1. Spirit Fanfics >
  2. Amantes Diabólicos - Bts >
  3. Chuva ?!

História Amantes Diabólicos - Bts - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


E ai gente que eu amo tanta , desculpa a demora para publica mais capitulos .

espero que gostem . e meio e a versão o anime so que no meu ponto de vista .

Capítulo 2 - Chuva ?!


Fanfic / Fanfiction Amantes Diabólicos - Bts - Capítulo 2 - Chuva ?!

Pack Jimin Narrando .

Estava um dia ensolarado , hoje seria um belo dia para caminhar pela capela , onde a beleza divina e tranquilizadora , com belas arvores de Sakura onde se espalhavam por todo o pátio e o som da pequena fonte ao lado das Flores rosa-de-saron sentir esse aroma de paz acalma a minha alma , é realmente uma pena que não verei mas , era de partir , o porque não irei ver o lugar que acalma minha alma ;

Ouço o som da buzina do táxi que meu pai avia chamado para me enviar para casa de um velho amigo seu , Papai disse que isso séria melhor para min , como ele vive viajando trazendo luz e fé para todos estava sempre ocupado , não que eu ache ruim ,amo meu paí e o que ele faz , com meus pensamentos nem avia notado que o taxista já havia colocado minha mala no porta-malas , e que eu estava dentro do carro , estava tão concentrado em meus pensamentos que nem repara no que está a minha volta .

O caminho foi calmo , notei que a distância mansão era muito longe da cidade grande, Comecei a me perguntar :

Será que o amigo de meu pai não gosta da cidade grande ?

Geralmente as pessoas tô interior são caseiras e tradicionais , não gostam de barulho ...

Como será que é amizade dele com meu pai ?

Percebi que estavamos entrando em um grande portão , e uma mansão enorme , e com um grande Jardim que se dividia se em duas partes , uma era de linda rosas vermelhas a outra ela de delicadas rosas brancas .

Já descia do táxi com minha mala , dou adeus para o taxista e o observo a se distanciar , agora estou observando uma mansão , avia uma fonte logo na entrada , e a mansão ... Bem parecia um pouco sombria , mais não posso julgar o livro pela capa não é mesmo ?

Começo a sentir gotas finas de chuva em meu corpo .

- Chuva ... ?!?

Caminho em direção porta da mansão , vejo que a o que a maçaneta tem forma de leão , aí tocar nela , sentir um calafrio em todo meu corpo ,como a maçaneta estava fria ...

- Tem alguém aí ? Será que foram informados que eu chegaria hoje ?

Após ter batido 3 vezes, a porta se abriu , logo televisão de um senhor com mais ou menos 40 a 55 anos de idade , vestindo uma roupa formal escura com uma pequena Rosa vermelha ou bolso de seu palito , sua expressão era neutra e fria .

- Com licença aqui é a mansão Sakamaki ? Meu pai me envio aqui .

Após ter dito isso , o senhor me olhou por 1 minuto com um olhar vazio e não disse nada , começou a caminhar por um corredor escuro com minha mala , vou em direção a ele :

- Senhor , onde está indo ? Por favor me responda ... Ah ??

Me deparo com um garoto deitado no sofá , parecia dormindo , tinha a pele albina , cabelos ruivos e brilhantes levemente bagunçados , ombros largos , parecia estar com uma roupa escolar ... Mais algo não estava certo

- Oi tudo bem ?! Estou procurando o senhor ... Ei está me ouvindo cara ?

Toco na sua mão , estava muito fria , me assustei e logo coloquei minha cabeça no seu peito para tentar ouvir os batimentos , já avia aprendido um porco sobre cuidados médicos .

- Não há batimentos , vou ligar para ambulância agente firme cara .

Pego meu celular imediatamente , começo a discar o número de emergência , logo ouço som da atendente dizendo que não há sinal ...

- Mais que barulhento .

Diz o albino pegando meu celular ainda com os olhos fechados .

- Oh seu idiota devolve meu celular agora .

Tento pegar meu celular de suas mãos, mais seus braços eram longo demais , me levantei para pegar porém foi surpreendido por sua outra mão em volta de minha cintura e me puxou para cima de seu peitoral , com meu rosto próximo ao seu .

- Deixe de ser irritante , e vamos ao que interessa .

Disse sussurrando em meu ouvido , onde dele passou a ponta de sua língua na minha orelha , sem eu menos perceber ja estava deitado no sofá , com aquele lunático em cima de min , segurando meus pulsos em cima da minha cabeça , senti sua respiração em meu pescoço , dando leve beijos sobre ele , quem esse garoto pensa que é ? ...

- Seu idiota , me solta agora .

Digo tentando empurra-lo de cima de min , porem não consigo , notei que a forma física dele é bem musculosa , deve fazer musculação ou algo do tipo , minha forma física não chega perto da dele , a varias aberturas em que eu possa escapar , ele é um completo idiota , usarei a mais dolorosa conhecida pelo homen .

- Eu sei que você quer safado . Disse o Ruivo passando a mão por cima do meio peitoral , quando estava preste a me morde .

- Você me da nojo garoto .

Dito isso , dei um joelhada no meio de suas pernas e o vi grunhir de dor , o empurrei do sofá a baixo , e andei em direção a um comodo mais próximo .

Me deparo com comodo cheio de livros e um grande tapete verde musgo , com uma grande janela , onde se podia ver a vista de um lago , e uma grande bancada com livros matérias de química , e no fundo havia um pequeno lindo fogão elétrico , com uma poltrona verde limão .

- Parece que cada comodo dessa casa tem sua personalidade , ou características daquele que frequenta , interessante .

Digo em voz alta pensando que estava só .

- Mais que falta de educação entrar sem bater que falta de etiqueta , para um garoto como você , até que não é tão burro e ignorante quanto pensei . Me assusto , porem me mantenho minha mente fria e viro em direção a voz .

Me deparo com um Garoto alto , albino e uma boca levemente rosada e grande , com cabelos loiros , olhos vermelhos com seu óculos dourado , e uma bela roupa formal cor de pele , e sapatos social de couro .

- Peço perda por ser tão rude e mal-educado por entra sem permissão ...

Dei um leve pausa , e o olhei diretamente nos olhos com um sorriso debochado nos lábios e completei ;

- Porem , não sou só eu que estou sendo mal-educado e com falta de etiqueta , não concorda ?

Me olhou com uma certa surpresa e raiva , e logo após vejo um pequeno sorriso em seus lábios levemente grosso .

- Lingua afiada , interessante . Disse baixo porem consegui ouvir .

- Com licença , gostaria de saber se aqui é a residencia sakamaki ? meu pai me envio , disse que moraria aqui partir de agora .

- Hm...me acompanhe . Disse indo em direção a porta do como , o segui .

Estavamos entrando em uma sala que estar muito grande , com três sofás enormes , e uma lareira acesa , avia um grande lustre por cima de minha cabeça , dourado e muito iluminado , havia mais dois sofás no fundo da sala de estar , e uma escada dourada que parecia outra sala privada e pequena , porem e era extravagante demais , parecia pertencer alguém extremamente arrogante e convencido , não me agrada nem um pouco .

O loiro pede para me sentar , continuo a observar o comodo , do nada sinto uma mão por cima de meu pescoço , me viro lentamente para ver de quem se tratava , que pensa que tem alguma intimidade com migo .

Vejo outro Ruivo , albino , olhos verdes , lábios finos e um pequena pinta no canto esquerdo , usava roupa escolar , colada em seu corpo , com uma jaqueta com pele branca , com um sorriso pervertido sobre min , me devorando com os olhos .

- Olha o que temos aqui pessoal , uma putinha com para de inocente .

Disse se aproximando de min , o olhei com ódio nos olhos .

- Puta é o caralho muleque , se afasta de min pervertido . Digo me afastando dele.

- Uau ele morde gente , esse tipo que são mais saborosos , se ja o cheiro esta me levando ou delírio , imagine o gosto .

Disse se aproximando-se de min denovo , mais foi interrompido por outra voz irritante , sim do tarado de mais cedo .

- EI sai , cheguei primeiro .

Disse autoritário .

- silêncio estão estragando a música .

Disse alguém atrás de min .

Ouvi uma leve tosse , para que nossa atenção voltasse para o loiro rabugento da sala de química .

- Como todos estão aqui , alguém sabe algo sobre esse garoto vir morar conosco ?

Um silêncio sobre a sala o loiro volto a pergunta olhando com raiva e desgosto em direção a um sofá dos fundos da sala de estar .

- Yoongi , ele te disse alguma coisa sobre esse garoto ? .

Percebo seu olhar de desgosto e nojo ao falar com aquele que estava no sofá dos fundos , logo atrás de min , noto que nessa família existe desentendimento .

Olho em direção ao sofá de traz , e vejo um garoto com cabelos platinados , vestia uma roupa formal cor vinho porém simples e confortável , e tinha fones no ouvido ,parecia calmo e frio , nem parece ligar pela maneira que o loiro o olha , será que é só com o platinado ou com mais alguém que o loiro tem uma certa intriga ? ...

- Talvez ...Me lembro da última vez que ele entro em contato ... " Teremos um visitante da igreja em nossa casa , o tratem com respeito " .

Disse o platinado com os olhos fechados .

- Então você virá morar com agente , gracinha .

Disse o ruivo pervertido sorrindo .

-  Silencio por favor , ja que teremos um novo integrante em nossa casa , vamos nos apresentar . 

disse o loiro rabugento . 

- Eu sou o segundo mais velho , meu nome Kim Seok-jin . 

disse novamente o loiro rabugento . 

- Aquele é o Primeiro mais velho , Kim Yoongi .

Disse o loiro com um certo nojo para o platinado . 

Então não é só coisa da minha cabeça , o loiro tem mesmo uma intriga com o platinado , sera que é só com platinado ou tem mais alguém em que ele não se da bem .

- O Terceiro mais velho , Kim Namjoon  .

disse olhando em direção ao cara com cabelos roxos , o tal Namjon olho em meu olhos e disse : 

- Me deixa em paz . disse o Namjoon com cara de raiva . 

- O Quarto mais velho , Kim Jungkook .  

Disse olhando pro tarado de hoje cedo . 

- Voce é meu . disse me olhando de uma maneira dominante . 

O respondi com o olhar mais frio e sem emoção alguma , para não dar a minima pra aquele muleque que me irrita . 

- O Segundo mais novo , Kim Taehyung .

disse olhando para o pervetido em pessoa ,  o ruivo . 

- Vai ser o prazer de possuir , putinha . disse aquele ruivo nojento , sorrinddo para min . 

- O Primeiro mais novo  ,  Kim Hoseok . 

Disse olhando para o cara sentado na pontrola na minha frente com um ursinho nos braços .

-  Vamos brinca . Disse com um sorriso macadro para min .

Agora foi comprovado , o loiro so tem intriga pelo platinado , hmm posso tirar proveito disso em algum momento .

- Muito obrigado pelas apresentações , é um prazer em conhecê-los , me chamo Park Jimin , Por favor cuide de min . Digo serenamente  com um pouco de inocencia . 

- Pelo que vejo não é tão mal - educado quanto parece . disse o loiro .

- Pode ter certeza Bolinho de arroz que vamos cuidar muito bem de voce .

 disse o tarado de hoje seco , Jungkook acompanhado do ruivo pervetido , Taehyung  , os dois aviam sorrisos travessos nos labios . 

- E muito bem . disse o ruivo . 

- Carlos levará você ou seu quarto .

Disse o Jin olhando no meus olhos , avia um olhar naquele olhos , na verdade todos tinham esse mesmo olhar ...

Meu pai ja me mostrou alguns casos sobrenaturais , e até me permitiu solucionar alguns , mais nesse caso não estou com meu pai para me orientar , porem não deixaria essa oportunidade passar , tenho que satisfazer minha curiosidade e minhas duvidas .

Foi em direção ao Carlos , mais " acidentalmente " tropecei em direção a mesa de vidro que tinha logo atras do sofá , que fez com que cortasse um pouco meu ante braço , e pequeno , mais é o suficiente para eu ter minha resposta .

- Aigo . digo inocentemente manhoso . 

 Foi ai que senti os olhares sanguinários sobre min , virei lentamente em direção a os garotos que estava a tras de min , seus olhos estavam com mais cor , um tipo de brilho , que estacavam ainda mais , e a sala cheirava sangue , tive minha resposta , estava entre seres imortais , vampiros . 

- Mais que Humano mais desajeitado . disse Jin com uma cara nada boa . 

  Quando menos percebi o ruivo estava atras de min segurando meus ombros , cheirando meu pescoço . 

-  Você realmente cheira bem , imagina o seu gosto . 

 Não pude me senti com nojo por imagina , o empurrei e corri em direção a um corredor , onde não parecia ter fim , onde eu avistei uma porta que parecia trancada por correntes , com o cadeado aperto , ouvi passos não pensei 2 vezes e entrei . 

Avia varios moveis cobertos  por panos brancos , e com muitas caixas com joias , mais o que mais chamou minha atenção foi  uma pilha de livros , e um dos livros estava escrito o nome do meu pai , o abri sem pensa 2 vezes , era uma foto de meu pai comigo nos braços , eu parecia ter somente 3 meses , sorri ao ver tão jovem , nem parecia o homen que é hoje . 

- De tantos quartos que voce poderia ter entrado , tinha que ser logo este ? . disse com uma voz rouca e raivosa . 

Reconheci que era o Jin , foi olhar em sua direção vi que todos ja estavam no quarto , Jin estava ao lado da  outra pilha de livros em frente a janela , quanto o yoongi estava de pé encostado no armario de livros , namjoo estava com sua cara de raiva perto da porta , enquanto Hoseok estava sentado com as pernas cruzadas em minha frente com o boneco nos braços , Jungkook e Taehyung estavam no meu lado , Ruivo na direita e o moreno na esquerda . 

- Que putinha mais levada voce é jimin. Disse o Ruivo estendendo a mão e indo em direção a minha cintura fina .

- Tera sua punição bolinho de arroz . disse autoritário o moreno , preste a me morde . 

Quando ouvimos um barulho de vidro quebrando , vi que namjoon avia quebrado um quadro de vidro . 

- Desculpe . disse sereno e frio .

- hm. respondeu o ruivo com uma cara sem emoção .

- acabou a graça . disse Jungkook tampando meus olhos , quando menos percebi não senti mais meu corpo .

.

.

.

.

 Quando abri meu olhos pensando que tudo aquilo era um sonho , vi que não estava em meu quarto , olhei pela janela e vi o quintal de rosas vemelhas e brancas , da mansão sakamaki ...

 

Não era so um sonho estou mesmo morando com vampiros ?

Por que meu pai me enviou para ca ?

por que ele não me disse a verdade ? 

Como ele pode me manda para um lugar onde eu seria uma presa facil ? 

tantas perguntas sem respostas ...

- Em o que esta pensando ?  Disse uma voz rouca no meu ouvido que me fez arrepiar da cabeça aos pés . 

virei em direção a voz , estava a sentimetros dele , dava para sentir o seu alito quente sobre meu rosto ...

- o que esta fazendo aqui ... ?

 


Notas Finais


Se gostam comente , ou digam o que mais gostaram o que mais odiaram .

Da aquele coraçãozinho que me enche de motivação para continuar , e essa historia tbm tem no Wattped , e eu pretendo ainda publicar no youtube essa historia .


bjs bjs


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...