1. Spirit Fanfics >
  2. Amantes >
  3. Capítulo V - Gaara

História Amantes - Capítulo 10


Escrita por:


Notas do Autor


Sentiram sdds???

Capítulo 10 - Capítulo V - Gaara


Fanfic / Fanfiction Amantes - Capítulo 10 - Capítulo V - Gaara

CAPITULO V GAARA

Desde que sai da festa me sentei ao lado de fora do salão na lateral do mesmo, um lugar mais escuro, quando terminei de beber o campanhe coloquei a taça ao meu lado e fiquei encarando o chao com uma mao em meus cabelos... eu queria Hinata... e isso é indiscutível, esta na cara...

Fiquei pensando em todos os momentos que ja teve com ela ate sentir uma presença ao meu lado e algo sobre meu ombro que fez com que eu saisse de meus pensamentos.

-Hm? Hinata? - eu a olhei... ela retribuiu o olhar e sorriu abraçando meu braço... linda, como sempre... seu sorriso então... nao tem como nao me apaixonar por ela... - o que esta fazendo? - perguntei.

-Eu... quero ficar um pouquinho com você... - disse se aproximando ainda mais...

-Voce é casada agora... - me afasto... Eu tenho me me afastar dela, ela acabou de se casar, eu fiquei em silêncio, eu não devia me apaixonar por ela e nem ela por mim... eu sou só um amante...

-E eu era noiva antes... - ela volta a se aproximar de mim se aconchecando

-Hinata... - sussurro... por que ela faz isso?

-Gaara... - se levantou e ficou de frente para mim, segurou minhas maos se baixando, a olho nos olhos - Eu quero você... Eu não disse nao por que eu não consegui... mas... é voce - sorriu e arregalei meus olhos quando senti os labios dela sobre os meus, eu confesso, fiquei algusn segundos em choque mas fechei meus olhos e levo minha mao ate sua nuca aprovendando o beijo.

Quando o beijo termina a puxei e a birei a pondo sentada entre minhas pernas. Ela jogou a cabeça para tras me olhando, sorri e ela se aconchegou.

A abraço apertado, Hinata me passa boas energias... com ela sinto que todos meus problemas estão a sumir, ela é perfeita... e muito perfeita... a unica coisa que quero é abraça-la, beija-la, lhe dar carinho e atenção. É tao... fofa... e bem... ela é... Arg! Nao sei como dizer, ela é perfeita! Perfeita!

Hinata adormeceu e continuei a fazer carinho em seu cabelo, apoiando meu queixo em sua cabeça e fechei meus olho, apreciava seu perfume e afagava seus cabelos.

Fiquri pensando em tudo o que aconteceu, em todas as noites que dormimos juntos em seu e em meu apartamento, sempre discretos para que Naruto nunca nos notasse.

-Gaa-

Quando fui ver quem era dono da voz vi Temari me encarando meio descrente, pus meu indicador sobre meus lábios pedindo silencio, temari usava um longo vestido de cor lilaz bem claro com uma fenda na perna direita, ela se aproximou de nois dois e se sentou ao meu lado.

-Eu te disse Gaara... nao devia se apaixonar pela Hyuuga... - ouvindo suas palavras eu suspirei.

-Eu sei... - murmurrei e a abracei apertado - mas eu nao consigo Temari... Ela é... - respiro fundo.

-Gaara... faz quanto tempo? - eu a olhei.

-Promete que não vai contar para ninguem?

-Sim, mas o Shikamaru ainda desconfia... - cocei a nuca, Temari sabia que eu era apaixonado por Hinata, mas não sabia que estavamos juntos, digamos assim.

-Ja vao fazer umas 3 semana - digo passando as maos pelo cabelo de Hina.

-Gaara! - ela me repreendeu.

-Delcupe, mas... eu não consigo Temari... A Hinata é o que eu mais quero, quem eu amo... ela é... - suspirei - perfeita...

Temari suspirou e se levantou, beijou suavemente minha testa e alertou que voltaria para a festa. Fiquei com hinata e quando vi que ja estava ficando tarde e comecei a chamar baixinho, ela me olhou e sorriu, sorri pequeno a olhando nos olhos.

-Hina... Ja faz uns 20 minutos que estamos aqui - digo sorrindo passando a mao por seu cabelo - Melhor entrar... Eu vou para casa...

-Po-por que? - me olhou se ajeitando para poder me olhar nos olhos.

-Por que se depois de 20 minutos nois dois aparecermos, só vai piorar, Shikamaru ja desconfia - seus olhos se arregalaram.

-E-ele... - cobri seus labios com meu indicador

-amanha eu te ligo e explico ta? - lhe dou um selinho e a mesma vai para dentro, espero um pouquinho para poder ir para minha moto. Os seguranças me deixam passar e fui diretamente para casa, sim seguranças, a familia da Hinata contratou varios seguranças para que a familia nao seja exposta sem o concentimento da mesma.

Cheguei em meu apartamenyo tirando minha gravata, meu casaco e desabotoando minha camisa, estava com o cheiro de Hinata... a retirei e a dobrei pondo sobre o bidê.

Me jogo sentado na cama e ligo a TV pondo uma serie para ver, retiro meus sapatos os chutando pro chao, suspirei me sentando entre os travesseiros, puxei um deles para perto de mim e passo a assistir TV abraçado ao mesmo sentindo o perfume de Hinata.

Em algum momento eu peguei meu celular e comeco a ver as mensagens que chegavam... Kankuro...

...

Kankuro: MANINHO NEM TE CONTO

Gaara: o que é agora Kakuro?

Kankuro: TO VOLTANDO PRO JAPÃO!!

Gaara: uau, onde vc tava mesmo?

Kankuro: Estados Unidos

Gaara: entendi...

Kakuro: vou entrar no aviao daqui 4 horas, quer alguma lembrancinha?

Gaara: para de me tratar como criança

Kankuro: força do hábito, foi mal...

Kakuro: quer um docinho?!

Gaara: Kankuro...

Kankuro: LOL

...

Bloqueei a tela do meu celular resmungando, idiota...

Suspirei e voltei a encarar a TV. Nao sei quando adormeci... só sei que acordei as 7 da manhã com um idiota se jogando em cima de mim.

-MANINHOOO!!!

-AH!? - me sentei meio assustado.

-EU VOLTEIIIIII

-Pqp kankuro... - jogo um travesseiro em sua cara o ouvindo rir.

-Bom dia maninho - me abraça, ele usava como sempre aquele gorro ridiculo e aquela maquiagem patetica...

-Tira isso da sua cara! É esquisito! - Digo apontando pra maquiagem.

-Me deixa baixinho, num sou eu q uso delineador - diz emburrado se ajoelhando na cama.

-pera, como entrou aqui?! - questionei.

-Temari deixou ue - riu ainda mais.

-Ta que pariu...

Fiquei resmungando, e logo fui tomar meu café, servi a xicara de café quente e me sento a mesa enquanto Kankuro ficava falando e falando sobre os estados unidos. Eu me despedi dele que alertou que ficaria uns 3 dias comigo ate que conseguisse um apartamento, apesar dele ser um idiota que só sabe falar besteira, eu deixei, afinal, ele é meu irmão...

Iria fazer uma breve caminhada, tinha que comprar mais grãos de café, os que tinha estavam acabando, pensei em comprar alguns doces, nao para mim, obvio, afinal, nem de doces eu gosto e voces ja devem imaginar para quem... quem falou Hinata acertou. Estava com uma camiseta de botões branca, calça preta e tenis vermelhos, como sempre cabelos bagunçados.

Quando estava voltando com a bolsa de papel branca com um laço rosa cheia de doces e besteiras, e com a bolsa de cor negra com os graos de café. Ergui minha cabeça e dei uma passada de olhar pelas vitrines, meus olhos pousaram na gigantesca pelúcia de guaxinim... pego meu celular e disco para Kankuro.

-Err... voce pode vir me buscar? A chave do carro esta ao lado da porta sobre o balcão - pedi indo ate a vitrine da tal loja, vi Naruto no balcão - só vem me buscar e cala a boca - digo desligando em sua cara enquanto o mesmo resmungava.

Entro na loja de pelúcias e a primeira coisa que escuto é um:

-Gaara como vai!? - Naruto sorriu me comprimentando.

-Ah, vou bem, e voce? - sorri pequeno reunindo todas minhas forças e toda minha falsidade.

-Ah mais ou menos... - suspira cocando a nuca - é que sla... parece que a hinata esta brava comigo... - n vou sair tao cedo.

-Tem alguma ideia do por que?

-Na verdade nao... qual ele era nao quis transar na nossa lua de Mel! Disse que estava com dor de cabeça - que vontade de quebrar a cara dele...

-Hm... - olho para a raposa de pelúcia de uns 60cm e a caixa de bonbons que eram postas em uma grande bolsa plástica.

-Ah isso é bem... um agrado digamos assim - riu sem graça- presente para a Hinata- diz cocando a nuca e ao terminar de pagar se despede e sai da loja, a atendente veio ate mim. Nao sei o que hinata havia visto nele...

-O senhor deseja algo? - a olhei.

-Ah... Ah sim - sorri - Qual o valor do guaxinim? - Aponto para a pelucia que era quase do meu tamanho.

.

.

.

-Mas que poha é essa Gaara!?!?! - ouvi a boz de Kankuro, estava no estacionamento que ficava no subterrâneo da loja carregando comigo o grande guaxinim.

-Uma pelucia, agora toma - jogo em cima dele que cai - Cuidado! Eu paguei caro - sorri de lado.

-Ah e eu n importa neh... - ele resmungou se levantando com a pelúcia enquanto eu ria.

-Vem logo, tenho que entregar isso ai - digo indo ate o carro pondo as duas bolsas de papel no banco do passageiro e esperando kankuro.

Apos uma luta de MMA entre Kankuro e o Guaxinim, que venceu varias vezes por sinal... eu tive que por o guaxinim no carro por que Kankuro ja estava querendo desce a pohada na pelucia, esse é meu irmão... favor nao interpretar isso como orgulho.

Fui ate o prédio em que hinata ficava pedi ao porteiro que entrega-se para ela a pelucia rme a bolsa de doces, ele sorriu dizendo que eu não precisava me preocupar, mas acabou perguntando algo...

-Mas a Senhorita Hyuuga nao é casada com um rapaz loiro?

-Err... sim, é que isso sao presentes do casamento para ela - sorri.

-Agora que noto bem... nao é voce que sempre vem para ca com a senhorita Hyuuga? - odeio pessoas que exageram nas perguntas.

-Sim, sou amigo dela - sorri.

-Amigo? - ô velho chato...

-Hurum, homens e mulheres podem ser apaenas amigos senhor - nao que seja nosso caso - todas as noites que venho para cá são por que, ja que nao nos vemos muitas vezes ao longo da semana, foi criado o costume dela me convidar para jantar aqui - Adivinha qual a sobremesa - e por a conversa em dia - com conversa quis dizer sexo.

-Oh, entendo - sorriu. Eu tenho a leve impressão que não leu as entre linhas, e eu tenho q parar de discutir comigo mesmo como se estivesse conversando com alguem... - perdão, pode deixar que eu entrego sim.

Sorri e me despedi dele voltando para o carro, Kankuro bancava o idiota no banco do passageiro abaixado fingindo espionar alguem.

-O que ta fazendo idiota?

-It is my rival - aponta para a pelucia.

-My rival? Serio?

-Esqueci como se fala em inglês...

Revirei meus olhos e entrei no carro voltando para meu apartamento, eu e Kankuro almoçamos ramem e o resto da tarde foi de sono e maratonas. Aproveitei que era domingo e fiz questão de nao fazer nada.


Notas Finais


Querem continuação?
Continuo?

Com continuação eu quero dizer: que de merda e q o casamento da Hinata e do Naruto acabe, e com continuo eu quis dizer, prontos pra ber o circo pegar fogo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...