker e então chute a barriga de Himiko, Silver segura o pulso dele e acerta uma cotovelada no peito e a deusa um chute na barriga o mandando para trás. Fome aparece um pouco acima dele com um martelo enorme em mãos e desfere um golpe vertical, Dark bloqueia com os braços, a força do golpe foi tanta que o fez entrar no solo.

— Explosão Meteórica. — Silver falou e avançou como um flash de luz.

Ele atinge o vilão no rosto com um soco tão forte que fez tudo ao redor ser vaporizado em um instante. Voando para longe, Silver e Himiko aparecem ao seu lado e juntos espancam Dark em alta velocidade.

— Aaaaaahh! — Lança energia da sua mão fazendo Dark ir de volta contra o chão, mas ele concentra o poder do Hakaishin e explode cancelando o ataque.

Ele caminha na direção de seus inimigos, Silver chega na frente aplicando um chuva de socos e chutes nele, Dark bloqueia e desvia e finaliza o Cavaleiro com um soco de direita o mandando ao chão. Himiko tenta um chute voador e ele se abaixa e gira o punho tacando fogo em tudo ao redor.

— Fear, Madness e Fury. Se encarreguem de matá-los logo, tenho objetivos mais importantes do que ficar brincando com estes vermes. — Disse Dark Hunter desviando dos ataques. — Nunca ataque... o que você não pode matar. — Cospe uma rajada de poder em Himiko à queima roupa, mas do nada Striker aparece em frente a ela e usa seu corpo metálico como escudo.

— Aaaah! — Desvia a energia para o espaço que logo explodiu. — Agora! — Himiko se põe de pé e corre entre a energia na direção do inimigo.

— Não vai não! — Empurrando a energia com as mãos. — Agora Silver, ataque com tudo o que tem!

— O quê?! — O Cavaleiro da morte aparece logo atrás do gêmeo maligno. — Não fique se achando! Aaaaaahh! — A aura negra do Black Hakaishin cresce e se libera por todo o campo de batalha.

— Receba o golpe de misericórdia da Deusa das Artes Marciais. — Ainda correndo, apesar de tudo, sua mão estava queimando por estar em contato com a energia. — Repulsor Cósmico: Ataque Final! — Dispara uma rajada de energia com aura da destruição que avançou contra Dark por um lado e Silver disparou o ataque: Penitência Infinita. Uma onda de choque carregada com a energia das almas.

— Aaarh. — Dark segura sua energia com uma mão e a de Himiko com a outra. — Malditos!! Hã? — Striker estava flutuando um pouco acima com dois canhões de plasma no lugar das mãos.

— Demorei muito tempo para carregar toda essa quantidade, mas agora está completa. Essa será a carga enérgica mais poderosa que já usei... — Apontando para o inimigo. — Canhão Apocalíptico: Extinção Galáctica. — A energia se junta ao dos dois esmagando Dark Hunter no chão.

A energia massiva do combate chamou a atenção de todos os presentes; Fear chocou seu braço com o de Jasmyn causando um choque. Os dois se encaram, ela se afasta e ele também e atacam lentamente, mas ela sente o que estavam fazendo com Dark e percebeu que esta seria a oportunidade perfeita para destrui-lo.

— Não quero perder meu tempo com você. — Desfere um soco direto.

Fear para o avanço do golpe dela com uma magia estranha bloqueando todos os movimentos do seu corpo, ela fica confusa e tenta lutar contra isto, Fear a faz flutuar e depois atinge seu abdômen com o pé a mandando em direção ao campo onde Dark era atacado com ferocidade. Chegando lá, reúne seu poder nas mãos junto de Jayden e César.

— Zetsumetsu: Hokō-sha no shōri. — César, Jayden e Jasmyn juntam seus poderes em um ataque em conjunto.

— Aaaahhhh! — A energia se junta atingindo Dark Hunter.

— Malditos! Aarg. Como são persistentes... — Sentindo dor.

Próximo dalí, Dom combatia Evil o mantendo longe e percebeu a desgraça que estava acontecendo, ele o atinge no rosto com um chute e percebe os outros demônios chegando para impedir aquele movimento arriscado que os seus inimigos realizavam contra o irmão mais velho. Dom segurou a grande espada e a apontou aos céus absorvendo o poder trovejante dentro delas.

— Isto. Aaah! — Um pilar de luz despenca dos céus criando uma cúpula de energia sobrenatural em volta do lugar que logo seria marcado como o túmulo de Dark Hunter. — Não irão se meter nessa luta. Todos vocês agora são meus! — Posição de luta provocando-os para uma luta de 5 contra um único inimigo.

Rage dispara um ataque de energia contra a cúpula, mas nada acontece pois seu poder era demasiado grande para ser destruído com tanta facilidade.

— Não adianta. Este escudo é o mais perfeito de todo o universo, é o fruto de anos de preparo e dedicação! Não serão demônios fracos que o destruirão. — Chamando para lutar. — Venham!

Fear, Rage e Madness foram na frente trocando golpes rápidos com Dom, a batalha era tremenda e o guerreiro bloqueava os ataques e recuava em algumas ocasiões para desviar das investidas inimigas. Os três se afastam e Fury aparece no alto e dispara uma rajada de fogo nele, Dom desaparece do local e ressurge atrás do mesmo pronto para mandá-lo ao chão com um golpe nas costas, porém, Evil envia correntes de fogo segurando sua mão e então, Rage o atinge com um chute de direita com muita força o fazendo se afastar. Madness salta desferindo um chute aéreo, Dom bloqueia com as mãos e acerta Fury com uma joelhada e um soco com muita força no rosto do demônio da fúria, no entanto, Fear usou sua técnica secreta afastando a mente dele para outra dimensão fazendo encarar seus piores medos, para que no mundo real, os próprios pudessem destruir seu corpo físico assim causando a morte dele.

Mas, estes não contavam com algo – Dom não possuía medos, sua única preocupação era a vida de Mika e nada mais, então, ele abre os olhos criando uma barreira em volta do corpo bloqueando os ataques inimigos. Evil se irrita e se intromete na batalha agarrando o guerreiro pelo pescoço e o arrastando pelo chão, ele geme de dor e tenta revidar com uma rajada de sombras, mas o demônio não permite e o arremessa para longe.

Dentro da cúpula...

— Não há escapatória. É o seu fim, inseto! — Gritou César mandando todo seu poder.

— Não se confiem! Até o fim deste momento, a confiança só irá gerar desgraças. — Himiko dava tudo o que tinha para destruir o vilão.

— Vermes incômodos! Nunca poderão me deter. — Aguentando toda a energia dos inimigos em seu corpo. — Eu sou a projeção da escuridão de todo o universo, o Deus das sombras! Vou destruir cada um. — Reunindo energia e raios do lado de fora despencavam dos céus.

— Essa não... — Striker arregalou os olhos.

— Ele quer usar o Hakaishin 2 de novo. Não deixem que faça isto! — Silver libera todo seu poder chegando a sua forma mais poderosa e todos fazem o mesmo.

Embora esteja sendo brutalmente aniquilado, Dark se mantinha calmo enquanto concentrava toda sua energia para alcançar um poder superior. O poder de Silver era bastante grande, fazia a do próprio demônio sentir-se suprimido. Este era o verdadeiro pode da morte? Era o que ele perguntava-se.

— Comecem a rezar! Aaaahhhh! — Hakaishin 2.

Seus olhos brilham em vermelho e uma aura gigante cresceu ao seu redor empurrando a todos para trás, mas eles não desistiam e continuavam atacando.

— Força! Deem mais um empurrão! — Disse Himiko para os seus aliados.

Do lado de fora...

Evil investiu a cabeça de Dom contra uma rocha o fazendo sangrar, mas ele troca de lugar lhe dá um soco no rosto, e neste momento Fury o agarrou pelas costas o prendendo. Preso, Dom levanta suas pernas segurando no pescoço de Fear e com um rápido giro se livrou dos dois demônios, mas depois que se pôs de pé recebeu uma joelhada monstruosa de Evil bem no estômago.

— Aaarg. — Cuspindo sangue em grande quantidade.

— Uma batalha sem sangue e gemidos de dor, não é uma batalha. — Ele segura o rapaz pelos cabelos e explode uma esfera de energia no abdômen dele o mandando para longe.

Ele estava muito ferido, os demônios se dirigiram em direção a cúpula para destruí-la, Dom jazia de joelhos no chão com um olho roxo e órgãos abdominais totalmente deslocados.

— Se concentrem em mim! — Usa o teletransporte aparecendo em frente a eles.

Evil Hunter era o mais forte estando abaixo apenas de Dark, ele agarra o rapaz pelo pulso, mas ele reage com chute que foi bloqueado com a mão vazia, e então, Rage o acertou com um soco nas costas o mandando de barriga no solo rochoso e depois Fear apareceu em sua frente com o pé bem na cabeça.

— Arg. Cretinos!

— Ora, rapaz. O poder da fúria é superficial, não dura muito e apenas enfraquece as pessoas depois que ela passa. — O apertando com força no chão. — Mas você não precisa saber, afinal, eu mesmo o matarei agora! — Aponta uma rajada de energia na direção dele.

— Fear, cuide dele. Destruam essa parede! — Ordenou Evil Hunter para os irmãos gêmeos.

Lá dentro...

O duelo de poderes continuava, todos apreensivos dando tudo de si para evitar a destruição completa do planeta pelas mãos do terrível vilão – Dark permanecia no centro de cabeça baixa elevando seu poder para conseguir suportar toda aquela energia que se derrapava sobre seu corpo.

— Eu não vou perder... Sintam todo meu poder! — A aura cresce em forma de um circulo explosivo combatendo contra todas as alergias e técnicas inimigas.

— O poder dele é infinito, jamais poderemos vencer!

— Pare de ser tão pessimista, não desista, continue lutando. — Enviando todo seu poder. — Nada vai ficar no caminho para mim de rever todos os meus irmãos juntos.

— Nós não podemos perder... Aqui vai todo nosso poder! — Himiko e os Walkers disparam um ataque em conjunto demasiado poderoso sobre o vilão.

— Aarg. Miseráveis que ousam desafiar um deus! — Seus olhos brilham em vermelho e sua aura cresce e o colapso de energias causa uma grande explosão destruindo a barreira e fazendo todos voarem.

— Aaaah! — Todos saem voando. — Maldição! Isso não vai terminar assim... Extinção Espiritual! — Silver lança uma grande rajada de poder sobrenatural desde suas mãos na direção do centro da explosão.

A energia chega e esmaga Dark contra o chão, no entanto, ele se levanta e segura o ataque com a mão vazia. O Black Hakaishin 2 segura a energia e então... a absorve.

— Com o meu poder o universo estremece, vocês não fazem ideia de tudo o que sou capaz. — Suas mãos soltavam fumaça após absorver o ataque de Silver. — Fim de jogo. — Uma esfera negra surge em suas mãos e joga na direção de todos os consumindo.

— Não pode ser. — Disse Himiko. — Mesmo usando todo meu poder, este é todo o dano que sou capaz de causar? Não é possível... Não pode ser possível. — A energia da esfera absorve tudo o que eles tem os deixando sem forças para nada e então os lançou várias direções diferentes.

O Cavaleiro da morte assistiu o que acontecia com os seus aliados e ficou com muito ódio, mas também sentiu uma imensa impotência por não ter poder o suficiente para lidar com esta ameaça que certamente irá exterminá-los. Algumas explosões a mais são ouvidas por eles, era a batalha de Dom contra todos os gêmeos ao mesmo tempo, porém, as coisas não iam bem para o soldado solitário. Apesar de se esforçar muito, não podia sozinho contra todos eles ao mesmo tempo, como eles possuíam uma mente compartilhada – o trabalho em equipe era invencível.

— Aarg. — Recebe vários socos no rosto e depois um chute que o fez cair, ele não se dá por vencido e rapidamente se põe de pé, mas Evil Hunter o segura pelo pescoço e investe a cabeça dele contra uma rocha destruindo-a.

— Haha. Vamos garoto, nos dê um pouco mais de entretenimento! — O esmurrando e depois perfura o abdômen dele com uma faca.

— Aaaahhhh! — Dom tenta contra-atacar com uma esfera de energia, mas Fury segurou seu pulso e depois Rage o decepou.

— Não há salvação. Por quê ainda insiste? É melhor se dar por vencido e sucumbir ao inevitável!

— Só está dificultando as coisas para si mesmo. — Fear o ataca. — Isso acaba aqui. Você e seus amigos estão prestes a morrer de vez! — Ele o ataca, no entanto, uma pessoa apareceu em seu caminho e recebeu o soco no lugar dele. — Hã?

— Mika.

— Não vou deixar que continuem machucando os meus amigos.

— Mika, fuja daqui. Por favor! Eu não quero te perder de novo.

— Garotinha tola. Era melhor ter continuado escondida! — Ele a ataca de novo.

Mika segura o pulso de Fear e o torce, ele grita de dor e depois recebe um chute no pescoço que lhe arrancou a cabeça.

— O quê? — Todos arregalam os olhos ao verem Fear moribundo no chão.

— É isto mesmo. Agora, eu estou furiosa! — Uma aura vermelha lhe rodeia.

— Mika. — Dom continua repetindo o nome dela.

— Dom, obrigado por ter voltado por mim. Mas agora, estamos todos acabados... Se eu perder também, nada poderá impedir que esses infelizes façam o que bem entendem. — Apertando os punhos.

— Mas, Mika, você não pode contra todos eles juntos... Você pode morrer de novo!

— Este é um risco que estou disposta a correr. — Ela olha para os inimigos à sua frente. — Vocês... Vocês são apenas falsificações de quinta categoria, não valem nada! Eu quero o meu irmão de volta seus cretinos.

— Eu lhe parabenizo por ter conseguido matar Fear, porém... — Evil reconstrói o corpo morto de Fear o fazendo retornar a vida. — A realidade é um lugar cruel!

— Entendo... Então pelo visto terei que matar você primeiro! — Se posiciona e reúne energia em seu corpo enquanto grita.

— Mas o que é isto?! — Nuvens negras se movimentam pelos céus se posicionando sobre a cabeça da garota e juntam formam um enorme redemoinho negro elétrico.

— Aaaaaahh! — A aura vermelha se torna mais intensa.

Longe dalí, Silver observava esta situação estranha da sua irmã mais nova – um poder sangrento e brutal se reunia em seu coração expandindo ainda mais os seus limites.

— Striker... Isto é...

— Sim... ela está voltando.

— Do que vocês estão falando? — Perguntou Himiko deitada de costas olhando para os dois de cabeça para baixo.

— Quando nossa irmã perdia a cabeça, seu coração era tomado por um desejo maníaco que a transformava em uma máquina assassina. Era como se um demônio enfurecido tomasse conta de seu corpo. — Respondeu o cavaleiro da fome.

— Então isto quer dizer que...

— Sim... Scarlet voltou!

Mika permanecia parada olhando para o chão, seu semblante era calmo, mas sua energia e aura eram brutais. Seus cabelos ficaram vermelhos, seu corpo revestido por uma melanina mais dura e forte, suas roupas foram parcialmente rasgadas por conta do aumento de massa muscular – seus olhos queimavam como o fogo do próprio inferno.

— O que houve com você? — Perguntou Evil Hunter muito surpreendido.

— Haha. Se eu fosse vocês... Sairia correndo daqui agora! — Olha para eles e sorri de forma sinistra. — Antes que tivesse minha espinha arrancada do corpo. — A aura de sangue fica enorme.

Scarlet, a personificação da forma sanguinária de Mika acaba de ressurgir... Seu poder tremendo foi capaz de deixar Evil Hunter preocupado. Um poder enorme nascido da fúria após ver que era a única guerreira de pé no campo de batalha para confrontar todos os inimigos.

— Vocês, idiotas... Comecem a rezar! — Parte ao ataque.

Continua...


Notas Finais


Até a próxima;


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...