História Amaranthine - Capítulo 45


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Tags Bts, Familiar, Jimin, Only_army, Yaoi, Yoongi, Yoonmin
Visualizações 549
Palavras 1.568
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Lemon, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Se preparem, está acabando.

Capítulo 45 - I give up, sorry


Yoongi tentava não encarar a face de Jimin que tomava seu café tranquilamente na cadeira que estava a sua frente, desde que acordaram nenhum dos dois conseguiu ou teve a coragem de chamar o outro.

Na noite anterior o mais velho havia prometido à Jimin que o ajudaria com esse vazio, a frase rondou o garoto até em seus sonhos onde a mesma se repetia, Jimin queria entender o que havia acontecido para esse vazio se tornar presente em sua vida, ver se era mesmo alguma memória perdida ou aquilo fora só algo que Min Yoongi disse para lhe acalmar.

Esse era o ponto principal da confusão do Park, tentar descobrir como o irmão de sua noiva sabia de coisas que ele não se recordava. Durante a maioria dos pesadelos de Jimin, uma voz masculina se fazia presente ao fundo de alguns momentos, seria aquela voz a de Yoongi?

"Teve algum pesadelo hoje, querido?" Questionou a mãe de Jimin para o filho que negou enquanto tomava o café. "Bom dia" Sussurrou a mesma para o marido que puxou um pão da mesa e se abaixou para beijar a outra.

"Estou atrasado, bom dia meninos se comportem" E assim saiu apressado, logo o olhar penetrante da mulher voltou para os dois.

"Yoongi? Você não conhece muito bem a praia não é mesmo?" Mentiu aproveitando a proximidade para bater a ponta de seu sapato nos dedos do garoto.

"Sim" Respondeu ainda com um pouco de medo.

"Minnie? Porque você não leva ele contigo hoje para a praia? Você sempre fica sozinho lá.." Fez um bico para o filho que assentiu, dando o ar da vitória para a mãe que piscou para Yoongi.

Jimin sabia que a mãe odiava lhe deixar sair sozinho na praia e estava usando o irmão de YooNa para lhe acompanhar, não que o lugar fosse perigoso mas a mesma já se perdeu entre as grandes pedras e tinha medo que acontecesse o mesmo com o filho.

"Só preciso passar no hotel antes" Disse o maior e o outro só assentiu, Jimin parecia não ter gostado da proposta da mãe então a única saida era demorar no hotel até Jimin desistir daquilo.

Era claro que Yoongi queria sim ficar um tempo a sós com o outro mas tinha medo do menor não ter o mesmo pensamento e lhe ignorar como estava fazendo desde cedo.

Jimin sussurrou um pedido de licença e se levantou em seguida indo para o outro andar, sua fome havia sumido junto do ânimo, não era só pelo fato de sua mãe ser superprotetora mas sim porque no fundo, mesmo depois do outro se mostrar amigável, ainda tinha um pouco de medo de Yoongi.

~

Jimin começou a rir outra vez, agora Yoongi estava sentado ao seu lado na areia da praia, ambos não se importavam com as roupas sujas ou o cabelo que estava no mesmo estado pelo fato de antes deitarem no lugar.

"Eu era seu amigo? É sério isso?" Questionou pela quarta vez, fazendo o maior sorrir também, estava se sentindo tão leve por ter Jimin sorrindo e brincando ao seu lado outra vez.

"Qual o problema em ser meu amigo? É sério você ficou meses no meu apartamento!" Havia explicado antes para jimin que ele havia sofrido outro acidente do qual fez suas memórias serem perdidas, na hora o mais novo entrou quase em pânico dizendo que toda sua vida era uma mentira mas Yoongi conseguiu o controlar, falando que os médicos diziam que não era bom contar, o mais velho também se preparou mentalmente para não falar demais e causar outra crise, aproveitando para guardar por entre a blusa a corrente onde estava pendurada a aliança.

Demorou um pouco para o Park se acostumar com a ideia de perder quase um ano de sua memória mas agora ele parecia mais relaxado com a situação, tanto que até brincava com a mesma.

"Porque eu fiquei na sua casa?" Perguntou ainda rindo um pouco, era muito estranho imaginar que havia convivido por um tempo com o garoto que até ontem ele achava que o odiava.

"Isso aqui" Apontou para a perna do garoto onde uma pequena cicatriz era situada, o menor olhou confuso para o membro inferior. "Você fraturou a perna e eu deixei você se hospedar lá"

"Então virei cobaia de estudante de fisioterapia??" Disse Jimin, sabia que o irmão de sua noiva fazia a mesma faculdade. "Você não fez experimentos comigo não né?"

"Só tirei seu gesso" Sorriu ao ver Jimin piscar algumas vezes os olhos, uma faísca de esperança voltou à ser sentida em Yoongi que aguardava pacientemente alguma resposta, tanto positiva quanto negativa.

"O que costumávamos fazer?" Questionou o mais novo ao ver que nada daquilo estava lhe ajudando, do outro lado Yoongi tentava parecer normal enquanto seu coração se apertava mais e mais.

"Ver TV, comer besteira, até te levei para patinar um dia com meus amigos" Era tudo tão vago para Jimin que chegava a ser agoniante, se pegou imaginando como seria ver o outro lado da história, como Min Yoongi estaria ao ver um amigo não lembrar dele.

"Porque não veio me ver antes se éramos tão próximos? Os médicos não deixaram?" Disse lembrando que Yoongi o explicou que os médicos induziram sua família à mentir para não lesionar tanto sua memória, não iria contar para os pais sobre o que 'descobriu' já que tinha medo de brigarem com o garoto, ele estava visivelmente quebrando regras que até seu pai seguia.

O celular de Yoongi começou a tocar e a música tão conhecida invadiu o local até o mesmo o atender, vendo que era Jeongguk na linha.

"Oi Kookie" Disse o mais velho, Jimin não tirava os olhos de si.

"Você vai vim hoje mesmo?" Questionou o melhor amigo já preocupado, não teve notícias desde a noite anterior.

"Pego o trem noturno hoje mesmo" Respondeu o amigo que suspirou do outro lado da linha.

"Ele está ai?" Jungkook jurava que tinha notado o som da voz de Jimin.

"Sim, estamos na praia.." Disse sabendo que Jimin perguntava mesmo que baixinho se havia acontecido algo. "Mais tarde explico okay?"

"Tudo bem, boa sorte hyung!" A chamada foi encerrada, fazendo o maior voltar a atenção para Jimin.

"Então, sobre eu não ter vindo aqui antes.. Faculdade, estágios, TCC, ficou tudo tão apertado sabe? Não tive tempo me desculpe..." Mentiu Yoongi, como poderia explicar que os dois estavam próximos a ponto de estarem viajando juntos com o carro de seu pai? Com certeza a reação de Jimin se soubesse que teria causado dois acidentes iguais não seria nada boa.

"Entendo, pelo que vi você vai embora hoje mesmo né?" Estranhou a voz desanimada que saiu do garoto que há minutos estava sorrindo e feliz. "Até que foi bom conversar com alguém na praia.." Yoongi notou a personalidade defensiva de Jimin tomar conta.

"Jiminnie?" Um arrepio percorreu o corpo do menor que virou o rosto rapidamente para encarar Yoongi. "Não importa, você ainda é meu amigo certo?" E ignorando tudo o que havia prometido para si mesmo, o abraçou.

A sensação de ter aquele garoto com os braços fortes envolta de seu corpo outra vez era uma das melhores coisas do mundo para Yoongi que se deixou levar, acariciando os fios do namorado enquanto segurava a vontade de se derramar em lágrimas alí mesmo.

Jimin não entendia o que estava acontecendo em seu corpo, parecia que estava completo outra vez, era como se aquele garoto tivesse o poder de acabar com suas preocupações só com um simples toque ou carinho.

O menor não queria que Yoongi se afastasse de si mas acabou que o mesmo lhe soltou primeiro, o mais velho parecia meio triste e Jimin sentia uma pontada no peito por saber que ele havia ficado assim depois de sua última pergunta.

"Você ainda não ouviu nada.." Yoongi sorriu fraco ao ver Jimin fazer o mesmo, ainda sentia o corpo meio fraco e trêmulo pelo toque mesmo que seu coração pesasse mais a cada momento.

~

"Muito obrigado por tudo" Yoongi se curvou outra vez até ter o homem lhe abraçando, quando chegou na casa dos Park, Jimin correu para o quarto alegando que precisava de um banho enquanto sua mãe conversava e se despedia do outro.

Sabendo que o marido logo chegaria do trabalho, segurou Yoongi até que ele pudesse abraçar o seu segundo 'pai', como era chamado o homem, e se despedir.

"Tente voltar por favor.. Ele vai lembrar" Pediu outra vez o pai de Jimin, queria tanto que o filho voltasse aos seus melhores dias!

"Acho melhor não... Agora não" Respondeu o garoto indo agora até a porta, quando abriu a mesma viu a prima de Jimin correr pela rua ao lado da mãe que pedia para ela parar, pensou se devia ou não ir até a garotinha mas achou melhor não à magoar, estava indo embora e não queria ver mais lágrimas.

'Já bastam as minhas' Pensou Yoongi ao sair andando pelo lado contrário, ainda tinha um bom tempo para relaxar no hotel enquanto esperava o trem que só iria sair da cidade as nove da noite.

~

Jungkook abriu os braços ao ver o corpo do melhor amigo sair da plataforma, havia pedido uma horinha a mais de intervalo para buscar o garoto na estação.

Yoongi abraçou o amigo quando notou que era mesmo Jeon ali, apertou o corpo do mesmo na espera que aquilo fizesse sua dor passar, se Yoongi dissesse que passou a viagem dormindo ou relaxando estaria mentindo, seus olhos vermelhos diziam tudo sobre como foi a viagem.

"Não da mais Kookie.." Sussurrou ainda com os braços do amigo afagando suas costas. "Eu desisto..."


Notas Finais


Perdoem os erros, em breve mandarei betar.
E se preparam para o fim <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...