História Amantes as Espreitas - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hinata Hyuuga, Itachi Uchiha, Naruto Uzumaki, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha
Tags Drama, Gaanaru, Lemon, Romance, Sasunaru
Visualizações 163
Palavras 2.595
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Famí­lia, Ficção Adolescente, Lemon, Romance e Novela, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Boa tarde genteeeee!!!! Terminei o capitulo agorinha!
Está saindo fresquinho do forno, igual a bolo!!
Então corram para ler essa babaça que ficou um mes sem atualização!
Desculpe pela demora, saco me né?
rsrsr Fiquem com mais um capitulo da fanfici que tanto vós amas! ( mentira)
BOA LEITURA!!!

Capítulo 12 - Sempre juntos!


Fanfic / Fanfiction Amantes as Espreitas - Capítulo 12 - Sempre juntos!

Depois que copiei o dever no quadro passado pelo Iruka-sensei, arrumei minhas coisas em minha bolsa escolar indo até o Naruto que estava arrumando suas coisas para sair também. Logo vi um vulto passar rápido por mim, virei-me parar ver, só pude ver alguns fios de cabelos loiros balançando no ar e sumindo porta afora.

Olhei para o lugar onde Naruko sentava e vi a amiga dela guarda as coisas depressa e indo saindo pela porta apressada. Provavelmente Naruko saiu correndo sem avisar.

– Não deveria ir atrás da sua irmã? Ela saiu correndo chateada agora a pouco… - Falo próximo do loiro, ele virou-se para mim rolando os olhos.

– Não tenho obrigação de cuidar sempre dela. Naruko já é grandinha e sabe se cuidar. - Responde levantando-se com a bolsa em seu ombro. - Quem deveria está mais preocupado é esse ai.

Naruto faz um gesto com a cabeça indicando o Uchiha que ainda estava sentado arrumando suas coisas. Ele apenas nos ignorou, levantou com sua bolsa e passou pela gente sem nos dizer nada. Arqueio a sobrancelha estranhando sua atitude.

– Eu achei que ele retrucaria como sempre fez. - Comento olhando-o sair da sala calmamente. Naruto bufa parecendo irritado.

– Ele que se dane. - Retruca sem dar importância colocando os braços envolta do pescoço tomando a dianteira. - Vamos embora, to morrendo de fome!

Assinto com a cabeça o seguindo saindo da sala dando direto no corredor para saída. Caminho ao seu lado sem dizer nada. Faz algumas semanas desde que eu e Naruto começamos a namorar, parece ate um sonho. O único problema e que ainda não nos assumimos.

Por que? Por que o loiro quem pediu. Por mim eu já teria assumido, pois a única coisa que eu quero mostrar e o meu amor por ele, quero que todos vejam isso, mas Naruto parece que não quer. Ele disse para mim que é por vergonha, ainda não tinha caído a ficha para ele.

Essa desculpa engoli parcialmente, porém, eu ainda acho que é por causa de Uchiha Sasuke. Eu conheço muito bem o Naruto, sei que ele não se importa com a opinião dos outros, isso sempre ficou claro. Sei que ele pode sentir alguma coisa pelo Uchiha e eu quero mudar isso.

Quero fazer ele enxergar somente a mim e mais ninguém. Pra isso preciso fazê-lo meu, mas quem disse que é fácil? Todas as vezes que eu tentei acelerar um pouco nossa relação, ele sempre dava alguma desculpa para não fazermos. Nunca avançamos totalmente a nossa relação sexual.

E claro que nos tocamos e tudo mais, só que nunca avançamos para a penetração. Isso me deixa realmente frustrado. Quero muito fazer amor com ele, só que ele me rejeitando desse jeito não dá! Acho que já estou entrando no estagio de abstinência.

Isso é só o começo de mais um problema. Eu quero andar de mãos dadas com ele, mas ele não quer! Claro que eu insisto e ele acaba aceitando, mas quando ver alguém conhecido ou olhares mal encarados para nós, solta minha mão imediatamente.

Esse tipo de coisa vem acontecendo frequentemente, ate na escola quando eu quero ficar a sós com ele, seus amigos acabam aparecendo ou ele os chama. Parece que ele está evitando ficar sozinho comigo. Tento conversar com ele, mas o assunto acaba mudando toda vez que o toco nele.

Sinceramente, eu fico achando se estou fazendo algo de mal, por que isso só faz afasta-o de mim. Esse não é o relacionamento que eu imaginava.

– Gaara? Está tudo bem? - Chama me tirando dos meus pensamentos.

– Ah, sim. - Assinto olhando-o e ele encarava-me desconfiado.

– Tem certeza? - Insiste parando de andar, ficamos frente a frente nos olhando.

Naruto fixava seus os azuis na minha pessoa, como se ele quisesse ler-me. Odiava quando ele fazia isto, sentia-me encurralado. Desviei os olhos por um segundo corando um pouco, mas ele mantinha os olhos em mim.

– Bom… eu- -Fui interrompido por um grito feminino chamando-o.

Olhamos ao mesmo tempo, era Sakura vindo correndo ate nós, ou melhor até o Naruto ignorando minha existência. Confesso que fiquei com raiva. Nunca gostei dessa garota.

– Naruto! Está indo embora sem mim? - Fala manhosamente jogando-se nos braços dele. Mordo o lábio enciumado, Naruto parecia surpreso com sua chegada. - Vamos embora juntos! A muito tempo que não fazemos isso, podemos passar naquele restaurante de Lamen que você tanto gosta! - Pega em sua mão sorrindo o puxando para saída.

– Sakura… eu não posso. Nós já não tínhamos conversado antes? - Responde parando e puxando sua mão de volta.

– Deixa disso, amor! Depois do restaurante, nós podemos ir para sua casa… sabe jogar videogame se é que me entende? - Passa a mão pelo seu peito sorrindo maliciosa para o loiro.

Ela estava preste a beijar ele e ele não fazia nada. Suspirei dando as costas pros dois indo embora. Não queria ver uma coisa dessas. Eu ainda não acredito que ele não tinha terminado com ela. Só quero ir pra casa e chorar por uma maldita desilusão amorosa.

Sabia que ele não gostava de mim o suficiente, por isso sempre evitava. Está tudo claro, como água. Eu não sirvo para amar ninguém. Minha garganta doía tanto… eu suprimia a vontade de chorar engolindo-a.

De repente senti minha mão ser puxada com força e meu corpo se chocar contra um atrito macio. Quando olhei estava nos braços de Naruto. Sakura nos olhava espantada.

– Foi por isso que terminei com você, Sakura. - Fala enquanto se afastava de mim e segura meu rosto em suas mãos. - E com ele que eu quero ficar.

Eu piscava diversas vezes com os olhos arregalados. Mas ao ouvir aquilo, lágrimas pareceram, lágrimas de felicidades. Naruto sorrir pra mim. Alguns soluços meus podiam ser ouvidos, eu estou tão feliz…!

– Fazia tanto tempo que não vejo essa sua carinha de choro… - Murmura beijando minha testa. - Vamos embora, Gaara.

Assinto com a cabeça enxugando minhas lágrimas que insistiam em cair. Naruto segurou minha mão conduzindo-me para a saída.

– Mas e a Sakura…? - Pergunto olhando-o Ele sorrir me dando um selinho.

– Esquece ela. Eu não tenho mais nada com ela, agora e só eu e você. - Fala entrelaçando nossas mãos.

Olhos para trás encontrando uma Sakura furiosa bagunçando os próprios cabelos enquanto gritava e nos xingava lançando ameaças para nós. Realmente ela não aceitou bem o término. Naruto puxou-me minha mão para andarmos depressa saindo da escola.

Chegando na rua, ele não havia soltado minha mão. Continuamos a caminhar de mãos dadas. Permanecia um silêncio entre nós, eu queria falar alguma coisa, mas Naruto parou de repente soltando minha mão.

Fiquei olhando suas costas em silêncio, ate ouvir um fugar de nariz seu. O vi se agachar no chão de cabeça baixa, soluços baixos podiam ser ouvidos.

– Eu sabia… eu sabia, Gaara. Mesmo você me dizendo, me avisando e aconselhando-me, eu nunca escutava… eu sou muito idiota! - Chorava feito uma criança. - Como ela pode me trair depois de tudo que fiz para ela…? Mesmo assim me traiu com aquele babaca do Sasuke!

Eu entendo por ele está chorando. Dedicou-se tanto para aquela pessoa o reconhecer, entregou seu amor e ela o aceitou, mas não como ele queria. Pois ele sabia, mas, mesmo assim, fez e agora sofre mesmo assim. Eu sei muito bem que seus sentimentos ainda correspondem ao Sasuke.

Eu sou igual. Não posso o criticar. Eu aceitei Naruto mesmo sabendo dele gosta do Uchiha, isso me deixa triste. Porém, desistir não e uma opção. Só vou deixá-lo quando ele não me quiser mais, por enquanto vou dar todo o meu amor, carinho e compreensão. Agachei abraçando-o por trás.

– Gaara… mesmo depois de tudo que eu te fiz passar, mesmo eu chorando por outra pessoa, você ainda me quer…? - Sussurra choramingando.

– Isso não é obvio? Não pretendo deixá-lo. Só vou embora quando você mandar, enquanto isso eu estou aqui para você. E pra isso que serve os amigos e namorados. - Ele vira-se para mim ainda agachado. - Meu dever e tomar seu coração para mim e livrá-lo de toda angustia, preenchendo apenas meu amor por você.

– Gaara…! - Choraminga me abraçando, sorrio abraçando-o acabando por cai de costas e ele em cima de mim na calçada. - Como você pode dizer essas coisas sem chorar ou se envergonhar…!

– Por que eu te amo. - Respondo ouvindo seus choramingo em meu peito, faço carinho sorrindo feito bobo. - Já está bom, não? Vai encharcar minha camisa.

– Deixa eu chorar. Não fiquei limitando você na sua vez… - Resmunga saindo de cima de mim ficando de joelhos.

Levanto tambem ficando na mesma posição, limpo suas lágrimas fazendo carinho em seu rosto. Naruto cora as maçãs do rosto fazendo um leve bico com os lábios, seguro suas bochechas beijando-os. Senti suas mãos em meu peito puxando-me para intensificar o beijo.

Naruto invade sua língua sem permissão na minha boca. Sua língua, toca na minha lambendo e chupando, me deixando excitado. Naruto se afasta vermelho e arfando. Olho para surpreso, ele se levanta pegando sua bolsa e a minha.

– Vamos embora. - Fala ele colocando a bolsa no ombro com o rosto vermelho de vergonha. - Podemos… continuar na minha casa… o que acha? - Vira-se para mim.

– C-Claro! - Concordo imediatamente já de pé com a bolsa no ombro.

Naruto sorri estendo sua mão prontamente sendo pega pela minha, entrelaço nossos dedos. Caminhamos rapidamente para sua casa.

Chegando lá. Tiramos os sapatos e subimos para o seu quarto. Assim que Naruto abriu a porta de seu quarto, o peguei pelo pulso fechando a porta com o pé e o joguei na cama. Larguei minha bolsa no chão onde se encontrava a sua e subi em cima da cama por cima do loiro.

Nós não dissemos nada, apenas toquei seus lábios iniciando um beijo calmo que aos poucos foi se tornando quente. Larguei seus lábios descendo os beijos pelo seu pescoço bronzeado.

Atacava-o beijando, lambendo, chupando e o marcando. Vou marcá-lo em todos os lugares, fazê-lo meu, somente meu. Naruto gemias com as carícias deferidas a sua pele, mordo sua orelha sentindo seu corpo arrepiar debaixo de mim, ele gemia baixo e agudo parecendo um miado de gato.

Isso me deixava cada vez mas excitado. Desabotoei sua camisa apressado tocando sua pele quente, fazendo-me arrepiar junto com ele. Toquei seus mamilos duros puxando-os de leve com os dedos. Naruto contorcia o corpo tocando nossas ereções por cima da calça.

Seus gemidos se tornaram alto quando chupei seu mamilo e rocei nossas ereções. Abri o botão de sua calça retirando-a jogando em qualquer canto, suas pernas envolveram minha cintura buscando mais contato. Descia sua cueca um pouco fazendo seu membro saltar para fora.

Ele já estava gotejando de tão excitado. Segurei-o começando uma masturbação devagar enquanto o torturava marcando seu peito, mamilos, barriga virilha. Naruto gemia, seu corpo quente contorcendo na cama pedindo mais, era excitante demais.

Segurei uma de suas pernas mordendo-a arrancando um gemido alto e arfado. Deitei por cima de seu corpo para beijá-lo novamente, Naruto agarra com força. Acaricio sua entrada com os meus dedos molhados, prontos para entrar quando um estrondo da porta ambos olhamos para a porta.

– Naruto! A nossa mãe já não disse para não trazer gatos ou qualquer animas peludos para casa?! - Grita Naruko furiosa entrando no quarto-Você sabe que eu sou alérgica a esses anima….is? - Ela para de falar assim que se toca ao olhar nossa situação.

– NARUKO?!! - Berra Naruto cobrindo-se com a coberta.

– GYAHHHHHHHHH!!! - Berra a loira cobrindo o rosto vermelho com as mãos correndo dali. Tive que tampar os ouvidos com esse berro.

– Espera Naruko! Eu posso explicar! - Grita o loiro saindo da posição que estava colocando a calça rapidamente.

– Espera! Vai me deixar assim?! - Aponto para ereção na minha calça.

– Gaara! Eu preciso resolver isso agora! Outro dia podemos fazer de novo! - Fala saindo do quarto as pressas me deixando sozinho com a ereção entre as pernas.

Suspiro frustrado arrumando minhas roupas e pegando minha bolsa. Quando finalmente estávamos quase avançando mais um passo, alguém vem e interrompe! Saio do quarto com raiva, mas sou impedido por Naruto.

– Gaara! Aonde você vai?!

– Eu to indo para casa! Aonde mais?! -Esbravejo retirando sua mão do meu ombro descendo as escadas.

– Espera Gaara! - Pedia ele no meu calço.

– Chegamos! - Escuto vendo os pais do loiro aparecerem na sala.

– Vou contar tudo para mamãe e o papai! - Fala Naruko aparecendo e descendo como um flash as escadas.

– O-O que? Esperai Naruko! - Corre atrás da irmã esquecendo de mim.

Revirei os olhos descendo tranquilamente indo ate os pais do loiro para cumprimentá-los.

– Mãe! Você não sabe o que eu descobri! - Fala Naruko chamando atenção da mãe.

– Eh? O que seria, filha? - Pergunta a ruiva curiosa enquanto retirava as compras da bolsa.

– O Naruto e o Gaara estavam tran- - Naruto tampou a boca dela rapidamente.

– Não e nada não! E brincadeira dela! Não, é?! - A loira mordeu-lhe o dedo, Naruto retirou o dedo gemendo de dor.

– Seja lá o que for, deixamos pra depois! Trouxemos bolo! - Fala Minato-san mostrando a sacola e a colocando em cima da mesa.

– Ebá! Bolo! O Gaara tambem quer, não é?! - Suplica com o olhar puxando-me pelo pulso.

– Sim…- Afirmo com a cabeça.

– Naruto, por que está com a camisa desabotoada? - Questiona Kushina-san apontando pro loiro.

– A-Ah! E-E que eu estou morrendo de calor! Por isso eu desabotoei ela! - Balbucia corado.

– Sei. - Fala Naruko desconfiada comendo o bolo. Naruto lança lhe lança um olhar mortal.

– Aqui Gaara-kun. - Fala Minato-san entregando um pedaço de bolo para mim.

– Obrigado… - Agradeço sem jeito pegando o garfo e começando a comer. Senti o olhar de Naruko sobre mim, ela me encarava constantemente.

– Então! O que vocês queria nos falar? - Começa o loiro comendo seu bolo.

– Ah, sim! Eu e seu pai decidimos que esse ano não vamos fazer a nossa viagem em família de sempre.

– O que?! Por que?! - Ambos irmãos falaram juntos.

– Por que nos vamos tirar nossa segunda lua de mel, foi por isso. - Explica Minato-san.

– E como nós ficamos?! - Quis saber Naruto.

– Vocês podem ir para casa de praia do seu primo. - Dá ideia a ruiva.

– Mas ele mora na califórnia! - A vez de Naruko contrariar. - Como vamos chegar lá?

– De avião, oras! - Fala o loiro com sarcasmo recendo um dedo do meio da irmã.

– Emfim, já falamos com seu primo. Ele deixou vocês ficarem na casa de graça. Vocês tem até amanha para se decidirem. - Por fim fala Minato. - Ah! Eles disseram que vocês podem levar mais quatro pessoas.

– Eu vou levar a Hina e o Sasuke-kun! - Fala Naruko animada.

– Coitada. Vai ficar de vela, tenho pena da Hinata! - Brinca recebendo um soco da irmã. - Ai! Maldita! Ei, Gaara! Vamos nessa?

– Tudo bem, eu aceito. - Falo sorrindo.

E uma ótima oportunidade de estamos sozinhos num quarto! Nem morto que eu vou deixar esse Uchiha chegar perto do meu loiro! Ainda tem a Hyuuga que é apaixonada pelo Naruto. Tenho certeza que a Naruko vai fazer alguma coisa.

Pelos olhares que recebi, ela não gostou nada de me ver com o irmão dela. Talvez ela tenha ficado brava por que queria jogar a Hinata pra cima do Naruto. Ela que tente! Vou ficar de guarda o tempo inteiro atrás do meu loiro! Não vou entregá-lo pra ninguém!

 

 


Notas Finais


Espero que tenham gostado! Eu ianda estou escrevendo atualizações das outras fanfic.
Mas, não vai dar para postar hoje, ou amanha, eu acho. Tenho que dormi bem para fazer a merda do ENEM.
Sou cara de pau, em vez de estudar fico escrevendo rsrs
Fiquem com deus e bjss! Deem muito amor para essa fanfic!
Amor vcs! flw!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...