1. Spirit Fanfics >
  2. Amar de verdade >
  3. Infantilidade

História Amar de verdade - Capítulo 5


Escrita por:


Notas do Autor


...

Capítulo 5 - Infantilidade


- Sakura-chan.... - Naruto olha para trás com um olhar cabisbaixo já sabendo da presença da rosada alí.

Sakura suspira e coça a cabeça.

- Parece que você só cresce no tamanho mesmo, continua infantil como uma criança. - Sakura se senta ao lado de Naruto.

- Desculpa Sakura, mas... Sei lá, você fez falta pra todos mundo. - Naruto diz descruzando os braços.

- Eu sei, sinto muito por isso, eu também senti muita falta de vocês, mas Konoha não é mais um lugar pra mim. - Sakura responde olhando para a paisagem abaixo.

-...... Por quê !? Não é o suficiente pra você ? Ou você está com medo de algo !?- Naruto levanta a voz num tom irritado.

- Como assim !? Eu já disse que eu amo Konoha, e do que eu teria medo !? - Sakura levanta a voz também.

- De concertar a sua vida ?! Parar de fugir dos seus problemas em outro país !? Medo de MIM !?

Naruto mal terminou a frase e Sakura já havia levantado e desferido um soco em seu rosto e o silêncio reinou por alguns segundos, enquanto os ventos balançavam seus cabelos e Naruto olhava para Sakura que parecia mais empoderada que nunca.

- .....Como você pretende se tornar Hokage ainda infantil desse jeito ? Você tem uma esposa e futuramente uma aldeia inteira para proteger.

- Mas... Se eu não estiver lá, quem vai proteger você ? - Naruto fala baixinho de cabeça baixa.

- Naruto, escute bem - Sakura segura a camisa de Naruto pela gola e aproxima o rosto do mesmo - Eu não preciso da sua proteção...

Naruto percebendo que falou algo errado se surpreende fica com uma expressão triste, o que faz Sakura suspirar.

- Ei... - Sakura chama Naruto - Por quê você quer tanto que eu volte pra Konoha ? eu já não tenho nenhuma responsabilidade aqui.

- ... Por que eu tô com muita saudade...mesmo, por mais que eu vá te visitar as vezes ou você venha me visitar, não substitui o sentimento de ter sua presença todos os dias... - Naruto termina a frase olhando pro lado.

- Qual a dificuldade de dizer tudo isso antes ? Teríamos evitado esse soco na cara. - Sakura anda até Naruto e o abraça. - Eu senti muita saudades suas também. - Sakura sussurra.

Naruto sorriu e devolveu o abraço.

- Eu até gostei, os tapas que você me dá fazem parte da nossa relação - Os dois sorriram um pouco.

- Só se passaram 3 anos depois que eu fui...

- 3 anos sem ver você nem o Sasuke, me deixaram bem triste.

-Eu tô aqui agora, não é ? Vamos aproveitar enquanto eu ficarei. - Sakura bagunça o cabelo de Naruto.

Por mais que Sakura sentisse que não tinha mais nenhuma atração por Naruto, ela não podia negar que seu coração chegou a bater um pouco mais rápido.

- Sakura-chan ! Eu tenho algo para te mostrar ! - Naruto diz animado.

- Me diz logo o que é - Sakura fica curiosa.

- Se eu disser você não vai acreditar, então é melhor você ver ! - Naruto segura o pulso de Sakura e a puxa enquanto corre.

_°•*•°_

Naruto levou Sakura até a frente de sua nova casa, era bonita grande e espaçosa, com um jardim bem colorido. Era bem diferente de onde Sakura morava, tudo era marrom claro e tinha cor de... areia.

- Feche os olhos - Naruto diz pondo as mãos de Sakura sobre os olhos da mesma.

- Pra que tanto suspense ? - Sakura já estava ficando impaciente.

- pode abrir agora.

Quando Sakura abriu os olhos, no mesmo tempo seu queixo caiu. Naruto segurava um bebê, um bebê idêntico a ele, Hinata estava parada na porta de entrada com um sorriso alegre, ficou mais feliz por saber que uma velha amiga havia voltado e sua reação quanto ao bebê.

- Sakura, esse é o Boruto ! - Naruto sorriu ao ver a reação de Sakura.

Naruto e Hinata acharam que Sakura estava feliz, mas por dentro Sakura estava uma mistura de emoções, ela estava surpresa, feliz, encantada, mas lá no fundo, sentiu-se um tanto aflita...

- Segure-o - Naruto entrega delicadamente a a criança aos braços de Sakura que continuava com uma expressão surpresa.

- N-naruto, ele é a sua cara...

O bebê levantou a sua pequena mão e a pousou sobre o rosto de Sakura, logo apertou sua bochecha.

- ahgnhaaku - Boruto disse babando e apertando o rosto da tia.

- Opa, parece que ele está animado. - Naruto o pega novamente. - Boruto, esta é sua tia Sakura, tia Sa...Ku...Ra.

- Dah aku - o bebê disse com o rosto ainda neutro.

- Quase lá - Naruto sorriu e beijou a bochecha do seu filho.

- Sakura, entre ! Vamos comer alguma coisa e conversar um pouco ! - Hinata a chamou e o que fez Sakura acordar do choque em que estava naquele momento.

- ah, sim, huh, eu não posso... Acabei de chegar, ainda tenho algumas bagagens pra arrumar, e alguns amigos pra ver, venho outra hora, certo ? - Sakura sorriu para Hinata.

- Estaremos esperando você ! - Naruto forçava uma voz fofinha para parecer que foi o bebê quem disse aquilo, sinceramente falhou feio.

- Ok, Até mais tarde. - Sakura saiu andando.

A cabeça de Sakura estava uma bagunça.

" Que bebê fofo, hehe"

" eu saio por três anos... Três anos... E ele me vem com um FUCKING FILHO !!!! "

" Eu estou feliz por eles, então por quê ao mesmo tempo não estou tão aflita ? "

_°•*•°_

Sakura estava andando de volta ao seu apartamento, estava escurecendo, ela prometeu a si mesma que acordaria cedo para ver a sua amada amiga que não via a séculos. A famigerada Porca.

Sakura chegou a frente do pequeno apartamento onde havia se hospedado, passou um tempo olhando para porta e decidiu que antes de entrar, compraria algo para comer.

Foi a um mercado pequeno e foi a procura dos produtos industrializados para preparar e comer em casa. Enquanto procurava por tais produtos, passou por uma prateleira com várias bebidas, vinho, Rum.... Sakê.... Sakura não sabia por que, mas sentia vontade de beber sozinha aquela noite, então pegou um garrafa e a levou para casa com as comidas que comprou.

- Amanhã é um novo dia... - ela sussurra pra si mesma equanto sai da pequena loja e observa o céu estrelado.


Notas Finais


...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...